O exemplo do Pará

30comentários

paraUm exemplo que deve servir de reflexão a todos que fazem o futebol maranhense: clubes, atletas, federação e imprensa.

Vejam só o que está acontecendo ao nosso lado…

Ontem, em Belém, quase 30 mil torcedores estiveram no Mangueirão, debaixo de muita chuva para acompanhar a primeira partida entre Remo e Paragominas, na decisão da Taça Pará e valendo vaga no Campeonato Brasileiro Série D. O Remo saiu na frente 1 a 0.

E deu muita inveja ver o Mangueirão derramando de gente: 30 mil torcedores e arrecadação de R$ 296.641,00.

E imaginar que além do público que apoia os clubes de lá e enche os estádios, o poder público e a iniciativa privada ainda abraçam a causa do futebol em Belém.

Mas qual o minstério do Pará? O que está sendo feito lá diferentemente daqui?

Fica o desafio…

30 comentários para "O exemplo do Pará"


  1. ALEX

    A DIFERENÇA É QUE A MÍDIA DE LÁ DÁ MUITO MAIS VALOR AOS CLUBES E AQUI NÃO.O GLOBO ESPORTE DE LÁ MOSTRA TODOS OS DIAS O DIA A DIA DOS CLUBES PRINCIPALMENTE TODOS OS DIAS REMO E PAYSANDU. LÁ O GLOBO ESPORTE É PROFISSIONAL E AQUI AINDA É AMADOR. DÁ MAIS VALOR A ESPORTES DE CRIANÇAS. QUANDO ELES MOSTRAM OS LANCES DOS JOGOS, VAI DÁ TORCIDA CHEGANDO NO ESTÁDIO ATÉ ENTREVISTAS COLETIVAS E AQUI PASSA MUITO MAL OS GOLS. QUAL EMPRESA AI PATROCINAR UM TIME QUE NEM NA TEV PASSA.

  2. dantas

    Zeca fui ao estádio assistir a um jogo do nosso glorioso Mac, e vim uma iniciativa muito boa, um grande quantidade de meninos para prestigiar os jogos daqui, é isso aí, temos que incentiva os meninos a torcer para os times da nossa cidade. É uma empresa. ou um time ou a federação que estão promovendo isso?

  3. J Carvalho

    ENQUENTO A FMF FOR BOLIVIANA NAO VAI TER JEITO
    PREJUDICANDO O PAPAO ….
    ISSO É UMA VERGONHA

  4. ACR Motense

    Acho que é uma soma de tudo. O maranhense (de um modo geral) tem mesmo complexo de vira-lata, venera o que é de fora e a maioria tem os times daqui como segunda opção. O poder público deveria investir no futebol profissional sim, como patrocínio (como falaram acima), estampando a logomarca do Gonverno nas camisas, mas até hoje nunca se viu o dinheiro do Viva Nota, todo dia se coloca um empecilho para os clubes (enquanto para shows e eventos tem dinheiro de sobra e o pagamneto é antecipado). E também tem os sanguessugas, aqueles que não vivem ser mordiscar aqui e acolá pra ferrar de vez com os clubes…

  5. José Carlos Lobato Oliveira MAQUEANO

    Os maranhenses pensam que são torcedores desses tims de fora, na verdade só são telespectadores de um programa(nesse caso: os jogos), mas deixam de ir aos esttádios para acompanhar os times locais. Para ineverter essa situação tem que ter uma mudança radical de todos, isso seria para um amplo debate. Os maranhenses têm uma auto estima muito baixa, se um jogador daqui fizer uma besteira em campo o torcedor diz: “SÓ PODIA SER DO MA”, mas se for de fora o cara ameniza. Mas, enfim tem que ter uma discussão ampla, são vários fatores.

    • Zeca Soares

      Prefeito, Lobato.

    • fernando 81

      Essa é a questão…os telespectadores de botequim…são maranhenses que zombam e debocham de si próprios…seja no futebol. seja em outros aspectos sociais.
      E agente que vai para estádio todo jogo, faça sol ou chuva inclusive nas noites de segunda-feira ainda somos esteriotipados de loucos…

      Isso é fruto da história…dá má gestão do futebol por parte da federação e do amadorismo dos nossos dirigentes durante todos esses anos.
      SÓ MUDARÁ…QUANDO AS COISAS REALMENTE MUDAREM DENTRO DE CAMPO…QUE TÍTULOS IGUAL O DO SAMPAIO ANO PASSADO POSSAM SE REPETIR…QUE TENHAMOS DESEMPENHOS MELHORES NA COPA DO BRASIL E COPA DO NORDESTE….
      É UMA RELAÇÃO DE TROCA…A MISSÃO É TRANSFORMAR OS MODINHAS EM TORCEDORES FIEL E PRESENTE…É DIFÍCIL…A TORCIDA SÓ IRÁ AO ESTÁDIO SE HOUVER SUCESSO DAS EQUIPES DENTRO DE CAMPO…E NÃO O CONTRÁRIO.!

