Vitória apertada

0comentário

Iziane

O Maranhão Basquete manteve o bom momento na Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2014/15, ao derrotar Presidente Venceslau, neste sábado (17), por 60 a 59 (32 a 24 no primeiro tempo), em partida válida pela quarta rodada, disputada no ginásio Castelinho, em São Luís. O jogo foi bastante acirrado, com os dois times lutando pelo resultado até o último segundo.

Os dois quartos iniciais foram equilibrados, mas com a equipe da casa sempre no comando do marcador – 18 a 15 (primeiro) e 14 a 9 (segundo). O começo terceiro período foi totalmente dominado pelo time mandante, que imprimiu um ritmo mais forte, porém o representante de Presidente Venceslau se recuperou na parte final do quarto e a vantagem da agremiação maranhense foi de apenas dois pontos (14 a 12).

Nos dez minutos finais, Presidente Venceslau voltou com tudo e logo igualou as ações, deixando o jogo indefinido e eletrizante. O final foi disputado ponto a ponto, com os dois times se alternando no comando do marcador e no momento decisivo, apareceu a estrela da lateral Iziane Castro, que conduziu o Maranhão Basquete ao resultado positivo (14 a 23).

Com a vitória, o time comandado pela técnica Lisdeivi Pompa chegou aos nove pontos, em cinco jogos realizados (4 vitórias e 1 derrota), subindo para o terceiro lugar. Já o representante de Presidente Venceslau aparece na oitava colocação, com sete pontos, em seis partidas disputadas (1 vitória e 5 derrotas).Os principais nomes da partida foram Iziane Castro (19 pontos, 03 rebotes e 2 assistências) e a norte-americana Matee Ajavon (11 pontos e 6 assistências), pelo time da casa; Jeanne Moraes (18 pontos) e Mariana Camargo (13 pontos), em favor do visitante.

A competição prossegue neste domingo (18), com o ‘Duelo dos Invictos’, envolvendo América-PE e Americana-SP, às 11h (de Brasília), em Recife (PE), complementando a quarta semana.

Foto: Paulo de Tarso Jr.

sem comentário »

Fim da terceirização

2comentários

AntonioNunes

O Governo do Estado estabeleceu acordo com o Ministério Público do Trabalho (MPT) para encerrar os contratos de terceirização de serviços que deveriam ser prestados através de concurso público no Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA). Com a celebração do acordo será economizado R$ 1, 127 bilhão para os cofres públicos.

O governador Flávio Dino ressaltou os esforços para resolver de forma legal e jurídica o fim das terceirizações. “A dívida de R$1 bilhão foi convertida em uma série de obrigações que o Detran terá de cumprir para encerrar as atividades terceirizadas e, assim, resolver esta situação da melhor forma jurídica e legal”, disse o governador.

O Estado foi acionado pela irregularidade desde janeiro de 2013 pelo MPT, mas a gestão da ex-governadora Roseana Sarney descumpriu a ordem, gerando uma multa diária de R$ 10 mil para cada servidor contratado de forma terceirizada para desempenho de atividade-fim no Detran-MA, serviços que deveriam ser desenvolvidos por servidores aprovados em concurso público.

Com o acordo celebrado esta semana pelo Governo do Maranhão, através do Detran-MA e da Procuradoria Geral do Estado (PGE), os funcionários terceirizados serão substituídos gradualmente por servidores que realizaram o último concurso do órgão, no ano de 2013. O diretor-geral do Detran-MA, Antônio Nunes, explicou que o certame vence em outubro deste ano e que, aos poucos, convocará os aprovados para as devidas funções.

“O Detran irá chamar, até o mês de outubro deste ano, as pessoas que prestaram o concurso de 2013. Cada um dos que forem chamados ocuparão a função para a qual se candidataram sem haver desvio de cargo”, afirmou o diretor-geral Antônio Nunes.

Com relação à quantidade de terceirizados que trabalham no Detran-MA, Nunes solicitou um prazo de 60 dias ao Ministério Público do Trabalho para precisar o número real funcionários, mas de adiantou que mais da metade não é concursada.

