Agradecimento

0comentário

campanhamaju

A família da jovem Maria Júlia Bogéa, a Maju, divulgou nota à imprensa onde confirma que todo o tratamento será custeado pela Secretaria de Saúde do Estado do Maranhão.

Segundo a nota, tudo que foi arrecadado na Campanha da Maju será doado a uma instituição.

Leia a nota:

É com muita emoção que comunicamos o resultado positivo da CAMPANHA DA MAJU.

Graças a Deus e à solidariedade de amigos e familiares, além de toda a sociedade que se mobilizou na Campanha pela Saúde da MAJU, que conseguimos sensibilizar o Estado para que ele garantisse o tratamento da nossa filha.

A força de todos que acreditaram, assim como nós, de que a solidariedade e a fé podem mover montanhas, aliada à imensa repercussão que a Campanha da MAJU teve em todo o Estado do Maranhão, resultou na declaração do Secretário de Saúde de que todo o tratamento de MAJU será custeado pela Secretaria de Saúde do Estado do Maranhão.

Depois de mais de dois meses de angústia, ansiedade e muito medo de que não conseguíssemos apurar o valor pretendido, alcançamos o imaginável, provar que a união de pessoas que, sequer se conhecem podem transpor muralhas em prol de uma causa justa.

Foram muitas batalhas vencidas até agora, mas a principal delas está prestes a ter um fim, que é a realização da cirurgia que MAJU tanto precisa para a sua recuperação.

O que colhemos durante toda Campanha da MAJU ficará guardado em nossos corações para sempre. Temos certeza de que as orações, os abraços, as lágrimas, os sorrisos e os muitos votos de que nossa filha conseguiria realizar a cirurgia que tanto precisa são muito mais valiosos do que o numerário que apuramos na campanha.

Mesmo em momento de tanta angústia, dor e sofrimento, Deus nos abre a possibilidade de fazer o bem a outras pessoas. E é justamente com esse sentimento de gratidão e de querer retribuir de alguma maneira todo o apoio e a solidariedade que recebemos de milhares de pessoas, que nos comprometemos em documento registrado em cartório e reafirmamos nesta nota de esclarecimento de que após a cirurgia de MAJU, DOAREMOS PESSOALMENTE O VALOR APURADO NA CAMPANHA. TODA A APURAÇÃO E O REPASSE À INSTITUIÇÃO BENEFICIADA SERÁ REALIZADA COM O APOIO E A SUPERVISÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL, que nos apoiou desde o início das negociações com a Secretaria Estadual de Saúde.

Agradecemos a todas as pessoas, amigos, familiares ou irmãos anônimos que doaram, ajudaram, participaram, compartilharam, sorriram ou choraram conosco durante esta árdua caminhada, sem citar nomes para não cometer o erro de esquecer alguém.

Esclarecemos por fim, que as pessoas que iniciaram ações sociais em favor da Campanha da Maju, deverão entrar em contato conosco por e-mail ou inbox, a fim de redirecionarmos para outros fins/obras sociais. ]

Pedimos a todos que torcem por nós e pela recuperação de MAJU que continuem rezando, orando e transmitindo vibrações positivas, para que vençamos a próxima batalha que se inicia agora, que é o efetivo tratamento da nossa filha e o sucesso da sua recuperação.

Que Deus abençoe o coração de cada um que andou conosco nessa peregrinação!

Nosso muitíssimo obrigado!

sem comentário »

Sem Pimentinha

7comentários

pimentinha

O Sampaio não terá dois titulares no jogo de domingo contra o Cuiabá-MT, fora de casa pelo Campeonato Brasileiro Série C.

O atacante Pimentinha com “canelite” e Denílson com uma contusão no tornozelo estão fora e já estão em recuperação para tentar voltar no jogo do próximo sábado, contra o santa Cruz, no Castelão.

O substituto de Pimentinha será Edgar que formará dupla de ataque com Tiago Cavalcanti. No caso de Denílson, quem joga é Toti.

Por outro lado, o técnico Flávio Araújo terá o retorno de Eloir que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

O time segue definido para Cuiabá: Rodrigo Ramos, Toti, Mimica, Paulo Sérgio e Deca. Robson Simplício, Arlindo Maracanã, Eloir e Cleitinho. Edgar e Tiago Cavalcanti.

