Roseana decreta luto por José Chagas

0comentário

jose_chagas-179112A governadora Roseana Sarney decretou luto oficial de 3 dias pela morte de José Chagas. Ele tinha 89 anos e foi vítima de complicações de um acidente vascular cerebral (AVC) e de infarto. Ele estava internado no Hospital UDI, desde 23 de abril.

A governadora Roseana emitiu Nota de Pesar, destacando “o amor e a dedicação de Chagas à literatura”. Segue a íntegra da nota:

“A governadora Roseana Sarney lamentou profundamente a morte do escritor e poeta José Chagas, ocorrida nesta terça-feira (13), em São Luís. Ela lembrou que Chagas, sendo paraibano de Piancó escolheu o Maranhão para viver há mais de meio século, tendo louvado o estado em sua obra, principalmente São Luís, e merecido o título de imortal da Academia Maranhense de Letras.

Roseana Sarney se solidarizou com familiares e amigos do autor de livros como “Os Telhados”, “Apanhados do Chão”, “Maré/Memória” e “Azulejos do Tempo”, enfatizando o amor e a dedicação dele à literatura.

“Hoje é um dia triste para a cultura maranhense e brasileira. José Chagas é reconhecidamente um dos maiores nomes das letras do país e ficará eternizado por meio de seus versos. Ele deixa um legado de rimas perfeitas que nos inspira a enveredar pelo mundo da poesia”, afirmou a governadora Roseana.”

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior também solidarizou-se com a família, amigos e admiradores de José Chagas, desejando que Deus conforte os corações, neste momento de dor, transformando-a em fé e esperança.

Foto: Flora Dolores/O Estado

sem comentário »

TJ recebe denúncia contra prefeito Soliney Silva

0comentário

solineyprefeitoO prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva, responderá a ação criminal pelo crime de roubo, conforme decisão unânime da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do do Maranhão (TJMA), que recebeu denúncia do Ministério Público do Estado (MP) contra o gestor municipal.

O MP relatou que Soliney Silva – na época em que ainda não era prefeito – capitaneava um protesto contra a Prefeitura Municipal. Quando o movimento chegou à barreira policial, o denunciado mandou os policias abrirem espaço para a manifestação. Como o comandante do efetivo da PM, sargento José Pereira da Silva, não o atendeu. Soliney Silva afrontou o militar, desacatando-o.

Ao perceber que estava sendo filmado, Soliney Silva dirigiu-se até Antonia Maria de Medeiros Silva arrancou de suas mãos a câmera filmadora, puxou com violência a máquina fotográfica que estava à tiracolo, causando-lhe uma lesão no pescoço. Em seguida, ele subtraiu os referidos equipamentos, caracterizando prática do crime de roubo previsto no artigo 157, do Código Penal.

Em seu voto, o relator do processo, desembargador Raimundo Melo, ressaltou que a denúncia traz argumentos e provas que servem para demonstrar a sua plausibilidade, uma vez que veio acompanhada de documentos e declarações que sustentam a peça acusatória.

Segundo desembargador, Soliney Silva não apresentou qualquer prova capaz de desconstituir aquelas apresentadas pelo Ministério Público. “Assim, em princípio, configurado crime descrito na denúncia, havendo indícios de que seja o acusado o seu autor”, afirmou o magistrado.

Ao final, Melo recebeu a denúncia oferecida pelo Ministério Público, representado na sessão pela procuradora de Justiça, Terezinha Guerreiro. O voto do relator foi seguido pelos desembargadores Maria dos Remédios Buna e Benedito Belo, dando inicio a ação penal em desfavor de Soliney Silva.

sem comentário »

Comissão analisará aumento do FPM

0comentário

prefeitosPrefeitos e prefeitas que integram a caravana da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) comemoraram a instalação, por parte da Câmara dos Deputados, de uma comissão especial que analisará o aumento de 2% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

O ato criando a comissão foi assinado pelo presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB/RN), nesta terça-feira (13) durante a abertura da XVII Marcha dos Prefeitos e Prefeitas do Brasil à Brasília, cuja programação está sendo realizada no Centro Internacional de Convenções do Brasil, em Brasília. Mais de quatro mil prefeitos, além de milhares de vereadores, participaram da abertura do evento municipalista.

O aumento do percentual de repasse do FPM é uma das principais reivindicações dos prefeitos e prefeitas e vem sendo amplamente defendido pelos gestores como forma de modificar a triste realidade financeira pela qual passa os municípios brasileiros.

