Pesquisa e lazer

1comentário

Uma parceria firmada na semana passada, entre a Universidade Ceuma e a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) vai permitir o desenvolvolvimento de projetos de extensão e pesquisa na área da Lagoa da Jansen.

Com a parceria, alunos e pesquisadores do Ceuma em conjunto com a SEMA poderão buscar a resolução de diversas demandas na área da Lagoa. Serão desenvolvidas atividades de revitalização da área para que ela possa realmente representar um importante centro de pesquisa e lazer.

victormendes
Segundo o secretário de Meio-Ambiente, Vitor Mendes, a ideia de lançar uma parceria do SEMA com a Universidade Ceuma surgiu em função de ações exitosas promovidas antes. “A Instituição sempre foi parceira da Secretaria de Meio Ambiente. Sempre atendeu ao que era solicitado. E o incentivo que se está fortalecendo pode-se formar algo mais sólido em razão da experiência do passado que nos está motivando a correr atrás de parcerias no futuro, tendo em vista o grande potencial da Universidade, dos alunos, dos cursos oferecidos que conseguem atender hoje a todas transversalidades exigidas pela SEMA. Se precisamos de alunos da área de Educação Física, de Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Direito, Administração, Ciências Contábeis e de qualquer outra que se interessar com a SEMA a Universidade nos disponibiliza”, afirmou.

“A Universidade Ceuma está reforçando a parceria já existente com a SEMA para que os nossos alunos possam desenvolver projetos de extensão e de pesquisa na área da Lagoa. Tanto na área física através dos alunos dos cursos de Engenharia Ambiental e Gestão Ambiental que analisam a questão da poluição da Lagoa, quanto a parte de ações de extensão voltada para as pessoas que residem e passam pela Lagoa”, garante o reitor do Ceuma, Marcos Barros.

1 comentário para "Pesquisa e lazer"


  1. Antonia Sinhorinha Silva

    MUITO LOUVÁVEL ESTA PARCERIA, DESEJO QUE CONSIGAM REALIZAR NÃO SÓ ESSE PROJETO NA LAGOA, MAIS EM OUTRAS ÁREAS DA GRANDE ILHA, AQUI NA ZONA RURAL POR EXEMPLO, NA REGIÃO DA BR 135, QUE ABRANGE AS COMUNIDADES DA VILA ESPERANÇA,FUNIL Á ESTIVA, INCLUINDO ÁS ILHAS, JACANIM,ILHA PEQUENA,PORTINHO,AMAPÁ,E A ILHA DE TAUÁ-MIRIM, MUITO CONHECIDA DESDE A ÉPOCA DA EX PREFEITA CONCEIÇÃO ANDRADE QUE DISSE COLOCAR ÔNIBUS PRA FAZER LINHA PARA AQUELA POPULAÇÃO. EMFIM, NOSSAS COMUNIDADES,QUE ANTES ERA RURAL,HOJE FOI INVADIDA POR MUITOS QUE NÃO TEM NECESSIDADE DE MORAR AQUI, MAIS SUBTRAIU DOS TRABALHADORES RURAIS SUAS TERRAS PARA AQUI CONTRUÍREM SUAS CASAS DE VERANEIOS, E OS MORADORES FICANDO CADA VEZ MAIS IMPRENSADO EM SEUS PEQUENOS LOTES,SEM CONDIÇÕES DE PRODUZIR E ASSIM TER O SUSTENTO PARA SUAS FAMÍLIAS,POUCOS,AINDA RESISTEM, ISSO TUDO PORQUE A GESTÃO, TANTO MUNICIPAL,QUANTO ESTADUAL, SE FURTARAM DE SE FAER PRESENTE COM SUAS AÇÕES SOCIAIS. UMA VEZ QUE AS TERRAS DE NOSSA REGIÃO É DE DOMÍNIO PLENO DO ESTADO, QUEM TEM DINHEIRO,CHEGA AQUI E TIRA A ÁREA QUE LHE CONVÉM, E DEIXANDO A POPULAÇÃO SEM TER ALTERNATIVA PARA DA TERRA TIRAR O SUSTENTO DE SUAS FAMÍLIAS, E É COM ESSE SENTIMENTO QUE VENHO AQUI ATRAVÉS DE SUA PÁGINA ZECA DEIXAR MINHA PREOCUPAÇÃO COM AS POUCAS ÁREAS QUE AINDA EXISTEM, MAIS QUE JÁ TEM GENTE DE PODER AQUISITIVOS,MANDANDO PESSOAS DESPROVIDAS DE CONHECIMENTO,DIZER QUE ESSAS TERRAS TEM DONO, QUE TEM DOCUMENTO, NÓS SABEMOS QUE NINGUÉM TEM DOCUMENTOS EM NOSSA REGIÃO, SALVO OS EMPRESÁRIOS QUE É DE RESPONSABILIDADE DA INDUSTRIA E COMÉRCIO, MAIS QUANDO ESTES NÃO FUNCIONA MAIS,O ESTAO RECEBE AS TERRAS DE VOLTA, E PASSA PARA OUTRA EMPRESA. A LEI QUE VIGORA AQUI É A LEI DO DINHEIRO.

deixe seu comentário