Nepomuceno tranquiliza população

5comentários

celnepomucenoO Comando Geral da Polícia Militar do Maranhão (PMMA) garantiu, nesta quinta-feira (27), que a população maranhense não será prejudicada pelo movimento iniciado por um pequeno grupo de militares. O subcomandante da PMMA, coronel João Nepomuceno, destacou que a maior parte do efetivo continua trabalhando normalmente. “Essa mobilização é ilegítima e tem caráter político. O Governo do Estado já atendeu a diversas solicitações, garantindo muitos benefícios para a categoria”, ressaltou.

Segundo o coronel, o movimento reúne poucos militares, que dizem representar toda a instituição. “A PM está fazendo todo esforço para que não haja prejuízo na área de segurança pública, pois a população não pode pagar com insegurança por conta dessa manifestação política de alguns militares”, destacou o subcomandante.

O coronel Nepomuceno esclareceu que, na pauta de solicitações estão questões resolvidas como o armamento, fardamento e a melhoria salarial. A polícia está aguardando nova remessa de armas para atender a todo o contingente; o novo uniforme deve ser distribuído a partir da próxima semana; e quanto ao reajuste, o governo garantiu o percentual de 7%, referente ao mês de março.

“Além disso, o governo anunciou ajustes nas gratificações, em percentuais diversos, por exercício de função, cujos novos valores já serão pagos a partir do mês que vem. Outro avanço, é a garantia ao policial de levar para a reserva a mesma remuneração da última patente, mesmo que não fique por cinco anos em exercício no último posto”, observou.

O subcomandante destacou que o governo continua aberto ao diálogo. “Já sanamos alguns pontos e esperamos que os militares reconheçam o esforço do Governo do Estado para garantir as melhorias e voltem ao trabalho”.

Coronel Nepomuceno ressaltou que o trabalho dos policiais nas ruas vai continuar, as barreiras serão reforçadas e haverá uma operação especial para combater o roubo a ônibus. “As nossas operações vão continuar sendo desenvolvidas. O efetivo da PM seguirá nas ruas e dentro dos presídios”, garantiu.

5 comentários »

Governo garante recursos a hospitais

8comentários

roseanasarney

A governadora Roseana Sarney, o secretário estadual de Saúde Ricardo Murad e prefeitos de 60 municípios maranhenses assinaram nesta quinta-feira (27), no Palácio dos Leões, os termos de adesão ao Incentivo Estadual de Qualificação da Gestão Hospitalar para custeio das despesas decorrentes da manutenção e funcionamento dos hospitais de 20 leitos do Programa Saúde é Vida. O incentivo de R$ 100 mil será repassado mensalmente para que os gestores possam ampliar o acesso às ações e serviços de saúde na atenção hospitalar.

Roseana Sarney disse que logo no início do seu governo realizou uma pesquisa que mostrou que a maior demanda da população era um atendimento de saúde de qualidade. “Implantamos um projeto ousado e inovador de construção de 72 hospitais e estamos cumprindo. Já entregamos 37 hospitais de 20 leitos, totalmente construídos e equipados, e percebemos que houve uma grande melhoria no atendimento. Temos ainda 23 em fase final de construção e todos receberão o mesmo incentivo financeiro para que os maranhenses tenham, próximo à suas residências, atendimento de saúde digno e eficaz”, completou.

Nesta sexta-feira (28) a governadora inaugura o Hospital de Afonso Cunha. “O que percebemos é que a população busca os serviços e confia no atendimento prestado nas unidades, que funcionam com a parceria dos gestores municipais. Estamos muito satisfeitos com os resultados do Programa Saúde é Vida e até o final deste primeiro semestre estaremos entregando todos 60 hospitais, formando uma rede de saúde integrada e resolutiva”, justificou Roseana Sarney.

Ao assinar o termo de adesão, o gestor municipal assumiu o compromisso de cumprir o perfil mínimo assistencial obrigatório definido pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB), oferecendo nos hospitais construídos pelo Programa Saúde é Vida os seguintes serviços: SPA 24 Horas, sala de estabilização, nebulização, leitos de observação clínica, centro de parto normal, internações hospitalares nas clínicas básicas, sala de procedimentos ambulatoriais, consultório médico, sala de classificação de risco, exames laboratoriais, raio-X e eletrocardiograma.

prefeitos
Repasse estadual

Ricardo Murad ressaltou que o estado fixou inicialmente um repasse de R$ 60 mil mensais para que os municípios custeassem as despesas com os médicos nessas unidades esperando que o Ministério da Saúde definisse, também, um incentivo de custeio para esses hospitais tão importantes para o atendimento de urgência e emergência às pessoas residentes nos pequenos municípios maranhenses.