Para o presidente da Famem, prefeito Gil Cutrim (São José de Ribamar), a implantação da comissão é um grande avanço, uma vez que o assunto (aumento do percentual do Fundo) passará a ser formalmente discutido na Câmara Federal.

Cutrim lembrou que o pacto federativo injusto, imposto pela União aos municípios, penalizou as cidades maranhenses com a perda, em 2012, de R$ 69 milhões em repasses ocasionados pela redução do IPI. Em 2013, de acordo com a Confederação Nacional dos Municípios (CN,) este valor ultrapassou a casa dos R$ 75 milhões.

“Agora o assunto está pautado formalmente dentro da Câmara. E iremos cobrar agilidade desta comissão no que diz a emitir um parecer sobre a matéria”, afirmou o presidente da Famem.

Avaliação semelhante fez o prefeito de Códo, Zito Rolim. Segundo ele, o aumento do repasse do FPM é uma medida extremamente importante e que pode estabelecer um novo momento positivo para todas as administrações municipais do Brasil.

Também integram a lista de reivindicações dos prefeitos e prefeitas maranhenses, “Subfinanciamento dos Programas Federais (áreas da Saúde e Educação)”, “Lei Fundeb X Lei do Piso dos Professores”, “Encontro de Contas com a Previdência”, “Necessidade de Consulta aos Municípios antes da Aprovação de Leis e Emendas com Impacto Financeiro aos Entes, sem Definição de Novas Fontes de Custeio”, “Burocratização em Relação a Formalização de Convênios Federais”, “Prorrogação do Prazo para Implementação da Lei nº 12.305/10 – Lei dos Resíduos Sólidos”.

Nesta quarta-feira (14), os gestores públicos estarão reunidos com deputados federais e senadores do Maranhão. O encontro acontece a partir das 17, no Plenário 19 do Senado Federal.

Este ano, a XVII Marcha dos Prefeitos e Prefeitas do Brasil à Brasília tem como tema “A Crise nos Municípios e a Conjuntura Eleitoral”. A programação completa da Marcha está disponível no www.cnm.org.br ou através do link disponível no site da Famem (www.famem.org.br).

sem comentário »

CBF muda de novo data de Sampaio e Avaí

2comentários

sampaioxavai

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) alterou novamente a data da partida entre Sampaio e Avaí pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B que deveria ter sido realizada no último sábado, em São Luís, mas foi adiada devido ao forte temporal.

Ontem, a CBF havia marcado a partida para o dia 6 de junho (sexta-feira), às 1q9h30, mas atendendo à solicitação do Sampaio, a partida foi remarcada para o sábado (7 de junho), às 16h20, no Estádio Castelão.

Os torcedores que foram ao Castelão no último sábado e guardaram o canhoto do ingresso terão acesso garantido ao Castelão, no dia 7 de junho.

2 comentários »

Marcos Afonso assume a Segurança Pública

0comentário

ricardomurad

O sub-delegado geral da Polícia Civil, Marcos Afonso Júnior assumiu hoje pela manhã (13) o cargo de Segurança Pública em substituição a Ricardo Murad que comandava interinamente a pasta acumulando com a Secretaria de Saúde.

Murad aproveitou para desejar sucesso ao novo secretário e deixou um agredecimento a todos que integram o Sistema de Segurança.

“Profissional com as mais altas qualificações, desejo a ele êxito e muito sucesso na gestão. Aproveito a oportunidade para externar a todos do Sistema de Segurança – pessoal da Secretaria de Segurança, Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros meu carinho e satisfação por ter tido a oportunidade de conviver com pessoas tão comprometidas e competentes”, disse.

sem comentário »

Justiça suspende demissões em massa na Alumar

0comentário

alumarA Justiça do Trabalho acatou pedido do Sindmetal e determinou que a Alumar/Alcoa suspenda imediatamente a dispensa coletiva de empregados, sob pena de multa diária de R$ 50 mil. A empresa terá 10 dias para reintegrar todos os empregados que foram demitidos em razão do desligamento da Linha 2, sob pena de multa de R$ 30 mil por cada empregado. A decisão em antecipação de tutela é da juíza Juacema Aguiar Costa, da 6ª Vara do Trabalho, e vale até decisão final da ação civil pública que irá apurar se as demissões são regulares.

