Visita de Chávez ao Maranhão

2comentários

jacksonehugochavez

Março de 2008 marcou a visita do presidende da Venezuela, Hugo Chávez ao Maranhão. Ele foi recebido no Palácio dos Leões pelo então governador Jackson Lago.

Aos 58 anos, Hugo Chávez morreu hoje, vítima de câncer. O ex-governador Jackson Lago morreu em 2011, também vítima de câncer.

2 comentários »

Secretários discutem parcerias para a Copa

16comentários

joaquimepenhaOs secretários de Esporte do Maranhão, Joaquim Haickel e de São Luís, Raimundo Penha entenderam muito bem o recado dado na semana passada pelo Ministro dos Esportes, Aldo Rebelo durante entrevista à Rádio Mirante AM.

Na ocasião, o ministro disse acreditar na possibilidade de São Luís vir a ser escolhido pela Fifa um dos Centros de Treinamentos de Seleções para a Copa do Mundo de 2014, mas para isto seria necessário unir forças para preparar a cidade e convencer uma das 32 seleções que disputarão o Mundial no Brasil a adotar São Luís como sede.

A demonstração de que o entendimento e a união de forças será possível foi hoje à tarde. Joaquim Haickel recebeu a visita de Raimundo Penha para tratar sobre o assunto.

Pelo que conseguimos apurar, o Estado ficará responsável pelo local de treinamento, dotando o Estádio Castelão de todas as condições para realização do treinamento da Seleção. O município viabilizará toda logística de hospedagem.

“Foi uma primeira conversa que tivemos. Vamos ter novas reuniões e estamos prontos para trabalhar em conjunto com o Estado para trazer um CT para São Luís”, disse Raimundo Penha.

“Estamos de portas abertas para trabalhar em parceria com o município de São Luís para a Copa e em outros projetos dentro do que for possível”, destacou Joaquim.

O secretário Raimundo Penha também solicitou a Joaquim Haickel que analise com carinho para os projetos de comunidades de São Luís e que poderão ser viabilidados através da Lei de Incentivo ao Esporte. São projetos para a recuperação de quadras que foram totalmente destruídas na gestão do ex-prefeito João Castelo.

Leia a reportagem com o ministro Aldo Rebelo

16 comentários »

PDT surrupiado

6comentários

Igor-Lago-300x300Por Igor Lago

Com a direção estadual do partido escolhida a dedo pelos senhores Lupi e Manoel Dias, num ato de violência, autoritarismo e desrespeito, após um período inédito de 65 dias na informalidade, assistimos, desde fevereiro de 2012, o partido transformado numa legenda para negociatas e, também, submissa a outros interesses e projetos de poder. Não me resignei àquele ato, solicitei a minha retirada da atual Comissão Provisória Estadual, o que fizeram em maio de 2012. Faltou, aos dois donos do PDT nacional, atender ao nosso pedido de avaliação da decisão deles por todos os membros da Executiva Nacional (conforme amparo legal do nosso estatuto) para, se necessário, recorrermos ao Diretório Nacional – última instância partidária, que teve a sua última e rara reunião em janeiro passado. Infelizmente, tocam o partido, de acordo com essas práticas e vão levando a todos com papos e barrigas nos encontros estaduais de supostos “planejamentos e gestões estratégicas”. Para essa gente, o importante é tocar o “partido-empresa”, ter um número mínimo de deputados federais para garantir o Fundo Partidário e o controle cartorial.

Com relação ao que acontece com o PDT do Maranhão hoje, devemos dizer que tudo isto decorre de um acerto ocorrido em Brasília, em 2011, conforme declarações à imprensa de um de seus principais beneficiários – Flávio Dino. Tudo seguiu o “script” traçado pelos ilustres gestores nacionais (Lupi e Manoel Dias) e estaduais (Weverton e Julião). Estes tinham interesse em assumir mandato de deputado federal; Flávio Dino, em “ter o partido na mão” para o seu projeto de poder no Maranhão em 2014 que passava por São Luis em 2012.

Enfrentei conscientemente esta situação, por razões de princípios e valores, bem como por crer que o PDT tem uma história democrática e popular com todo o direito de continuá-la e preservá-la, dando assim a sua contribuição ao processo político maranhense muito vilipendiado pelas forças do atraso, do convencionalismo, do fisiologismo.