“Com a omissão do Ministério da Saúde, que até o presente momento ainda estuda o incentivo reivindicado por todos os pequenos municípios brasileiros, especialmente os das regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste, a governadora decidiu aumentar esse recurso para R$ 100 mil por mês para garantir um atendimento universal e de qualidade. Com essa medida, o Maranhão sai na frente, reconhecendo a importância dos hospitais de pequeno porte para facilitar o acesso da população aos serviços de saúde”, esclarece Ricardo Murad.

O secretário disse que agora os gestores municipais têm o compromisso de fazer o primeiro atendimento, com eficiência e profissionais qualificados. “Estamos colocando em operação o maior programa de saúde pública do país, planejado e executado por maranhenses, e que está servindo de modelo para outras entidades da federação. Nos nossos hospitais não existem depósitos de doentes. São estruturados para atender com qualidade, porque o doente não espera e precisa de cuidados dignos”, ressaltou Ricardo Murad.

Fotos: Nestor Bezerra

8 comentários »

Sampaio mata o Cordino

0comentário

sampaiocorreaO Sampaio praticamente garantiu a classificação para a decisão do segundo turno do Campeonato Maranhense. O Tricolor não tomou conhecimento do SCordino, em pleno Leandrão, em Barra do Cordo e aplicou uma sonora goleada por 5 a 1, na primeira partida pela semifinal.

Os gols do Sampaio foram marcados por Bruno Chocolate (2), Willian Corrêa, Júnior Chicão e Arlindo Maracanã. Para o Cordino marcou Michel cobrando falta.

Com o resultado, o Sampaio pode até perder por quatro gols de diferença que mesmo assim vai à final, praticamente contra o Moto que goleou o Santa Quitéria por 4 a 1. O Cordino terá que golear o Sampaio por diferença de cinco gols.

“Apesar do resultado, a classificação ainda não está consumada. Ainda falta um jogo e nós não podemos subestimar o time do Cordino”, afirmou o técnico Flávio Araújo

O Sampaio volta a enfrentar o Santa Quitéria, na segunda-feira (31), às 20h15, no Estádio Castelão.

Reforços para a Série B

A diretoria do Sampaio confirmou a contratação do meia Cascata, ex-Boavista e que estava disputando o Campeonato Carioca. Ele já atuou também no ABC, América-RN e Náutico.

Na mira do Sampaio estariam também o lateral-direito Grafiti e o zagueiro Edmar, ambos do Comercial de Ribeirão Preto. O presidente Sérgio Frota está em São Paulo com uma lista com 11 jogadores e tenta acertar a volta do atacante Pimentinha.

sem comentário »

Moto atropela o Santinha

8comentários

escudomotoO Moto deu um passo enorme rumo à final do segundo turno do Campeonato Maranhense, bem como ao Campeonato Brasileiro Série D, Copa do Nordeste e Copa do Brasil.

O time rubro-negro goleou o Santa Quitéria, por 4 a 1, no Estádio Rodrigão, em Santa Quitéria e agora pode até perder o jogo de volta por três gols de diferença que ainda assim garantirá a classificação e o tão sonhado retorno às competições nacionais.

Em tarde do meia Jeferson Abreu que marcou três, a goleada rubro-negra ainda teve gol olímpico do meia Kléo que segue na artilharia do Estadual, agora com 7 gols. O Santinha diminuiu com Fágner cobrando pênalti.

A partida de volta entre Moto e Santa Quitéria será no domingo, às 17h, no Estádio Castelão. Se vencer o Santa Quitéria, o Moto decidirá o turno com vantagem de dois resultados iguais diante do Sampaio.

8 comentários »

Prefeito é afastado em Humberto de Campos

2comentários

prefeitoDecoO juiz Lúcio Paulo Fernandes Soares, titular de Humberto de Campos, deferiu decisão cautelar na qual determina o afastamento imediato do prefeito Raimundo Nonato dos Santos (foto), pelo prazo de 90 dias. De acordo com a decisão, o afastamento deu-se por causa de irregularidades no contrato realizado entre Prefeitura Municipal e a empresa Marf Locações e Urbanismo, para a construção de duas praças. Os recursos para a construção das praças são oriundos do Governo do Estado e da própria prefeitura.

