Nada de coadjuvante

3comentários

encontropdt

O PDT retomou o calendário de atividades no Maranhão e na primeira oportunidade, o pré-candidato Hilton Gonçalo, reafirmou que permanece firme na intenção de disputar o cargo de governador. “Entendo que o partido tem todo direito de pleitear este espaço, as últimas três eleições tivemos candidatos para governador, por qual motivo temos que nos contentar em ser coadjuvantes?”, declarou.

O ex-prefeito de Santa Rita recebeu aval da direção estadual para pleitear o cargo e irá aproveitar os eventos da legenda para fortalecer o seu nome para a disputa. Weverton Rocha, secretário-geral do PDT, explica a situação. “Se por acaso não chegamos a um acordo com Flávio ou se o próprio desistir da candidatura? Temos que ter uma opção é um direito nosso, o PDT é um partido grande”, argumentou.

A vice-presidente nacional do PDT, Guilhermina Vecchio, também se posicionou favorável a postura do partido indicar um nome próprio para a disputa. “O Flávio Dino esteve em nosso evento, mas quero dizer, que o PDT tem história suficiente para não se contentar em ser apenas um agente passivo nessa eleição, nós discutimos isso com o Weverton, Deoclides, Julião e com o próprio Hilton, o PDT tem quadro suficiente para lançar uma candidatura própria”, se posicionou.

Além de Hilton Gonçalo, o presidente do diretório estadual da sigla no Maranhão, Julião Amim, se posicionou favorável a postura do PDT se cacifar para eleição, alegando a história e a militância que o partido tem.

O encontro estadual “Ação da Mulher Trabalhista” apesar de ter como o debate principal sobre a necessidade de organização e ação das mulheres visando assegurar seus direitos no estado, serviu para acirrar a disputa eleitoral de 2014, uma vez que vai ficando cada vez mais evidente a intenção de Hilton entrar na corrida eleitoral.

O encontro realizado pela Ação da Mulher Trabalhista, ala que defende a participação feminina na política, contou com a participação da vice-presidente nacional do partido, Guilhermina Vecchio; deputada estadual, Valéria Macedo; deputado federal e secretário-geral do PDT-MA, Weverton Rocha; o ex-prefeito de Porto Franco, Deoclides Macedo; Marcio Honaiser; a ex-vice-prefeita de São Luís, Sandra Torres.

3 comentários para "Nada de coadjuvante"


  1. evandro do hospital

    vamos lá doutor hilton,vamos aos leões você tem curriculum junto com PDT e povo maranhense!!

  2. evandro do hospital

    vamoa lá doutor hilton,vamos aos leões vc tem curriculum junto com PDT e povo maranhese!!!!

  3. Vânia Frazão

    Correção: A vice presidente nacional do PDT seu nome é Michelina Vecchio

deixe seu comentário