Solidariedade a jornalistas

1comentário

robertocostaO deputado Roberto Costa repudiou, durante pronunciamento na quinta-feira (13), a intimidação feita pelo presidente da Embratur e pré-candidato ao governo do Estado, Flávio Dino, por meio de ação judicial, aos blogueiro Luís Pablo e Marco D’Eça.

“Eu subo, hoje, nesta Tribuna, para declarar minha solidariedade a dois companheiros da imprensa. Um é o blogueiro Luís Pablo e outro o jornalista Marcos D’Eça, que desempenham o papel deles em relação a noticiar fatos públicos e que, mais uma vez, o Dr. Flávio Dino, que é pré-candidato a governador do Maranhão, tem a iniciativa de tentar calar a imprensa do Maranhão”, criticou.

Roberto Costa ressaltou que o comunista já havia criticado determinadas figuras do Maranhão por ter entrado com processo contra jornalistas, e agora tenta calar a imprensa. “Ele, que em toda sua vida sempre defendeu a liberdade da imprensa, e agora, mais uma vez, demonstrando que o que ele fala não se deve escrever, até porque o que foi denunciado pelo Marcos D’Eça e pelo Pablo foram situações da sua vida pública, enquanto dirigente de uma empresa pública, que deve dar satisfação não só para a imprensa, mas para toda a população, e, no caso dele, um agravante a mais não só para a população do Maranhão, mas para a população do Brasil”.

Costa criticou a postura autoritária de Flávio Dino e considerou a ação como um ato de censura. “E ele, mais uma vez, com o seu autoritarismo, a sua forma ditatorial de tentar calar as vozes que vão contra seu projeto, ele vai pra justiça e tenta, de todas as formas, fazer com que as coisas que são de interesse da população em relação a ele, não seja dita, não seja escrita. Então, eu quero aqui fazer o meu protesto contra o Dr. Flávio Dino, quem deseja ser governador tem que entender, tem que compreender que é uma pessoa pública e que está passivo de críticas também da população e da imprensa.

Ao finalizar, o parlamentar se solidarizou com os profissionais da comunicação. “Por isso, eu quero ficar solidário as essas duas pessoas que desempenham o seu papel de imprensa, de informação à população, e que não se calem em relação a essa pressão absurda que o Dr. Flávio Dino tenta fazer com a imprensa do Maranhão”.

1 comentário »

Clássico do Nordeste

0comentário

bryan

Destaque para o ‘Clássico do Nordeste’, entre Sport Recife (terceiro colocado) e Maranhão Basquete (quarto colocado), que ocorre às 11h00 (de Brasília), no ginásio Marcelino Lopes, em Recife (PE). Na última vez que esteve em quadra, o time pernambucano derrotou o Rio Claro Basquete, enquanto que a equipe maranhense suplantou ao mesmo rival.

“Este jogo está cercado de muita expectativa, por ser o Clássico do Nordeste, mas estamos encarando como mais uma partida, importante, em que uma vitória pode nos deixar muito próximo da classificação. Para o Maranhão Basquete, uma derrota pode complicar, por isso, creio que eles devam encarar como o jogo da vida, assim como ocorreu no turno”, analisa o técnico Roberto Dornelas, do Sport Recife, que será o comandante da ‘Seleção das Brasileiras’ no Desafio das Estrelas.

“Fizemos um trabalho específico nos treinamentos, visando justamente esta partida e estamos preparados, contando com a nossa força máxima e esperando o apoio dos nossos torcedores”, completa Dornelas.

“Esperamos um jogo de alto nível técnico. O vencedor, com certeza, será o que melhor se portar dentro de quadra. Vamos para um jogo não para uma batalha. O time não pode oscilar, não pode ter pico nem para cima nem tampouco para baixo, assim podemos fazer um jogo igual e aí o resultado será consequência”, comenta o técnico Antônio Carlos Barbosa, do Maranhão Basquete.

