“Confiança na isenção”

4comentários

dsc_4553

A comissão de arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) escalou um assistente acreano para o duelo entre Rio Branco e Sampaio Corrêa, pela Série C. Procurado pelo GLOBOESPORTE.COM,  o chefe do departamento de arbitragem da entidade, Sérgio Corrêa, defendeu que tem ‘confiança na dedicação, isenção e responsabilidade’ dos árbitros do quadro.

Por email, Corrêa explicou que o critério da escala está incluído no item 4, do capítulo XIII, das normas da arbitragem da CBF: “A Comissão de Arbitragem da CBF poderá, a qualquer tempo, designar para sorteios os árbitros, assistentes, quarto árbitro, árbitro assistente reserva, adicionais, delegado especial do mesmo estado em que se realizam a partida, de forma mista ou de outros estados”.

– Na Série A já ocorreu isto, ou seja, tivemos assistentes e adicionais do mesmo estado atuando desta forma. Isto também ocorreu em jogos da Série D. A comissão tem plena confiança na dedicação, isenção e responsabilidade de seus Oficiais de Arbitragem – respondeu Corrêa, por email.

Leia mais

4 comentários para "“Confiança na isenção”"


  1. Verdade solene

    Como sempre diz Joseph Blater, presidente da FIFA, ” Não é bom que o Brasil ganhe sempre as copas do mundo e os outros não…” Da mesma forma não interessa a CBF que o Sampaio ganhe mais um título nacional das divisões de acesso, sobretudo porque Santa Cruz e Fortaleza estão na fila a mais tempo para ascender a série B e nenhum deles tem tal título. Logo, abra o olho tricolor, pois as federações do Ceará, Pernambuco e Mato Grosso tem mais prestígio na CBF que o nosso covil desorganizado.

  2. Adailton andrade

    não acredito, na ultima vez que estive no acre fomos roubados e ainda apanhamos da policia botem a bouca no trombone.

  3. Luís Henrique Passos

    Idependentemente, que exista critério da escalação por está incluído no item 4, do capítulo XIII, das normas da arbitragem da CBF, a Diretoria do Sampaio Correa, a FMF e a própria imprensa tem que pressionar esse cidadão por nome Sérgio Corrêa, a fim de que haja a mudança do assistente do jogo, pois além de ser mais é ético, existe também a questão da neutralidade. Nada de arranjos,pois o quadro de árbitros e assintentes da entidade é para isso. Se tem assistentes porque escalar do próprio estado. O Sampaio Correa não deve aceitar essa escalação. Botem a boca no trombone, pois tem muita gente interessada em tirar o Sampaio da liderança.

  4. Torcedor

    O Sampaio tem que ficar bem espero viu.

deixe seu comentário