Serviço e cidadania

0comentário

atendimento

Em razão da grande demanda e atendendo a pedidos da população, o prefeito Edivaldo determinou que a partir de agora o Programa Todos por São Luís, que era realizado uma vez por mês, acontecerá todos os sábados. Por meio do programa, a Prefeitura de São Luís tem ofertado à comunidade serviços nas áreas da saúde, educação, esporte e lazer, atividades culturais, orientação jurídica e assistência social, paisagismo, cursos de qualificação, ações de embelezamento e rodas de conversas.

“Vamos expandir o Todos por São Luís e levá-lo a mais bairros. A partir de agora, estaremos semanalmente nas comunidades, prestando serviços considerados por elas mesmas prioritários e alinhados a partir do nosso constante diálogo. Temos articulado novas parcerias e queremos a cada dia, com o programa, proporcionar mais benefícios à nossa população”, disse o prefeito Edivaldo.

A primeira-dama, Camila Braga, coordenadora do programa, disse que o objetivo da Prefeitura é aproximar cada vez mais da comunidade as ações do poder público municipal. “A cada edição, trabalhamos para ampliar o número de parceiros e a oferta de serviços à população, a exemplo desta edição que temos a parceria da Secretaria de Estado de Segurança e a adesão da Federação das Uniões de Moradores de Bairros e Entidades Similares do Maranhão”, destacou Camila Braga.

No próximo sábado (13), o programa acontecerá no bairro do Quebra-Pote, mas já a partir desta segunda-feira (8) os moradores do bairro e áreas adjacentes receberão ações do programa como oficinas de informática, de customização de camisetas e Projeto Turismo Educativo para alunos do 6ª ao 9º. As oficinas acontecerão na União de Moradores de Itapera e na União dos Moradores do Arraial. O Projeto Turismo Educativo acontecerá na U.E.B. Rosilda Cordeiro.

Foto: Honório Moreira

sem comentário »

Sinalização no Calçadão

0comentário

sinalizacaoA Prefeitura de São Luís resolveu o problema da falta de sinalização no calçadão da Litorânea. As pessoas que praticam caminhada reclamavam da falta de sinalização vertical e horizontal ao longo do percurso.

“Estava faltando essa sinalização aqui. Agora ficou bem melhor porque ao mesmo tempo em que fazemos a caminhada vamos ter condição de saber o trecho que já percorremos”, destacou o administrador Luís André Serra.

Segundo o secretário Municipal de Trânsito, Canindé Barros serão colocadas placas ao londo dos 6Km de calçadão, além da sinalização horizontal.

“Já concluímos a pintura de toda a sinalização horizontal. Até a próxima semana fixaremos todas as placas no trecho entre a Praça do Pescador até a parte nova que foi ampliada”, explicou o secretário Canindé Barros.

Além da sinalização no Calçadão, a Secretaria Municipal de Trânsito já havia promovido mudanças no trânsito na Avenida Litorânea, disciplinando o estacionamento de veículos nos horários de pico, além da abertura do acesso próximo ao Tambaú.

sem comentário »

Energy Day

0comentário

EnergyDayEm homenagem ao Dia Internacional do Meio Ambiente, comemorado nesta sexta-feira, 5 de junho, o Centro de Educação Internacional CEI-COC e o curso de idiomas Yázigi São Luís realizam, no domingo (7) uma manhã repleta de atividades de esporte, lazer, saúde e bem estar. É o Energy Day, evento aberto ao público e que acontece na praia de São Marcos, em frente ao Guaraná JC, das 8h às 10h.

O evento promete ser um dia de reflexão quanto ao uso sustentável da luz e da energia em prol do bem estar individual e social, seguindo o mote da campanha deste ano da UNESCO – Organizações das Nações Unidas para a Educação a Ciência e Cultura – que elegeu o ano de 2015 como “Ano Internacional da Luz”.

Quem comparecer no domingo poderá participar de atividades esportivas, terá acesso a serviços de saúde gratuitos, como aferição de preção arterial e dicas de nutrição, gincanas, aula de latin fitness, biking e skating.

De acordo com o professor Cidinho Marques, Diretor do Centro de Educação Internacional CEI-COC, o Energy Day busca incentivar toda a comunidade a trabalhar coletivamente os temas da educação ambiental e saúde.

