Falta uma assinatura…

1comentário

O deputado Hemetério Weba (PV) foi o 13º deputado a assinar o requerimento do deputado Raimundo Cutrim (PSD) para criação da CPI da Agiotagem, na Assembleia Legislativa. Falta apenas uma assinatura para que Cutrim apresente o requerimento à Mesa Diretora, mas isto terá que ocorrer até a próxima quarta-feira.

Assinaram o pedido de CPI os deputados: Carlos Amorim (PDT), Bira do Pindaré (PT), Cleide Coutinho (PSB), Neto Evangelista (PSDB), Eliziane Gama (PPS), Zé Carlos (PT), Raimundo Louro (PP), Rubens Pereira Júnior (PCdoB), Gardênia Castelo (PSDB), Antônio Pereira (DEM) e Manoel Ribeiro (PTB) e Raimundo Cutrim (PSD).

O deputado Othelino Neto (PPS) que havia prometido assinar o requerimento recuou da posição. Não fosse isto, Cutrim já teria as 14 assinaturas necessárias para a criação da CPI.

1 comentário »

Jack quer voltar…

22comentários

jackjonetreino_1Ídolo da torcida motense. Artilheiro em várias oportunidade e responsável direto por títulos estaduais justamente contra o maior rival do Moto: o Sampaio. Jack Jones quer voltar para o Moto Club. Fez o pedido à diretoria e aguarda resposta.

Mas desta vez a presença do ex-jogador não é para servir de opção para o ataque do time, pelo menos a princípio. A realidade agora é outra. Com um curso de treinador debaixo do braço, o ídolo do Moto quer uma chance de começar em outra função.

– Conversei com o Dadá e falei com o Roberto Fernandes também. Meu sonho é poder voltar para o Moto. Queria que o Moto me desse essa oportunidade de poder pegar experiência, pois no futuro pretendo ser treinador – contou Jack Jones ao GLOBOESPORTE.COM/MA.

Aos 36 anos, o postulante a treinador espera ser contratado para assumir a função de auxiliar do novo treinador do Moto ou até mesmo ser inserido no novo projeto de categoria de base do clube.

Mas o sonho de poder jogar mais alguns minutos pelo time que o consagrou ainda existe. O atacante revelou que na conversa que teve com a diretoria, sugeriu que fosse colocado como atleta para que jogasse ao lado de Kleber Pereira.

– Falei também que se desse, eu jogaria essa Segunda Divisão junto com o Kleber para poder ‘dar uma mexida’ no campeonato. Depois eu já ficaria no clube para poder assumir um desses cargos – revelou.

Leia mais

22 comentários »

Última tentativa de acordo

1comentário

O Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA) vai realizar na próxima quarta-feira (15), às 15h, a audiência de mediação definitiva entre o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Estado do Maranhão (Sttrema), o Sindicato das Empresas de Transporte (SET) e representantes da Prefeitura, na sede do MPT-MA, em São Luís. Caso as partes não entrem em acordo, o caso será levado ao Judiciário.

1 comentário »

Combate à estiagem

0comentário

O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, prefeito Gil Cutrim (São José de Ribamar), apresenta nesta terça-feira (14), em Brasília, uma série de pleitos dos municípios maranhenses para viabilizar o eficaz combate à estiagem que atinge praticamente todo o interior do estado.

Após uma reunião realizada nesta segunda-feira (13), em São Luís, com prefeitos e representantes de 30 municípios, ficou acertado que na reunião que terá com a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e os presidentes da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), em Brasília, Gil Cutrim cobrará do Governo Federal que inclua o Maranhão na lista de estados beneficiados com o envio de patrulhas mecanizadas para apoio aos agricultores.

gilcutrim
“Nós vamos levar aos presidentes da Câmara e do Senado, e à ministra Gleisi Hoffmann, se ela aparecer na reunião, porque sempre envia representantes, esse pleito dos nossos prefeitos, que precisam desse apoio do Governo Federal e não podem mais ser excluídos quando todos os estados do Nordeste serão beneficiados”, destacou.

Após o encontro na capital federal – do qual participarão os presidentes das várias associações e federações de prefeitos do Nordeste -, o presidente da Famem detalhará o que for discutido em nova rodada com os maranhenses.