“Nosso time está muito unido. Acho que o resultado adverso que tivemos contra o Ourinhos Basquete nos fortaleceu. Temos tudo para sair com uma vitória, respeitando o Sport Recife. Mas, estamos indo com força máxima”, acrescenta a armadora Natália Burian, da equipe maranhense.

No confronto válido pelo turno desta fase inicial, vitória do Maranhão Basquete, atuando ao lado de sua torcida, por 68 a 66.

sem comentário »

Ribamar chama aprovados

0comentário

A Prefeitura de São José de Ribamar divulgou nesta sexta-feira (14) edital de convocação dos aprovados para os cargos de Agente Comunitário de Saúde e Agente Comunitário de Endemias.

O seletivo foi realizado pela Fundação Sousândrade de Apoio ao Desenvolvimento da UFMA (FSADU), com o oferecimento de 30 vagas para o cargo de ACS e 07 para o cargo de ACE.

Estão sendo convocados 33 candidatos aprovados (três excedentes) para Agente Comunitário de Saúde para as regiões do Centro; Panaquatira; São José dos Índios; Maracajá/Piçarreira; Quinta, Vilas J.Lima, Kiola Costa; Operária, Vilas Cafeteira e São Luís; Vila Flamengo; Jardim Tropical I, II e III; Bom Jardim e Jussatuba; Cohabiano I; Miritiua; Vila Alonso Costa.

Já para o cargo de ACE estão sendo convocados 08 candidatos (um excedente) para as Regiões Administrativas I, II, III, V e VI.

A lista com os nomes dos convocados, assim como os documentos e exames de saúde necessários para apresentação, estão disponíveis no seguinte link http://www.saojosederibamar.ma.gov.br/noticia/prefeitura-convoca-aprovados-em-seletivo-para-os-cargos-de-acs-e-ace

Toda a documentação exigida no edital do seletivo deve ser entregue, já a partir desta segunda-feira (17), na Secretaria Municipal de Planejamento, Administração e Finanças de São José de Ribamar (SEMPAF), localizada na área do santuário religioso da Sede do município, no horário das 13h às 19h. O prazo de entrega se estenderá até o dia 14 de março.

É importante ressaltar que o candidato convocado deve, primeiramente, encaminhar à Junta Médica do Município os exames de saúde solicitados.

De acordo com a SEMPAF, candidatos excedentes para ambos os cargos deverão ser convocados nos próximos meses, de acordo com a disponibilidade administrativa e financeira do município.

Qualquer outra informação sobre o processo de convocação pode ser obtida através dos telefones 3224 1992 e 8880 2596.

sem comentário »

Moto busca reforços

0comentário

renanromanoO Moto anunciou hoje (14), a contratação do lateral Renan Romano que estava no Boa Esporte-MG.

Com passagem também pelo Ríver de Teresina, no ano passado, Renan atua, segundo o diretor de futebol Waldemir Rosa nas duas laterais.

O jogador pode ser reguralizado, ainda hoje e ficar à disposição do técnico Édson Porto para a partida de domingo, às 17h, contra o Santa Quitéria, no Estádio Nhozinho Santos.

Além de Renan Romano, o diretor de futebol do Moto, Waldemir Rosa disse que espera acertar até o fim de semana com dois zagueiros e um goleiro indicados pelo treinador.

O Moto enfrenta o Santa Quitéria precisando vencer por qualquer placar para ir à final do primeiro turno do Campeonato Maranhense. Para este jogo, o clube faz uma promoção e vai cobrar o preço dos ingressos pela metade.

Foto: Josiel Martins/Globoesporte.com

sem comentário »

Lições da vida

3comentários

claytonAos 18 anos, o maranhense Cleyton Domingos dos Santos Campos já consegue visualizar um futuro bem diferente do que viveu até hoje, enfrentando dificuldades financeiras com a família no município de São Bento, na região da Baixada Maranhense. Filho de um agricultor e de uma vendedora ambulante, ele, que estudou a vida inteira em escola pública no interior do estado, é um dos aprovados no curso de Medicina da Universidade Federal do Maranhão, em Pinheiro (a 333 km da capital).