Os gestores cartoriais do Lupi e do Manoel Dias realizaram dois encontros estaduais de “planejamento estratégico e gestão partidária” nos dois últimos sábados, em Imperatriz e Caxias. Pelas fotos e notícias publicadas em jornais e blogues, pelos relatos, podemos dizer que nada houve de planejamento estratégico, tampouco de gestão partidária. Somente falas e discursos a reverenciar o beneficiário maior do lupismo que, como sabemos, não é nem do PDT e, sim, do PC do B.

É que esses chefetes estaduais precisam legitimar-se junto ao partido e às oposições por meio da submissão. Tem biografias de prestígio e reputação questionáveis. Sobre as declarações divulgadas(umas beiram ao ridículo, outras a serem levianas), gostaria de fazer as seguintes ponderações para que os companheiros e companheiras do PDT (e a todos que possam ter algum interesse) tomem conhecimento e possam fazer um julgamento:

1. Flávio Dino somente atuou como um dos advogados de defesa do ex-governador Jackson Lago, em duas audiências em São Luis, em abril de 2008, especificamente a que tratou de levantar depoimentos de testemunhos, dentre eles, o ex-prefeito de Caxias, Humberto Coutinho – o primeiro de uma série de prefeitos escalados para votar no então candidato a deputado federal, em 2006, pelo ex-governador Zé Reinaldo;

2. Não consta nos registros do Congresso nenhum discurso do então deputado federal Flávio Dino na Câmara dos Deputados defendendo o governo Jackson Lago durante o processo de cassação, tampouco após o mesmo. Na balaiada, era notável a ausência do PC do B. Alguém o avistara? Ao contrário, o seu principal assessor até escreveu um texto no qual afirma que não houve comemoração nem choro com a cassação, tal era a distância política de seus projetos imediatos para com o que realmente acontecia de importância para os reais interesses do nosso estado e país. E, aproveitando, não há um discurso do então deputado federal denunciando as mazelas da oligarquia, nada…Talvez, nem em 2010, quando de sua candidatura ao governo;

3. Jamais escreveu uma linha sequer em seus artigos semanais no Jornal Pequeno para tratar da cassação ou para defender o governo Jackson Lago dos ataques dos adversários tradicionais. E, tinha o seu irmão Sálvio Dino Júnior entre janeiro de 2007 a abril de 2008 e, depois, o seu correligionário Eurico Fernandes, entre abril de 2008 até a cassação de abril de 2009, como secretários de Direitos Humanos;

4. Nas eleições de 2010, todos sabemos da atuação dos senhores Zé Reinaldo e o seu então pupilo Flávio Dino, para inviabilizar e, depois, ultrapassar a candidatura Jackson Lago. Reuniões, comícios, propaganda eleitoral em rádios e televisões tratavam a candidatura Jackson Lago como ficha-suja, que seria cassada pelo TSE, num processo habilmente guardado até a última noite de propaganda antes da eleição. Mesmo assim, nos últimos dois dias e no dia da eleição, os partidários dessa candidatura espalhavam mentiras a respeito do resultado do julgamento. (Tinham inseguranças de que a notícia do julgamento pudesse alterar o quadro já favorável para eles irem ao provável segundo turno?).

Além disso, tentaram mais de uma vez provocar a desistência da candidatura Jackson Lago, por meio de factóides, sangrias, notícias marrons e investidas de próximos junto ao candidato, além de todo tipo de artifício para esvaziar, cada vez mais, a candidatura do PDT. Tudo isso ocorreu de tal forma que acabou criando condições para não se ter o tão desejado segundo turno. Quando da noite do resultado, após mais da metade dos votos apurados, é sugerido por minha irmã Luciana a papai que ligasse para o Flávio Dino, cumprimentá-lo e dizer que o apoiaria no segundo turno. Jackson Lago, cansado e decepcionado com o resultado, depois de um tenso e longo dia (viajáramos a Santa Rita e Rosário para prestar solidariedade ao prefeito Hilton Gonçalo, que fora preso de forma arbitrária!) ligou, mas o outro lado não atendeu. Logo depois, recebeu a ligação do Flávio Dino que ouviu dele os seus parabéns e a intenção de apoiá-lo no segundo turno. Combinaram de se encontrar na manhã seguinte no apartamento de Jackson, fato que não ocorreu. Nada mais houve além disto! Exceto a nota em que se autoconsagrava como o novo líder das oposições dias depois. O resto é pura exploração e oportunismo barato. Usaram isso nas eleições passadas até com novas versões de que teria havido uma combinação para começar a campanha por Imperatriz, etc. E, agora, recomeçam a utilizá-la. Tudo pelo poder! Temo que, conforme os incontáveis exemplos de seus professores nacionais do lulosarneyísmo, começem a inventar supostos testamentos políticos.

