São João na Ilha

6comentários

saojoao

A Prefeitura de São Luís preparou este ano uma grande festa junina, com uma programação diversificada de atrações que contemplam a participação de todas as manifestações culturais maranhenses. A festança, que começa nesta sexta-feira (12) no Terreiro de Maria, na Praça Maria Aragão, teve toda a programação artística organizada por meio de editais públicos, que atendem à política de democratização do acesso e participação nos eventos públicos promovidos pela Prefeitura.

Além desse aspecto, a Prefeitura de São Luís e o governo do Estado realizam juntos o projeto “São João de Todos”, no qual homenageiam em seus espaços grandes personalidades da cultura maranhense, entre eles os cantadores de bumba-meu-boi Humberto de Maracanã e Donato Alves (Boi de Axixá), que terão seus nomes em dois dos principais arraiais da programação: o Parque da Vila Palmeira e o Arraial do Ipem, respectivamente.

A parceria firmada pela Prefeitura com o Governo do Maranhão contempla a participação de grupos folclóricos selecionados pela Secretaria Estadual de Cultura (Secma), que se apresentam no Terreiro de Maria, no período de 12 a 17 de junho. Já as brincadeiras selecionadas pelos editais da Fundação Municipal de Cultura (Func) apresentam-se no período de 18 a 29 de junho.

“A festa junina desse ano consolida dois importantes instrumentos de democratização da cultura e de respeito aos cidadãos ludovicenses: a política de editais, que abre espaço à participação de todos os grupos; e a parceria com o governo do Estado, que aponta novos caminhos em favor do bem comum de nossa população também na área da cultura”, disse o presidente da Func, Marlon Botão.

A expectativa da organização é que até o dia 29 de junho, data para término das apresentações juninas, uma média de seis apresentações por noite passem pelos arraiais, contabilizando um total de quase mil grupos folclóricos entre bumba bois, cacuriás, tambores de crioula, quadrilhas juninas, danças do coco, danças portuguesas e shows musicais.

Fotos: A. Baêta, Maurício Alexandre e Fabrício Cunha

6 comentários »

Caso Irialdo Batalha

2comentários

[youtube sdg_ydUNGnI]

O deputado federal Hildo Rocha (PMDB-MA) voltou a cobrar ações eficientes do governo do Maranhão no que se refere à questão da segurança pública. Em pronunciamento na tribuna da Câmara, nesta segunda-feira (9), o parlamentar fez severas críticas ao governo na condução do caso da execução do mecânico Irinaldo Batalha.

“O Estado assassinou o Irialdo Batalha duas vezes. A primeira fisicamente, com vários tiros. Inclusive dois tiros depois que ele já estava agonizando no chão. Depois o Estado cometeu outro assassinato, ao Irialdo Batalha. De que forma? Assassinou moralmente”, enfatizou.

O parlamentar ressaltou que o Estado soltou uma nota dizendo que o Estado tinha matado um assaltante. Rocha disse que a vitima nunca passou por uma delegacia. “E o pior que o governo do Estado até agora não teve a humildade de pedir desculpas para a família de IrialdoBatalha”, declarou.

O deputado disse que levou o caso ao conhecimento de todos os organismos de defesa dos direitos humanos. “O governador Flávio Dino, não sei se por prepotência ou por incapacidade de reconhecer os erros da sua administração, se cala perante um crime de conhecimento mundial. O que custa o Governador Flávio Dino reconhecer que o seu governo também erra”? questionou.

2 comentários »

Kassab em Pinheiro

0comentário

KassabeVictor

O ministro das Cidades, Gilberto Kassab esteve na cidade de Pinheiro, na tarde de ontem, 9, visitando obras do Programa Minha Casa, Minha Vida, a convite do deputado federal Victor Mendes (PV-MA).

Acompanhado pelo parlamentar, Kassab foi recebido pelo Prefeito Filuca Mendes e por mais 14 prefeitos da Baixada, além de lideranças regionais e construtores. Na comitiva do ministro, assessores e o secretário Executivo do Conselho das Cidades, Claudio Trinchão, além do deputado estadual Roberto Costa (PMDB-MA).

