Xenofobia na internet

11comentários

Print

Os comentários de uma gaúcha identificada como Isabela Cardoso, de 24 anos, vêm causando revolta nas redes sociais. Na publicação feita no Facebook, a mulher critica os hábitos e a cultura do Maranhão. Ela morava em Imperatriz, segunda maior cidade do Estado e seria esposa de um funcionário da empresa Suzano Papel e Celulose.

“Finalmente em casa, depois de 1 ano e 7 meses na SUSANO de Imperatriz eu e meu esposo retornamos a nossa cidade. Estado pobre kkkkkkkkk. A cultura maranhense é horrível, o carnaval é um lixo ‘Tal de bomba meu boi (sic), tambor de crioula’. A maioria das mulheres são piriguetes e os Homens malandros. Mais da metade das pessoas são semi-analfabetos (sic) #AmoMinhaCidade #Gramado RS”, critica Isabela.

Na manhã desta segunda-feira (2), o promotor de Justiça do Ministério Público do Maranhão, Joaquim Júnior, publicou na rede social que o MP tratará a publicação de Isabela como crime. “PRECONCEITO: logo nas primeiras horas dessa segunda, o MP tomará providências contra ex-funcionária da Suzano em Imperatriz que fez comentários preconceituosos contra maranhenses nas redes sociais, bem como contra as mulheres que aqui residem. O fato é considerado criminoso pela legislação”, escreveu.

Ao G1, o Ministério Público disse que foi aberta uma Ação Civil contra Isabela Cardoso. Esta ação foi assinada pelos promotores Joaquim Ribeiro de Sousa de Júnior, Alessandro Brandão Marques e Ossian Filho.

Por meio de nota, a assessoria da Suzano Papel e Celulose esclareceu que Isabela Cardoso nunca fez parte do quadro de funcionários da empresa e disso repudiou o comentário da gaúcha.

Veja a nota na íntegra:

“Em relação a post publicado em rede social no último domingo (01), no qual uma suposta ex-funcionária da Suzano Papel e Celulose fez comentários desrespeitosos à cultura maranhense e à cidade de Imperatriz (MA), a Suzano esclarece que tal pessoa nunca fez parte do quadro de colaboradores da empresa, mas que, independentemente disso, a empresa repudia tal comportamento.

A Suzano ainda afirma que está plenamente satisfeita em estar presente no Maranhão e só tem a agradecer ao povo maranhense pela forma como foi acolhida.

A empresa se coloca à disposição para colaborar com quaisquer investigações que se façam necessárias e reforça que os usuários de mídias sociais são pessoalmente e integralmente responsáveis pelo conteúdo de seus posts”.

11 comentários para "Xenofobia na internet"


  1. José Mario dos Santos

    Apenas comentários de uma pessoa que não percebeu a qualidade de um povo que elegeu por anos a fio a família Sarney para os mais altos postos do cenário nacional ! Um estado próspero, onde o indice de óbitos de bebes é objeto de estudo até na Europa ! Essa mulher não percebe a qualidade cultural de um povo que está muito alem do be-a-bá formal dessas escolas opressoras neo-colonialistas !! Temos que ter orgulho do Maranhão, pois um dia há de chegar , quando o Brasil será um grande Maranhão !!

  2. dionezio

    imperatriz e linda,rica e poderosa assim como o maranhao, quem vai se importar com o que essa bosta fala,a susano e uma das maiores empresas do mundo, sera que rs tem tem alguma empresa igual.nao sei,aqui as mulheres sao lindas e inteligentes, ve se arruma um emprego por ai….

  3. Carlos Oliveira

    O rio grande do sul não tem cultura própria. No mundo, o verdadeiro gaúcho(caucho) é considerado o argentino. E o melhor churrasco é também considerado o argentino.
    o rio grande exporta desmatamento e monocultura Brasil afora.

  4. Boliviano Sofredor

    Essa cultura daqui é lixo, isso é fato.

  5. marcos boliviano

    Ela falou alguma coisa de errado a unica coisa de errado que ela falou foi sa cultura pq o resto ela ta certissima pricipalmente os homens daki sao msm prequicosos ..

  6. José Carlos

    Que cultura o RS tem?
    De quaquer forma, vai ter tanto maranhense no blá blá, mas a maioria(daqui mesmo)é do contra infelizmente, gosta de babar o ovo dos uutros.

  7. Zeca Soares | Explicação na Justiça

    […] Cesar Bolivão em Xenofobia na internet […]

  8. Cesar Bolivão

    Zeca Soares eu já trabalhei em vários estados do Brasil e em Porto Alegre tem uma turminha lá que gosta de malhar o pessoal daqui, no entanto eu me dei bem com umas 08 oito gaúchinhas dessas, principalmente quando tinha grenal em que os homens iam para o estádio e eu andei me pegando umas casadas também, não devemos dar atenção a essa beócia, temos e que avançar e mostrar que o Maranhão é um estado próspero .

  9. SEBASTIÃO SANTOS DA ÁREA ITAQUI – BACANGA

    Como maranhense, lamento a cultura pobre de você Isabela que nem sabes criticar dentro de um entendimento que pode apenas assimilar. O meu querido Maranhão não é melhor que Rio Grande do Sul, mas te garanto que aqui nós temos muito mais riquezas culturais do que o teu querido Rio Grande do Sul. As nossas raízes de cultura é universal até por religião, pois se fizeres uma reflexão até mesmo no calendário das festividades mais tradicionais do país, lá se encontra o nosso querido Maranhão muito bem lembrado. Saindo desse tema, é importante que saibas que temos um outro de extrema importância que o teu querido Rio Grande do Sul não tem, como por exemplo: O segundo maior porto da América Latina está no Maranhão, aqui é uma das entradas principais de riqueza do país, claro, você precisa admitir que não conheces de fato o meu querido Maranhão, e sim conhecestes apenas a segunda maior cidade do nosso querido estado que é Imperatriz, onde de fato teves a oportunidade de trabalhar na Suzano. Aqui as portas vão se encontrar sempre abertas para te receber com a tua família e teus amigos. No mais, aquele abraço bem especial aos nossos amigos de Porto Alegre, pois ela é uma capital muito bonita onde temos um carinho especial pelo Rio Grande do Sul, que lamentavelmente tem você com essa visão pobre que envergonha os bravos e bravas do Rio Grande do Sul. Ok, podes até não achar quem te deu oportunidade lindo, amado e economicamente potente, mas eu acho e confirmo que o meu Maranhão é lindo, amado e é uma das grandes potência econômica do país, abraços de Sebastião Santos, maranhense da gema.

    • Joey California

      É por esse hábito de se iludir com essas fantasias de “nosso estado do Maranhão é muito rico, muito belo maravilhoso etc” é que continuamos sendo um estado pobre e sem educação. Precisamos aceitar nossos defeitos, para assim corrigi-los. Fantasias e filosofias e poesias sobre “nossa rica cultura e povo maravilhoso” não vão resolver nossos problemas sociais, que são reais e graves. Chega desse bla bla bla de auto defesa irracional, precisamos de conscientização e parar com essa síndrome de vira latas.

      • José Carlos

        Teu raciocinio é bacana, mas a doidinha gaúcha não fez criica construtiva e sim apenas no intuito de denigrir a imagem do estado e da nossa gente.
        Ela certamente deu para uns dois maranhenses que a iludiram, por isso ela fala que só tem malandro. rsrsrsrs

deixe seu comentário