O Maranhão merece muito mais do que estamos assistindo. E, para contrapor-se a esse modelo de subdesenvolvimento, faz-se necessária a discussão democrática e plural de sua economia, política, sociedade e cultura. Faz-se necessário o resgate dos valores e princípios da boa política, que serão sempre novos e arrebatadores de almas a quererem a mudança real dos destinos de nosso estado. As oposições tem um papel importante a desempenhar nesse sentido. E, o primeiro passo é respeitar a história, reconhecer os fatos bem como os erros! Para a construção da unidade das oposições é preciso respeito, cultivar a democracia, que não haja a indevida intromissão na vida dos outros partidos (como temos visto no PT, PDT, PPS, PSDB e, pasmem, até na recente Rede!) e, acima de tudo, sem submissão. Sugiro aos protagonistas das mais variadas oposições, que se começe a discutir a candidatura única para o Senado! É nosso dever, pois só teremos a disputa de uma vaga. E, ao que me consta, ninguém fala disso. Nem mesmo aqueles que mais se pronunciam pela candidatura única ao governo. No segundo turno, se houver e for trabalhado por todos, a unidade se impõe como em 2006.

Receio a unidade que está sendo imposta agora, em torno de uma pessoa, sem programa, sem compromisso de um governo democrático e popular, sem propostas claras. Lembro, novamente, que Jackson Lago sempre foi a favor da unidade das oposições, mas jamais se intrometeu na vida interna dos outros partidos, aqui ou por cima, a nível nacional, e foi candidato 4 vezes ao governo, concorrendo com outros candidatos de oposição. Em 2002, 2006 e 2010, sendo o principal nome, queria a candidatura única, não houve. E, devemos constatar, não houve em 2006 e 2010 porque os atuais proselitistas da candidatura única não quiseram! Jackson Lago tinha biografia pela educação, pela saúde, pela moradia, pelas reformas, pela gestão participativa. O pretenso candidato único tem essa biografia?

E, com toda a sinceridade, devemos admitir que falhas houveram no seu governo plural agredido, diuturnamente, antes mesmo de assumir; quanto às escolhas de alguns de seus auxiliares mal sugeridas por compromissos políticos,… Mas, ao contrário do que dizem os partidários do sarneyísmo e de seus dissidentes, Jackson Lago tentou e fez muito mais que se possa imaginar e que as circunstâncias permitiam. Hilário assistir ao que dizia “que o Zé Reinaldo deixou o avião na cabeceira da pista e o novo piloto não soube decolar…” e, hoje, faz um grande esforço para dizer que o governo Jackson foi combatido. Só agora?

Para aqueles da boquinha, das circunstâncias de poder, das ambições desenfreadas pelo poder, tudo é permissivo, passageiro, rotineiro. Os meios justificam os fins! Será?

Portanto, nós, oposições, temos de ter muita responsabilidade em trabalhar a escolha daquele que nos representará em mais uma batalha eleitoral.

Porque não dar esse direito ao povo, o de escolher?

Saudações Trabalhistas!

Igor Lago
05/03/2013

6 comentários »

Comissão deve investigar refinaria, diz Rubens Jr.

6comentários

rubensjrA notícia de que as obras da Refinaria estão paralisadas é um dos temas mais discutidos na Assembleia Legislativa nos últimos dias. Desde que o líder do governo César Pires, protestou na semana passada, cobrando explicações sobre a retirada das máquinas no canteiro de obras, os parlamentares de oposição buscam maneiras de investigar o que de fato está acontecendo com a refinaria Premium na cidade de Bacabeira.

Em seu discurso nesta manhã (5), o líder da oposição Rubens Pereira Jr. direcionou pedido a todos os deputados para que a Assembleia verifique qual é a real situação da refinaria. “Por ser interesse de todos, principalmente de quem mora na região do Munim, precisamos investigar e propor que a Assembleia faça uma verificação in loco para saber o que de fato está acontecendo”, afirmou o líder Rubens.

A população local, que encontrou na refinaria o potencial de crescimento econômico e social do município, será a maior prejudicada se o projeto não for concluído. O deputado Rubens Jr. propõe ainda que a Comissão de Assuntos Econômicos da Assembleia acompanhe de perto as obras da refinaria e verifique o andamento do projeto.

Ao ser anunciado em 2009, a refinaria atraiu pessoas de diversas partes do país. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) 8,7% da população domiciliada em Bacabeira em 2010 não residiam no município nos últimos cinco anos. A vinda da refinaria atraiu o olhar dos investidores dos setores da educação, setor imobiliário e empresarial, que, na iminência do fim da refinaria, podem ter suas expectativas e investimentos frustrados.