O acordo com o MPT reduziu a dividida de R$ 1,127 bilhão para R$ 500 mil que deverão ser empregados peloDetran-MA em ações educativas direcionadas para motoboys e mototaxistas, que serão desenvolvidas como cumprimento à medida até 2016.

Empresas terceirizadas

Pelas empresas terceirizadas existem 193 funcionários contratados pela Diplomata e 232 pela IADESB. As duas são rés na ação movida pelo Ministério Público e acumulam multas de R$ 671 mil (Diplomata) e R$ 248,5 mil (IADESB) pelo não cumprimento da ordem judicial.

O contrato com a IADESB foi encerrado e a mesma está recebendo pagamento por indenização. Já a Diplomata teve o seu contrato renovado em 01/12/2014 e passou para o valor anual de R$ 10.245.146,40 (dez milhões duzentos e quarenta e cinco mil cento e quarenta e seis reais e quarenta centavos).

2 comentários »

Votação prorrogada

0comentário

trofeumirante2015

A votação para escolha dos melhores atletas em suas respectivas categorias ao Troféu Mirante  foi prorrogada até o dia 25 de janeiro.

Os atletas serão escolhidos por meio de votação popular e por um júri oficial composto por jornalistas e profissionais da área de esportes. Participam da votação um total de 77 atletas.

O evento acontecerá dia 29 de janeiro de 2015, no Teatro Arthur Azevedo e premiará 77 atletas, em 25 modalidades distintas: atletismo, automobilismo, basquete, badminton, beach soccer, ciclismo, capoeira, jogo de damas, fisiculturismo, futebol, futsal, ginástica, handebol, jiu-jitsu, judô, karatê, motociclismo, natação,  surf, tênis de mesa, tênis de quadra, tiro esportivo, triátlon, voleibol, xadrez.

Além dos melhores atletas por modalidade, serão escolhidos o Atleta do ano – Voto popular,  Atleta do Ano-Júri Oficial,  Federação Destaque, Jovem Talento e Incentivo ao Esporte, além de outras homenagens a personalidades que se destacaram na cena esportiva maranhense.

Os patrocinadores oficiais do evento são Armazém Paraíba, Mateus Supermercados, Cemar e Credishop.

Vote aqui

sem comentário »

Primeira subprefeitura

2comentários

EdivaldoHolandaJunior

O prefeito Edivaldo assinou nesta sexta-feira (16) ato de criação da primeira subprefeitura no Centro Histórico de São Luís, e anunciou o turismólogo e gastrônomo Fábio Henrique Farias Carvalho, que já integra o corpo funcional da Prefeitura, como subprefeito da região. O subprefeito será um agente articulador do Município dentro do Centro Histórico, que consolide as medidas conjuntas do Município com o Governo do Estado, dando uma sinergia nas ações institucionais dos dois entes para o crescimento da Praia Grande e do Centro como um todo.

“Hoje, graças a Deus, e com a parceria do governador Flávio Dino, foi possível criarmos a primeira subprefeitura de São Luís. E no Centro Histórico, um local simbólico não somente para nós, ludovicenses, mas para o mundo todo, dada a importância histórica e cultural que carrega. Já estamos com várias frentes de trabalho abertas na área, para que a revitalização seja completa e para que as pessoas desejem frequentar ainda mais esta área de nossa cidade”, disse o prefeito.

O secretário Municipal de Governo, Lula Fylho, frisou que a subprefeitura é implantada sem a criação de nenhum novo cargo, mas com o remanejamento de funcionários de outras secretarias para compor o quadro do novo órgão. “O diretor do Museu de Gastronomia passa a ser o subprefeito e outros cargos da própria estrutura passam a compor a subprefeitura, ou seja, não criamos custos para a Prefeitura”, enfatizou Lula Fylho.

