Operação Divisa Segura

1comentário

seguranca

Gestores de Segurança Pública dos nove estados da Região Nordeste definiram durante mais uma reunião de trabalho do Comitê Integrado de Segurança Pública do Nordeste – Operação Divisa Segura, as ações que serão deflagradas nos próximos 30 dias.

O encontro, que ocorreu na manhã de terça-feira (7) no salão de eventos do Hotel Premier, na Ponta D’Areia, discutiu, ainda, a importância da integração dos órgãos de segurança pública da região no combate a atuação de grupos criminosos, principalmente no tocante a ações como assaltos a bancos, tráfico de drogas, roubo de cargas, entre outros.

Participam do encontro, profissionais das Polícias Civil, Militar, Corpo de Bombeiros, Federal, Rodoviária Federal e do Exército dos estados do Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Bahia, Ceara, Paraíba, Pernambuco e Alagoas.

Durante a abertura oficial, o secretário de Estado de Segurança Pública do Maranhão, Aluisio Mendes destacou a importância da troca de informações entre os estados. “Hoje o crime é interestadual e até internacional. Com a troca de informações notamos que um grupo, por exemplo, que atua no Maranhão tem ‘braços’ no Piauí e no Rio Grande do Norte. Por isso, esses espaços são importantes para traçarmos um planejamento de várias linhas de ação que resultem na identificação e prisão desses criminosos”, analisou.

Foto: Mauro Wagner

1 comentário »

Segurança nas escolas

2comentários

pedrolucas

Segundo reportagem veiculada nesta terça-feira (7) pelo programa “Bom Dia Brasil”, da TV Globo, todos os colégios de São Paulo e Região Metropolitana serão monitorados por câmeras de segurança. A medida faz parte do sistema de proteção escolar que tinha sido anunciado em 2009. As câmeras ficarão nos pátios e nas áreas mais movimentadas das escolas, e as imagens chegarão a quatro centrais de monitoramento. O sistema existe há um ano em cerca de 1,5 mil escolas. Agora será expandido para todas as escolas estaduais que ficam na Região Metropolitana de São Paulo.

No Maranhão, o vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB) fez proposta semelhante à Secretaria de Segurança Pública do Estado. A diferença é que o petebista propôs que o sistema de câmeras deveria ser instalado nas escolas públicas da rede municipal e estadual de ensino.

O pedido foi feito via Indicação endereçada à governadora Roseana Sarney (PMDB), apresentada à Mesa Diretora da Câmara no dia 4 de março. “O pedido visa atender reivindicações e sugestões formuladas por pais de alunos e professores, como medida inibitória de ações de vandalismo, assaltos e outros transtornos que possam colocar em risco a segurança dos alunos e de todo o corpo docente das escolas, a exemplo de incidentes dessa natureza já registrados”, diz o parlamentar no documento.

O governo do Estado anunciou no final de janeiro que a Secretaria de Segurança Pública vai implantar mais 200 novas câmeras de vídeo monitoramento em São Luís, totalizando 300 unidades ligadas 24 horas por dia. Esta segunda fase, que terá início ainda este semestre, contemplará vários bairros e regiões da capital maranhense. Pedro Lucas Fernandes pede que as entradas das escolas públicas sejam incluídas no projeto.

Instalado em outubro do ano passado, o Centro de Comando e Controle do Videomonitoramento da Região Metropolitana registrou até janeiro 1.222 eventos, fatos ou incidentes captados pelas câmeras de segurança móvel. No primeiro mês, foram contabilizados apenas 312 ocorrências. Já no terceiro, o balanço foi fechado com 928 eventos.

Na primeira fase do projeto, inaugurado em setembro do ano passado, foram instaladas cem câmeras em diversas avenidas de São Luís, e em locais próximos a agências bancárias, pontos comerciais e turísticos.

Foto: Paulo Caruá

2 comentários »

Onde tudo começa…

12comentários

motobase

Tudo começa na base. E o novo Moto, pelo visto começa a trilhar  um novo caminho no futebol maranhense e que pode mudar a sua triste história nos últimos anos.

O Moto já começa a movimentar nas suas divisões de base. O time Sub-20, por exemplo já vem treinando para disputar as competições oficiais.

