Edivaldo aponta avanços

0comentário

edivaldoholandajunior

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior encerra o primeiro ano de gestão com saldo positivo a partir de planejamento, modernização e qualidade dos serviços prestados à cidade de São Luís. Em apenas 12 meses de administração, diversas ações para promover a qualidade de vida da população já foram concluídas em todas as áreas, com recursos próprios e por meio de parcerias com o governo federal.

As dificuldades financeiras encontradas estão sendo saneadas. São Luís foi a única capital do país, onde a Prefeitura pagou 14 folhas de pessoal. Além dos salários dos 12 meses e 13º, o prefeito Edivaldo honrou o pagamento dos vencimentos de dezembro de 2012, atrasados pela gestão anterior.

“Nossa gestão é focada em planejamento, trabalho e resultado para melhorar a qualidade de vida da população. É com esse propósito que temos construído nossa atuação nestes primeiros 12 meses de governo”, afirma o prefeito Edivaldo.

Na educação, a regularização do calendário escolar foi o ponto de partida. O ano letivo estava comprometido. Em doze meses, um novo modelo de Educação foi instalado em São Luís. Foram implantadas as três primeiras escolas com educação integral e garantidos recursos junto ao governo federal para a construção de 10 escolas e 25 creches, das quais 13 tiveram contratos assinados e a construção começará nos próximos dias.

Para valorizar os profissionais da educação, a Prefeitura de São Luís reforçou os canais de negociação com os sindicatos e garantiu um reajuste salarial de 9,5% aprovado pela categoria, um dos maiores dos últimos anos, além de outros benefícios há muito reivindicados pela categoria, como 1/3 de hora atividade, titulações e progressões.

A Saúde foi outra área essencial onde ocorreram avanços. No início do ano, após a constatação do colapso no sistema público da capital, a administração iniciou a ampliação do sistema de retaguarda de leitos para restabelecimento dos atendimentos no Hospital da Mulher e Socorrões I e II. Reestruturou o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), ampliando o número de ambulâncias. Estão adiantadas as reformas dos Hospitais da Criança, da Mulher e das Unidades Mistas do Coroadinho e Residencial Alexandra Tavares, além do Centro de Saúde do Sacavém.

Na área de infraestrutura, estão em andamento as obras do sistema de esgotamento sanitário em 30 bairros da região Itaqui Bacanga. Serão realizadas de 31 mil ligações e pavimentação de ruas. Um investimento de R$ 42 milhões, que vai beneficiar mais de 110 mil pessoas.

A requalificação asfáltica de ruas a avenidas foi intensificada para reestruturar a malha viária. No Polo Coroadinho, mais de 400 ruas estão sendo pavimentadas, contemplando 20 bairros da região e beneficiando milhares de moradores.

Os serviços de iluminação pública e de limpeza foram melhorados. Este com a redução do contrato em cerca de R$ 4 milhões/mês.

Estão em ritmo acelerado as obras de construção do Centro de Esporte e Cultura, no Coroado, do Circo da Cidade, na Cidade Operária, além da aceleração para entrega das obras de canais Cohab/Cohatrac, Gangan, Rio das Bicas e Salina do Sacavém. Na Vila Embratel, mais de 30 mil metros de encanamento de água estão sendo instalados para levar água potável para todas as casas.

A Prefeitura entregou mais de 6 mil casas do Programa Minha Casa, Minha Vida e estão em construção mais 10 mil unidades. Mais de 1.500 títulos de propriedade foram entregues aos moradores do Polo Coroadinho e Vila Mauro Fecury.

Foi criado o Banco da Cidade em parceria com o Banco do Nordeste para fomentar o microempreendedorismo. O projeto prevê investimento da ordem de R$ 150 milhões para micro-empreendedores na capital.

Leia mais

Sem comentário para "Edivaldo aponta avanços"


deixe seu comentário