Mais qualidade de vida

0comentário

melhoridade1

Proporcionar bem-estar e inclusão da prática de atividades físicas no cotidiano, promovendo saúde e qualidade de vida. Foi com este propósito que a moradora do bairro da Vila Palmeira, Maria Augusta, de 56 anos, participou das atividades desenvolvidas no projeto Melhor Vida na Melhor Idade, promovido pela Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel) durante todo este ano. Assim como ela, mais de 260 pessoas também aderiram ao projeto.

“O projeto contribuiu para nossa qualidade de vida. Hoje, tenho mais disposição para algumas atividades e sem contar que minha saúde melhorou bastante após minha participação no Melhor Vida na Melhor Idade”, pontuou Maria Augusta.

Para a senhora Francisca Ferreira, de 73 anos, as atividades melhoraram na sua desenvoltura e, principalmente, no seu problema de saúde que é a osteoporose. “Hoje, me sinto muito bem fazendo as atividades do projeto. Participo desde o início e vejo diferença na minha vida e na minha saúde. Tenho osteoporose e sentia muita dor, mas após as atividades me sinto com mais disposição e sem dor alguma”, afirmou.

melhoridade
O projeto Melhor Vida na Melhor Idade, que é desenvolvido pela Sedel desde o mês de fevereiro, realizou, na tarde dessa quinta-feira (14), a solenidade de encerramento desta primeira temporada. O encontro ocorreu na área vip do Estádio Castelão e contou com a participação do secretário de Estado do Esporte e Lazer, Joaquim Haickel e demais idealizadores da ação.

O secretário de Estado de Desporto e Lazer Joaquim Haickel aproveitou a solenidade e agradeceu a participação e motivação de todos no projeto. Haickel enfatizou a continuidade nas atividades desenvolvidas no projeto, além de dar uma boa notícia às participantes e moradoras das áreas adjacentes do complexo.

“Fico feliz que o projeto Melhor Vida na Melhor Idade venha cada vez mais contribuindo na saúde e bem-estar de vocês e que cada vez mais aumenta o número de adeptos as atividades físicas. E, para melhoria nas atividades desenvolvidas, a Sedel irá proporcionar, no próximo ano para todos vocês e comunidade em geral, uma academia ao ar livre nas áreas do Complexo Esportivo que beneficiará na continuação do projeto Melhor Vida na Melhor Idade e nas atividades que vocês desempenharão durante a semana”, declarou.

Durante a solenidade, foi entregue os certificados aos coordenadores e estagiários participantes do projeto e, em seguida, os alunos participaram de uma aula com o professor-mestre de tai chi chuan, Franciney Diniz, que desenvolveu movimentos de equilíbrio, concentração e relaxamento.

O projeto Melhor Vida na Melhor Idade, retoma suas atividades no início de fevereiro do próximo ano, e com a certeza de encontrar mais adeptos a prática de atividades físicas.

Fotos: Izabela Pinheiro

Sem comentário para "Mais qualidade de vida"


deixe seu comentário