De acordo com o pedido feito pelo Ministério Público, o processo licitatório para a escolha da empresa está cheio de ilegalidades. “Apenas uma consulta simples já dar pra notar o prejuízo ao dinheiro público. Em outro momento, analisando o procedimento administrativo, que mais tarde virou inquérito, dá pra perceber a previsão de gastos inexistentes no custo da obra”, relata o documento.

“Não bastasse isso, a empresa em questão encontra-se cercada em um escândalo que, no mínimo, recomenda-se cautela das instâncias de controle e fiscalização, bem como do Judiciário, como forma de proteger o interesse público contra dano irremediável à sua integridade”, ressalta o pedido do MP decisão. Ainda de acordo com o MP, “a contratação da citada empresa foi fruto de uma fraude grosseira e acintosa ao processo de licitação, sendo completamente indevida”, solicitando a imediata suspensão das obras.

Ao deferir o pedido feito pelo Ministério Público, o magistrado determinou a imediata suspensão da construção das duas praças municipais (Praça Humberto de Campos e Praça do Bairro Base), bem como quaisquer pagamentos referentes a essas obras até o final da futura ação civil, que deverá ser proposta no prazo legal. As instituições bancárias serão oficiadas no sentido de proibir qualquer transação financeira por parte de Raimundo Nonato dos Santos, relacionadas às contas públicas.

O prefeito está proibido, pelo mesmo prazo de 90 dias, de entrar ou permanecer em seu local de expediente, bem como convocar funcionários públicos a qualquer pretexto. O presidente da Câmara Municipal, quando notificado da decisão, deverá empossar o vice-prefeito no cargo de Prefeito de Humberto de Campos. Em caso de descumprimento de algum item da referida decisão, será imposta uma multa de 3 mil reais ao Município de Humberto de Campos, 2 mil à empresa contratada, e 1 mil reais às instituições financeiras citadas, sem prejuízo da responsabilidade penal por crime de desobediência.

2 comentários »

Movimento político

2comentários

robertocosta

Durante o seu pronunciamento nesta quinta-feira (27), na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Roberto Costa classificou a paralisação dos policiais militares como movimento político e destacou os benefícios anunciados pela governadora Roseana Sarney, durante a nomeação na manhã de ontem (26), no Palácio dos Leões.

O parlamentar argumentou que a governadora Roseana Sarney tem feito a sua parte realizando investimentos importantes na Segurança Pública, cumprindo, inclusive tudo o que foi acordado na greve de 2011, e lamentou a paralisação, atribuindo ao coronel Francisco Melo, ex-comandante da Polícia Militar, a manifestação para uso político, já que é pré-candidato à deputado estadual .

“O governo está cumprindo os 7% do acordo. Além disso, o governo está aumentando 52% as gratificações e antecipando um aumento que era para 2015, já para novembro de 2014. Além disso, a governadora Roseana Sarney está mandando uma Lei Complementar que vai acabar com a obrigatoriedade dos cinco anos para os policiais militares para que eles possam receber o seu vencimento com a sua última patente”, pontuou Costa.

Ele frisou ainda que se trata de uma minoria que tenta criar um clima de instabilidade e insegurança na população. “Ainda bem que o movimento não tem o apoio da maioria dos militares e, apenas um pequeno grupo comandando pelo coronel Melo, de maneira irresponsável, tentam criar toda uma situação na cidade”, declarou o parlamentar.

De acordo com Roberto Costa, o Col. Melo, que foi comandante da PM durante o governo Jackson Lago, quando podia, nada fez pela corporação. “As reclamações que tinha da corporação era o desrespeito que ele cometia, sem respeitar inclusive as folgas dos policiais. Agora esse cidadão, que inclusive ontem pela manhã, quando eu estava no comando da Polícia Militar, estava pedindo favores ao comandante da Polícia Militar, coronel Zanoni. Agora, porque é candidato a deputado estadual, tenta criar toda essa situação para tirar proveito político desse momento”.