Desde que assumiu o clube em janeiro deste ano, o presidente do Moto, Roberto Fernandes fez questão de deixar claro que as divisões de base serão prioridade no Moto. É por aí…

A semente está plantada…

12 comentários »

Governo Itinerante em Santa Quitéria

2comentários

santaquiteria1
A governadora Roseana Sarney encerrou, nesta terça-feira (7), mais uma etapa das ações do Governo Itinerante, na região do Baixo Parnaíba, visitando os municípios de Santa Quitéria e Milagres do Maranhão. “O balanço é muito positivo, o povo tem procurado as ações do governo e aproveitamos para prestar contas do que estamos fazendo”, declarou a governadora Roseana Sarney.

As ações do Governo Itinerante garantiram atendimento médico no Hospital Municipal, por meio do Saúde é Vida. Foram disponibilizadas assistência em clínica médica e pediátrica; preventivo do câncer ginecológico (colpocitologia oncótica); atendimento de laboratório de análise clínica: glicemia, colesterol total e PSA e consultas oftalmológicas, com diagnóstico e cirurgias de catarata, pterígio e tratamento de glaucoma.

santaquiteria
No município, a governadora Roseana Sarney fez a entrega de sementes selecionadas de feijão e de Declarações de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (DAPs do Pronaf) à pequenos agricultores da região. Toda a região do Baixo Parnaíba será beneficiada com um total de 21 toneladas de feijão, somente em Santa Quitéria foram 1.500 quilos de sementes. “Está na hora do plantio, esperamos aumentar a nossa produção de feijão”, ressaltou Roseana Sarney.

Na ocasião, também foram entregues aos produtores, mil mudas de açaí e maracujá, doadas pela Prefeitura Municipal que mantém uma parceria com a Embrapa para incentivar o plantio de frutas no município.

A caravana do governo do Estado contou com a presença dos secretários estaduais Luis Fernando Silva (Infraestrutura), Clodomir Paz (Programas Especiais), José Ribamar Vieira (Casa Militar), Rodrigo Comerciário (Relações Institucionais) e Sérgio Macêdo (Comunicação Social). Também participaram os deputados estaduais Max Barros e Fábio Braga, prefeitos e lideranças políticas e comunitárias da região.

Fotos: Antônio Martins

2 comentários »

Semed fortalecerá conselhos

1comentário

allankardecComo parte integrante da política democrática e dialógica de trabalho do prefeito Edivaldo Holanda Junior, a Secretaria de Educação (Semed) deu continuidade à rodada de conversas com os conselhos municipais com os quais possui interação. A Secretaria tem estabelecido diálogo com os conselhos de Educação, de Merenda Escolar e do Acompanhamento e Controle Social do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (CACS/Fundeb).

“Com esses encontros queremos fortalecer o papel dos conselhos municipais e estreitar nosso relacionamento com o Conselho [do Fundeb]. Para isso, iremos dar todo o suporte necessário para que o Conselho desempenhe as suas funções e atribuições. Queremos desenvolver, em conjunto com os conselhos municipais, um trabalho que prime por uma Educação com qualidade cada vez maior”, destacou o secretário de Educação, Allan Kardec Duailibe.

Durante o encontro, a equipe da Secretaria de Educação propôs o desenvolvimento de um trabalho conjunto com o CACS e garantiu o fortalecimento do órgão na atual gestão. A Semed também se comprometeu em atender as solicitações realizadas pela presidente do CACS, Lindalva Lopes, para que o órgão tenha condições de funcionar plenamente.

A reunião contou com a presença do secretário adjunto de Administração e Finanças da Semed, Paulo Guilherme; da secretária adjunta de Ensino da Secretaria, Kariádine Maia; da chefe da Assessoria Técnico-Pedagógica do órgão municipal, Regina Galeno; da presidente do Conselho de Acompanhamento e Controle Social do FUNDEB, Lindalva Lopes; e do representante dos diretores das escolas básicas públicas no Conselho, Claudinei de Jesus Rodrigues.

1 comentário »

Frota e Américo recuam…

20comentários

sergiofrotaO presidente do Sampaio e da AMA Clubes, Sérgio Frota já recuou do posicionamento anunciado ontem à noite, durante reunião do Conselho Arbitral de Clubes.

