Copa Nordeste

0comentário

Todos os clubes enviaram representantes para a reunião que discutiu os detalhes do Campeonato do Nordeste. O encontro foi realizado na tarde desta segunda-feira, na sede da Federação Pernambucana de Futebol. Na reunião ficou acertado que algumas datas de jogos serão modificadas devido a problemas pontuais. Os exemplos citados foram os casos do CSA, cujo estádio passa por reforma e de partidas coincidentes com datas das Séries C e D.

Apenas Sport e Santa Cruz não assinaram o contrato durante a reunião. O presidente da Liga, Eduardo Rocha e o representante da TopSport, Bernardo, se dirigiram ao encontro dos presidentes desses clubes para saber se os mesmos iriam participar da competição.

Sobre a divisão das verbas, cada clube vai receber partes iguais. Além disso, os dez primeiros colocados deverão receber prêmios em dinheiro. No entanto, as quantias não foram definidas.

No encontro ficou acordado que a direção técnica será composta pelo Sr. José Joaquim (diretor técnico da Federação Pernambucana), Bernardo Ramalho (Produtor da TopSport) e Miltinho (Presidente do Confiança-SE). Ficou decidido ainda que a capacidade mínima dos estádios será de 10 mil para a fase classificatória e 20 mil para a fase final.

“Foi dado um passo importante para o crescimento do futebol regional. Os participantes terão visibilidade, além de movimentar a economia dos clubes”, declarou o presidente do Treze, Marcelo Nóbrega. O dirigente explicou que pelo regulamento da competição, haverá um acesso e um clube rebaixado. A vaga será preenchida por um clube do mesmo estado, cabendo à federação indicar o time contemplado.

Ficou determinado que cada clube deverá entregar ao clube visitante 25 cortesias. A Liga do Nordeste se encarregará de custear as despesas com passagens aéreas ou terrestres e cada clube receberá um auxílio de R$ 5.500 para hospedagem e transporte.

O Campeonato do Nordeste começa no dia 9 de junho.

Agência Futebol Interior

Sem comentário para "Copa Nordeste"


deixe seu comentário