“Pinheiro e o Maranhão estão de parabéns pelo deputado Victor Mendes, um jovem de muito valor e um parlamentar que tem se destacado pela capacidade técnica e pela luta em favor do Maranhão”, afirmou o ministro.

A comitiva visitou o Residencial Coqueiro, na periferia do município, um total de 500 casas, cujas obras se encontram paralisadas aguardando a conclusão para entrega aos beneficiários. No local, o ministro ouviu dos beneficiários pedidos em favor da continuidade, vendo de perto o status avançado das obras, que dependem de muito para serem concluídas, situação essa que se repete em vários outros municípios da Baixada.

Após visitar as obras, o ministro dirigiu-se ao no Centro de Cultura e Formação José Sarney, centro da cidade de Pinheiro, onde encontrou-se com cerca de 450 pessoas, dentre lideranças da região, vereadores, ex-prefeitos, vice-prefeitos, secretários municipais e populares. No local, Kassab assistiu a uma apresentação da Banda do Menino de Pinheiro, foi homenageado pelo prefeito Filuca com a Medalha do Mérito do Pericumã e recebeu de presente um kit de produtos artesanais do Maranhão e de Pinheiro.

KassabeFiluca

Apelo – Em seguida, Kassab reuniu-se com os prefeitos de Bequimão, Porto Rico, Viana, Pedro do Rosário, Serrano, Guimarães, Central do Maranhão, Pedro do Rosário, Presidente Sarney, São Bento, Governador Nunes Freire, Bacurituba e Turilândia presentes e ouviu apelos em favor da continuidade de obras do Governo Federal paradas na região, especialmente do Minha Casa, Minha Vida. O ministro comprometeu-se a enviar uma equipe técnica do Ministério nos próximos dias para o levantamento da situação de cada município, que servirá de base para a solução de cada caso.

Também estiveram presentes ao encontro em Pinheiro, representações e lideranças de Alcântara, Matinha, Olinda Nova, Santa Helena, Mirinzal, Peri-Mirim, Cedral, Turiaçu, Palmeirândia e Cajapió.

“Recebemos o ministro Kassab e mostramos a ele a importância dessa iniciativa para a nossa região. Com humildade e seriedade, ele nos deixou a esperança de que deste diálogo inicial deve surgir uma alternativa para a continuidade das obras, que trazem benefícios para tanta gente”, frisou o deputado Victor Mendes.

Já o prefeito Filuca Mendes, que falou em nome dos colegas prefeitos, destacou o significado do programa na região. “Trata-se de uma ação pela qual muitas famílias carentes da Baixada esperam com ansiedade. O programa trouxe impactos positivos não só para quem vai receber as casas, mas para a economia desta região, gerando emprego e muitas oportunidades. Por isso, pedimos ao ministro que receba com carinho este nosso apelo”, ressaltou.

sem comentário »

Desespero de policiais

0comentário

SousaNetoO deputado estadual Sousa Neto (PTN) denunciou na sessão desta quarta-feira (10), que a explosão da agência do Banco do Brasil em Esperantinópolis ocorrida durante a madrugada  já era esperada pela polícia da região.

Durante o discurso, Sousa Neto leu mensagens trocadas por policiais em uma rede social. Durante as conversas, era visível o desespero dos mesmos pela falta de contingente suficiente para combater os bandidos.

“Reforço, por favor. 02:09: pessoal, serviço do banco ligou dizendo que tem oito homens que vão adentrar no banco. 02:10 da manhã: encapuçados; 02:12: onde?; 02:13: quantos PMs aí?; 02:13: é em Esperantinópolis que eles estão; 02:14: vixe, cara!; 02:14: Esperantinópolis?; 02:14 novamente: só tem eu e o Sargento aqui; 02:15 da manhã, escuta-se um palavrão do policial em desespero e eu não vou dizer o que ele falou. E mais 02:15 da manhã: são oito caras encapuzados; 02:15 da manhã: confirmado o QTC”, leu Sousa Neto um dos trechos de maior tensão das conversas.