“A educação ambiental é um processo de conquista gradativa, pois são valores construídos ao longo da vida, orientados por pessoas que persistem e acreditam que é possível contribuir para mudanças significativas relacionadas à preservação ambiental e respeito à natureza”, explica.

sem comentário »

Morre prefeito de São Francisco do Brejão

1comentário

MagnaldoFernandesprefeitoMorreu na madrugada desta sexta-feira (5), aos 42 anos, Magnaldo Fernandes Gonçalves (PSDB), prefeito de São Francisco do Brejão, município localizado na Região Tocantina.

Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital em Imperatriz e lutava há pouco mais de um ano conta uma leucemia.

Magnaldo Fernandes foi vereador por três mandatos e em 2012 foi eleito prefeito de São Francisco do Brejão.

Com a morte de Magnaldo Fernandes quem assume o cargo é o vice-prefeito José Osvaldo Farias.

1 comentário »

Morre dono do Cheiro Verde

4comentários

JoseCarlosMorreu na madrugada de hoje, o jornalista, publicitário e proprietário do Restaurante Cheiro Verde, José Carlos Serra Castelo Branco. Ele sofria de pneumonia e o quadro evoluiu para uma infecção generalizada.

O velório do José Carlos é realizado na Igreja Maranata, do Turu. O sepultamento às 17h, no cemitério Parque da Saudade, no Vinhais.

José Carlos nasceu em São João Batista e desde 1966 mora em São Luís, onde cursou Comunicação Social e formou-se em jornalismo pela UFMA.

Fundou a agência Contato Propaganda e, posteriormente, a EKOS (1976) – junto com os publicitários Alex Brasil e Rogério Ferreira, agência que até hoje preserva.

José Carlos é um dos fundadores da Associação dos publicitários do Maranhão e do primeiro Consórcio Maranhense de Agências de Propaganda. Foi um dos pioneiros em publicidade no Maranhão. Em 1985,  abriu o Restaurante Cheiro Verde – referência da gastronomia maranhense. Também criou, mais recentemente, a Exibidora Maranhense de Cartazes, empresa pioneira no segmento de outdoors, no Maranhão.

José Carlos é presbítero  da Catedral de Louvor Maranata e presidente de honra da Associação de Ministros do Evangelho do Estado do Maranhão (AME) e diretor regional da Associação de Homens de Negócios do Evangelho Pleno (Adhonep).

4 comentários »

Excecução de Irialdo Batalha

4comentários

JeffersonPortelaAlgumas perguntas sobre a execução do mecânico Irialdo Batalha em Vitória do Mearim que continuavam sem respostas foram esclarecidas pelo secretario de Segurança Pública, Jefferson Portela em entrevista à TV Mirante feita pelo repórter Élbio Carvalho.

Após afirmar duas vezes por meio de nota que Irialdo Batalha e Diego Fernandes seriam assaltantes, o Governo do Maranhão, enfim admitiu que as vítimas eram inocentes. No dia do crime, familiares e amigos já vinham contestando a versão apresentada pela Secretaria de Segurança Pública em Nota.

“Nós temos o fato grave de que testemunhas oculares não confirmam que os motoqueiros tenham disparado contra a guarnição e segundo não confirma que tenha caído após a queda dele na estrada tenha caído alguma arma perto da vítima e terceiro não há nenhuma constatação de envolvimento deles com a prática de roubo, pelo o contrário, até agora não há nada que vincule a autoria deles contra a prática de roubo. Tanto que o juiz soltou o condutor da moto porque ele havia sido autuado não por roubo. Ele havia sido autuado por tentativa de homicídio e resistência em relação à guarnição e foi solto por decisão judicial”, explicou Jefferson Portela.

O secretario explicou também em entrevista à TV Mirante que o vigilante Luiz Carlos Machado, autor dos disparos que mataram o mecânico Irialdo Batalha na presença dos dois policiais militares usava uma arma que seria de sua propriedade e afirmou que o mesmo não poderia participar de operações policiais.

“Ele estava com uma aparência de policial. Isso é um erro da unidade local porque qualquer servidor municipal ou estadual cedido pela unidade de Polícia ele só pode exercer atividade administrativa interna. Jamais participar de procedimentos policiais. Ele não poderia está com a aparência de policial, muito menos armado e envolvido em uma ação policial, tanto que deu no que deu”, disse.

Com a prisão do vigilante Luiz Carlos Machado e dois dois policiais que presenciaram a execução de Irialdo Batalha o Governo do Maranhão deu o caso por encerrado. Ontem à tarde, o secretário de Articulação Polícia, Márcio Jerry, no twitter tratou de passar logo a bola para a Justiça.

mjerryAgora é a sociedade que já quer “condenação exemplar pela justiça”.

Como é rápido o Márcio Jerry….

4 comentários »