GPS em táxis

1comentário

pedrolucasfernandes

O vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB) apresentou um projeto de lei que na prática estabelece mais segurança para usuários e proprietários de táxis, eficaz combate aos veículos piratas e cria um sistema de monitoramento de trânsito na capital maranhense. O petebista propõe a implantação de GPS (Sistema de Posicionamento Global, por sua sigla em inglês) nos veículos.

O parlamentar explicou que, por meio de um sistema de monitoramento e segurança preventiva sob controle do poder público, será possível o acompanhamento em tempo real do tráfego nas ruas e a velocidade do trânsito, o que permitirá aos órgãos de controle de trânsito uma ação rápida de desobstrução em tais áreas, resultando inclusive em instrumento de redução dos engarrafamentos em nossas avenidas.

O projeto apresentado prevê ainda que o sistema proposto possibilite que os veículos tenham um dispositivo de emergência para que, em uma situação de perigo, esta chegue rapidamente ao conhecimento dos órgãos de segurança pública, que poderão atuar, de forma célere e pontual na solução de tais problemas.

Considerando que toda a frota de táxi de São Luís estará conectada ao sistema proposto, estas ações poderão inclusive colaborar para o necessário combate aos piratas, uma demanda constante dos taxistas de nossa cidade.

“Ademais, olhando para um futuro que já é realidade em outras capitais, com a implantação do sistema de monitoramento haverá a possibilidade de os dados e informações sobre a frota serem oferecidos à população via internet, de forma identificar com rapidez e facilidade onde se localizam os táxis na cidade, resultando em incremento no oferecimento de serviços pela categoria”, explicou o parlamentar.

Foto: Paulo Caruá

1 comentário para "GPS em táxis"


  1. Pé de Gancho

    Genial. Todo taxista vai desligar pra manter sua privacidade e continuar utilizando o velho rádio. GPSs têm suas utilidades, mas a Secretaria tem outras formas de controlar o tráfego sem ser utilizando os taxistas como mulas.

deixe seu comentário