Jogo difícil

0comentário

Maranhaobasquete

Uma campanha quase perfeita em casa. O Maranhão Basquete vem fazendo uma grande campanha nesta edição da Liga de Basquete Feminino (LBF) – temporada 2014/15, principalmente quando manda seus jogos em São Luís. Jogando diante do seu torcedor, o MB venceu quatro das cinco partidas realizada na capital maranhense. E, o ótimo retrospecto dentro do Ginásio Castelinho será posto novamente à prova nesta segunda-feira (2), quando o time maranhense receberá, às 20h, o Uninassau/América, líder invicto da LBF.

O Maranhão Basquete chega para a batalha desta segunda-feira bem mais forte devido às últimas atuações do time na competição nacional. O MB vem de duas vitórias fundamentais para as suas pretensões no torneio visando uma boa classificação para os playoffs. As vitórias sobre o Basketball Santo André/APABA por 83 a 56 e sobre o Sport Recife por 76 a 70, no sábado (31 de janeiro) deram ânimo às comandadas de Lisdeivi Pompa.

Mais confiantes pelos últimos resultados, o MB cria expectativas para realizar um grande jogo diante das líderes da LBF nesta segunda-feira. E o que faz o time maranhense acreditar é o crescimento da lateral Iziane Castro no torneio. Segunda principal cestinha da LBF com 19 pontos por jogo em média, a camisa 8 do MB superou sua média ofensiva nos últimos jogos do time, o que faz aumentar a esperança de desbancar  o Uninassau/América. No primeiro turno, o time pernambucano venceu o MB por 93 a 53.

Nas vitórias contra Basketball Santo André/APABA e Sport Recife, Iziane anotou 27 pontos diante do time paulista e 31 diante do atual vice-campeão da LBF. Isso representa uma média de 26 pontos por jogo.

“A gente precisa rever, principalmente a nossa atitude do jogo de lá de Recife e entrar aguerridas para vencer. Acho que todo atleta tem que entrar para vencer independente de quem enfrente. A gente vai entrar para vencer e jogar como vencedoras, lutando por cada bola como se fosse o último jogo das nossas vidas. Isso vai nos dá a possibilidade de vencer porque elas são as melhores hoje, mas não são invencíveis. Cada jogo é uma história. Se a gente jogar como equipe determinada na defesa, construindo o nosso ataque, podemos sim conseguir essa vitória em casa”, comentou Iziane.

O Maranhão Basquete já iniciou as vendas dos ingressos nas bilheterias do Castelinho. Mais uma vez, os ingressos estão sendo vendidos a preços populares ao torcedor maranhense: R$ 5 para o setor das arquibancadas e R$ 10 para o setor das cadeiras.

Foto: Robson Neves/Divulgação

Sem comentário para "Jogo difícil"


deixe seu comentário