A delegação do Sampaio embarcou no início da tarde para Cuiabá. Serão 12 horas de viagem até a capital de Mato Grosso. Sábado será dia de descanso. O duelo com o Cuiabá será no domingo, às 17h.

Foto: De Jesus

7 comentários »

Caso Marggion

7comentários

reginaalmeidarocha
A procuradora-geral de justiça, Regina Lúcia Lúcia de Almeida Rocha, impetrou, na manhã desta sexta-feira, 26, Mandado de Segurança contra a ordem judicial do desembargador Jaime Ferreira de Araújo, que determinou a soltura do ex-vereador de Paço do Lumiar, Édson Arouche Júnior, o “Júnior do Mojó”, acusado da morte do empresário Marggion Lanyer Ferreira Andrade, ocorrida em outubro de 2011, em um terreno no Araçagi, em São José de Ribamar. O Mandado de Segurança foi distribuído para o desembargador Kleber Carvalho Costa.

Na última sexta-feira, 19, Jaime Ferreira, na qualidade de plantonista substituto, concedeu habeas corpus em favor do acusado, com o argumento de que não há elementos que justifiquem a prisão ou comprovem que Mojó estaria agindo para dificultar o trabalho da Justiça.

No Mandado de Segurança, a procuradora-geral de justiça refuta as razões utilizadas pelo desembargador para conceder a liminar, apontando que Júnior do Mojó, logo ao saber da decretação de sua prisão, fugiu de São Luís e permaneceu foragido por muito tempo, até que a ordem de prisão fosse cumprida.

O Ministério Público sustenta ainda que existem motivos para a manutenção da prisão preventiva, especialmente pela gravidade do crime: homicídio qualificado; pela repercussão social dos fatos, considerando que Júnior do Mojó exercia grande influência no meio, por ocupar mandato de vereador na época do crime; e por garantia de aplicação da lei penal, em razão do risco de fuga do acusado. “A decisão causou tumulto ao processo penal ao determinar a liberdade do acusado e, por consequência, causou relevante abalo à ordem pública em virtude da elevada periculosidade do mesmo”, declarou, no mandado, Regina Rocha.

Anteriormente, o Tribunal de Justiça já tinha negado, por unanimidade, habeas corpus ao acusado, de acordo com parecer do Ministério Público. Na ocasião, a Segunda Câmara Criminal do TJ, autora da decisão, desconsiderou os mesmos argumentos utilizados pelo desembargador Jaime Araújo e ressaltou a necessidade da prisão preventiva de Júnior do Mojó. “Assim o eminente desembargador desprestigiou o entendimento sufragado, por unanimidade, pelos integrantes da Segunda Câmara Criminal, violando o princípio da colegialidade”, afirmou, no documento, a procuradora-geral de justiça.

7 comentários »

Prefeitos condenados

0comentário

tj

Trinta prefeitos e ex-prefeitos foram condenados pelo Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), entre os meses de janeiro de 2012 e junho de 2013, por envolvimento em algum tipo de crime no exercício do cargo.

As penas variam de cassação do mandato à prestação de serviços à comunidade. No mesmo período, a Corte recebeu 35 denúncias contra gestores públicos municipais, apresentadas pelo Ministério Público do Estado.

Entre os crimes que levaram prefeitos e ex-prefeitos à condenação incluem-se improbidade administrativa, atraso ou fraude na prestação de contas, lesão ao erário público, desvio de verbas, falsidade ideológica, contratação de servidores sem concurso, fraude em licitações, falta de comprovação de aplicação de recursos do Fundo Municipal de Saúde (FMS), má aplicação dos recursos do FUNDEB, fragmentação de despesas e dispensa irregular de licitações.

Na lista de gestores e ex-gestores que sofreram condenação constam Raimundo Galdino Leite (São João do Paraíso), Mercial Lima de Arruda (Grajaú), João Batista Freitas (São Vicente Férrer), Agamenon Lima Milhomem (Peritoró), Lenoílson Passos da Silva (Pedreiras), Antonio Marcos de Oliveira (Buriticupu), Lourêncio de Moraes (Governador Edison Lobão), Rivalmar Luís Gonçalves Moraes (Viana), Cleomaltina Moreira (Anapurus), Socorro Waquim (Timon), José Ribamar Rodrigues (Vitorino Freire), Manoel Mariano de Sousa, o Nenzin (Barra do Corda), João Alberto Martins Silva (Carolina), José Francisco dos Santos (Capinzal do Norte) e Ilzemar Oliveira Dutra (Santa Luzia), Raimundo Nonato Jansen Veloso (Pio XII), José Reinaldo Calvet (Bacabeira), Francisco Rodrigues de Sousa (Timon) e Jomar Fernandes (Imperatriz).