Cutrim também assumiu o compromisso de levar ao governo do Estado uma proposta para diminuir o impacto da instalação de poços artesianos nas contas das prefeituras. Segundo ele, apesar de o estado garantir o benefício da perfuração, são os municípios que arcam com despesas de custeio e manutenção das benfeitorias.

“Nossa proposta é de que o Executivo Estadual, através do programa ‘Viva Luz’ isente os municípios do pagamento das contas de energia referentes ao funcionamento dos poços artesiano perfurado pelo Estado”, finalizou.

Foto: Silas Serra

sem comentário »

Carioca é preso

4comentários

Suplente-de-vereador-CariocaO suplente de vereador de São Luís Paulo Roberto Lima Oliveira, mais conhecido como Carioca, foi preso na tarde desta segunda-feira (13), na Delegacia de Homicídios.

Segundo o Blog do Jorge Aragão, Carioca foi preso por determinação da juíza de Itapecuru-Mirim, Samira Heluy, por posse sexual mediante fraude – crime consistente em ter conjunção carnal com mulher mediante fraude.

O suplente de vereador responde a um processo desde 2006, mas teria se negado a prestar os esclarecimentos solicitados e por conta dessa negativa, a juíza expediu o mandado de prisão em 23 de janeiro deste ano e que foi cumprido nesta segunda-feira (13).

Carioca vai travando uma luta árdua na Justiça Eleitoral contra o vereador Beto Castro. Carioca acusa o colega de partido de inúmeras fraudes, inclusive de utilizar dois nomes, mais de um CPF, entre outros, mas dessa vez, quem acabou se dando mal foi justamente Carioca.

4 comentários »

Concurso da polícia

0comentário

fabio

sem comentário »

Improbidade administrativa

0comentário

juarezlimaA Promotoria de Justiça de Vargem Grande ingressou com uma Ação Civil Pública por improbidade administrativa contra Juarez Alves Lima (foto) e José Ronald Boueres Damasceno, respectivamente ex-presidente e ex-secretário executivo da Agência Intermunicipal de Consórcio das Microrregiões do Munim, Lençóis e Baixo Parnaíba Litoral (Age Consórcio).

A ação foi motivada por uma representação feita pela atual prefeita de Presidente Vargas, Ana Lúcia Cruz Rodrigues Mendes (Presidente Vargas é Termo Judiciário da Comarca de Vargem Grande). De acordo com a representação, a falta de prestação de contas de um convênio celebrado em 2008 tem impedido o Município de firmar novos convênios com o Estado do Maranhão.

O convênio em questão é o n° 217/2008, firmado entre a Age Consórcio e o Estado do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, em 16 de junho de 2008, no valor de R$ 700 mil. O objetivo seria a promoção do programa de preservação e dinamização do São João maranhense – “São João da Maranhensidade 2008”.

Ao não prestar contas da aplicação do convênio, Juarez Lima e José Damasceno incorreram em ato de improbidade administrativa, aponta o promotor Benedito de Jesus Nascimento Neto, autor da ação. Caso sejam condenados, os ex-gestores da Age Consórcio estarão sujeitos a suspensão dos direitos políticos por cinco anos, pagamento de multa de 100 vezes a remuneração recebida na época e a proibição de contratar ou receber qualquer tipo de benefício do poder público pelo prazo de três anos.

sem comentário »

Posse concorrida

0comentário

bastico

“Dou um prazo de 30 dias para a mudança acontecer na saúde de Bequimão”. A promessa é de Bastico Moraes, que foi nomeado secretário de Saúde do município, em cerimônia bastante concorrida, no último sábado (11), na Prefeitura Municipal de Bequimão. Para seu lugar, na Secretaria de Articulação Institucional e Projetos Especiais, o prefeito Zé Martins (PMDB) nomeou o bacharel em Direito, Sidney Bouéres.

Rebatendo críticas feitas pela vereadora Raquel Paixão, que tentou desqualificar sua indicação para pasta, por ser engenheiro agrônomo, Bastico Moraes disse que não entrará no hospital para aplicar injeção ou medicar paciente. “Vou cuidar de programas da saúde, como ela, que é enfermeira, e o secretário da saúde da gestão passada, que é médico, não cuidaram”, assegurou Bastico.

