Lobão Filho no Sertão do Maranhão

3comentários

lobaofilho

Em passagem pela cidade de Mirador, neste domingo (20), o candidato ao governo do estado, Lobão Filho (PMDB), ratificou seu compromisso com o Sertão Maranhense e relembrou benefícios trazidos na gestão de seu pai à região. “Aqui, aos 26 anos de idade, quando era secretário do governo do meu pai (Edison Lobão), tive a oportunidade de inaugurar a estrada Colinas/Mirador, símbolo da mudança dessa região e da vida dos sertanejos”, elencou.

“Meu pai, filho de Mirador, não negou as suas tradições de sertanejo, pelo contrário honrou suas raízes com realizações e obras que abriram novas perspectivas para todos os brasileiros que aqui constituíram famílias e lutam bravamente pelo Sertão do Maranhão”, destacou Lobão Filho, ao assegurar que também vai honrar as tradições de ser filho de “um sertanejo bravo e valente, tradição do nosso Sertão”, completou.

O senador declarou ainda que a família Lobão e seu grupo político têm um passado de lutas e glórias pelo Maranhão e agora vai abrir muito mais perspectivas de mudança e de renovação. Para isso, conta com o apoio do ex-presidente Lula e da presidenta Dilma Rousseff que, verdadeiramente, deram nova cara ao Nordeste e aos nordestinos.

“Foi o governo do PT, com o nosso apoio, do PMDB, que construiu um novo Nordeste com a implementação de programas como o Bolsa Família, Bolsa Escola, Luz para Todos, Minha Casa, Minha Vida; dentre outros tantos que mudaram, para melhor, a qualidade de vida do nosso povo, em especial do nordestino”, enfatizou  Lobão Filho.

O candidato ao Senado, deputado Gastão Vieira, que também foi ministro na gestão do PT, enfatizou o orgulho de ter participado de uma das grandes realizações do Governo Edison Lobão. “Edinho, o seu pai, em 1990 me convidou para ser Secretário de Planejamento e me determinou que todos os esforços fossem empreendidos para iniciar o seu Plano Rodoviário aqui no Sertão. Tivemos a honra de fazer parte dessa história e de termos contribuído para a concretização de um sonho dessas pessoas: a estrada Colinas/Mirador”, destacou.

Vieira disse ainda, acompanhando de lideranças da região, que tem plena convicção na continuação desse trabalho. Esta crença foi ratificada também por outras lideranças como Nina Melo (PMDB), Victor Mendes (PV), Zé Mário (PSDC) de São João dos Patos, Enoque Mota (PRP), e o prefeito de Mirador Joacy Andrade (PPS), acompanhado de 11 vereadores do município.

“Hoje estamos firmando um compromisso de trabalho”, disse o prefeito Joacy ao senador Lobão Filho. “Nós sabemos fazer acontecer, e assim estamos fazendo aqui em Mirador, com a construção do hospital, de creches, reforma e ampliação de postos de saúde que mudaram a cara de nossa cidade e a vida de nosso povo. Com Lobão Filho no governo, faremos ainda muito mais”, completou.

Sucupira do Norte 

lobaoemsucupira

Com bastante entusiasmo e carinho da população, o candidato ao governo do estado, Lobão Filho (PMDB), participou de mais uma importante carreata realizada na pequena Sucupira do Norte, no último dia de programação desta primeira agenda de campanha no interior do estado.

“Tenho muito o que agradecer. Sou um empresário bem sucedido, tenho uma família linda, sou senador da República e grato a Deus pela vida. Cada vez mais tenho vontade de trabalhar em prol do meu povo”, disse, cumprimentando a população composta por pouco mais de 11 mil habitantes, em sua maioria idosos.

Seu Zé Grafia de 74 anos e dona Ciça Pereira de 64, esperaram na porta de casa pela passagem da carreata. Indagados pelo que esperavam do candidato, a resposta foi uma só: “Não é possível que os meus cabelos brancos não sirvam pra nada. Conheço o pai dele (Edison Lobão), que é um homem trabalhador e tenho certeza que ele (Lobão Filho), que é um bom filho, vai fazer mais e melhor pelo Maranhão”, afirmou, acenando para a comitiva do candidato.