A subprefeitura ira funcionar no mesmo prédio da Secretaria de Turismo. Fábio Henrique Carvalho explicou que ela terá um olhar especial no centro da cidade, em todos os 11 bairros que completam o Anel Viário. “A subprefeitura vem exatamente com essa função de dar um olhar mais presente em todas essas situações e sendo um elo entre os poderes públicos federal e estadual com a Prefeitura de São Luís, no que tange aos problemas relacionados ao Centro”, explicou Fábio Carvalho.

Fábio Henrique Carvalho já tem um trabalho voltado para a melhoria do Centro Histórico com vasta experiência no mercado de turismo do Maranhão. Ele explicou ainda que a criação da subprefeitura do Centro Histórico se dá pela necessidade de melhor ambientação do espaço, que é um local por onde passam mais de 280 mil pessoas por dia.

A subprefeitura também vai trabalhar em conjunto com a secretaria de Turismo e com a de Cultura. “Nosso grande nicho de mercado é o Centro Histórico de São Luís. Então, a gente quer fortalecer esse local para termos um turismo mais forte”, finalizou Fábio Carvalho.

2 comentários »

Portas fechadas

11comentários

ConventodasMerces

A Fundação da Memória Republicana Brasileira fechou nesta sexta-feira (15) suas portas à visitação pública devido ao Decreto Nº 30.621, de 2 de janeiro deste ano, publicado no Diário Oficial do Estado, em que exonera ocupantes de cargos comissionados, incluindo os funcionários da fundação, que por mais de dois anos trabalharam na execução de projetos educacionais, culturais e sociais.

Nesta conjectura, o Convento das Mercês, um dos Sete Tesouros de São Luís, sendo um dos mais visitados pontos turísticos da cidade, deixa de receber turistas, o que, consequentemente, causa um impacto negativo na economia da cidade e do estado. Somente nas duas primeiras semanas de janeiro, pelo menos 1.000 pessoas do Brasil e do mundo estiveram na sede da FMRB conhecendo as exposições que contam desde a história do prédio até o período de redemocratização da política no país.

Nos últimos anos, a FMRB promoveu atividades educativas que atingiram escolas públicas da região e crianças e adolescentes da comunidade do Desterro e adjacências, como a Mostra À Mercê das Artes, Projeto Reforço Escolar, Concurso de Redações, Cursos de Análise de Obras Literárias do Vestibular da UEMA, Cursos profissionalizantes, Projeto Férias com Artes, que aproximou os menores do rico acervo museológico e bibliográfico da fundação.

Além disso, a mostra Mulheres em Destaque, que homenageou importantes figuras femininas que contribuíram para a construção da sociedade maranhense, o Ciclo de Palestras sobre Literatura Maranhense, o Seminário Literário e a Primavera dos Museus desenvolveram atividades educativas, com promoção de debates e palestras que refletiam questões ligadas à arte, à política e à educação no Maranhão.

No período de funcionamento da FMRB, mais de 71 mil pessoas e alunos de 254 participaram das atividades promovidas no Convento das Mercês. Através da exposição multimídia “Memória da República Brasileira”, por exemplo, puderam interagir com as peças do museu que contam fatos que levaram à redemocratização do país. Já a exposição Cadê a Química, da mesma forma interativa, com músicas, vídeos, jogos e experiências, facilitou o entendimento das reações e procedimentos químicos que estão presentes no dia a dia.

A qualificação profissional também atingiu servidores dos centros culturais e arquivísticos do estado, por meio do projeto da FMRB com apoio da Fapema. Cursos de restauro de livros e de peças museológicas foram realizados na sede da Fundação que recuperaram diversas peças do museu, entre eles Oficina de Restauração e Restauro de Papéis, curso Tratamento Técnico de Documentos Acumulados e curso de Educação Patrimonial e Elaboração de Projetos Culturais

Além disso, dentro do projeto de digitalização e modernização do acervo, 495 mil páginas do acervo textual foram digitalizadas, 1.028 discos LPs, fitas VHS e K7 do acervo audiovisual convertidos para DVD, além de 23.900 livros da Biblioteca Padre Antônio Vieira foram inventariados, o que mostra o esforço da FMRB em preservar para as futuras gerações a história da nação.

11 comentários »