Foram punidos com a pena de cassação do mandato os ex-prefeitos Francisco Xavier Silva Neto (Cajapió) e Glorismar Rosa Venâncio, a Bia Venâncio (Paço do Lumiar), ambos por improbidade administrativa.

Além da cassação do mandato, foram aplicadas penas de bloqueio de repasses estaduais e federais, detenção em regime aberto – convertida em prestação de serviços à comunidade – afastamento, pagamento de multa de cinco vezes o valor da remuneração e inabilitação ao exercício de cargo ou função pública pelo prazo de cinco anos.

Clique AQUI e veja detalhamento das ações judiciais contra prefeitos e ex-prefeitos.

sem comentário »

Planos de Saúde

3comentários

klebermoreira

A Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-MA), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania (Sedihc), lavrou um auto de constatação para as empresas Multiclínicas, Atende e Assefaz, depois de inúmeras reclamações registradas no órgão. A fiscalização ocorreu na tarde desta quinta-feira (25) e comprovou que as empresas estão descumprindo acordos estabelecidos contratualmente com seus clientes.

No plano de Saúde Multiclínicas, foi constatado que faltam médicos para atender a demanda dos clientes e hospitais credenciados. Mesma reclamação constatada na empresa Atende, que foi autuada, ainda, por não querer liberar cirurgias médicas. A Assefaz também foi autuada por não liberar a realização de cirurgias aos clientes.

“Nossos fiscais permanecerão na inspeção do cumprimento de práticas corretas por parte dos prestadores de serviço. Outras empresas serão fiscalizadas e, caso não estejam de acordo com o que rege o Código de Defesa do Consumidor, serão punidas”, destacou o gerente do Procon-MA, Kleber José Moreira.

O Procon-MA lavrou autos de constatação nas três empresas e deu um prazo de 20 dias para a liberação de cirurgias e de 24 horas para a regularização dos atendimentos aos consumidores. Caso a medida seja descumprida, o órgão atuará com autos de infração e, posteriormente, com a geração multas.

3 comentários »

Mobilidade urbana

3comentários

antonioaraujo

A Prefeitura de São Luís está realizando estudos técnicos em pontos onde o trânsito é caótico como Itaqui-Bacanga, Cohama, João Paulo e Filipinho, entre outros bairros para viabilização de projetos de intervenção para melhorar a mobilidade urbana, a serem executados no segundo semestre deste ano.

Nas próximas semanas, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior fará a assinatura da ordem de serviço que dará início à execução de projeto de intervenção que interligará a Via Expressa, no Jaracati, à Avenida Daniel de La Touche, com a implantação de novas vias e aperfeiçoamento da malha viária já existente. A ação beneficiará mais de 120 mil moradores da região e oferecerá maior variedade de rotas, diminuindo a densidade de veículos nos horários de maior tráfego.

O projeto de intervenção que interligará a Via Expressa à Avenida Daniel de La Touche contemplará o Cohafuma, Vila Marina, Vila Progresso, Parque Olinda, Belo Horizonte, Recanto dos Vinhais, Vinhais III, Vinhais Velho e Vinhais, além de outros trechos. Para execução das obras na área, serão empregados recursos da ordem de R$ 5 milhões.

O secretário de Urbanismo e Habitação, Antônio Araújo, explica que a obra é resultado da parceria entre as secretarias de Urbanismo e Habitação (Semurh) e a de Trânsito e Transportes (SMTT) e irá inaugurar um conjunto de outras intervenções em diversas áreas da cidade para transformar positivamente a mobilidade urbana da capital.

“Iremos iniciar, em setembro, um pacote de intervenções urbanísticas em inúmeras áreas críticas de São Luís, porque oferecer uma cidade acessível e trafegável, com segurança e qualidade, é uma das grandes metas da gestão do prefeito Edivaldo. A nossa garantia é que a população terá outro tipo de mobilidade na nossa cidade”, enfatiza.

Foto: Fabrício Cunha

3 comentários »

Renda e público

28comentários

torcida_2

Tem coisas que ninguém consegue explicar ao torcedor maranhense. Ao verificar o borderô do jogo entre Sampaio-MA x Luverdense-MT algumas despesas chamam a atenção de todos. O estranho é que isto sempre acontece nos grandes jogos no Castelão.

