Seguindo recomendação

0comentário

cesarfelix

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) firmou convênio com o Instituto Maranhense do Rim para dar maior celeridade ao atendimento de pacientes renais na capital. O objetivo é oferecer serviços de diálise, de imediato, a 108 pacientes dos hospitais Djalma Marques e Clementino Moura (Socorrões I e II, respectivamente) e também os que fazem atualmente tratamento na rede estadual, além de pacientes naturais de São Luís que realizam tratamento em estados como São Paulo, Piauí, Rio de Janeiro, Ceará e também no Distrito Federal.

Dezesseis novas máquinas ficarão disponíveis em tempo integral para o atendimento aos pacientes provenientes da rede pública municipal. Segundo o secretário de Saúde, Cesar Felix, “essa é uma forma de minimizar o sofrimento de pessoas que há mais de ano não recebiam o tratamento de forma adequada”.

A ação segue a proposta orientada pela Promotoria de Justiça especializada na Defesa da Saúde para a ampliação da oferta do serviço a mais pacientes. Com o credenciamento do Instituto do Rim, o atendimento já começa a ser ofertado aos pacientes renais crônicos e agudos. A Semus investirá cerca de R$ 400 mil reais/mês até que o credenciamento do instituto no Sistema Único de Saúde (SUS) seja finalizado, quando o repasse de recursos para o custeio será do Tesouro Nacional, o que deve ser feito em um prazo de dois meses.

A medida reflete também na diminuição do número de macas nos corredores dos Socorrões, o que já pode ser percebido e reforçado com o mutirão de cirurgias ortopédicas que vem acontecendo na capital. “Com procedimentos deste tipo, estamos ofertando um serviço de maior qualidade e com maior agilidade à população e, consequentemente, diminuindo a quantidade de pessoas nos corredores das unidades de urgência e emergência”, afirmou Cesar Felix.

A Secretaria já estuda outras soluções para que o serviço seja ampliado com rapidez.

Sem comentário para "Seguindo recomendação"


deixe seu comentário