Estreias ruins

18comentários

FelipeDiasNão foi um bom começo de Copa do Brasil para os dois representantes maranhenses. Sampaio e Moto encontraram muita dificuldade na estreia nesta quarta-feira (25).

No Castelão, o Moto Club empatou com o Boa Esporte-MG, por 1 a 1 em mais uma atuação fraca do time rubro-negro. O técnico interino Tião Scarpino até mexeu no time, mas os novatos Davyd e Davyson pareciam tão cansados quanto os atletas que vinham atuando. O outro estreante, o zagueiro Rodolfo se não foi brilhante não comprometeu.

O gol do Moto foi marcado por Naoh em uma das poucas jogadas de ataque do Papão. A torcida ainda comemorava quando Davyson fez uma falta boba que o Boa Esporte aproveitou e Arlan cruzou na cabeça de Matheus Ferraz para fazer 1 a 1.

O placar acabou ficando de bom tamanho para o Moto que foi dominado pelo Boa Esporte. O jogo de volta, em Varginha-MG será no dia 15 de abril.

Sampaio

Em Cachoeiro do Itapemirim, no Espírito Santo, o Sampaio escapou de um grande vexame, mesmo jogando longe da sua torcida.

O Tricolor chegou a estar perdendo por 3 a 0, resultado que tornaria a missão no jogo de volta bastante complicada. Era muito para o Estrela do Norte.

Mas o Sampaio depois de um primeiro tempo muito ruim melhorou com a entrada de Robson Simplício no meio-campo e de Gilberto, no ataque, reagiu e marcou dois gols com Gilberto e Robert e mesmo com a derrota por 3 a 2, poderá se classificar com uma vitória simples por 1 a 0, no Castelão.

A partida de volta será no dia 1 de abril.

Foto: Biaman Prado/ O Estado

18 comentários »

Vitória sensacional

0comentário

MaranhaoeSaoJoseO Maranhão Basquete deu sequência ao seu bom momento ao derrotar o São José, na noite desta quarta-feira (25), no tempo extra, por 77 a 74, depois do empate de 68 pontos no tempo normal (27 a 35 no primeiro tempo), em partida realizada no ginásio Lineu de Moura, na cidade de São José dos Campos, dando sequencia da 10ª semana da Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2014/15. O time comandado pela técnica cubana Lisdeivi Pompa conseguiu uma reação impressionante no segundo tempo.

O quarto inicial foi marcado equilíbrio e pelos erros, já que as duas equipes não tiveram um bom aproveitamento nos arremessos; na parte final, entretanto, o time casa conseguiu desgarrar um pouco (11 a 15). No segundo, o São José/Colinas Shopping entrou um pouco melhor que o rival maranhense e, com boa performance da pivô cubana Plutin Tizon, fez a diferença crescer para oito pontos (16 a 20).

Na volta do intervalo, valeu a bronca de Lisdeivi Pompa, já que o representante do Maranhão entrou com outra postura e logo igualou as ações, deixando o jogo acirrado, com destaque para a lateral Iziane Castro. Na parte final do período, o time da casa voltou a comandar o marcador, com boa presença para a jovem ala Joice Coelho (21 a 18).

No quarto período, o jogo permaneceu equilibrado, com o Maranhão Basquete conseguindo igualar o placar no finalzinho (20 a 15), graças à participação efetiva na norte-americana Matee Ajavon. No tempo extra, calcado no bom rendimento de Ajavon, Iziane e Ega Garvão, o time maranhense tomou conta do marcador e venceu de forme espetacular (09 a 06).

Os destaques do jogo foram a cubana Plutin Tizon (21 pontos e 12 rebotes –double-double), Débora da Costa (14 pontos, 05 rebotes e 02 assistências), pelo time do Vale do Paraíba; Iziane Castro (31 pontos e 02 assistências), Matee Ajavon (20 pontos, 05 rebotes e 05 assistências) e Ega Garvão (10 pontos, 12 rebotes e 05 assistências – double-double), em favor da agremiação maranhense.

sem comentário »

Propostas de trabalho

0comentário

AdrianoSarneyO deputado estadual Adriano Sarney (PV-MA) ocupou a tribuna parlamentar na manhã desta quarta-feira (25), durante o grande expediente, para apresentar as suas ideias e metas como parlamentar e a sua percepção do papel da Assembleia Legislativa na sociedade e com os demais poderes.

Na oportunidade, o parlamentar também prestou uma homenagem ao avô, José Sarney, e ao pai, Sarney Filho, que foi um jovem atuante enquanto deputado estadual, aos 21 anos, nos tempos das diretas já.

