Expoema

0comentário

Neste sábado inicia, no Parque Independência, a 56ª edição da Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema). Leilões, exposições, concurso leiteiro e shows artísticos integram a maior exposição do estado, que acontece até o dia 9 de setembro, durante a semana em que a capital está em festa com a comemoração dos 400 anos de São Luís. A abertura oficial está marcada para as 17 horas deste domingo (02).

O presidente da Associação dos Criadores do Maranhão (Ascem), José Assub Neto (foto), disse que há uma grande expectativa entre os criadores para a realização da expoema deste ano. “Nós criadores, estamos comemorando com muita alegria porque o Maranhão deve ser classificado como Zona Livre de Febre Aftosa e essa nova classificação vai alavancar ainda mais o agronegócio maranhense”, afirmou ele.

Assub Neto informou que 2.000 animais devem participar da Expoema, entre bovinos, caprinos, suínos e eqüinos do Maranhão (bovinos, ovinos e caprinos), Pernambuco (bovinos), Paraná (suínos), Piauí (vacas leiteiras) e há a expectativa da chegada de animais do Pará.

Os animais que participam da exposição são inspecionados por equipes da Aged formadas por veterinários e auxiliares de campo. O desembarque dos animais é feito no Pavilhão de Defesa Sanitária da Aged – que é o principal local – e em mais 2 locais, que são o Bovshop (bovinos) e Zebushopping (zebus).

A obrigação dos criadores é de estar com o atestado dos seus animais em dia e de acordo com cada espécie. “Esse trabalho de parceria da Aged é muito importante e sem ele a exposição não poderia ser realizada”, elogiou Assub Neto.

O secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Pesca, Cláudio Azevedo, afirmou que a Expoema, assim como outras feiras agropecuárias e leilões que acontecem em todo o Estado do Maranhão é uma demonstração da força do setor produtivo maranhense. “Esses eventos mostram as novas tecnologias utilizadas no Brasil e no mundo, além de ser uma excelente oportunidade para que os criadores adquiram animais de alta qualidade genética”, afirmou ele.

Sem comentário para "Expoema"


deixe seu comentário