Inicialmente é importante falar do público não pagante: 2.078 pessoas. Quem são elas? Que eu tenha conhecimento apenas crianças de até 12 anos acompanhadas não pagam. Além disso tem as pessoas credenciadas como a imprensa esportiva, mas mesmo estes só devem ter acesso a trabalho. Será que a maioria seriam cortesias dadas a quem pode pagar? Autoridade não pode ajudar o Sampaio pagando o seu próprio ingresso?

No borderô constam despesas no valor de R$ 3.790,00 com lanches de policiais e bilheteiros e R$ 1.456,00 com água mineral para policiais. A taxa do Castelão R$ 20.396,50, da Federação Maranhense de Futebol R$ 10.198,25, arbitragem R$ 6.720,00 e, finalmente confecção de ingressos e administração do jogo R$ 42.560,00

Bem, o Sampaio precisa enxugar essas despesas ou não vai arrecadar aquilo que imagina mesmo com casa cheia.

O público total na quarta-feira foi de 18.316 torcedores. Para mim havia mais. Algo em torno de 23 mil torcedores. Da renda de R$ 203.905,00, o Sampaio teve direito a R$ 85.969,00.

28 comentários »

Passe livre em Goiânia

2comentários

O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia sancionou ontem (25), sem vetos, o projeto que institui o passe livre estudantil. A lei 9.322/2013, que prevê a gratuidade para os alunos no transporte coletivo, terá 30 dias para ser regulamentada.

Segundo a prefeitura, terão direito ao passe livre os estudantes que residam e estejam regularmente matriculados no ensino fundamental, médio e superior, da rede pública e privada. Também terá direito o aluno de cursos de educação para jovens e adultos e de cursos técnicos e profissionalizantes, reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC).

Os estudantes poderão utilizar o passe livre em todos os dias da semana, durante todo o ano.

Ainda segundo a prefeitura, o custeio do programa será feito com recursos do Tesouro Municipal, resultantes de orçamento próprio. O projeto prevê, ainda, auxílios voluntários de outros entes federados (União, Governo Estadual e outros Municípios da Região Metropolitana da capital).

2 comentários »

Segurança na Baixada

2comentários

Um novo prédio para abrigar as instalações da Delegacia de Polícia Civil e da sede da 3ª Companhia do 10º Batalhão da Polícia Militar, ambos sediados em São Bento, além de novas viaturas, equipamentos e o aumento no efetivo policial estão entre as medidas anunciadas pelo secretário de estado de Segurança Pública, Aluisio Mendes para a Baixada Maranhense durante uma visita ao município de São Bento, nesta quarta-feira (24).

As ações beneficiarão toda a região e contemplarão municípios como Pinheiro, Bacuri, Palmeirândia, Viana e Vitória do Mearim, entre outros.

Durante a visita, Mendes entregou uma nova viatura e mais uma motocicleta para integrar as ações de policiamento desenvolvidas na cidade. O secretário de Segurança celebrou ainda diversas parcerias com a Prefeitura, que resultarão na melhoria da prestação de serviços das Polícias Civil e Militar.

aluisiomendes
Aluisio Mendes conheceu, ainda, o terreno onde será erguido o Complexo de Polícias, localizado no bairro Aeroporto. O local será doado à Secretaria de Estado de Segurança (SSP) pela Prefeitura Municipal, segundo assegurou o prefeito de São Bento, Carlos Alberto Lopes, o Carrinho.

“Nosso intuito, até o final do ano que vem, é trocar a frota de todas as nossas viaturas. Essas e outras medidas são para garantir mais segurança em toda a baixada e nas outras cidades do estado. Já no mês de agosto vamos destinar mais um delegado fixo ao município e assim intensificar as ações de combate ao crime em toda a região”, destacou Aluisio Mendes.

O prefeito avaliou como positiva a parceria firmada com o governo do Estado, através da Secretaria de Segurança. “Na próxima semana, vamos encaminhar um projeto para a Câmara Municipal para efetivar a doação. Além disso, o secretário Aluisio já se disponibilizou a oferecer um treinamento para nossos guardas municipais. Continuaremos firmando convênios que tragam benefícios para a cidade e a região”, comentou.

2 comentários »