O Deputado fez referência ao Parlamento como o coração da democracia e a síntese das forças e corrente políticas do Maranhão. “A Assembleia precisa ser um centro de debate. Na esteira da tendência observada no Congresso Nacional, não podemos ceder lugar à desenfreada e inconstitucional expansão do Poder Executivo em detrimento do Poder Legislativo. Não podemos ficar a reboque do Governo!”, enfatizou o parlamentar.

Durante seu pronunciamento, Adriano apontou três iniciativas consideradas fundamentais para o fortalecimento do papel da Assembleia Legislativa: o orçamento impositivo, que fortalece a autonomia do Legislativo e limita a barganha do Governo ao tornar as emendas parlamentares despesas obrigatórias; a imposição das Medidas Provisórias pelo Executivo e que são grandes entraves ao exercício da Democracia e a necessidade de uma agenda positiva própria para a Assembleia independente da agenda do Governo.

“Sou contra as Medidas Provisórias, apesar de ter votado a favor das recentes encaminhadas pelo Governador. Acredito que o Executivo deve deixar a função de legislar para os Deputados. Temos que ter uma agenda própria, como a defesa da Refinaria de Bacabeira”, disse Adriano.

Adriano também defendeu a sua posiçao política de oposição ao Governo do Estado. “Vou cobrar e fiscalizar as ações do Executivo. Ficarei atento aos avanços e retrocessos da atual gestão com honestidade intelectual!”. O deputado foi enfático ao falar que não vai tolerar injustiças em relação aos governos anteriores.

“Nunca, nunca colocarei interesses políticos, eleitorais ou pessoais na frente dos interesses coletivos do povo do Maranhão. Mas, da mesma forma, sempre acusarei medidas do Executivo que fujam das boas práticas daquele Poder. Uso como exemplo a clara pretensão em acabar com o acervo do ex-Presidente José Sarney que, independentemente de posição política, faz parte da história do Brasil e do Maranhão. Um museu não é feito para homenagear alguém, mas para guardar a memória para as futuras gerações. Dentro de 100 anos ninguém mais se importará com a querela política que vivemos hoje, mas existirá a necessidade de estudar e lembrar a passagem do primeiro maranhense como Presidente da República!”.

Atuação – Adriano se mostrou determinado para colocar em pratica seus conceitos de eficiência, gestão, sustentabilidade, meritocracia, inovação, resiliência e citou o papel do Estado como indutor do desenvolvimento, não de protagonista.

“Não tenho a pretensão de mudar a política, mas de ajudar a mudar a vida das pessoas por meio dela. Não basta só mudar, é preciso evoluir! Vou atuar desta forma, sem retóricas vazias, entendendo o momento em que vivemos, com objetividade e resultados”, disse o deputado que agradeceu aos 50.000 maranhenses, em 187 municípios do Maranhão, que o elegeram.

“Procurarei desempenhar minhas funções dentro dos mais rígidos princípios morais, estudando os problemas, buscando soluções e colocando os conhecimentos que consegui adquirir ao longo da vida a serviço do povo. Não tenho a intenção de pautar a minha atuação olhando para o passado, mas visando o futuro. Serei militante do diálogo, das soluções consensuais e do entendimento para encontrar os melhores caminhos e soluções. A democracia moderna não floresce com radicalismos, nem com ofensas e perseguições”, enfatizou o deputado, que usará sua experiência como administrador, empresário, economista e cidadão no parlamento.

O deputado ressaltou as potencialidades naturais do Estado e o desenvolvimento das regiões maranhenses como uma bandeira dentro do parlamento. “Essas vocações econômicas devem ser estrategicamente exploradas. É necessário investir recursos, tempo, capital humano e intelectual para consolidar as cadeias produtivas de atividades para as quais temos aptidões e que sejam viáveis economicamente”.

Ele também abordou a construção dos diques e barragens na Baixada, ideia que surgiu durante a gestão do Deputado Sarney Filho no Ministério do Meio Ambiente, inspirada em Guayaquil, no Equador, e que hoje é a região que mais se desenvolve naquele país, produzindo e industrializando pescados entre outros produtos para exportação em condições climáticas, geográficas e de solo similares as da Baixada Maranhense. Segundo o parlamentar o projeto encontra-se em fase de elaboração pelo Governo Federal e vai favorecer a pesca e a agricultura sustentável, além de mudar a economia daquela região, beneficiando mais de 260 mil pessoas em 11 municípios.

Para tanto, o deputado propôs a reativação da Frente Parlamentar em Defesa da Baixada e do Litoral Norte para acompanhar de perto essa importante obra para a região.