O novo secretário de saúde afirmou, ainda, que esteve no hospital municipal antes da posse, observando a atual situação. “Não vai ser fácil no primeiro momento, mas estou com todo entusiasmo para minimizar logo a dor do povo de Bequimão”, garantiu Bastico, na foto com Zé Martins (prefeito de Bequimão), César Soares (vice-prefeito de Pinheiro) e Isaac Filho (vice-prefeito de São Bento).

Leia mais no Tribuna de Bequimão

sem comentário »

Honorato confiante

2comentários

honoratofernandesvereador

Ficou para terça-feira (14), a votação do veto do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) ao projeto que cria a secretaria municipal de Cultura. O veto deveria ter sido votado hoje, mas o vereador Astro de Ogum (PMN) pediu vista por 24 horas para analisar melhor o projeto.

Segundo o líder do governo, vereador Honorato Fernandes (PT), o prefeito Edivaldo Holanda Júnior tem reinterado o compromisso de criar a Secretaria de Cultura nos diálogos que tem mantido com os movimentos culturais. Ele não vê dificuldade para manutenção do veto do prefeito.

“O vereador Astro de Ogum é uma pessoa ligada à Cultura e preocupado com a questão pediu 24 horas para analisar melhor o veto, mas acho que não teremos problema algum na votação de amanhã (14). O projeto como tenho dito tem impedimento de ordem financeira, orçamentária e legal. A implatação da Secretaria obrigaria a criação de cargos agora. Este não é um bom momento devido à situação financeira da Prefeitura. Tenho conversado bastante com o prefeito Edivaldo Holanda que tem reinterado o seu compromisso com os movimentos culturais e um deles é a criação dessa secretaria já no ano que vem”, afirmou.

2 comentários »

Esquema do PCdoB

5comentários

materiaveja

Revista Veja

Na semana passada, a Polícia Federal abriu um inquérito para investigar um grupo de ex-servidores no Ministério das Cidades que fraudou licitações e desviou recursos do Programa Minha Casa, Minha Vida. O esquema, chefiado por um militante comunista, pode ter irrigado os cofres do PCdoB e os bolsos de camaradas com dinheiro desviados da casas populares. Ao melhor estilo capitalista, os militantes fundaram um conjunto de empresas de papel para lucrar sem fazer nenhum esforço.

A partir de informações privilegiadas, eles fraudavam licitações e ganhavam contratos com as prefeituras. Depois, cobravam propina para repassá-los a pequenas empreiteiras, que eram subcontratadas para construir as casas populares. Um negócio bem tramado que não continuou operando porque houve um desentendimento na hora de socializar a mais-valia dos golpes.

Insatisfeito com a parte que havia recebido – cerca de R$ 1 milhão -, um dos camaradas-sócios, segundo reportagem publicada pelo jornal O Globo, resolveu entrar na Justiça para requerer uma fatia maior dos lucros. A partir daí, a disputa pelo faturamento milionário – coisa de R$ 12 milhões – acabou expondo evidências das fraudes, que ocorriam desde 2005.

Esquema

O dinheiro, segundo depoimento de Fernando Borges, ex-funcionário do Ministério das Cidades, sairia do antigo Programa de Subsídio Habitacional (PSH) incorporado mais tarde pelo Minha Casa, Minha Vida, e acabaria nos cofres do PCdoB e de seus militantes.

A ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra é citada como idealizadora do esquema. A petista teria aberto as portas dos bancos privados para o financiamento dos negócios do grupo. Como recompensa, ficaria com R$ 200,00 de cada casa construída.

Investigação

Além do inquérito policial, o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, abriu sindicância par apurar as irregularidades. Procurada, a ex-ministra Erenice Guerra preferiu o silêncio.

O envolvimento de comunistas em negócios escusos não é novidade. Em 2011, membros do partido já haviam sido apanhados desviando recursos no Ministério do Esporte. Criado para amparar crianças carentes, o Programa Segundo Tempo alimentava ainda o caixa de campanha de políticos do PCdoB. O site do partido informa que os camaradas, agora no poder, lutam pela construção de um certo “socialismo moderno” e que vivem hoje “uma das suas fases mais ricas”. Faz sentido.

Nota do blog

Neste domuingo (12), o secretário de Comunicação de São Luís, Márcio Jerry que é do PCdoB tratou logo de tentar desqualificar a reportagem da Veja:

marciojerry4

5 comentários »