Depois do gato…

0comentário

ANdreaMuradO Diário Oficial do Estado publicou em sua edição de ontem (1) a demissão da   diretora do Hospital do Câncer do Maranhão, Maria Ilvanícia Braga Bordalo de Figueiredo.

Há duas semanas, a deputada Andrea Murad (PMDB) havia denunciado na Tribuna da Assembleia Legislativa que o Hospital do Câncer estava completamente abandonado.

“Já havia falado várias vezes sobre o problema que o hospital estava enfrentando. Mas Flávio Dino esperou tempo demais para fazer tal demissão. É teimoso, não ouve ninguém. Deixou o hospital se destruir e o povo sofrer. Demitiu apenas quando a situação ficou insustentável. O que se percebe é que o sofrimento do povo, a insatisfação dos médicos e dos funcionários não foram suficientes para tomar uma atitude. Agora, queremos saber também se ele vai esperar a rede de saúde quebrar para poder tomar uma providência e demitir o Superintendente da rede estadual de saúde. Porque ele mantém chefiando a rede, por birra, um condenado do TCE a devolver mais de R$ 7 milhões aos cofres públicos por desvios justamente na saúde.”, afirmou.

GatoSegundo Andrea Murad, o governandor Flávio Dino (PCdoB) só tomou a decisão após a denúncia do gato que foi flagrado dentro da UTI do Hospital do Câncer.

“Apesar de várias denúncias e ele sempre ignorando, foi preciso parar um gato em cima de um monitor cardíaco e aparecer na imprensa nacional, após uma denúncia minha na Assembleia, para ele tomar uma providência. O sofrimento do povo de nada valeu pra ele, mas a repercussão negativa do gato sim. Esse gato fez cair não só o forro do hospital, mas a diretoria também”, disse.

Sem comentário para "Depois do gato…"


deixe seu comentário