Durante a visita, o prefeito Marcony Silva (PPS) lembrou da atuação de Lobão Filho como senador da República. “Ele é um homem trabalhador e como governador vai fazer muito mais pelo estado e também por nossa cidade”, enfatizou o gestor municipal, se referindo à obra da estrada que liga Sucupira a Pastos Bons, em processo de licitação com previsão de entrega para a próxima gestão.

Arnaldo Melo, candidato a vice-governador, e Gastão Vieira, candidato ao Senado, ambos pelo PMDB, são antigos conhecedores da região e ressaltaram que é preciso força e coragem para falar de problemas e apontar propostas. “Aceitamos o desafio porque vemos nesse homem (Lobão Filho), não só o desejo de fazer diferente, mas a forma de fazer, por meio do trabalho e não apenas de palavras”, declarou Arnaldo. Gastão Vieira completou: “é preciso atenção para o cenário de mudança apontada pela oposição”, referindo-se às promessas vazias e o retrato de uma “falsa renovação” estampada em municípios como Santa Inês, Caxias, São Luís e Balsas, que apresentam altos índices de rejeição contra seus gestores.

Fotos: Gilson Teixeira e Biaman Prado

3 comentários »

Moto deixa vitória escapar no fim

34comentários

remoemotoO Moto esteve muito perto de estrear com uma vitória fora de casa no Campeonato Brasileiro Série D.

Jogando contra o Clube do Remo, em Bragança do Pará, o time rubro-negro vencia até os 49 minutos do segundo tempo por 1 a 0, mas sofreu o empate num pênalti quando o Remo já estava completamente batido.

O empate contra o Remo, no Pará não deixa de ter sido um bom resultado, mas para quem estava vencendo o jogo, o Moto poderia ter conquistado uma grande vitória na estreia.

O gol do Moto foi marcado pelo atacante Fabiano, aos 32 minutos do primeiro tempo.

Com o gol rubro-negro, o Remo, pressionado pela torcida foi com tudo buscar o resultado. Nos acréscimos, aos 49 minutos, o Remo empatou com Val Barreto, num pênalti cometido pelo meia Kléo.

“Fizemos um bom jogo e tivemos um bom resultado contra um grande adversário. Tivemos dificuldade durante a semana. Você viu que tivemos dificuldade com a nossa bola parada porque não treinamos com essa bola. agora vamos ter um jogo em casa contra um adversário que não conhecemos, mas vamos jogar diante da nossa torcida que deve comparecer em grande número no Castelão”, destacou o técnico Édson Porto.

O Moto volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro Série D, no próximo domingo (27), contra o Interporto-TO, às 17h, no Estádio Castelão, em São Luís.

Foto: Alex Nascimento

34 comentários »

Senado vai investigar contrato da Embratur

0comentário

flaviodinoO Senado aceitou, quinta-feira, pedido para que o contrato assinado entre a Embratur e a empresa CPM Braxis Outsourcing seja auditado em caráter de urgência pelos técnicos do Tribunal de Contas da União. O requerimento foi encaminhado para que se apure a legalidade e a economicidade do contrato, que teve aditivo assinado em 2012 pelo então presidente, Flávio Dino (PCdoB).

A empresa Braxis presta serviços de informática e tecnologia da informação e aceitou montar uma central de suporte para os funcionários da Embratur, em 2009. O problema é que o preço para esse trabalho foi retirado de uma ata especial de licitação feita para a Universidade Federal da Bahia, um ano antes.

As especificações técnicas para a UFBA previam atendimento de 48 mil chamadas ao ano. Na Embratur, esse número não passaria de 5.311, ou cerca de 20 chamadas por dia. O custo de cada chamada/atendimento paga pela Embratur chegou a R$ 564,86. O preço total do contrato anual foi R$ 2.999.999,97.

Mesmo com tanta diferença de projetos, Flávio Dino assinou o aditivo, dando mais 12 meses de contrato à empresa. Os auditores descobriram que o orçamento não foi detalhado como manda a lei de licitações.

O mesmo valor cobrado para atender os 230 funcionários da autarquia de turismo foi também usado na Bahia para atender 4.850 estações de trabalho, com uma rede digital cobrindo quatro locais distantes: Salvador, Vitória da Conquista, Barreiras e Oliveira dos Campinhos. Essas dúvidas já haviam sido levantadas pelos auditores da Controladoria Geral da União, em 2013.

