A punição foi pequena…

0comentário

O Tribunal de Justiça Desportiva só multou a Federação Maranhense de Desportos por conta do atraso das ambulâncias nos jogos de futebol durante o Campeonato Maranhense.

Até perdi as contas do número de jogos que iniciaram com atraso por causa do problema com a ambulância.

A punição do TJD foi pequena. Esperava mais.

Antes mesmo da punição, a Federação Maranhense de Futebol recebeu o pedido de desculpas da empresa que presta serviço nos jogos e a promessa de que os atrasos não acontecerão nunca mais.

É por isso que as coisas no futebol maranhense nunca são resolvidas definitivamente.

sem comentário »

Copa Primavera de Vôlei

0comentário

Quatro jogos movimentam a Copa Primavera de Vôlei neste sábado (4), no Ginásio da AABB. As partidas terão início às 14h, com dois jogos da categoria feminina.

A primeira partida do dia será entre os colégios Crescimento e Dom Bosco. O duelo vale vaga para as semifinais da competição. Na sequência, as equipes da Faculdade Pitágoras e do MAC, ambas já classificadas para a próxima fase, medem forças para definir quem terminará a fase classificatória na liderança.

Às 16h começarão os jogos das semifinais na categoria masculina. Os confrontos serão definidos hoje à noite.

Definições

E, por falar nos jogos de hoje, os dois jogos decisivos no masculino ocorrem no Ginásio da AABB a partir das 19h. Confira os confrontos.

19h – AABB x Vale
20h – CAM x APCEF

Saiba mais sobre a Copa Primavera de Vôlei no Blog do Biguá.

sem comentário »

Calote da Federação

3comentários

Não tem jeito mesmo para a Federação Maranhense de Futebol. O escândalo agora é a tentativa de calote no Juventude. Se não bastassem os problemas no futebol profissional, a FMF apronta agora no amador.

O time de Caxias foi campeão da Copa FMF do Sub-18 e garantiu vaga na Copa São Paulo Sub-18. O presidente do Juventude, Edimilson Coutinho contava com o prêmio no valor de R$ 20 mil para garantir a viagem a São Paulo.

Só que agora, a FMF alega que não prometeu nenhuma premiação em dinheiro ao campeão da competição.

Segundo o presidente do Juventude, a promessa foi feita pelo diretor das competições amadoras da FMF, Jorge Ferreira, irmão do presidente da FMF, Alberto Ferreira.

Em entrevista à Rádio Mirante, um dos resposnsáveis pela divisão de base do Sampaio, Batista que participou da reunião onde o dirigente da FMF fez a promessa da premiação confirmou que Jorge Ferreira garantiu que o campeão, além da vaga para a Copa São Paulo Sub-18 receberia o prêmio de R$ 20 mil.

O BLOG apurou que 17 equipes participaram da competição. A Federação recebeu de cada clube a importância de R$ 2 mil num valor total de R$ 34 mil. Os clubes reclamam que a Federação não arcou nem com as despesas de arbitragem dos jogos.

Na FMF ninguém que falar sobre o assunto. O presidente Alberto Ferreira continua cumprindo a suspensão preventiva imposta pelo presidente do TJD-MA. O vice Francisco Ramos ainda não se pronunciou sobre o assunto.

3 comentários »

Estádio Nhozinho Santos não é prioridade

4comentários

Uma informação curiosa foi divulgada hoje cedo, pelo vereador Isaías Pereirinha durante entrevista ao programa Bate Bola, na Rádio Mirante AM.  O vereador que é presidente da Câmara Municipal disse que foram gastos aproximadamente R$ 660 mil na reforma do estádio Fecurão, na Cohab.

Do montante, R$ 120 mil foram liberados pelo governo do Maranhão para o Departamento Amador da Cohab. A prefeitura de São Luís, segundo o vereador liberou R$ 200 mil para instalação da iluminação e construção do calçadão e estacionamento. Além disso, foram garantidos ainda R$ 240 mil através de emenda parlamentar do vereador para a reforma do Fecurão. Pereirinha disse que a construtora Franere construiu e doou as cabines de rádio e televisão.

è importante dizer que o estádio Fecurão será o local utilizado pelo Iape, time do presidente Pereirinha para os jogos de futebol na próxima temporada.

O incrível de tudo isso é que a prefeitura gasta R$ 440 mil no Fecurão enquanto o Nhozinho Santos agoniza. Foram gastos, segundo Pereirinha R$ 150 mil somente na iluminação do Fecurão. Todo mundo sabe que os clubes estão jogando com uma luz de boite no Nhozinho Santos. Além disso, o gramado do estádio Nhozinho Santos é péssimo. Não me venham com desculpa que o número excessivo de jogos está atrapalhando a prefeitura de melhorar o estádio. O problema é que o Nhozinho Santos não é prioridade. Não destinaram os recursos necessários. A prioridade foi outra.

Não sou contra a recuperação do Fecurão. Pelo contrário, precisamos recuperar o quanto antes as nossas praças esportivas, inclusive o Castelão. Só gostaria que o poder público tivesse a mesma sensibilidade em relação ao Nhozinho Santos que é hoje o único estádio para a prática do futebol em São Luís.