Ao falar de São Luís, Adriano destacou a necessidade de investimento na chamada indústria da Economia Criativa. “Esse mercado envolve a criação, a produção e a distribuição de produtos e serviços nas mais diversas áreas da arte e da inspiração como a culinária, a literatura, o cinema, a arquitetura. E por que não incentivar a indústria da Economia Criativa no Centro Histórico, em meio aos casarões?”.

O deputado fez referência a cidade de Recife, em Pernambuco, que implementou o projeto Porto Digital, que hoje emprega quase 7 mil pessoas, espalhadas em mais de 200 empresas de tecnologia instaladas no local e gerou um faturamento total em 2010 de incríveis R$ 1 bilhão. O Recife Antigo está revitalizado e preservado, destacou o parlamentar.

“São com essas ideias e o olhar para o futuro que farei parte nesta Casa das Comissões de Assuntos Econômicos, da qual presidirei, de Meio Ambiente e de Constituição e Justiça”, finalizou o deputado.

sem comentário »

Derrota no STJD

12comentários

CurucaAcabou o julgamento do Caso Curuca no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O Sampaio foi punido com a perda de seis pontos por ter utilizado o jogador na partida na qual venceu o Sport por 3 a 2, no Castelão, em São Luís.

A decisão do STJD foi por 5 a 0. O Sampaio perde os cinco pontos já conquistado e fica com menos 1 e cai da primeira para a última colocação no Grupo B da Copa do Nordeste. O líder do grupo agora é o Sport com 4 pontos. O Coruripe-AL tem três pontos e o Socorrense-SE tem 2 pontos.

Por meio da sua assessoria, o Sampaio informou que entrará com recurso na próxima segunda-feira no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STDJ).

O Sampaio volta a jogar pela Copa do Nordeste na quinta-feira, às 19h15, contra o Coruripe, em Alagoas.

12 comentários »

Crimes na internet

4comentários

InternetA justiça brasileira está mais rígida com quem usa as redes sociais e os grupos de conversas de celular para ofender, falar mal, difamar os outros. Quem posta a ofensa é punido, quem compartilha é punido e quem simplesmente entra na página e concorda com o que viu também é punido. Já tem casos em que a vítima ganhou uma indenização de R$ 20 mil de todos os envolvidos.

O mundo que se exibe numa tela, onde a vida é meio de verdade, meio de mentira, meio civilizada, meio selvagem, e cada um diz o que quer acreditando estar livre de qualquer conseqüência, a cada dia fica mais parecido com o mundo real.

Nos últimos seis anos passaram pela justiça brasileira mais de 500 casos de vítimas de ofensas virtuais. Na grande maioria quem ofendeu foi julgado criminalmente e, além disso, pagou uma multa de R$ 20 mil a R$ 30 mil.

Quem responde pelo crime virtual? Em primeiro lugar, o responsável pela internet naquele computador.

“Como no caso de automóveis, aquele que vai responder se não puder dizer que foi outra pessoa e apresentar, é o dono do veículo que tem identidade amarrada à placa o carro. A mesma coisa acontece na internet. Em termos de resultados para isso é que a internet gera mais provas. Está tudo documentado”, diz a advogada especialista em crimes virtuais, Patrícia Peck.

A publicitária Viviane Teves sabe disso e pretende entrar na justiça por causa de estranhas mensagens que vem recebendo. Ela foi estuprada, dez anos atrás e agora resolveu contar essa história numa rede social, como forma de alerta para outras mulheres.

“Deu meia-noite e eu comecei a receber mensagens no celular: ‘parabéns pelos 10 anos de estupro, espero que seja estuprada novamente, só vim aqui para te dar parabéns’”, conta.

“Alguém começa uma piada, uma brincadeira de mau gosto e as outras pessoas curtem e começam a compartilhar isso achando que ‘tudo bem, não vai me acontecer nada’. Mas não é assim. Todos os que se juntam na ofensa à uma pessoa, respondem junto com a pessoa que publicou aquele conteúdo”, explica  a advogada.

Uma menina de 11 anos está sofrendo há alguns anos com ofensas de colegas de classe, pessoais e nos últimos tempos virtuais. Este ano além do grupo da rede social, os colegas criaram um grupo no celular.

“Conversava das lições tudo. Aí depois, a gente entrava num assunto começava a me chamar de chata, de gorda, de monstra”, conta a menina.

“Pretendo marcar com pais dessas crianças que fazem isso com minha filha: para pararem que a gente sabe onde isso acaba… Em depressão. Ela não vai querer mais estudar por causa disso. E coisas piores. A gente vê isso na família”, fala a mãe da menina.

