Mega-Sena acumula outra vez

0comentário

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 1.210 da Mega-Sena sorteadas nesta quarta-feira (1). A estimativa para o prêmio do concurso, que será realizado no próxima sábado (4), é de R$ 85 milhões.

Confira os números sorteados: 03 – 07 – 09 – 10 – 31 – 34

De acordo com a Caixa, 993 apostas acertaram a quina e vão levar R$ 7.346,20 cada uma. Já a quadra teve 57.447 acertadores e vai pagar R$ 181,40.

Segundo a Caixa Econômica Federal, o prêmio é o segundo maior da história da Mega-Sena, ficando atrás apenas da edição especial Mega da Virada, em 31 de dezembro de 2009, que sorteou R$ 144,9 milhões; e será o maior do ano, à frente do concurso 1.157, que sorteou R$ 72,7 milhões em fevereiro deste ano.

G1

sem comentário »

Miracema será a principal arma de Flávio Campos

0comentário

Arquivo/O EstadoO site do Sampaio já anuncia mudanças à vista para o jogo contra o CSA-AL no domingo, pelo Brasileiro da Série D, no Estádio Nhozinho Santos. Troca de treinador é sinônimo de modificações no time titular. E, mais uma vez, as mudanças previstas pelo técnico Flávio Campos serão no ataque.

João Neto deve perder a vaga no ataque tricolor. O atacante, que marcou apenas um gol em seis jogos, ainda não convenceu a torcida e nem ao novo técnico do Sampaio. Em seu lugar, Flávio Campos deve promover Tiago Miracema ao lado de Célio Codó.

Caso se confirme no ataque do Sampaio, Tiago Miracema fará sua estreia na Série D deste ano. E a estreia de Miracema vem sob pressão. O time maranhense precisa de gols neste domingo para ir com vantagem para a partida de volta contra o CSA. E para alcançar esta meta, o torcedor Tricolor deverá se contentar com a dupla Célio Codó e Tiago Miracema.

 Por Paulo de Tarso Jr. com informações do site oficial do Sampaio Corrêa.

sem comentário »

Dirigente vai repensar permanência na FMF

9comentários

Em entrevista ao programa Ponto Final, da rádio Mirante AM, na manhã desta quarta-feira (1º), o diretor técnico da Federação Maranhense de Futebol (FMF), José Alberto de Moraes Rêgo, comentou a agressão que sofreu ontem (31), do advogado e ex-membro da Junta Governativa do Moto Club, Willians Dourado. Ontem, após uma conversa, Willians partiu para a agressão e deu um soco no rosto de José Alberto, que teve sangramento no nariz e foi levado para o hospital UDI, no Jaracati.

De acordo com o diretor técnico da FMF, a discussão começou após Willians Dourado requerer a volta do JV Lideral no campeonato estadual. Durante uma intervenção de José Alberto, o advogado do Moto Club começou uma agressão verbal, que terminou em um soco.

Ontem (31), após ser liberado do hospital UDI, José Alberto afirmou que realizou um exame de corpo de delito e registrou um boletim de ocorrência. Questionado se após a agressão ele reavaliaria sua permanência na federação, ele afirmou: “Eu sou um homem que não recuo por ameaça de nada. Dentro do meu direito, eu vou até o final. Agora, se for apontada alguma coisa que eu estou fazendo de errado, eu sou digno de corrigir. Agora, eu vou repensar, porque eu tenho família e sou obrigado a dar a minha família uma imagem condigna”, disse.

Hoje, por e-mail, o advogado Willians Dourados apresentou sua versão da confusão. De acordo com Willians, ele só reagiu a uma tentativa de agressão que teria partido primeiro do dirigente da federação.

Ouça a entrevista completa no Imirante Esporte

9 comentários »

Sampaio pagou quase 10 mil só com ingressos

10comentários

O boletim financeiro do jogo entre Sampaio-MA x Guarany-CE realizado no último dia 22 de agosto, no Nhozinho Santos, em São Luís, pelo Campeonato Brasileiro Série D traz uma informação no mínimo curiosa.

A despesa com a confecção com os 13 mil ingressos custou R$ 9.950,00. Cada ingresso teria custado R$ 0,76.  A impressão, por exemplo de 15 mil comandas usadas em restaurantes custa menos de R$ 1.000,00.

