Caso Bruno: Tio de menor estaria sofrendo ameaças

0comentário

O tio do menor de 17 anos que confessou ter participado do sequestro de Eliza Samudio disse que está sofrendo ameaças e, por isso, vai pedir proteção policial ao delegado Felipe Ettore, da Divisão de Homicídios do Rio. Ele informou que vai à delegacia na Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade, na manhã desta sexta-feira. Com medo, o tio do menor disse que está dormindo em um hotel.

– Um carro preto com quatro pessoas foi a minha rua perguntando por mim e os vizinhos me ligaram para avisar para eu tomar cuidado – afirmou ele, que é motorista de ônibus.

Ele informou ainda que isso teria acontecido na quarta-feira. Na quinta-feira, as ameaças cessaram porque os jornalistas já estavam no local, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio.

O motorista de ônibus contou que, antes de ir à delegacia, vai ao Instituto Padre Severino, na Ilha do Governador, para visitar o menor. Um dos irmãos do menor, de 18 anos, que está com o tio, também vai visitá-lo. Ele contou que a mãe deles está em estado de choque.

– Minha mãe está em Belo Horizonte, mas deve chegar hoje. Quero visitar o meu irmão, ver como ele está para dar uma força. Fiquei chateado, sem acreditar que meu irmão é capaz de se envolver com algo assim, mas Deus sabe que isso aí ele fez porque encheram a cabeça dele. Minha mãe está em estado de choque, às vezes me liga e diz ‘não acredito que seu irmão fez isso, não consigo dormir pensando que alguém pode fazer alguma maldade com ele’ – disse.

O menor foi levado para Minas Gerais para ajudar a polícia a localizar o local onde o corpo de Eliza teria sido enterrado, e voltou na quarta-feira. Na quinta-feira, ele foi para o Centro de Triagem e Recuperação, na Ilha do Governador, no Rio.

Saiba mais

Do Globoesporte.com

Sem comentário para "Caso Bruno: Tio de menor estaria sofrendo ameaças"


deixe seu comentário