Foto: JR Lisboa/Agência AL

6 comentários »

Maranhense é bicampeão Pan-Americano de Damas

3comentários

allansilvaO maranhense Allan Igor Moreno Silva, Grande Mestre Internacional de 100 casas no jogo de damas, conquistou no último fim de semana, o bicampeonato do Campeonato Pan-Americano de Damas, torneio realizado a cidade de Porto Espanha, capital de Trinidad e Tobago. Pela primeira vez, um brasileiro sagra-se bicampeão pan-americano na modalidade. Em 2012, o damista maranhense também havia vencido o torneio internacional.

E a conquista de Allan Igor foi especial. Com uma campanha impecável, o maranhense chegou à última rodada do torneio já sabendo que o título ficaria em suas mãos.

Nicolas Derival, dos Estados Unidos, e Dickson Maughn, de Trinidad e Tobago completaram o pódio do 17º Campeonato Pan-Americano de Damas.

Conquistas

Em sua jovem carreira damística, Allan Igor já possui grandes conquistas. Tornou-se há dois anos o mais jovem Grande Mestre Internacional do mundo, título outorgado pela Federação Mundial de Jogo de Damas. Em 2011 e em 2012 foi o único damista das 3 Américas presente no Sport Accord Mind Games, realizado na China. Nesta competição, apenas 16 damistas dos 5 continentes têm direito a participar.

Em janeiro deste ano, ele venceu o Primeiro Magistral Paulista de Damas, evento realizado em Águas de Lindóia (SP), que reuniu 76 damistas de elevado nível técnico de doze Estados brasileiros. Agora, Allan Silva estará se preparando para participar do Campeonato Mundial, que será realizado em junho, na Holanda.

3 comentários »

Blitz Urbana recadastra ambulantes da Litorânea

4comentários

Os vendedores ambulantes que trabalham na Litorânea deverão procurar a sede da Guarda Municipal, na avenida dos Franceses para fazerem o recadastramento de dados e solicitar autorização do exercício de atividade econômica no local. O atendimento está sendo feito pela Superintendência de Fiscalização e Postura/Coordenação de Comércio Informal da Blitz Urbana.

O recadastramento será encerrado na sexta-feira (8) e os vendedores do comércio informal que não tiverem realizado o procedimento não poderão exercer atividades no local. O horário de atendimento da Coordenação de Comércio Informal é das 8h às 18h, de segunda a quinta, e das 8h às 12h, na sexta.

Os ambulantes devem apresentar os seguintes documentos: Carteira de Trabalho e Previdência Social; atestado de sanidade física e mental fornecido por instituição federal, estadual ou municipal; prova de quitação da contribuição sindical; licença do veículo, seja veículo motorizado ou trailer; e atestado sanitário das instalações que comercializem gêneros alimentícios.

A Secretaria de Urbanismo destaca que os interessados no recadastramento devem ter ponto de energia próprio concedido pela Cemar. O recadastro e a solicitação de autorização de licença para atividades do comércio informal está previsto no artigo 5º da Lei Municipal 3.016/89.

4 comentários »

André participa de Encontro Nacional dos Detrans

0comentário

andrecamposO diretor geral do Detran-MA, André Campos participou na última quinta-feira (28), em Brasília, do 40º Encontro Nacional do Detrans (END), quando aconteceu a eleição da diretora geral do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC), Sawana Leite de Sá Paulo Carvalho, para comandar a presidência da Associação Nacional dos Detrans (AND), no biênio 2013-2014.

Sawana, que já fazia parte da diretoria da entidade, foi eleita por unanimidade e assume pela primeira vez a presidência. A nova presidente apresentou a chapa única denominada “Uma associação para todos”. A posse aconteceu logo em seguida à eleição. É a segunda vez que uma mulher preside a associação que já teve à sua frente a presidente do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas, Mônica Mello.

A posse da nova diretoria foi prestigiada pelo diretor-geral do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Antônio Claudio Portella Serra e Silva, que na oportunidade reforçou a disposição em estreitar o relacionamento com os órgãos executivos de trânsito. “Quero parabenizar a Sra. Sawana e toda a nova diretoria pela eleição e reafirmar o compromisso do Denatran de manter e ampliar as parcerias com a AND”, afirmou o diretor do Denatran.