Em um ano não conseguiram sequer colocar uma torre de iluminação em funcionamento. A falta de recursos tão alegada pelo prefeito de São Luís agora se justifica. Existem outras prioridades. Isto ficou bem claro agora.

4 comentários »

Boa notícia para o esporte

5comentários

O plenário da Assembleia Legislativa aprovou, na sessão desta quarta-feira (1º), o projeto de autoria do deputado Joaquim Haickel (PMDB) que estabelece a concessão de incentivo fiscal para empresas instaladas no Maranhão e que financiem projetos culturais e esportivos aprovados pelas secretarias estaduais de Cultura e de Esporte e Juventude. Essas empresas, de acordo com a matéria, serão compensadas com o abatimento no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

De acordo com o projeto, o incentivo será limitado a 1,5% do valor do IC MS a recolher por cada período. Desse percentual, 1% será destinado a projetos na área cultural e 0,5% para os esportivos, não podendo exceder a 75% do valor total do projeto financiado. De acordo com as proposta, para ser beneficiada a empresa patrocinadora deve contribuir com recursos próprios, em quatro parcelas equivalentes a 25% do valor da sua participação no projeto.

O projeto estabelece que o Poder Executivo fixará anualmente o montante de recursos disponíveis para o incentivo fiscal, que deverá ser solicitado à Secretaria de Estado da Fazenda e deferido se o contribuinte estiver em situação regular. Joaquim Haickel também propôs que os projetos incentivados deverão utilizar, total ou parcialmente, recursos humanos e materiais, técnicos e naturais disponíveis no Maranhão.

A intenção do autor do projeto é incentivar a pesquisa, o estudo, a edição de obras e a produção das atividades artístico-culturais nas áreas de artes cênicas, cinema e vídeo, fotografia, literatura, música, artesanato, folclore, tradições populares, museus, biblioteca, arquivos e esportivas, além de promover a aquisição, manutenção, conservação, restauração, produção e construção de bens móveis e imóveis de interesse artístico, histórico, cultural e esportivo do Maranhão, assim como campanhas de conscientização, difusão, preservação e utilização de bens culturais e esportivos.

Waldirene Oliveira, Agência Assembleia

5 comentários »

Fernando Meligeni em São Luís

0comentário

O tenista Fernando Meligeni chegou nesta sexta-feira a São Luís. Até domingo, o medalhista de ouro do Pan-Americano da República Dominicana cumprirá uma agenda na capital maranhense que reúne palestra, aulas e, é claro, grandes jogos.

O brasileiro que durante 10 anos consecutivos esteve entre os 100 melhores tenistas do mundo dará uma palestra, a partir das 19h desta sexta-feira, no CET. No sábado, a programação está mais voltada para as quadras e as raquetes, Meligeni pela manhã, a partir das 8h30, dará clínica para adultos e às 15h30 são as crianças que terão a experiência da aula em grupo com o tenista que foi eleito pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB), em 2003, o melhor atleta brasileiro. No domingo, os amantes do tênis poderão ver Meligeni jogar com convidados.

Antes de embarcar para São Luís, Meligeni mostrou a satisfação em receber o convite de Marcelo Abreu, seu ex-técnico no juvenil e diretor do CET, para voltar a São Luís e elogiou a iniciativa de Marcelo em investir no tênis maranhense: “Quando ele me ligou e contou seu sonho de desenvolver o tênis na região me encantei. Ele que é um grande cara e trabalha muito bem, construiu uma linda história aqui em São Paulo e treinou muitos dos grandes jogadores que tivemos no nosso país. Lembro muito dos treinos que fazia com ele na academia Tênis Park, junto ao maravilhoso técnico Serginho Ferreira”, escreveu Meligeni.

O tenista só lamentou a rapidez da visita que não dará muito tempo para fazer turismo no Maranhão. “Tive o prazer de ir algumas vezes [a São Luís] jogar um torneio challenger que tinha lá. Sempre curti muito e fui muito bem tratado por todos. Infelizmente mais uma vez não vou ter tempo de conhecer os Lençóis Maranhenses que é um dos meus sonhos”, afirma Meligeni.

A visita de Fernando Meligeni coincide com a realização da Copa CET – By Marcelo Abreu de Tênis que começou na quarta-feira e vai até domingo. Na primeira rodada, jogos emocionantes, como o da 1ª classe masculina, com Luis Santos vencendo Rodrigo Teixeira por 7×6 e 6×1. A partida terminou quase uma hora da manhã.

Na quarta-feira foi uma noite cheia de super tie break, como no 10×8, onde Felipe Duailibe venceu William Barbalho, na 5ª classe. A garotada também fez bonito, com destaque para o jogo da categoria 10 anos, com Vinicius Patrocinio vencendo José Garrido Neto, parciais 3×6, 6×2 e Super tie break 12×10. Outro jogo disputadíssimo nesta primeira etapa da Copa foi no feminino, onde Kassandra Xavier venceu Claudia Reis por 6×3, 1×6 e super tie break 10×8.

sem comentário »