  6. DNSC

    O que é mais engraçado é o Zeca Soares… dito “jornalista”, fechar os olhos ao destacar o publico do jogo no Pará, esquecendo o que fez o Sampaio ano passado na série D!!!
    Diga-se de passagem sem patrocinio de peso… nem mesmo ajuda do Governo de Roseana!!!
    No Pará o Governo patrocina os clubes e ajuda a manter a folha em dia… o Paysandu, conta além do patrocinio do Governo do Pará, com o Banpará, Cerpa, Puma e outros!!!
    O Remo também conta com fortes patrocinadores e possuem fontes de renda para montar equipes fortes e disputar titulos nacionais!!!

    • Zeca Soares

      O público paraense vai ao estádio só porque o governo ajuda? Me conta outra para que eu acredite. Com essa grana toda que você diz o Remo é pior do que o Sampaio e muito.

  7. PAPÃO REABILITAÇÃO

    O governo da um milhão , aí aparece a primeira sanguessuga, (ACLEM), 20% depois a segunda sanguessuga (FMF) 30% mais 20% para uma tal de AMA clubes,, sobra o que para os 10 clubes ?, entenderam

    • DNSC

      NO MARANHÃO SÓ TEMOS APROVEITADORES… SÓ PENSAM EM ENCHER OS BOLSOS E SUGAR QUALQUER TOSTÃO DOS CLUBES FALIDOS!!!

  8. Paulo da Cohama

    Creio eu que o maior problema daqui e dos maranhenses em geral é a educação, pois gostar das coisas, dos times dos outros Estados, principalmente do Rio de Janeiro é falta de educação e mau exemplo que se dá aqui. Nada justifica essa paixão louca por esses times de fora, na semana passada um grupo que dizia neonazista, que é mais uma piada, lá no RJ, atacaram a socos um rapaz do Rio Grande do Norte, só porque ele estava ouvindo músicas da Jamaica, só aí vocês que torcem de forma frenética e sofrem muito por esses times do RJ, tinham que fazer uma reflexão !

  9. Ze Augusto Barros

    La toda a imprensa ajuda, tem vários programas esportivos, entrevistas com os caras, e tudo mais. Aqui o globo esporte local prefere divulgar peladas de bairros do que o nosso futebol, isto quando não tem nenhuma competição daquele senhor do futebol de praia.

  10. Paulo Dasmaceno

    O principal e mais rico empresário do Maranhão é o Governo Da dona Roseana, que gosta de patrocinar só FOLIA, pagar 2 milhões para a Beija-flor, 1 milhão para o Roberto Carlos, 500 para a besta da Ivete Seis-Galo, ect.. talo, que enchem os bolsos e vai gastar no seus estados de origem… e nóis aqui fica chupando dedo.

  11. Paulo Dasmaceno

    Ai, se Zeca vai defender o Governo dele, falando em dinheiro, da Saúde, educação… e aí? no Pará também tem saúde , educação.. e aí? pra onde vai o dinheiro da saúde do maranhão, para o futebol que não é.
    Se até o governo de São Paulo tem parceria com a Federação paulista.. aqui.
    Agora quando o Sampaio, ganha alguma coisa ou faz bonito, aí aparece uns bando de sanquessugas.. aproveitadores públicos.. dizendo que ama o futebol.. e tal.

    • Zeca Soares

      Meu governo? Nosso. Você não é maranhense? Arranje outro discurso rapaz.

