Agora é o Sampaio…

2comentários

Com certeza não era com derrota que Leandro Niehues gostaria de estrear no comando do Atlético-PR. O problema é que no último sábado sua equipe acabou surpreendida por um Iraty bem montado na marcação e que soube tirar proveito do fato de atuar quase o jogo todo com um jogador a mais. O resultado foi a derrota por 1 a 0, placar que acabou com as chances do time de brigar pelo supermando.

E foi justamente a expulsão de Javier Toledo, logo no começo do primeiro tempo, que estragou os planos de Niehues. Para o jogo, o treinador não pode contar também com algumas peças que considera importantes, como Alan Bahia, suspenso, e Marcelo, contundido.

– O jogo começou igual, mas aí aconteceu a expulsão. Tentamos dar um passo atrás na marcação e tentar chegar em bolas paradas e no contra-ataque. Assim mesmo, nem na bola parada deu certo. Não adianta se lamentar pelas peças que eu não tinha hoje. Tentamos fazer com que jogadores se apresentassem em outras posições, mas no afogadilho acabou não dando certo. Não podemos chorar o leite derramado. Agora é pensar no Sampaio Corrêa – comentou, após a derrota.

O Atlético-PR agora vai até o Maranhão, onde enfrenta, na quarta-feira, às 21h (de Brasília), o Sampaio Correia, pela primeira rodada da segunda fase da Copa do Brasil. Na primeira fase, o Furacão eliminou o Vilhena-RO, com uma goleada por 4 a 0 no segundo jogo.

– Agora temos que recuperar o grupo, apesar de que eles não estão abatidos. O time foi bem, buscou o melhor sempre. Antes de pensar no Paranaense (domingo, contra o Paranavaí), vamos encarar a Copa do Brasil – disse.

Ainda com 22 pontos, o Atlético-PR agora tem o Iraty na cola para a última rodada do primeiro turno. O time de Irati chegou a 21 após a vitória deste sábado.

Leia mais no Globoesporte.com

2 comentários para "Agora é o Sampaio…"


  1. moacir

    nossa vamos mandar esse gol do toninho pra o fantartico, mande tambem esses gols do jv, lideal, porque so mandam de time da capital que discriminação é essa,

  2. HILTON FRANCO

    Zeca, o Vinicius Saldanha é bom bom profissional e o Izone também.Pena que são bolivianos.Mas quando vestirem a camisa do Moto,se tornarão motense por profissão e bolivianos por paixão.
    O profissional maranhense precisa ser valorizado.Porque eles dão certo em outros estados e aqui são colocados de escanteio?? Tem que acabar com essa onda de trazer profissionais de outros estados.
    Vinicius Saldanha,seja bem vindo ao MOTO CLUBE.Mas não seja chorão, igual uma vez que você chorou num jogo do Moto no Castelão não tá.(Não lembro contra quem o Moto jogou nesse dia,mas acho que foi com a COISA)
    Abraços, Prof HILTON FRANCO.

deixe seu comentário