A nova presidente destacou como tarefa prioritária de sua gestão fortalecer a representatividade dos associados no âmbito institucional e contribuir com os Detrans no cumprimento de suas funções. Afirma que o objetivo é promover o fortalecimento da AND, que passa pelo fortalecimento da sua estrutura organizacional, o estreitamento da relação entre os Associados e maior efetividade na execução dos assuntos deliberados.

sem comentário »

Prefeitura inicia programa de arborização em São Luís

11comentários

arborizacaoA Prefeitura de São Luís, por meio do Instituto de Paisagem Urbana (Impur), iniciou na manhã desta segunda-feira (4) programa de arborização que irá se expandir por toda a capital ludovicense. As ações começaram na Avenida do Vale, no Renascença, onde foram plantadas oito mudas de árvores nativas, constituídas por mudas de pau-brasil, jacarandá, sibipirunas e oitis.

Segundo o engenheiro agrônomo do Impur, Salim Bakuil, a preocupação atual é a arborização de praças comunitárias, avenidas, ruas e trechos do Centro. Há cerca de mil mudas de árvores nativas e palmeiras a serem plantadas na capital. “Mais do que melhorar a estética da cidade, projetos como esse aumentam a qualidade de vida da população. É este nosso objetivo”, afirmou.

De acordo com ele, o plantio de novas árvores irá recuperar o carbono perdido com a poluição e diminuir a temperatura, elevada graças às ilhas de calor comuns na cidade. “Além da função ecológica, queremos tornar a cidade ainda mais bonita. É preciso fazer de São Luís um lugar ainda melhor para se viver”, ressaltou Salim Bakuil.

Nas próximas semanas, o Instituto continuará o programa de arborização urbana e dará início a novos projetos paisagísticos. Ainda no primeiro semestre deste ano, o Impur iniciará o projeto Amigos do Verde, que contará com o apoio da população para o plantio de novas árvores na capital.

11 comentários »

Zinho é uma das atrações do Amigos do Zico

5comentários

zicoezinhoO torcedor maranhense tem motivos de sobra para ir ao Castelão, no dia 20, para o jogão da Seleção Maranhense com os Amigos de Zico. Por aqui estarão muitas estrelas do futebol brasileiro, além de outros grandes craques que brilharam no futebol maranhense.

As atrações são muitas, além de Zico estarão por os craques Zinho, Válber, Djair, Alex Dias, Gonçalves, Júnior Baiano, Maurinho, Jorginho Paulista, além de Bruno e Thiago, os dois filhos do Galinho.

Pela Seleção Maranhense estarão nomes não menos conhecidos como: Juca Baleia, Tião, Carlito, Raimundinho, Paulo César Coração de Leão, Edinho, Jânio, Osvaldo, Tovar, Paulo César, Izone e Kleber Pereira.

O jogão entre Seleção Maranhense e Amigos de Zico será realizado no dia 20, às 20h, no Estádio Castelão.

5 comentários »

Gil Cutrim é recebido por Sarney em Brasília

4comentários

gilcutrimesarneyO presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) e prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim (PMDB), realizou, nesta segunda-feira (04), visita de cortesia ao ex-presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). A visita faz parte de uma ampla agenda de trabalho que Cutrim está promovendo na capital federal até a próxima quarta-feira.

O encontro aconteceu no gabinete do senador. Gil Cutrim fez um breve resumo das ações que executará durante seu mandato como presidente da entidade municipalista.

Ele defendeu, mais uma vez, a derrubada dos vetos à lei dos royalties do petróleo e recebeu o apoio do ex-presidente do Senado. “Assim como eu, o presidente Sarney entende que esta divisão deve ser igualitária e benéfica para todos os municípios, em especial os situados nas Regiões Norte e Nordeste”, explicou Cutrim.

Também nesta segunda, o presidente da Famem esteve reunido com o ministro Gastão Vieira, ocasião na qual tratou de assuntos que deverão beneficiar os municípios maranhenses no setor do turismo. Gil Cutrim visitou, ainda, o escritório da Federação em Brasília que, nas próximas semanas, deverá receber alguns investimentos no sentido de torná-lo mais eficiente no trabalho de assessorar prefeitos e prefeitas maranhenses que se deslocarem até a capital federal.

Nesta terça-feira pela manhã, Gil Cutrim estará reunido com o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Roberto Ziulkosk. No período da tarde, ele e dezenas de outros prefeitos e prefeitas do Brasil seguem para o Congresso Nacional para acompanhar a votação da lei dos royalties do petróleo e reivindicar no sentido de que os vetos sejam derrubados. Já na quarta-feira, Cutrim estará reunido com senadores e deputados federais do Maranhão para discutir projetos importantes que irão fortalecer as cidades maranhenses.

4 comentários »