Frota chegou a defender a posição do presidente da FMF, Antônio Américo que quer o Estadual de 2014 com oito equipes.

Hoje, em entrevista ao Ponto Final, na Rádio Mirante AM, Sérgio Frota voltou a reconhecer a importância do Moto para o futebol maranhense e disse que votará pela permanência de 10 equipes no Estadual.

“Eu acho que existem equipes que não contibuem nada para o futebol maranhense e que só aumenta a despesa dos clubes, mas agora eu vou votar pelos dez clubes. Precisamos de Moto e Sampaio unidos fora de campo”, afirmou.

O presidente do Moto, Roberto Fernandes voltou a questionar a FMF por não cumprir aquilo que é discutido.

antonioamerico“Essa questão já havia sido discutida na Federação e três equipes subiriam para que dez pudessem disputar o Campeonato Maranhense do próximo ano. Eu não entendo como voltam a discutir as mesmas coisas e o pior, votam mudanças. Eu não fui à reunião porque acreditei que estava definido. Não é possível você sair de lá e depois tudo mudar. Os acordos tem que ser cumpridos e pronto. É contra isso que estamos nos posicionando. Sobre o Moto, se tiver uma vaga ou meia vaga, posso garantir a você que vamos subir. Vamos fazer um grande time e a nossa obrigação é subir”, explicou Fernandes.

O presidente da FMF, Antônio Américo também já refez o seu posicionamento e disse em entrevista à Rádio Mirante AM que já foi convencido pelo diretor técnico, Antônio Henrique de Moraes Rego que a fórmula apresentada com 10 clubes é a ideal para o Estadual 2014.

Américo disse ainda que suspenderá a reunião da próxima semana e vai anunciar todas as decisões ainda hoje.

20 comentários »

Rafael Leitão no Mundial

0comentário

rafaelleitaoO maranhense Grande Mestre Internacional de Xadrez (GM) Rafael Duailibe Leitão sagrou-se campeão do Zonal 2.4 da Fide (Federação Internacional de Xadrez). O evento reuniu jogadores de Brasil, Peru e Bolívia, e foi realizado em Manaus-AM.

Na campanha, Rafael teve seis vitórias e três empates, somando 7,5 pontos, mesmo desempenho do também GM Alexandr Fier. O critério de desempate que leva em consideração os adversários enfrentados durante o certame garantiu o título ao maranhense.

“Tive um emparceiramento dificílimo, enfrentando Fier, Krikor Mekhitarian, Jorge e Deisy Cori, Diego Di Berardino e  Luis Paulo Supi. Se por um lado isso dificultou meu torneio, por outro me ajudou nos critérios de desempate e a ganhar 8 pontos de rating”, comentou Rafael.

Com o título, Rafael garantiu vaga na Copa do Mundo de Xadrez, a ser realizada em agosto em Tromso (Noruega). Antes, disputa ainda em maio o Aberto do Brasil Memorial Coronel Chico Alves, em Fortaleza-CE.

sem comentário »

Proposta aos professores

0comentário

pabiogodim

sem comentário »

Reunião acaba em polêmica

22comentários

reuniaofmf

Clubes e Federação se reuniram ontem na Federação Maranhense de Futebol (FMF) para começar a discutir calendário da próxima temporada.

O ponto polêmico da reunião foi a redução do número de clubes na primeira divisão em 2014. A ideia da redução de clubes foi  do presidente da FMF, Antônio Américo sob a alegação de redução de despesas.

O que chamou a atenção foi o posicionamento do presidente da entidade que deveria defender os clubes (AMA Clubes), Sérgio Frota que também é presidente do Sampaio e que apóia a sugestão de Américo.

O diretor técnico, Antônio Henrique defendeu o campeonato com 10 times e dividido em grupos e contou com o apoio do diretor de futebol do Moto, Waldemir Rosa, o Dadá. É o Moto quem está em situação desconfortável e sabe que a sugestão de Américo e Frota poderia prejudicar ainda mais o Moto. Ou será que FMF e Sampaio não querem o Moto na primeira divisão?

