Vitória no Castelinho

2comentários

Iziane

O Maranhão Basquete se reabilitou na Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2014/15 ao bater o Basketball Santo André/APABA, nesta segunda-feira (26), por 83 a 56 (39 a 22 no primeiro tempo), em confronto realizado no ginásio Castelinho, na cidade de São Luís (MA), em duelo integrante da sexta semana.

Com a vitória, o Maranhão BasqueteVitória  assume provisoriamente a segunda colocação na Liga ao lado de Americana com 15 pontos ganhos.

Os principais nomes foram Iziane Castro (27 pontos e 2 assistências), a norte-americana Matee Ajavon (15 pontos, 7 rebotes e 5 assistências) e Ega Garvão (12 pontos, 12 rebotes e 5 assistências – double-double), pelo time maranhense.

“Estávamos devendo uma atuação como essa ao torcedor maranhense. Hoje, foi um espetáculo, atuamos muito bem no jogo interior e também fora, além da defesa que funcionou bastante, assim como o rebote, que tivemos o domínio. Estamos numa crescendo neste campeonato”, analisa a técnica cubana Lisdeivi Pompa, do Maranhão Basquete.

O Maranhão Basquete volta a jogar no próximo sábado (31), contra o Sport, às 19h, no Ginásio Castelinho.

2 comentários »

Fim da terceirização

1comentário

PenitenciariadePedrinhas

A iniciativa do governador Flávio Dino de acabar com as terceirizações e realizar a contratação temporária e direta de 1,3 mil profissionais para atuarem no sistema penitenciário foi bem recebida pela direção do Sindicato dos Servidores do Sistema Penitenciário do Estado do Maranhão (Sindspem-MA). O presidente do Sindspem, Antonio Benigno Portela, denunciou que o antigo modelo administrativo onerava os cofres públicos e quase extinguiu a função do agente penitenciário no Maranhão.

“O sistema penitenciário se tornou refém da terceirização; há dois anos lutamos contra essa prática do governo anterior que só trouxe malefícios à população e a nossa categoria”, afirmou o líder sindical. Ele ressaltou que a prática da terceirização foi beneficiada ao longo dos anos com a falta de concurso público.

A decisão de mudar a forma de contratação de trabalhadores para o sistema penitenciário foi determinada pelo governador Flávio Dino por meio de medida provisória. O seletivo será aberto com 800 vagas para vigilantes penitenciários e 500 vagas para agentes. Eles substituirão os funcionários terceirizados até a realização de concurso público. A remuneração do vigilante penitenciário será de R$ 1,5 mil e do agente penitenciário de R$ 3,9 mil.

O secretário de Justiça e de Administração Penitenciária (Sejap), Murilo de Oliveira, explicou que o seletivo para a contratação temporária e o concurso público são medidas que garantirão a legalidade das funções e economia aos cofres públicos.

“O gasto anual com os 1,3 mil profissionais totalizará R$ 42 milhões, o que corresponde a uma economia de quase R$ 22 milhões aos cofres públicos se comparados com os gastos estabelecidos na gestão anterior que alcançaram a cifra dos R$ 64 milhões. O seletivo é uma medida provisória até que seja concluída a etapa total do concurso e com toda certeza, estas mudanças trarão resultados positivos e faremos um bom trabalho com a chegada de novos profissionais”, garantiu o secretário.

No Maranhão, existem 476 agentes penitenciários para aproximadamente seis mil presos, isto é, 12 detentos para cada servidor. O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e a Organização das Nações Unidas (ONU) indicam que a média ideal é um agente para cada cinco presos.

1 comentário »

Vai comer grama…

19comentários

Jonas

O volante piauiense Jonas que foi destaque do Sampaio nas últimas temporadas assinou contrato hoje com o Flamengo.

Ele se apresentou ao clube carioca onde realizou exames médicos. Em sua primeira entrevista, o ídolo do Sampaio prometeu “comer grama”.

