Eu já vi este filme…

4comentários

A crise bate em todas as portas, e desta vez, é o Campinense que está sofrendo com ela. Afundado em dividas trabalhistas, o clube teve que cumprir uma decisão judicial que mandou apreender todos os bens da Raposa. Ele terá que enfrentar, no segundo semestre, o Campeonato Brasileiro da Série C, mesmo com todos os problemas.
 
Esta penhora serve para todo o tipo de bem que o clube tiver, por isso, já foram levados camas, sofás, colchões, cadeiras, mesas e até o material esportivo dos atletas, como bolas, chuteiras e padrões de jogo e de treinos. No total, o Campinense deve, aproximadamente, R$ 1,5 milhões.

Os diretores nada puderam fazer, e por isso, viram toda a sede do clube ser esvaziada. Como os móveis do alojamento também entraram na dança, estão a procura de um hotel para que os atletas que moram na sede do clube passem a noite.

Em 94 anos de existência, dos quais 56 anos apenas dedicados à prática do futebol profissional, o clube cartola já coleciona 18 títulos estaduais, um Vice-Campeonato Brasileiro da Série B (Década de 70), Torneios Regionais. É o clube paraibano pioneiro nas disputas de Competições Nacionais, primeiro clube estadual a conquistar acesso no 3º milênio. para uma Divisão Especial do Futebol Brasileiro. 

Agência Futebol interior

4 comentários »

Por um fio…

9comentários

Se depender do torcedor, os dias do técnico Valter Ferreira no Sampaio estão contados. Eles já não suportam mais ver o time jogar tão mal. Nada dá certo. Tudo bem que o gramado do Nhozinho Santos ficou bastante prejudicado por causa do temporal que caiu antes da partida, mas o campo estava ruim tanto para o Sampaio como para o Viana.

O empate de 2 a 2, deixou a torcida Tricolor apreensiva e com os nervos à flor da pele. O descontentamento é visível também em meio à diretoria. O vice-presidente Nilson Garcia, por exemplo não esconde de ninguém que não gosta do trabalho do treinador. E o Nilson tem toda razão. Os resultados mostram que o Sampaio ainda não conseguiu decolar sob o comando de Valter.

Há quem garanta que, se o time não vencer o clássico de domingo contra o Maranhão, o treinador estará dando adeus. A essa altura, o Edivaldo Coelho e o Sérgio Frota já devem estar pensando num novo nome para dirigir o Sampaio.

Uma coisa é certa. O Campeonato Brasileiro Série D que é a competição mais importante para o Sampaio este ano está chegando e até aqui, o Tricolor continua longe de ser uma equipe que transmita confiança a todos nós.

Sabemos do esforço e da coragem quase sem fim do presidente Sérgio Frota, mas o Sampaio não pode mais continuar atirando no escuro. Ou o Sampaio começa a acertar a partir de agora ou de nada adiantará ficar esperando um pouco mais. É que depois poderá ser tarde demais.

9 comentários »

Flu perde na estreia de Muricy

0comentário

0,,40284732-EX,00

O primeiro capítulo da história de Muricy Ramalho no Fluminense tem o Grêmio de Silas como protagonista. Nesta quinta-feira, o técnico tricampeão brasileiro não descansou à beira do campo. Gesticulou, gritou, mexeu no time. Mas não deu. Com inteligência, o Tricolor gaúcho agrediu o adversário no Maracanã e deu um passo largo rumo às semifinais da Copa do Brasil ao vencer por 3 a 2. Mesmo com um jogador a menos durante todo o segundo tempo – o zagueiro Rodrigo foi expulso – soube suportar a pressão dos cariocas e leva a vantagem para o estádio Olímpico.

Na próxima quarta-feira, em Porto Alegre, os gaúchos podem até perder por um gol de diferença (até 2 a 1) que estarão classificados. O Fluminense precisa vencer por dois de vantagem para passar. A partir do placar de 4 a 3, os cariocas avançam. O placar de 3 a 2 para o time do Rio leva aos pênaltis. O vencedor deste cruzamento vai enfrentar Atlético-MG ou Santos. Na primeira partida, vitória do Galo por 3 a 2, em Minas.

No domingo, o Grêmio tem compromisso importante pelo Gauchão. Às 16h, enfrenta o Inter, em casa, na decisão do título. Pode até perder por um gol de diferença que fica com a taça.

Globoesporte.com

sem comentário »