O assalto à agência, aconteceu por volta das 1:45h da manhã, quando seis homens em três motocicletas fortemente armados arrombaram a agência do Banco do Brasil, explodiram os cofres e levaram aproximadamente 279 mil reais.  Na hora do assalto tinha apenas dois policiais no município contra seis bandidos fortemente armados.

Na delegacia de Esperantinópolis havia delegado, mas, estava sem viatura disponível, já que a que a delegacia possui ainda encontra-se danificada desde o último assalto ocorrido na cidade, no mês passado “ Não estou aqui falando mal do policial militar e nem do Comando do Policiamento Militar, nem do coronel Alves, que é o comandante do policiamento, eu estou falando do planejamento da segurança pública que não existe, do contingente que não existe e eu eu peço aqui ao governador, saia desse mundo virtual e venha para a realidade para você ver como estão aqui as questões da nossa cidade, em nosso Estado do Maranhão”, pediu.

sem comentário »

Sem mudanças

0comentário

LeoCondeO técnico Léo Condé vai para sexta partida ao comando do Sampaio e pela primeira vez vai repetir uma formação. Entre problemas de suspensão, clínicos e de regularização, o treinador já chegou inclusive a fazer cinco alterações no time principal e dessa vez quer aproveitar a oportunidade para imprimir sequência de jogo e garantir entrosamento ao time que vem jogando.

“A ideia é essa. Eu não gosto de mexer muito na equipe, principalmente no início do trabalho. Até para os jogadores adquirirem confiança e entrosamento. É claro que no decorrer da competição temos problemas. Às vezes pelo desgaste, pela lesão, pelo cartão e outras coisas como a virose que pega alguns atletas. Mas a partir do momento que a equipe apresenta um bom nível de atuação, a ideia é tentar manter uma base para adquirir esse entrosamento”, disse.

Com isso, caso o Tricolor não adquira problemas no restante da semana, a formação do Sampaio é a mesma da vitória sobre o Ceará, por 3 a 1, na última rodada da Série B: Ruan; Daniel Damião, Edvânio, Luiz Otávio e Willian Simões; Moisés, Diones, Nádson e Válber; Robert e Pimentinha.

O jogo com o Criciúma será nesta sexta-feira (12), às 19h30, no Estádio Castelão.

Leia mais

sem comentário »

CPI da Petrobras

0comentário

AluisioMendes

O deputado federal Aluísio Mendes (PSDC-MA) mantém forte atuação na CPI da Petrobras, para convocação de pessoas envolvidas no esquema de corrupção e levantamento de informações que auxiliem os trabalhos da comissão.

Nesta terça-feira (10), a secretaria da CPI aprovou requerimento de sua autoria (REQ-342/2015) que solicita dois policiais federais para análise de dados das interceptações telefônicas e telemáticas da Operação Lava-Jato. A requisição será encaminhada à Polícia Federal.

Na reunião, a CPI convocou o ex-representante da empresa holandesa SBM Offshore no Brasil, Júlio Faerman, que ficou em silêncio diante dos parlamentares após apresentar habeas corpus do Superior Tribunal Federal (STF). Na ocasião, Aluisio Mendes cobrou a aprovação dos requerimentos que convocam os filhos do empresário, Marcello e Eline Faerman, e do sócio Luiz Eduardo Barbosa.

“O que motivou o senhor Júlio a estar aqui hoje, mesmo munido do habeas corpus, foi a menção da convocação dos seus filhos e do sócio. Talvez eles tenham muito a dizer nessa comissão”, disse.

Segurança Pública e Crime Organizado

Aluisio Mendes apresentou roteiro de trabalho e indicação de temas a serem tratados pelos sub-relatores na Subcomissão Permanente para tratar do Combate ao Crime Organizado. O parlamentar será responsável pela sub-relatoria que trata sobre o tráfico de armas.