Bom, se Américo e Frota tivessem preocupados com a situação financeira dos clubes não estariam de braços cruzados. Américo até tentou, mas acabou fazendo um contrato com uma empresa que não ajudou em nada a situação dos clubes.

Além disso, enquanto usa o argumento das despesas para reduzir a primeira divisão, aceita 13 clubes na segundinha e incha uma competição que já é a cara do fracasso. Parece incoerência, não? Ou será porque cada clube novo na segundinha renderia R$ 73 mil para os cofres da FMF?

Sérgio Frota como presidente de uma associação que deveria defender os clubes não fez absolutamente nada. Se não for o contrato com o governo do Estado o que a AMA Clubes trouxe de benefício aos clubes? E o pior, como a relação entre Frota e Américo está desgastada, nem mesmo o Viva Nota saiu. Pelo contrário, atrasou exatamente por conta do desentendimento entre eles.

Mas porque será que a FMF e AMA Clubes não conseguem um tostão para o futebol? Com 10, 8 ou seis clubes, a situação vai continuar a mesma até que essas duas entidades resolvam trabalhar em benefício dos seus filiados. E que elas deixem de esperar apenas a verba pública cair do céu.

Uma nova reunião ficou marcada para a próxima terça-feira (14), às 18h, na Federação Maranhense de Futebol (FMF).

Foto: João Ricardo

22 comentários »

Edivaldo veta Secretaria de Cultura

4comentários

edivaldoefranciscoO Estado

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PTC), vetou o projeto, de iniciativa do próprio Executivo, que cria a Secretaria Municipal de Cultura, uma de suas promessas de campanha. A matéria foi aprovada no fim do ano passado pela Câmara Municipal e acabou sendo vetada pelo gestor, sob alegação da falta de recursos para criação de uma secretaria.

Além da pasta de Cultura, Edivaldo Júnior havia prometido a criação das secretarias de Juventude, de Trabalho e de Habitação – para as quais já, inclusive, nomeou os titulares -, mas nunca encaminhou os projetos à Câmara Municipal.

O debate sobre o veto veio à tona na sessão de ontem na Câmara, após o presidente do Legislativo, Isaías Pereirinha (PSL), pedir que a Mesa Diretora colocasse o veto do prefeito na pauta da próxima quarta-feira para que o plenário se manifeste sobre a manutenção ou derrubada do veto. No entanto, a apreciação e votação da matéria ficaram para a sessão da próxima segunda-feira (13), quando o assunto deve voltar a gerar polêmica.

“Esse foi um projeto encaminhado a esta Casa ainda na gestão do ex-prefeito João Castelo [PSDB], atendendo a reivindicações dos movimentos culturais. Naquela oportunidade, no apagar das luzes da legislatura passada, foi aprovada não só a criação da Secretaria Municipal de Cultura, mas também o Fundo Municipal de Cultura. Porém, para surpresa de todos, agora o atual prefeito Edivaldo Holanda Júnior vetou o projeto, alegando que não há recursos financeiros para bancar a estrutura. O veto do prefeito já foi encaminhado para o gabinete de todos os 31 vereadores”, disse o presidente Pereirinha.

Ele considerou incoerência do prefeito ao tomar a decisão, por entender que o orçamento do Município, aprovado em dezembro passado, contempla recursos para criação da Secretaria de Cultura. “O orçamento de 2013 contempla a criação desta secretaria, cuja implementação atingiria, no máximo, 5,12% do orçamento da Prefeitura de São Luís. Apesar disso, a gente não entende essa recusa”, ressaltou.

Nota do blog

Ao Blog do Zeca Soares, o líder do governo na Câmara, Honorato Fernandes (PT) disse que o prefeito Edivaldo Holanda Júnior mantém o compromisso da criação da Secretaria de Cultura, mas que isto só deverá ocorrer no próximo ano. Para a criação da Secretaria de Cultura agora seria necessária a criação de cargos e a garantia dos recursos.

O presidente da Func, Francisco Gonçalves disse que vem acompanhado o processo de transformação da Func em Secretaria e disse concordar com a decisão do prefeito Edivaldo Holanda de efetivar a mudança apenas em 2014.

4 comentários »