A juíza deu cinco dias para que a Alumar apresente a relação dos empregados que já foram e que serão alcançados pela dispensa coletiva, sob pena de multa de R$ 10 mil, além de informar ao juízo todas as demissões que venha a efetivar.

Na ação, o Sindmetal alegou que a medida da empresa – de demitir 500 empregados após o desligamento de 250 cubas da Linha 2 – seria abusiva, já que não haveria justificativa econômica ou financeira que motivasse a redução da capacidade produtiva ou a dispensa em massa dos empregados.

“As dispensas em massa, em face de sua natureza coletiva e do impacto social por ela causado, não podem ser analisados sob a mesma ótica das rescisões contratuais individuais, na medida em que ultrapassam os limites de um contrato, espraiando seus efeitos para toda a sociedade”, ressaltou a magistrada.

Em nota, a Alcoa confirmou o recebimento da notificação judicial a respeito do desligamento de funcionários em sua unidade em São Luís (MA). A companhia está analisando o documento e se manifestará em juízo, dentro dos prazos legais. A Alcoa vem pautando suas atividades em conformidade com a legislação e o sistema jurídico brasileiros e em total respeito aos seus funcionários.

sem comentário »

“Sampaio não vai passear”, diz Maracanã

8comentários

arlindomaracanaAo contrário do que muitos imaginam, o Sampaio não vai a São Paulo apenas para segurar a vantagem na Copa do Brasil, após o empate com o Palmeiras conquistado após a vitória por 2 a 1, de virada, no Castelão.

“Nós não vamos para São Paulo apenas para segurar o jogo. Nós vamos marcar quando tivermos que marcar e vamos jogar também”, disse o técnico Flávio Araújo.

“Respeitamos o time do Palmeiras que tem uma forte equipe, mas o Sampaio se preparou para garantir a classificação. Não vamos passear”, disse o capitão Arlindo Maracanã.

E não vai passear mesmo. Mesmo sendo o jogo no Pacaembu, contra o “favorito” Palmeiras, o Sampaio tem todas as condições de voltar a São Luís com a classificação na bagagem.

E para isto contará com o retorno do zagueiro Paulo Sérgio que se recuperou de contusão. Pimentinha e Edgar que foram destaques na primeira partida ficarão como opção no banco de reservas.

O time será o mesmo que venceu o Palmeiras no Castelão: Rodrigo Ramos, Paulo Ricardo, Paulo Sérgio, Edimar e Willian Simões; Jonas, Willian Corrêa, Arlindo Maracanã e Válber; Valdir e Willian Paulista.

O vencedor deste confronto enfrentará o vencedor de Avaí-SC e ASA-AL que jogam nesta quarta-feira, em Florianópolis. Na primeira partida, em Arapiraca, o ASA fez 3 a 2.

A cobertura completa você acompanha às 22h pela Rádio Mirante AM e TV Mirante que exibirá a partida ao vivo para todo o Maranhão.

Foto: Site do Sampaio

8 comentários »

Voto de reconhecimento

1comentário

reginaalmeidarochaPor deliberação da última reunião ordinária do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais (CNPG), a procuradora-geral de justiça do Maranhão, Regina Lúcia de Almeida Rocha, foi agraciada com um voto de reconhecimento.

Em ofício enviado à procuradora-geral, a presidente do CNPG, Eunice Amorim Carvalhido, que é procuradora-geral de justiça do Distrito Federal e Territórios, esclareceu que a moção é resultante “do relevante trabalho que está sendo desenvolvido em prol da sociedade brasileira, no âmbito do Ministério Público do Maranhão”.

Durante a reunião do conselho em que foi aprovada a homenagem, Regina Rocha apresentou projeto do MPMA sobre a segurança pública e o sistema penitenciário do Estado.

“Essa moção é, para nós, um reconhecimento ao trabalho sério que estamos realizando à frente da instituição, comprometido com as expectativas da sociedade maranhense”, comentou a procuradora-geral de justiça.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Lobão Filho aparece com 26% em São Luís

3comentários

lobaofilhoPor Gilberto Léda

O blog teve acesso ontem (12) aos gráficos pormenorizados de cinco municípios maranhenses em que foi realizada a pesquisa Exata/TV Guará sobre a eleição para governador.