Costa reforçou o respeito e a valorização do governo do Estado para com a Polícia Militar e destacou que tais investimentos nunca haviam sido feitos em outras gestões como tem sido feito nesta. “Nós continuamos respeitando e valorizando a importância da Polícia Militar. Eu quero que comprovem aqui qual foram os governos que conseguiram respeitar e valorizar mais um policial militar do que um governo atual. Quem melhor sabe disse é a própria Polícia Militar, são os policiais militares. Agora querem fazer disso uma bandeira politica, como eu disse, de forma irresponsável e nós não podemos permitir ate porque nós continuamos acreditando em um trabalho importante da Polícia Militar”, finalizou.

Roberto Costa também seguiu no mesmo tom do atual comandante geral, coronel Zanoni Porto, e lembrou que quando Melo passou pelo comando não deixou saudades nos colegas militares.

“Esse coronel Melo já foi comandante da Polícia Militar e nada fez pela corporação. As reclamações que tinha da corporação era o desrespeito que ele cometia, sem respeitar inclusive as folgas dos policiais, para colocar todo mundo no trabalho, todo mundo na rua. Agora esse cidadão, que inclusive ontem pela manhã, quando eu estava no comando da Polícia Militar, estava pedindo favores ao comandante da Polícia Militar, coronel Zanoni, agora, porque é candidato a deputado estadual, tenta criar toda essa situação para tirar proveito político desse momento”, finalizou.

2 comentários »

Ritmo forte

2comentários

kellyAs duas últimas atuações do Maranhão Basquete na Liga de Basquete Feminino (LBF) – temporada 2013/2014 encheram o torcedor maranhense de esperança quando o assunto é conquistar o inédito título do torneio nacional. A equipe maranhense simplesmente atropelou Ourinhos (SP) nos dois jogos dos playoffs de quartas de final e avançou para as semifinais da LBF onde terá pela frente a forte equipe do Sport (PE). E a forma como o MB se postou dentro de quadra nas últimas partidas também serviu para as atletas da equipe acreditarem no sonho da primeira final de LBF nesta terceira temporada do time na elite do basquete feminino.

Um dos destaques do Maranhão Basquete desde a temporada, a pivô Kelly é um dos xodós do torcedor maranhense. Com atuações muito boas, a pivô tornou-se peça fundamental na equipe comandada pelo técnico Antônio Carlos Barbosa. Sexta principal cestinha da competição nacional com média de 13,88 pontos por partida e principal reboteira com média de 8,99 por partida, Kelly reconhece o bom momento do Maranhão Basquete, mas lembra que é preciso respeitar a equipe pernambucana.

“Sabemos que o Sport é uma grande equipe, o atual campeão. Temos que trabalhar muito para sair com a vitória, mas estamos acreditando. Estamos em crescimento e estamos crescendo no momento certo”, destacou.

No segundo jogo das quartas de final contra Ourinhos, foi registrado o maior público do Maranhão Basquete nesta edição da LBF. Ao todo, 3.840 torcedores estiveram presentes no Ginásio Castelinho e, para o duelo deste sábado (29), às 16h, contra o Sport válido pelas semifinais da competição nacional, a expectativa é que a casa do MB na LBF esteja lotada, tendo em vista que será um show de basquete.

“Acredito que vai ser um show de basquete. Eu espero isso. Temos que respeitar essa grande equipe, mas acreditando no nosso trabalho, impondo o nosso ritmo de jogo. Acreditamos que podemos sair com a vitória”, comentou Kelly.

E acreditar em um triunfo contra o Sport é sonho bem possível de se tornar realidade. No primeiro turno da fase de classificação, o Maranhão basquete acabou com a invencibilidade do time pernambucano na LBF ao vencer, no Ginásio Castelinho, por 68 a 66. O segredo para voltar a vencer o time pernambucano é impor um ritmo forte desde o início do jogo.

“Nós realmente impomos um ritmo de jogo muito forte contra Ourinhos. Estamos trabalhando muito forte para isso. Conseguimos dar um passo a frente nestes playoffs com todo mundo jogando e isso é super importante, mostra o crescimento do trabalho, mostra o quanto todo mundo acredita no trabalho. Isso são características de um time que está a caminho de um título”, finalizou a pivô do Maranhão Basquete.

Ingressos

Os ingressos para Maranhão Basquete e Sport deverão estar disponíveis a partir de quinta-feira (29) nas bilheterias do Castelinho. O torcedor deverá trocar 1kg de alimento não perecível pelo ingresso.