A notícia o transformou em personalidade na baixada maranhense. Na última semana, até o reitor da UFMA, Natalino Salgado, fez uma visita ao rapaz para parabanizá-lo pela conquista. Na oportunidade, afirmou que o estudante vai contar com uma vaga na Casa do Estudante.

Aluno dedicado, ele conta que sempre viu na televisão um canal de aprendizado, além de revistas e livros. Apesar do apreço pelos estudos, as condições financeiras da família nunca o permitiram ser estudante em tempo integral. Para fazer uma renda extra, dava aulas particulares e também ajudava a vender cremosinho (uma espécie de sorvete) em casa.

Atualmente mora em casa alugada, com a mãe, o padrasto e um dos seis irmãos. “Aqui no interior é muito comum serem vendidos nas casas alguns produtos para o complemento da renda da família, como cremosinho, cheiro verde, cebola. Nós vendemos cremosinho e, sempre que estava em casa, vendia também”, explicou.

Antes de ser aprovado para Medicina, ele já havia conseguido aprovação para o curso de Química Industrial, em 2012, em São Luís, mas não conseguiu cursar por causa da distância e das dificuldades. O resultado obtido no Exame Nacional do Ensino Médio de 2013 também lhe garantia uma vaga no curso de Medicina da UFMA de São Luís – o mais concorrido do estado -, mas a distância novamente o fez mudar de planos.

“Entrar no curso vai significar um custo muito alto, porque é integral e eu não vou poder ajudar mais minha família. Na verdade, vai ser um desafio me manter, a não ser que minha mãe ou meu padrasto consigam um emprego fixo. Para isso, queria contar com a ajuda da iniciativa privada, ou mesmo do poder público”, diz Cleyton, para quem as aulas começam no fim do mês de março.

Planos

Uma vez formado, quer seguir como neurologista. Apesar de ver na aprovação em nível superior uma oportunidade para mudar de vida, ele prefere pensar em como vai poder contribuir com a sociedade. “A parte social, para mim, é muito mais importante do que a parte científica. Eu quero ajudar as pessoas mesmo. Aqui na baixada há muita dificuldade para arranjar consultas. Minha prioridade é social, é humana”.

E como todo jovem sonhador, Cleyton pretende não apenas se formar e garantir um emprego. “Meu sonho é me formar e ajudar pessoas que tenham sonho em ter formação em nível superior, com projetos sociais. Quero abrir escolas, hospitais, clínicas, eu quero empregar pessoas novas. Eu foco muito nisso, em dar oportunidade a outras pessoas”.

G1

3 comentários »

Carla Georgina na Secom

0comentário

carlaesergiomacedoA jornalista Carla Georgina da Silva assumiu o comando da Secretaria de Estado de Comunicação Social.

Essa é mais uma mudança na equipe do governo do Estado por conta da eleição de outubro.

Carla Georgina era secretária-adjunta e assume no lugar do titular Sérgio Macedo que  embora não seja candidato deixou o cargo para assumir a coordenação de comunicação da campanha do secretário de Infraestrutura, Luís Fernando Silva (PMDB) que será candidato à sucessão de Roseana Sarney (PMDB).

Sérgio Macedo é o segundo secretário a deixar o cargo. O primeiro foi Vitor Mendes (PV). O ex-secretário de Meio-Ambiente concorrerá a eleição de deputado federal. Ele foi substituído por Genilde Campagnaro, no dia 29 de janeiro.

sem comentário »

Parabéns, Reino!

13comentários

diretorasdoreino

Em 14 de fevereiro de 1974, três educadoras se uniram em prol de um sonho.