Entre as ações apresentadas no documento, destacam-se a solicitação de informações estatísticas a todos os governadores sobre apreensão de armas nos últimos dois anos, o envio de ofício ao Ministro de Justiça para disponibilizar agente policial especialista em tráfico de armas e a participação de ministros de Estado e autoridades ligadas à segurança pública em audiências públicas.

sem comentário »

Crise na Saúde

1comentário

AndreaMuradA deputada Andrea Murad (PMDB) denunciou na tribuna que antes da Secretaria de Estado da Saúde mentir sobre a existência de repasses para ajudar no funcionamento de hospitais de 20 leitos, o secretário Marcos Pacheco assinou a Portaria Nº 113 publicada dia 8 de maio, adotando novos critérios para a transferência dos R$ 100 mil que já ocorriam na gestão passada. A prefeitura de Bernardo do Mearim, por exemplo, fechou o hospital por falta de ajuda do governo, o caso foi citado pela deputada Andrea Murad ao repercutir a cobrança do prefeito de Trizidela do Vale, Fred Maia, e relatou que o hospital do município está sobrecarregado após o fechamento da unidade de Bernardo do Mearim.

“Tem um hospital pronto lá, mas como o governo do estado não dá o repasse, sobrecarrega o outro município. Isso está acontecendo em várias cidades do Maranhão, há vários hospitais fechados por falta de repasses e dizem: ah, culpa do governo anterior que construiu hospitais sem ter condições de manter. Quer dizer que, no governo passado, se conseguia fazer um repasse de R$ 100 mil para os municípios, mas nesse governo nada se consegue”, disse a parlamentar.

A parlamentar revelou ainda que o governo, mesmo negando a existência dos recursos, fez transferências da ajuda para vinte um municípios maranhenses. Para a deputada Andrea Murad, o governador Flávio Dino e o secretário de saúde, Marcos Pacheco, mentem ao dizer em notas anteriores e entrevistas à imprensa que “o recurso de R$ 100 mil não existe…não há recurso nem do Ministério e nem da SES para suprir essa demanda” diferente do que revela a portaria reeditada pela SES.

“Vemos a desordem e o desalinho do governo e do próprio secretário Marcos Pacheco quando emitiu nota negando os repasses, só que eu acho que o secretário Marcos Pacheco não lê o que ele assina. A Portaria assinada pelo próprio secretário só redefiniu os repasses que já existiam na gestão anterior. Ou seja, ele diz que não existem os repasses, só que ele mesmo assinou uma Portaria redefinindo apenas os valores. É uma coisa impressionante esse governo que não sabe o que está fazendo. O secretário Marcos Pacheco, realmente não sei ainda onde ele vai chegar ou quer chegar, porque eu sei que ele tem boa vontade, mas é notório que ele não está conseguindo gerenciar a Secretaria de Saúde. Está que nem o governador, mais perdido do que cego em tiroteio. Essa que é a grande verdade”, discursou Andrea Murad.

A deputada que vem defendendo os interesses da população na área da saúde concluiu seu discurso dizendo que todo município maranhense tem direito de ter atendimento de qualidade e hospitais com serviços completos para garantir saúde à população.

“Esse governo não entende que toda cidade deve sim ter o seu pronto atendimento 24 horas, deve sim ter uma maternidade. Todo mundo acha que foram feitos muitos hospitais, mas na verdade é que cada cidade maranhense merece ter o seu próprio hospital. Isso que seria o bom e o melhor para o povo, mas o governo não está ajudando”.

1 comentário »

Eleições no Moto

0comentário

MotoO Moto Club tem novo presidente. O diretor de marketing, Hans Nina, foi eleito por aclamação em assembleia geral que reuniu apenas 44 conselheiros do clube.

Hans conduzirá os destinos do clube nos próximos dois anos ao lado do vice José Aranha Haickel.

O que mais chamou atenção durante a assembleia geral foram as juras de ajuda financeira ao novo presidente feita por muitos motenses. O problema é que tem sido sempre assim nos últimos anos, o presidente fica dependendo apenas da ajuda de conselheiros que depois desaparecem, além das baixas arrecadações. Esse é um filme que sempre se repete.

O time de futebol profissional só terá atividade em 2016, mas a pré-temporada deverá começar no mês de dezembro deste ano. O Moto tem atividade apenas nas divisões de base neste segundo semestre.

“Primeiramente vamos organizar a situação financeira do clube e resolver as pendências financeiras com jogadores o que não é novidade para ninguém, além de trabalhar na estruturação do clube”, explicou Hans.

sem comentário »