Consultei algumas pessoas que conheço e que trabalham com a realização de eventos em São Luís e todos ficaram abismados com o valor.

Bem, mas só quem pode explicar isso é o Sampaio e a Federação Maranhense de Futebol. Eles sabem muito bem onde mandaram confeccionar um ingresso tão caro. Só não me venham com a desculpa que foi o papel usado ou qualquer outra coisa para evitar a ação de cambistas. Pelo amor de Deus, essa desculpa não!!!!

Veja o boletim financeiro da CBF

10 comentários »

A versão de Willians Dourado

8comentários

Recebi um e-mail do advogado Willians Dourado Costa. Ele conta a sua versão sobre a briga com o diretor técnico da FMF, José Alberto de Moraes Rego. Segundo Willians Dourados, ele só reagiu a uma tentativa de agressão que teria partido primeiro, do dirigente da Federação. Vejam a versão do advogado:

Zeca,

Não é verdade o que está sendo noticiado no BLOG de que eu agredi Geografia. O que fiz foi reagir uma tentativa de agressão física de Geografia contra a minha pessoa. 

O que realmente aconteceu foi o seguinte: Walter Lira me ligou para cobrar de Alberto Ferreira o requerimento do JV Lideral que pediu num ofício para ser desligado e depois num outro ofício pediu para ser retificado para ser licenciado temporariamente da FMF, visto que o clube disputa a categoria sub 18, está, inclusive, classificado para as finais da competição.

Assim, por voltas das 18:00 horas cheguei na FMF para falar com Alberto Ferreira. Logo, digo que não fui a FMF falar com Geografia porque este não resolve nada. Cheguei na sala do presidente da FMF, lá, encontravam-se Alberto Ferreira, Pereirinha, Geografia e Mudico. Pedi para falar em particular com Alberto Ferreira e fomos conversar em outra sala ao lado. instantes depois, Pereirinha passou pela sala onde estava eu e Alberto Ferreira e foi embora.

Em seguida, saiu Geografia da sala de Alberto Ferreira e, sem educação, entra na conversa pedindo para Alberto Ferreira não mudar a decisão sob a alegação de que Walter Lira e Sandow Feques eram mau caráter … que meteu o pau na FMF no jornal progresso de Imperatriz.
 
Geografia ainda pronunciou outras ofensas contra os diretores do JV Lideral. Aí, foi quando eu disse a Geografia que não tinha ido a FMF falar com ele e que a conversa entre eu e Alberto Ferreira era particular. Pedi, então, para Geografia não se meter na conversa. Geografia gritando, é a forma como ele trata as pessoas, respondeu-me o seguinte: eu me meto porque o assunto que se refere a meu departamento me pertence.
 
Pedi novamente para Geografia sair da conversa porque eu não queria falar com ele. Daí, Geografia começou a gritar e me desafiar várias vezes dizendo o seguinte: eu não tenho medo de ti. Aí, me levantei da cadeira e respondi o seguinte: eu também não tenho medo ti.

De repente, Geografia tentou me agredir com um tapa no rosto que ainda pegou de leve na minha orelha, foi, quando, iminentemente, eu reagi com um soco no rosto de Geografia que levou a pior. Agora, essa notícia que eu agredi Geografia não é verdadeira o que fiz foi reagir contra a tentativa da agressão física contra a minha pessoa.

Esta é a verdade e não tenho medo dela. aliás, eu não tenho medo nem da morte porque esta é a única certeza que tenho na vida. Podem, se quiserem, comentarem o que quiserem que eu não estou nenhum pouco me lixando. Eu sou quero que sejam justo e não noticiam mentiras. Logo, digo que não tenho medo de quem pode matar a minha carne, mas somente daquele que pode matar a minha alma, ou seja, eu só tenho medo de deus.

Zeca, eu acredito na tua lisura como repórter, por isso não te deixe levar por boatos daqueles teus colegas que do fato só querem tirar proveito próprio, o pior, pelo um preço tão vil. Isso abominável! estou com a minha consciência muito tranqüila. Um abraço!

Willians Dourado Costa
Advogado

8 comentários »