Hoje, 40 anos depois, o Reino Infantil ganhou magnitude, força e reconhecimento social, transformando vidas através do amor e trabalhando de forma nobre, digna e comprometida!

40 anos de Reino é crença em cada passo!

Com o Reino divido a responsabilidade de educar os meus três filhos.

Nesta data, mais do que parabéns, preciso fazer um agradecimento a Socorro, Nazareth e Gracinha. Tenho em vocês e nos demais colaboradores do Reino plena confiança e a certeza que a escolha do Reino para ensinar o caminhs para o futuro dos meus filhos foi mais do que acertada.

O meu muito obrigado e parabéns ao ‘Reino’.

13 comentários »

Desfecho equivocado

10comentários

pirataNem de longe posso admitir que a solução encontrada pela Prefeitura de São Luís no caso do “Pirata da Litorânea” foi a melhor. Se a Prefeitura acertou ao retirar o veículo da Litorânea a pedido do Ministério Público, o desfecho abre um grande discussão e caminho a todo cidadão morador de rua desta cidade exigir a mesma preocupação por parte de Edivaldo Holanda Júnior. Vale lembrar e o prefeito sabe muito bem que é garantido na Constituição Brasileira direito à moradia digna.

Ao ouvir o anúncio por parte do secretário de Turismo, Lula Fylho confesso que fique incrédulo. É um precedente enorme que abre a administração de Edivaldo Holanda Júnior e uma ameaça à ordem urbana nesta cidade. Vejam só:

“Acabei de sair lá da Litorânea, nós resolvemos o problema do “Pirata” da seguinte maneira. O prefeito determinou que a equipe estivesse toda empenhada em resolver isso. O nome dele é Pirata. Ele diz que não sai de lá porque ele é um “artista Pirata” e Pirata mora no mar, então sugeri e o prefeito já acatou e nós vamos comprar uma biana que é um barco tombado como Patrimonio da Humanidade e nós vamos colocar fixo lá perto do calçadão da Litorânea e o nome vai ser “ateliê do pirata” e vamos transformar isso num atrativo turístico”, disse o secretário.

pirata-da-litorania-smtt-reboca-o-fusca-do-1024x682E continuou: “A secretária de Assistência Social colocou ele no programa de aluguel social. O prefeito pediu que ele aceitasse e ele aceitou o programa Minha Casa, Minha Vida, então ele vai ganhar uma casa e a gente está com o secretário de Trânsito regularizando vendo o que precisa para regularizar o documento do carro dele para que ele também tenha como se locomover, então de certa forma é um limão que se transformou em limonada, mas com o empenho da equipe do prefeito e de muita gente que se mobilizou. Infelizmente foi  uma ordem do Ministério Público que foi até cumprida sem até sem a anuência do secretário de Trânsito e isto também está sendo corrigido internamente, mas que bom que está dando tudo certo”, finalizou Lula Fylho.

Quantas pessoas nesta cidade lutam para ter a casa própria por meio do Minha Casa, Minha Vida, enfrentam filas, sol, chuva, enfim mas nunca conseguem? Porque no caso do “Pirata da Litorânea” foi tão fácil e tão rápido?

Se aparecer agora uma tal “Sereia da Litorânea” será que conseguirá também uma casa da Prefeitura de São Luís?

casebreÉ tão simples assim garantir uma moradia no Minha Casa, Minha Vida, então porque essa imagem se repete pela cidade?

Se a prefeitura de São Luís foi rápida e eficiente na solução do problema do “Pirata da Litorânea” porque não resolver o problema de muita gente nesta cidade que não tem moradia digna?

E ainda cabe uma explicação sobre o que disse o secretário: “infelizmente foi uma ordem do Ministério Público que foi até cumprida sem a anuência do secretário de Trânsito”. É isso mesmo? A afirmação parece surreal.

Particularmente, acho que o prefeito caiu numa armadilha, mas fica o tema para reflexão de todos nós.

10 comentários »