Erário – Por todas as diferenças físicas verificadas entre a UFBA e a Embratur, os auditores da CGU (que são ligados à Presidência da República) escreveram que o contrato com a Braxis “era antieconômico para o erário”, porque estava superdimensionado para as necessidades reais da Embratur.

Os auditores responsabilizam o presidente da Embratur pelos problemas encontrados na empresa. Há vários casos de contratos assinados sem orçamento detalhado, principalmente no que se refere à publicidade. Com três agências, a Embratur assinou contratos no valor global de R$ 90 milhões.

Comparação de contratos comprovou abuso no aditivo

Os técnicos da Controladoria Geral da União fizeram comparações de preços com outros contratos assinados por órgãos federais, também para o atendimento de suporte de informática e gestão de tecnologia da informação, para comparar o contrato assinado por Flávio Dino na Embratur.

Prestando serviço para a Agência Nacional de Telecomunicações, que atende todas reclamações da telefonia celular e fixa no País, a empresa Central IT Tecnologia da Informação Ltda venceu a licitação de 2008 para atender 26.400 chamadas ao ano, em 1.300 estações de trabalho. Preço; R$ 478.768,08; custo médio por chamada/atendimento: de R$ 18,00 .

O Tribunal Regional do Maranhão é outro exemplo de que, na Embratur, o contrato assinado com a Braxis pode ter sido superfaturado:

Em 2012, o TRE/MA fechou contrato com a OER Informática para atender 12 mil chamadas/ano de suporte de informática, no mesmo estilo help desk service. Com 1.259 estações de trabalho previstas no atendimento, o tribunal pagou

R$ 566.909,16. Cinco vezes menos que o valor pago pela Embratur entre 2012 e 2013.

O Estado

sem comentário »

Preocupação com a duplicação da BR-135

0comentário

eduardobraideO deputado Eduardo Braide (PMN) apresentou à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa um requerimento encaminhado ao superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte no Maranhão, Geraldo Fernandes, pedindo que ele informe o prazo de conclusão da obra da duplicação da BR-135, no primeiro trecho compreendido entre Estiva e Bacabeira.

Eduardo Braide disse que ficou preocupado porque o DNIT chegou a anunciar que esta obra teria inclusive antecipada a sua conclusão, mas continua sendo executada de forma muito lenta.

“Eu acho importante informar o povo do Maranhão qual é a previsão do DNIT, no sentido de finalizar de uma vez por todas esse trecho da obra da duplicação da BR-135”, afirmou.

O deputado frisou que formulou também um pedido de informações à Superintendência do DNIT sobre a recuperação da BR-222, no trecho que compreende Vitória do Mearim e Santa Luzia. Segundo Eduardo Braide, este trecho está lastimável, com diversas crateras e enormes dificuldades para o trânsito de pedestres e veículos.

“Fica aqui o nosso apelo e, mais do que isso, a confiança de que esta Casa aprovará este Requerimento de Informações ao superintendente do DNIT, para que ele possa prestar estas duas informações: o prazo de conclusão da duplicação da BR-135 e o prazo para início e fim da recuperação da BR-222, do trecho que é compreendido entre os municípios de Vitória do Mearim e Santa Luzia. Portanto, fica a certeza de que esta Casa mais uma vez contribuirá no sentido de melhorar as condições das obras e serviços públicos para que o povo do Maranhão possa usufruir de um serviço de qualidade”, afirmou o deputado.

sem comentário »

Prefeitura amplia o Hospital da Criança

1comentário

maqueteHC

A Prefeitura de São Luís iniciou as obras de reforma e ampliação do Hospital Odorico Amaral de Matos, o Hospital da Criança. A capacidade instalada da unidade de saúde vai dobrar após a conclusão das obras: serão construídas mais 25 enfermarias, que, juntas às oito já existentes, vão totalizar 178 leitos de internação. Os serviços fazem parte do processo de reestruturação da rede municipal de saúde, determinado pelo prefeito Edivaldo.

“Uma das prioridades da nossa gestão é o desenvolvimento de políticas públicas que alcancem as crianças, principalmente na esfera da saúde. Teremos um centro de referência na área, um Hospital da Criança totalmente revitalizado, com maior capacidade de atendimento para proporcionar conforto e recuperação adequados às nossas crianças”, destacou o prefeito Edivaldo.