“A internet promove uma certa covardia. É público, mas acaba sendo de uma forma, pelas costas, com requinte de maldade. Hoje crimes tipificáveis pelo Código Penal Brasileiro tem sido o de difamação, que seria você expor a honra, a imagem de uma pessoa pela internet, e esse crime pode estar associado a outros: incitação ao crime, por exemplo, a ameaça. Se decidir ir para justiça tem prova para punir essas pessoas”, completa  a advogada.

Jornal Hoje

4 comentários »

Cobrança na Câmara

0comentário

WellingtondoCursoO deputado Wellington do Curso (PPS) participou, nessa terça-feira (25), de audiência pública sobre transporte coletivo realizada na Câmara Municipal de São Luís.

Na oportunidade, o parlamentar destacou as dificuldades que os ludovicenses enfrentam devido à inoperância da mobilidade urbana na capital.

Wellington do Curso salientou, ainda, a falta de compromisso do poder público municipal para com as garantias elementares no plano da mobilidade urbana de São Luís, além de criticar o não cumprimento das “metas simples”, inicialmente estipuladas pelo atual gestor Edivaldo Holanda Júnior e, até então, não colocadas em prática, tendo como consequência o caótico trânsito da capital maranhense.

“Antes do início da atual gestão, foram estipuladas metas, denominadas pelo atual prefeito de ‘metas simples’, dentre elas obras de pequena complexidade que iriam ‘mudar o trânsito de São Luís”, informou ele.

Obras pequenas, obras simples precisam agora da parceria com o governo do Estado? Por que não foram realizadas nos primeiros dois anos de governo? Senhoras e senhores, não estou aqui simplesmente para criticar ou para apontar defeitos. Eu estou aqui, de forma propositiva, para discutir São Luís e apresentar projetos para a cidade e para o estado. Estou em defesa das 217 cidades do Maranhão”, finalizou Wellington do Curso.

Foto: JR Lisboa/Agência Assembleia

sem comentário »

BB é condenado

1comentário

banco-do-brasil-logoA 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) condenou o Banco do Brasil a indenizar um cliente em R$ 6 mil pela cobrança de taxas indevidas em sua conta.

O correntista alega que mantinha conta-salário junto ao banco até fevereiro de 2012, quando solicitou sua migração para conta corrente. Ao acessar o sistema de saque do banco, surpreendeu-se com valores debitados como tarifas de “pacote de serviços”. O procedimento teria lhe causado prejuízo e comprometido o seu salário.

De acordo com os autos, os descontos eram feitos sem prévia comunicação ao cliente, comprometendo o saldo da conta aberta para fins de percepção de salário, portanto isenta de tarifação.

Para o desembargador Raimundo Barros, relator do processo, houve confisco do salário do autor, ao ser realizado desconto sem informação prévia.

Barros destacou que o Banco Central do Brasil editou a Resolução nº. 3402/2006, que vedou a cobrança de encargos na prestação de serviços de pagamento de salários, vencimentos, aposentadorias relativas a saques dos créditos e transferências dos créditos para outras transações.

O desembargador citou o artigo 14 do Código do Consumidor, afirmando que as instituições financeiras são obrigadas a reparar aos consumidores os danos decorrentes de defeitos relativos à prestação dos serviços bancários.

1 comentário »

Copa do Brasil

3comentários

CopadoBrasilA Copa do Brasil começa hoje para 86 equipes em todo o país, dentre elas os dois representantes maranhenses: Sampaio e Moto. As duas equipes entram em campo às 20h30.

Em São Luís, o Moto enfrenta o Boa Esporte, no Estádio Castelão. Sem técnico e passando por um momento de turbulência após duas derrotas consecutivas, o time rubro-negro tenta encontra forças para reagir na temporada.

Contra o Boa Esporte, do meia maranhense Hiltinho, o Moto será comandado pelo técnico interino Tião Scarpino que só vai divulgar o time um pouco antes da partida, mas o Moto deve repetir a equipe que perdeu para o Imperatriz no fim de semana pelo Campeonato Maranhense.

Em Cachoeiro do Itapemirim, o Sampaio estreia diante do Estrela do Norte. O time do técnico Oliveira Canidé terá duas alterações em relação ao time que vinha atuando. Arlindo Maracanã entra no meio-campo no lugar de Gilberto Mineiro e Edgar será titular ao lado de Robert no ataque.

O Sampaio vai ao Espírito Santos com a missão de eliminar o jogo de volta, por isso espera vencer por dois ou mais gols de diferença.

A cobertura completa de Moto e Boa Esporte e de Estrela do Norte e Sampaio você acompanha ao vivo pela Rádio Mirante AM.

3 comentários »