2 comentários »

Caminho de Eliziane

5comentários

elizianenotwitter

A deputada estadual Eliziane Gama (PPS) negou no twitter que tenha desistido da candidatura ao governo do Maranhão. Para ela, o que tem sido dito à respeito da sua possível desistência não passa de especulação.

Mas não é isto que o grupo ligado ao comunista Flávio Dino anda comemorando. Eliziane pode ser vice de Dino ou mesmo candidata a deputada federal. O fato é que já dão como certo de que Eliziane não será mais candidata a governadora.

Tudo é uma questão de tempo. Vamos esperar para conferir se a deputada está ou não falando a verdade ou se tudo não passou de um jogo com cartas marcadas.

 

 

5 comentários »

Operação Pimentinha

7comentários

pimentinhanosampaio

O presidente do Sampaio, Sérgio Frota mantém as conversas com dirigentes do São Caetano para tentar junto ao clube paulista o empréstimo do atacante Pimentinha para o Campeonato Brasileiro Série B. Ele se reúne com dirigentes do São Caetano hoje à tarde.

Sérgio Frota já está em São Paulo para resolver este assunto e também definir sobre a contratação de pelo menos oito jogadores para o Campeonato Brasileiro. O Sampaio deve buscar a base de uma equipe que disputou o Paulistão como Penapolense, Botafogo e Comercial, os dois últimos de Ribeirão Preto.

O clube paulista quer emprestar o jogador, mas quer uma quantia considerada alta pelo Sampaio para liberar o atleta, algo em torno de R$ 1 milhão.

Além disso, a decisão tomada por Pimentinha que deixou São Paulo sem a autorização dos dirigentes do São Caetano e retornou a São Luís, também está complicando um pouco a negociação.

A favor do Sampaio conta o fato de o principal investidor no clube paulista ser totalmente favorável ao retorno de Pimentinha ao Maranhão. “Isto pode ajudar as coisas”, acredita Frota.

O alvo do Sampaio são os clubes locais também. O volante Pierre, do Moto que já teria sido procurado, mas ninguém no Sampaio confirma. Pierre tem contrato com o Moto até o fim do Estadual e faz parte dos planos da comissão técnica para o Campeonato Brasileiro Série D, caso o Moto consiga a classificação.

Além de Pimentinha, o Sampaio confirma o retorno de Célio Codó. Aliás, Codó nem deveria estar fora do Sampaio. Me respondam: qual dos atacantes atuais do Sampaio é mais jogador do que Célio Codó?

O certo é que Codó e Pimentinha deverão reforçar o Sampaio na Série B. A estreia do representante maranhense será no dia 18 de abril, uma sexta-feira, às 19h30, no Estádio Castelão contra o Paraná Clube.

7 comentários »

Zanoni culpa Melo

8comentários

Comandante-Zanoni-PortoO comandante da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), coronel Zanoni Porto, definiu a greve da categoria como um movimento isolado e irresponsável. E culpou o coronel Melo e o soldado Leite pelo movimento.

Ele afirmou em entrevista ao jornalista Roberto Fernandes, no programa Ponto Final, na Rádio Mirante AM que a categoria foi beneficiada pelo governo do Estado com um reajuste de 13%, que serão pagos em três etapas.

“O movimento é equivocado, a governadora assegurou um reajuste de 13% para este ano. Além dos 7% que estava assegurado no acordo firmado com a categoria em 2011, mais 6% em novembro. Além disso, ficou definido que os militares, já no mês de abril, terão um reajuste médio de 53% nas gratificações que estavam congeladas por cerca de doze anos”, disse.

Zanoni Porto, também, disse que 730 policiais estarão nas ruas na Região Metropolitana da Capital Maranhense para garantir a segurança da população.

– Não justifica esse movimento de alguns policiais militares comandados pelo coronel Melo e o soldado Leite. A categoria conseguiu reajuste de 13% que serão pagos em três vezes. 7% serão pagos na folha de pagamento de março. Em novembro serão pagos em folha suplementar 53% das gratificações. E em novembro serão pagos os outros 6%. A Polícia Militar conseguiu um aumento além do que a categoria havia reivindicado. Não temos motivo para fazer greve. Esse movimento é um ato isolado e irresponsável. Não vamos admitir esse tipo de procedimento e iremos tomar as medidas cabíveis contra os envolvidos no movimento. Aproveitamos para acalmar a população garantindo a presença da Polícia Militar nas ruas – assegurou.

Leia mais

8 comentários »