“Estou muito feliz. Graças a Deus e com muito esforço e trabalho consigo o que almejei: jogar em um time como o Flamengo. A felicidade é muito grande, até porque minha família toda é flamenguista. Agora poderei vestir a camisa rubro-negra com minha família torcendo junto. Vou dar meu melhor. Raça, força de vontade. Comer grama mesmo, dar a vida em campo para que a gente consiga os resultados positivos˜, disse.

Toda sorte do mundo ao Jornas porque futebol ele tem de sobra para brilhar no Flamengo ou em qualquer outra equipe do país.

Foto: Twitter

19 comentários »

Saneamento em Ribamar

2comentários

GilCutrim

A Odebrecht Ambiental, empresa do Grupo Odebrecht e que atua em 180 municípios brasileiros atendendo mais de 16 milhões de pessoas, assumiu oficialmente nesta segunda-feira (26) a concessão dos sistemas de abastecimento de água e esgoto dos municípios de São José de Ribamar e Paço do Lumiar, localizados na região metropolitana de São Luís.

Os detalhes da concessão, que tem validade pelos próximos 35 anos, foram divulgados durante coletiva de imprensa realizada no Hotel Luzeiros no período da manhã. Participaram da mesa de explanação o diretor da empresa no Maranhão, Helder Dantas; os prefeitos Gil Cutrim (São José de Ribamar) e Josemar Sobreiro (Paço do Lumiar) – presidente e vice-presidente do Consórcio Intermunicipal Pró Cidades, respectivamente – além do diretor da Câmara de Regulação do Consórcio, Gilvan Valporto.

Focada em metas concretas que visam elevar os índices de abastecimento de água tratada e coleta e tratamento de esgoto, a Odebrecht Ambiental investirá mais de R$ 450 milhões, ao longo dos anos, na recuperação, otimização e ampliação dos sistemas dos dois municípios.

De acordo com Helder Dantas, as metas são, nos primeiros seis anos, levar água de qualidade para 90% das populações das duas cidades e, em oito, atender 80% dos domicílios com esgotamento sanitário.

“Com o investimento da iniciativa privada no saneamento básico, o poder público tem condições de direcionar os recursos antes destinados a estes serviços para outros setores, como educação e saúde”, afirmou o diretor.

A Odebrecht Ambiental venceu a licitação aberta ano passado pelo Consórcio Intermunicipal Pró Cidades, formado por São José de Ribamar, Paço, além da cidade da Raposa. O Consórcio foi idealizado pelo prefeito Gil Cutrim com o objetivo de fazer com que os municípios da Ilha atuem, de forma parceira e conjunta, em vários segmentos da administração pública em benefício das suas populações.

São José de Ribamar e Paço, durante décadas, tiveram os seus sistemas gerenciados pela CAEMA, que pouco ou nada investiu para melhorá-los.

Só para se ter uma idéia, Ribamar não possui um palmo de rede de esgotamento sanitário e apenas 18,9% da sua população, formada por mais de 200 mil habitantes, é abastecida com água potável. O município registra, ainda, um índice de perdas de água alarmante. A cada 1.000 litros de água, apenas 326 litros chegam aos consumidores. O restante (674 litros) é desperdiçado no sistema de abastecimento.

Em Paço do Lumiar, apenas 40,9% dos habitantes recebem água potável. A cidade possui coleta de esgoto parcial, não havendo tratamento adequado para essa parcela coletada.

“Ao fazermos o distrato da concessão com a CAEMA, ano passado, eu e o prefeito Josemar tomamos uma decisão que visa, tão somente, beneficiar as populações das duas cidades com a universalização da água”, disse Cutrim, que também é presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem).

Josemar Sobreiro fez questão de ressaltar o empreendedorismo do prefeito de São José de Ribamar. “O Gil idealizou o Consórcio, foi ele que deu o pontapé inicial para que as duas cidades, a partir de agora, possam viver um novo momento neste setor. O que não era admissível é que as populações continuassem sofrendo com o péssimo serviço prestado pela CAEMA”, avaliou o prefeito luminense.