Os investimentos para reforma e ampliação vão resultar em um número maior de serviços disponíveis na unidade especializada em pediatria clínica e ambulatorial e urgência e emergência para crianças com idade entre 28 dias e 13 anos incompletos. Entre os novos espaços estão a implantação de um centro cirúrgico com quatro salas de grande porte e uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com 11 leitos.

Hospitaldacrianca“Esse hospital tem uma importância muito grande na assistência a crianças da capital e do interior do Maranhão, por isso, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior determinou investimentos para dotá-lo de estrutura física e operacional que permita o atendimento qualificado e humanizado desse público, que é prioridade do nosso trabalho”, afirma a secretária de Saúde, Helena Duailibe.

As inovações incluem ainda a construção de espaços para a realização de exames especializados de ultrassom e tomografia computadorizada, até então inéditos na unidade. “Os ganhos desta reforma serão muitos, pois hoje o que temos é uma Unidade de Cuidados Intermediários onde os pacientes mais graves são assistidos e, além disso, com o centro cirúrgico vamos poder também realizar cirurgias”, afirma a diretora do Hospital da Criança, Virgínia Barbosa.

O projeto executado pela Prefeitura prevê ainda a construção de salas de espera com 91 lugares para maior conforto dos usuários da unidade hospitalar. A reforma vai consolidar mudanças nos padrões de qualidade da assistência e fortalecer o sistema de atendimento da rede municipal de saúde. Ao todo, será investido um total de R$ 12 milhões na reforma, sendo R$ 10 milhões em recursos próprios e R$ 2 milhões através do governo federal. Outras 14 unidades do município estão sendo reformadas atualmente, incluindo os Socorrões I e II.

Foto: Honório Moreira

1 comentário »

Governo investe R$ 8 milhões em pavimentação

1comentário

sinfra1

Milhares de moradores de diversos bairros de São Luís estão sendo beneficiados pelo Programa de Pavimentação de Vias Urbanas, realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) na ação que também alcança os outros 216 municípios maranhenses. Ao todo, somente na capital, são 28,27 Km de ruas, englobando os serviços já entregues à comunidade e os em andamento.

O investimento total é de mais de R$ 8 milhões. Estão em fase de execução obras nos bairros Vila Itamar, Vila Embratel, Bairro de Fátima, Santa Rosa, Vila Dom Luís, Vila Cascavel, além da recuperação da Avenida General Arthur Carvalho (Estrada do Miritiua).

“O programa de pavimentação, realizado dentro do Viva Maranhão, tem melhorado a qualidade de vida das pessoas em todo o estado. Com o asfalto, o cidadão tem acesso mais fácil aos serviços de saúde, educação e segurança, entre outros”, ressaltou o secretário de Estado de Infraestrutura, José Raimundo Frazão Ribeiro.

Na lista dos serviços que estão sendo realizadas, estão obras na Vila Itamar, contemplando a Rua do Arame, Rua 01, Travessas da Rua 7 e Rua São Jorge. Na Vila Embratel, a Sinfra está fazendo a pavimentação das Ruas Bom Futuro, Primavera, Girassol, São Benedito, entre outros, totalizando mais de 2Km.

No Bairro de Fátima, a pavimentação asfáltica contempla a Travessa Dom Pedro II e Residencial Osmar Cruz (Largo Andrelina). E no Santa Rosa, estão sendo pavimentados mais de 2 quilômetros de ruas e travessas. Na Vila Dom Luís, a pavimentação em bloquete inclui as ruas Real, Mangueira e Júpiter. Na Vila Cascavel, será quase 1Km de asfalto para as Ruas da Esperança, São Marcos, João Batista, da União, São Luís e Travessas São Francisco e Coral.

sinfra

Também na capital, nas proximidades de São José de Ribamar, a Sinfra desenvolve obra de restauração, no trecho que vai da entrada da MA-204 até próximo do bairro Santa Rosa, beneficiando a Avenida General Artur Carvalho, no Turu.

Em São Luís, já foram entregues a pavimentação das Ruas Boa Vista e da Prata e a Travessa Dom Pedro, no bairro Coroadinho; as Ruas José Heluy, Santa Isabel, Santa Luzia, São Sebastião, Humberto de Campos, São José e Travessa São José, no bairro Santa Efigênia; as Ruas da União, da Vitória, 5 de Dezembro, da Paz, da Solidariedade, Dom Paulo Pontes, da Resistência e Avenida Alexandre Caldas, na Vila Zeni; a Estrada do Rio Grande; e da  Rua Projetada, em Ananandiba. Também foi concluída a obra de pavimentação em bloquete das 1ª e 2ª Travessas Santa Rita, na Vila Dom Luís.