  12. Paulo Dasmaceno

    É isso ai Claudio e HElcio disse tudo, aqui o futebol é pobre, poucas empresa no Maranhão a maiorias são de fora, investem nos seus estados de origem.
    Lá o governo sabe que o futebol dá retorno.
    Aqui o Governo(Municipal e Estadual) que é maior empresário, não tá nem aí, é encher os seus bolsos e o resto que se dane.
    Aqui quando é dinheiro do governo eles fazem o torcedor de besta, dizendo: não pode, divida fiscal, no orçamento, os clubes não estão preparados…. é muita estória, como se o Remo e Payssandu não tivesse mais problema na justiça como os daqui.
    Agora, o seu Zeca vai dizer que os clubes não procuram as empresas. Quê Empresas? Aqui não tem empresa. todas são de fora.
    A única empresa grande são os governos estadual e municipal.
    Ai seu Zeca vai dizer que o dinheiro é para aplicar na Saúde, educação…blá.blá….., e aí cadê a Saúde, mesmo com aplicação dos recursos. E o dinheiro do esporte, cadê! bolso… bolso… etc e tal.

    • Zeca Soares

      Esntão se é só assim como você diz não tem jeito. Ababa o futebol então?

      • Paulo Dasmaceno

        O futebol não vai acabar, não, só que esse questionamento todos os torcedores de esquina sabe. Sem dinheiro, ficamos pobre.
        O Sampaio, que o único que representa este Estado com dignidade, já faz e fez foi muito, com pouco dinheiro… TRI CAMPeão do Brasil,do Norte.
        O Maranhão que só pensa em política, eleição de 2014, 2015, 2016.. já estão projetando candidato para daqui há 10 anos, aqui come-dorme-merenda politicagem, que é o único meio de ficarem ricos… trabalhar… só o seu Zeca e olha lá, pois a Mirante é a única que paga miózimmmmm!!!!!

  13. Helcio costa

    Patrocinar o futebol aí é opcional ou depende do gestor,aqui no Pará é obrigação de todo governador!

  14. Helcio costa

    Patrocinar o futebol aí é opcional ou depende do geator,aqui no Pará é obrigação de todo governador!

  15. Helcio costa

    A imprensa daqui tem como prioridade o futebol na sua grade de programação.A rádio clube,por exemplo,fala de esportes mais do que todas as rádios de São Luis,juntas..

    • Zeca Soares

      Acho que a imprensa daqui faz e bem a sua parte.

  16. Helcio costa

    A imprensa daqui fala de futebol o tempo todo,ou seja o futebol paraense é prioridade na grade das rádios.A rádio clube é o maior exemplo,só narradores tem seis!

    • Zeca Soares

      A culpa tem que ser sempre da imprensa.

  17. Cláudio Boliviano

    A diferença é que lá no Pará, a iniciativa privada e PRINCIPALMENTE o Governo do Estado investem no futebol e não ficam enganando os Clubes com promessas de migalhas como é feito por aqui. Temos uma torcida apaixonada por futebol tanto quanto eles, porém, infelizmente as pessoas que dirigem o governo do estado do MA não pensam da mesma forma, pois vêem o futebol maranhense como uma Cruz. Querem um exemplo: O dinheiro da inauguração do Castelão até hj o Sampaio nunca viu nem o cheiro e nem a cor do dinheiro, pois colocam um monte de impecilhos, mas se fosse pra trazer time de fora num instante seria liberado sem burocracia. Outro exemplo: reinauguracao o Castelão, porém não destinam verba para mante-lo em boa forma… Esse é o governo do estado do Maranhão, senhores….. Se o “Dono” do estado não se interessa em cuidar e investir no que é nosso a iniciativa privada vai investir?! Claro que não…. Não sou a favor de dar dinheiro publico para times de futebol em troca de nada, porém, no Pará o que acontece é um PATROCINIO que o governo faz no futebol em troca de manter a propaganda do governo do estado…. Ai sim….. São 10 milhões de reais para os clubes do Pará, isso somente no campeonato paraense, sendo que destes, 5 milhões são para Remo e Paysandú….. Fora o patrocínio para os clubes no Campeonato Brasileiro. Não tem segredo, minha gente, futebol sem dinheiro não tem como dar certo!!!!!! Fica a dica.

    • Zeca Soares

      Não entendi. Vc diz que não é a favor de dinheiro público em time de futebol. E em seguida cobra o poder público????

      • Cláudio Boliviano

        O que eu quis dizer é que sou contra dar dinheiro publico a times de futebol em troca de nada…..sou a favor de um patrocínio igual os times do Pará que são patrocinados pelo governo do estado em troca de os times do Pará levarem o logotipo do governo do estado do Pará nas suas camisas….

      • DNSC

        Zeca, voce está péssimo em interpretação de textual!!!

deixe seu comentário