Investimentos – O investimento da ordem de R$ 450 milhões, segundo Helder Dantas, estará pautado, nos próximos 35 anos, em quatro metas (água, esgoto, gestão comercial e combate as perdas) que terão os seguintes objetivos: recuperar e ampliar o número de poços, implantação de unidades de tratamento, recuperação de redes e reservatórios, automação dos sistemas, recuperação das redes de esgotamento existentes e implantação de novas, recadastrametno dos clientes e das redes existentes, instalação de hidrômetros, monitoramento constante dos sistemas, instalação de macro medidores e setorização dos serviços.

A empresa possuirá escritórios de atendimento ao público nos dois municípios. Em São José de Ribamar, o trabalho será feito no prédio onde funcionava o antigo posto da CAEMA, localizado na Avenida Gonçalves Dias, na sede da cidade. Em Paço, o atendimento será feito em um prédio situado na Avenida 09, no Maiobão. Ambos estão em fase de estruturação e estarão operando nas próximas semanas.

Os usuários, a partir de agora, também poderão manter contato com a concessionária através do 0800 771 0001 (a ligação pode ser feita, inclusive, de telefone celular) ou por meio do site www.odebrechtambiental.com

É importante frisar que os serviços da Odebrecht Ambiental serão regulados e fiscalizados pela Câmara de Regulação do Consórcio Intermunicipal Pró Cidade, formada por técnicos das duas administrações municipais e por representantes da sociedade civil organizada

2 comentários »

MP aperta prefeitos

0comentário

Sebastiaomadeira

A 3ª Promotoria de Justiça Especializada de Imperatriz expediu Recomendação aos prefeitos Sebastião Madeira (Imperatriz), Ivanildo Paiva (Davinópolis), Evando Viana de Araújo (Governador Edison Lobão) e Karla Batista Cabral (Vila Nova dos Martírios) estipulando o cumprimento, a partir de fevereiro de 2015, do percentual de 13,01% estabelecido pelo Ministério da Educação, para o reajuste do piso salarial nacional do magistério público da educação básica.

Com o aumento, o valor do piso salarial passará para R$ 1.917,78, sendo essa a referência mínima para o vencimento das carreiras de professores com formação de nível médio.

Autor da manifestação, o promotor de justiça Joaquim Ribeiro de Souza Junior ressaltou que o Ministério Público, enquanto fiscal da lei e defensor dos interesses da sociedade, tem o dever de buscar a efetividade do direito de todos e uma educação pública de qualidade. “A observância da Lei do piso é obrigatória conforme já decidiu o Supremo Tribunal Federal em ação que possui eficácia para todas as administrações públicas brasileiras, seja a federal, sejam as estaduais e municipais”, completou o promotor.

O representante do Ministério Público também enfatizou que o argumento utilizado por gestores quanto à carência de recursos para o pagamento do piso nacional dos professores não convence, uma vez que a Resolução nº 7, de 2012, do Ministério da Educação, trata do uso de parcela dos recursos da complementação da União ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) para o pagamento integral do piso salarial dos profissionais da educação básica pública. “Se há a complementação, não há despesa extraordinária capaz de inviabilizar o pagamento”.

De acordo com o promotor, também não existem limitações oriundas da Lei de Responsabilidade Fiscal. “É fato notório e amplamente divulgado pelo Tribunal de Contas da União e pelos Tribunais de Contas dos Estados que os Municípios e as demais entidades federativas que atingiram o limite da LRF, o fizeram pelo excessivo número de cargos comissionados, de livre nomeação e exoneração pelo chefe do Poder Executivo e não pela remuneração de professores da rede pública de ensino que sempre foi baixa e incompatível com a relevância da missão de educar pessoas”, afirmou Joaquim Junior.

O promotor disse também que a não efetivação do novo piso salarial viola a lei e os demais princípios da administração pública, incidindo inclusive em improbidade administrativa, podendo o gestor sofrer sanções como perda do cargo, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa, entre outras.

sem comentário »

Jonas no Flamengo

8comentários

Jonas

As novelas sobre a saída de Pimentinha e Jonas do Sampaio finalmente tiveram um capítulo final. O presidente do clube maranhense, Sérgio Frota, se pronunciou sobre as duas negociações e confirmou a ida dos dois para o futebol carioca.