Em São Luís, Imperatriz, Santa Inês, Caxias e Timon o que se pode dizer é que o pré-candidato do PMDB, Lobão Filho, tem desempenho consistente, apesar da liderança do comunista Flávio Dino. O desempenho do comunista em cinco dos principais colégios eleitorais é considerado “perigoso” até por aliados.

Na capital maranhense, por exemplo, foram aplicados 320 questionários. Dos que responderam ter candidato a governador, 26% disseram votar no peemedebista. Flávio Dino aparece com 52%.

Em Imperatriz, onde foram ouvidos 130 eleitores, os números são parecidos e considerados “estimulantes” para a coordenação de camapnha do peemedebista. Lobão Filho tem 25%, contra 52% do comunista. É um patamar que nem mesmo a governadora Roseana Sarney (PMDB) atingiu na cidade.

Já em Caxias (95), Timon (95) e Santa Inês (45), cidades administradas por aliados próximos de Flávio Dino, é que o ex-presidente da Embratur apresenta o pior desempenho. Em nenhum dos municípios ele chega a 50%.

Na primeira, Dino vence por 49% a 27%; na segunda, 42% a 25%; e na terceira, 49% a 20%.

flaviodinoO resultado foi considerado tão desastroso para os comunistas que eles reagiram á publicação dos dados por municípios em sites e blogs maranhenses.

O que mais os preocupa é que essas cinco cidades são consideradas redutos eleitorais de Flávio Dino, de onde esperam sair com “gordura” o suficiente que não permita uma “virada de jogo” no restante dos municípios, como ocorreu em 2010, com a eleição em primeiro turno da governadora Roseana.

A primeira pesquisa TV Guará/Exata foi realizada entre os dias 03 e 07 de maio e está registrada na Justiça Eleitoral sob o número 010/2014. Foram ouvidos 2 mil eleitores em 45 municípios do Maranhão e devidamente registrada no Tribunal Regional Eleitoral e no Tribunal Superior Eleitoral. A margem de erro é de 2,5% para mais ou para menos.

*Os números entre parênteses representam a quantidade de questionários aplicados em cada um dos municípios pesquisados.

3 comentários »

Eliziane critica administração de Edivaldo

16comentários

elizianegamaEm pronunciamento na tarde desta segunda-feira (12), na Assembleia Legislativa, a deputada Eliziane Gama (PPS) lembrou os diversos alertas que fez às autoridades públicas, em diversas instâncias, sobre a necessidade da adoção de medidas preventivas no sentido de preparar São Luís para situações como a que se vê agora.

“São Luís é hoje manchete nos jornais de circulação nacional pela situação de caos instalado”, afirmou a deputada. Ela condenou a condição do trânsito da cidade, o transporte, a buraqueira, os congestionamentos quilométricos e falou sobre as manifestações que ocorrem em vários pontos da São Luís em virtude da revolta da população, informando que essas manifestações poderão se estender pelas próximas horas.

“Naturalmente estamos vivendo um momento de chuvas, mas de forma clara não há planejamento de São Luís a tempos” disse. Eliziane Gama afirmou que está acompanhando essa situação de calamidade, referindo-se aos bueiros estourados, buracos, valas e água transbordando.

A deputada foi aparteada por seu colega Carlos Alberto Milhomen que afirmou: “Eu não sei onde nós vamos parar. Não só Vossa Excelência, mas toda a oposição só fala aqui na oligarquia que manda no Maranhão a quarenta anos. E São Luís, onde tradicionalmente domina a oposição, manda a oposição a senhora vem dizer que a oposição não governa e não faz. O povo fica sem norte ouvindo os líderes da oposição”. Eliziane respondeu que preferia não politizar o assunto, pois não se trata de ganhar uma eleição por ganhar uma eleição. “Precisamos ganhar com planejamento, com a apresentação de uma proposta para esse Estado e para São Luís, com participação, popular e ganhar com um programa de governo”. E considerou que o problema da cidade tem uma responsabilidade compartilhada, referindo-se à falta de esgotamento sanitário em São Luís.

O deputado Hemetério Weba também aparteou a deputada e disse que não participou da campanha do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, mas viu a campanha dele na televisão quando dizia que se eleito cuidaria de tudo e de forma rápida. “Nós estamos aqui a um ano e meio e não vemos mudança nenhuma. São Luís é só buraco por onde você passa. Será que o prefeito está enxergando bem a nossa cidade, perguntou.

Foto: Racciele Olivas/Agência AL

16 comentários »