Maioria no Pará rejeita divisão, diz Datafolha

2comentários

A maior parte dos eleitores do Pará se mantém contra a criação dos estados de Carajás e Tapajós, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (9). O levantamento é o terceiro e último feito pelo instituto antes do plebiscito marcado para este domingo (11). O resultado dos dois anteriores também indicou rejeição dos paraenses à divisão do estado.

A pesquisa divulgada nesta sexta foi encomendada pelas TVs Liberal e Tapajós, afiliadas da TV Globo no Pará, e pelo jornal “Folha de S.Paulo”.

De acordo com o Datafolha, 65% dos entrevistados se disseram contrários ao desmembramento do Pará para a criação do estado de Carajás, e 64%, contrários à divisão para a criação de Tapajós, em pesquisa feita de terça (6) a quinta (8), com 1.213 eleitores em 53 cidades paraenses. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Na comparação com os levantamentos anteriores, divulgados respectivamente em 11 e 25 de novembro, a frente contra Carajás oscilou de 58% para 62% e agora registrou 65%, enquanto o “sim” foi de 33% para 31% e agora manteve os 31%. Indecisos eram 8%, passaram para 7% e agora são 4%.

No caso de Tapajós, o índice dos contrários à criação oscilou de 58% para 61% e agora está com 64%; a fatia do “sim” foi de 33% para 30% e agora está com 32%. Indecisos eram 10%, passaram para 9% e agora são 4%.

O instituto faz um alerta sobre a comparação dos números da pesquisa com o resultado da votação: “O levantamento reflete a opinião dos eleitores nesse período e não pode ser analisado como uma previsão do resultado final do plebiscito, no qual outros fatores podem interferir, tais como abstenção (no 1º turno da eleição de 2010, 21% dos aptos a votar não compareceram às urnas), desconhecimento sobre o número da opção escolhida, o feriado do servidor público – que ocorreu na quinta-feira, dia 8 de dezembro, e desdobramentos das campanhas nos dias que antecedem a votação. Dessa forma, a pesquisa não é um prognóstico numérico sobre o resultado do plebiscito. Portanto, não é possível comparar o resultado deste levantamento ao número das urnas”.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número 52641/2011. O plebiscito que decidirá a divisão é restrito aos eleitores do Pará. Caso os paraenses optem pela criação dos outros dois estados, a decisão final ainda passa pelo Congresso e pela presidente Dilma Rousseff.

2 comentários para "Maioria no Pará rejeita divisão, diz Datafolha"


  1. hailton

    ISSO É MAIS UMA INVENÇAO PRA ABRIREM MAIS VAGAS PARA OS CORRUPTOS POLITICOS QUE HABITAM NESSE PAIS DE MEU DEUS,SO QUEM GANHA COM ISSO SAO ESSES BANDIDOS CONHECIDOS COMO POLITICOS TOMARA QUE NAO INVENTAM ESTORIA PARA QUEREREM DIVIDIREM O MARANHAO!

  2. Joaquim Aguiar

    FORTES INTERESSES POLITICOS E INTERNACIONAIS. VARIAS VEZES JÁ TENTARAM FAZER ISTO NO MARANÃO . AS GRANDES RIQUEZAS DO PARÁ ESTÃO NESTAS REGIÕES . QUEM VIU REPORTAGENS SOBRE MARABÁ ( UM DOS MAIORES INDICES DE CRIMINALIDADE DO PAIS CIDADE COM 200.000 HABITANTES ) E CURIONOPOLES VIU QUE LÁ NÃO TEM NADA DE INFRA ESTRUTURA PARA SER UMA CAPITAL . EM UM ESTADO GRANDE COMO O PARÁ COM DIFICULDADES GEOGRAFICAS DE ACESSOS DEVERIA TER UM DESCENTRALIZAÇÃO DOS PODERES PUBLICOS MELHORANDO AS INFRAS ESTRUTURAS .

deixe seu comentário