A ação da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) também engloba bairros dos municípios da Região Metropolitana da Ilha de São Luís. Em São José de Ribamar, estão sendo pavimentadas 21 ruas, totalizando mais de 7 Km. Em Paço do Lumiar, também são 7 km de vias; em Raposa, mais 3 Km.

Na cidade de Ribamar, no Parque dos Rios, 1,7 Km de vias estão sendo pavimentadas, incluindo as Ruas Rio Itapecuru, Rio Munim, Rio Iguará, Rio Mearim, Rio Tocantins, Rio Parnaíba, Rio Una, Rio Gurupi, Rio Pindaré e Rio Corda.

No Alto Jaguarema e Central Park, as obras contemplam as Ruas Arkansas, Chicago e 20, 18 e 16, entre outras.Também em Ribamar, está em execução a Estrada da Mata, contemplando 4,5 Km de extensão. Atualmente, a obra está com 80% dos trabalhos finalizados e até o fim deste mês o serviço deverá ser concluído.

Fotos: Jorge Ribeiro

1 comentário »

Organização marca Corrida São Luís

0comentário

corrida

Pontualmente às 7h deste domingo (20) foi dada a largada para a Corrida São Luís promovida pela TV Mirante, na Avenida Litorânea com a participação de 1500 atletas entre profissionais e amadores.

O destaque mais uma vez foi para Larisse Nascimento (atleta de Caxias) foi vencedora nos 10km feminino, além de Josimar da Conceição e Cleudilene Ramos, vencedores nos 5km.

Essa prova tem um significado maior, porque é dentro do Estado e é a principal competição. É impossível ficar fora dessa competição. É uma preparação para outras provas também”, destacou Larisse.

Muito destacado pelos participantes, assim como pela vencedora o percurso, a organização do evento e principalmente a pontualidade. Muita gente que apostou no atraso teve que largar depois da maioria que chegou bem cedo à Litorânea.

sem comentário »

Pra cumprir tabela

1comentário

joaquimhaickelPor  Joaquim Haickel

Nos últimos 60 dias todo mundo falou sobre a Copa do Mundo da FIFA. Eu também falei, mesmo que apenas de passagem. Agora, transcorrido o tempo regulamentar, acabada a prorrogação e cobrados os pênaltis, entregue a taça para quem realmente tinha direito a ela, vou comentar sobre esse evento que é o maior do mundo, depois dos Jogos Olímpicos, é claro.

A Fifa é a dona do futebol mundial. É ela quem estabelece as regras e os parâmetros do esporte e de suas competições. É ela quem diz o que pode e o que não pode se fazer. Seus dirigentes são talvez os mais autoritários dirigentes de instituições do mundo. Até ai tudo bem, pois aceita seu autoritarismo quem deseja participar do mundo do futebol. Quem desejar ficar de fora não será atingido por ele, não sofrerá suas consequências, sejam elas positivas ou negativas.

O volume financeiro envolvido nessa competição é astronômico e no frigir dos ovos, é este o verdadeiro motivo por trás de tudo. Tudo aqui é tudo mesmo. Coisas como a escolha de onde será disputada a próxima Copa, como os critérios de escolha de patrocinadores e fornecedores do evento, até a escolha dos selecionados nacionais pelos técnicos, que são influenciados e influenciam o mercado de preço dos jogadores envolvidos. Engana-se quem quer, mas é assim que é.

Aquela frase de Shakespeare cabe perfeitamente neste caso: “Há mais coisa entre o céu e a terra do que pode imaginar a nossa vã filosofia”. Você e eu não somos capazes de imaginar o mundo infinito de coisas que existem e a infinidade ainda por ser inventada no mundo do futebol, tudo tendo como base o dinheiro que a paixão humana pode movimentar.

Tendo comentado superficialmente sobre a dona da bola, vejamos as coisas concernentes à participação do governo brasileiro nesse evento.

Partindo-se da concepção de que tudo que o governo diz deve ser visto com desconfiança, a Copa do Mundo do Brasil de 2014 foi um grande sucesso.