O dirigente tricolor confirmou o acerto de Jonas com o Flamengo e de Pimentinha junto ao Botafogo. Frota explica os detalhes das duas negociações.

– O Jonas se apresenta nesta segunda-feira no Flamengo e o Pimentinha na terça no Botafogo. O Jonas foi uma negociação que o Corinthians não teve o dinheiro, me parece que um milhão e meio para dar para o grupo de investidores, que já tinha comprado 70% dele. E o Flamengo através do Vanderley Luxemburgo, que tem muito trânsito na Europa, conseguiu o dinheiro e ele se apresenta. Sendo que o Sampaio ainda tem 15% do passe do Jonas. Sobre o Pimentinha, que vai para o Botafogo, o Sampaio ainda tem 50% do passe – revelou.

Sobre Jonas o dirigente conta que o Sampaio assinou a rescisão contratual com o jogador por um milhão de reais. O volante tinha contrato com o Tricolor até o fim do ano de 2015.

– O Sampaio vendeu 70% do direito do Jonas por um milhão de reais. Ainda falta uma parcela de 300 mil. E vamos ver o que acontece com esses 15% que ainda temos. Acredito no potencial do Jonas. Se não acontecer nenhuma anormalidade acredito que é um bom investimento – finalizou.

Leia mais

8 comentários »

Acompanhando de perto

0comentário

Edivaldo1

O prefeito Edivaldo acompanhou na manhã deste sábado (24) os serviços de limpeza, manutenção e conservação do Centro Histórico. O mutirão de serviços que estão sendo executados em toda a área faz parte do pacote de ações desenvolvidas em parceria com Governo do Estado, visando à revitalização do Centro Histórico, ao aumento do fluxo de visitações e, consequentemente, à promoção do turismo local.

“Mais um dia acompanhamos de perto os trabalhos porque queremos resgatar o mais breve possível esse belo espaço da nossa cidade, para dignificar o título de Patrimônio Histórico da Humanidade que temos orgulho de ter. Vivemos um novo momento na história da nossa capital e do estado, no qual Governo e Prefeitura estão de mãos dadas em favor da cidade e da população ludovicense”, disse Edivaldo.

Durante a manhã, as equipes intensificaram os trabalhos de limpeza dos telhados, retirando toda a erva daninha que danifica as fachadas dos casarões; lavagem das ruas, becos e escadarias; conservação das calçadas, podas nas árvores do Largo do Comércio, entre outros serviços.

EdivaldoHolandaJr

Acompanhado pelo subprefeito do Centro Histórico, Fábio Henrique, pelo presidente do Instituto Municipal da Paisagem Urbana, Luiz Carlos Borralho, e o secretário municipal de Comunicação, Batista Matos, Edivaldo também percorreu toda a área para verificar os pontos onde serão instaladas as lixeiras subterrâneas e os banheiros fixos chamados de UFAs – Unidades Facilitadoras de Alívio, uma novidade revolucionária na área do saneamento, já utilizada largamente nos grandes centros urbanos como o Rio de Janeiro, por exemplo.

O subprefeito Fábio Henrique destacou a funcionalidade das UFAs e explicou que são pequenos banheiros em aço inox interligados diretamente à rede de esgoto da cidade, tornando o local mais higiênico e ambientalmente saudável. “Todos são novos projetos que serão implementados pela Prefeitura com o intuito de revitalizar do Centro Histórico e tornar o local mais aprazível à visitação pública”, disse Fábio Henrique.

Além dessa vistoria, o prefeito também visitou os pontos onde serão instalados os novos postos da Guarda Municipal e da Polícia Militar, além dos locais onde serão construídos os novos banheiros públicos da Praia Grande.

Também compõem o processo de revitalização do CentroHistórico, o trabalho manutenção da iluminação pública, varrição, coleta permanente e reforço da segurança no local, por meio da realização de operações ostensivas e do aumento do efetivo policial em toda a área.

sem comentário »