Explico: Não só este governo, mas todo governo, seja ele federal, estadual ou municipal. Seja ele um governo de qualquer uma das três Américas, um governo europeu, asiático ou africano, ele não irá realizar exatamente o que se comprometer. O nível de excelência de um governo é decorrência direta do déficit de efetividade da realização do prometido. Sendo assim, a Copa foi um sucesso, pois o governo brasileiro deve ter entregado uns 50% daquilo com que se comprometeu. O resto do sucesso desse evento correria mesmo por conta da simpatia de nossa gente, da maravilhosa hospitalidade da população brasileira, do seu jeito único de receber as pessoas em sua casa.

As obras de reforma e construção dos estádios da copa, dos aeroportos, de mobilidade urbana, de segurança, de conforto turístico, bem ou mal foram suficientes para suportar as demandas de todos, brasileiros e estrangeiros que para cá vieram.

Fui a dois jogos da Copa, um no Maracanã e outro no Castelão, em Fortaleza. Fiquei impressionado. Não houve o caos aéreo que todos propagavam, não houve o caos no trânsito automobilístico que todos disseram que haveria, não houve a insegurança generalizada que todos propagaram, não aconteceu a vergonha que todos disseram que iríamos passar, pelo menos não fora das quatro linhas…

Com a Seleção Canarinho infelizmente a história foi outra. Nosso time sofreu em todos os jogos que disputou. Sofreu ganhando e padeceu perdendo. O time não foi a sombra do que poderia ter sido. Taticamente era dependente do genial Neymar, sem ele o time simplesmente não existiu. Nem com ele seria possível superar forças como Holanda, Argentina e Alemanha. Termos ganhado de México, Chile e Colômbia foi o máximo que poderíamos fazer nessa competição, e olhe lá!

No esporte a justiça não é o ingrediente principal. Muitas vezes vence aquele que não é o melhor, como aconteceu em 1950, 1978, 1982 e 1986, quando o Brasil tinha o melhor time do mundo e não venceu a Copa. Este ano a melhor equipe venceu. Os melhores, sem sombra de dúvidas, foram os alemães, que jogaram um futebol bonito de se ver, de toque de bola, de paciência, sem erros. Uma verdadeira pintura.

A regra da competição tirou a segunda colocação de quem a merecia, a Holanda, que também apresentou um belíssimo futebol, em alguns aspectos mais bonito até que o alemão, mas menos eficiente.

O terceiro lugar deveria caber mesmo aos nossos mal educados vizinhos argentinos, que tem um futebol inversamente proporcional à empáfia e a arrogância de seus torcedores.

O quarto lugar ao nosso time deve ser visto como consequência das regras de emparceiramento da competição, pois outras seleções demonstraram ser bem melhor que a nossa, mas como já disse o esporte não é terreno onde campeia a justiça, esporte é outra coisa e como tal deve ser encarado.

Fora do campo de jogo tudo foi um sucesso, dentro, pra nós, foi um desastre. Menos mal, isso pode ser resolvido mais facilmente que os outros problemas que temos que enfrentar no dia a dia. Bola pra frente!

1 comentário »

Moto inicia caminhada na Série D

1comentário

10532379_10204476564540482_113088246363379258_nO jogo de hoje, às 15h30, contra o Remo, em Bragança, no interior do Pará pelo Campeonato Brasileiro Série D marca o reencontro do Moto com as competições nacionais e o início da caminhada do time rubro-negro rumo ao tão sonhado acesso à Série C.

Se não tem um time que de saída possa ser apotado como favorito ao acesso, o Moto fez o que era correto após conquistar a vaga para a Série D, no Campeonato Maranhense.

O Moto manteve a sua excelente base de jogadores maranhenses, trouxe outros atletas locais e se reforçou com atletas conhecidos e indicados pelo treinador Édson Porto.

O Moto tem um time jovem, mas de muita qualidade e capaz de brigar pelo acesso. As apostas são os garotos bis de bola Felipe e Henrique (foto).

O grupo é difícil e além de Moto e Remo tem também River-PI, Interporto-TO e Guarany de Sobral-CE, mas a partir de hoje toda torcida maranhense vestirá a camisa do Moto na Série D.

A caminhada é difícil, mas vamos lá Papão!!!

1 comentário »