Empate sem gols

1comentário

Sampaio

Faltaram gols, mas sobrou emoção na partida entre Sampaio Corrêa e Bahia, disputada na noite desta sexta-feira. Com chances criadas, defesas importantes e muita velocidade, as duas equipes empataram em 0 a 0 no Castelão, em São Luís, pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O empate deixa as duas equipes com 15 pontos. O Sampaio Corrêa permanece na quarta colocação, mas pode cair para sétimo com o complemento da jogada. O Bahia, quinto, pode virar oitavo após os jogos deste sábado.

Sampaio Corrêa e Bahia volta a jogar no dia 27 deste mês pela nona rodada da Série B. A equipe maranhense visita o Santa Cruz, no Arruda, em Recife, enquanto os baianos enfrentam o Luverdense na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Foto: Biaman Prado/ O Estado

Leia mais

1 comentário »

Aniversário de Santana

0comentário

glalbertcutrim

O deputado Glalbert Cutrim (PRB) participou, nesta sexta-feira (19), de uma agenda de trabalho em comemoração aos 19 anos de emancipação política e administrativa da cidade de Santana do Maranhão.

Na oportunidade, Cutrim – que foi o deputado estadual mais bem votado no município nas eleições de 2014 – ratificou seu compromisso de continuar pleiteando ao governo estadual novas ações em benefício do povo. “O município sozinho pode muito, mas com o apoio dos governos estadual e federal pode muito mais. E essa continuará sendo a nossa missão na Assembleia Legislativa. Trabalhar por Santana e demais cidades desta região do estado”, afirmou.

A programação em comemoração ao aniversário do município, da qual participaram diversas lideranças políticas, dentre elas a prefeita Maria Valentim, mais conhecida como Quinha, e o ex-prefeito João Almeida, que estava acompanhado de sua esposa, Iluska Suassuna, teve início com a realização de uma missa no povoado São João.

Em seguida, Glalbert Cutrim e demais lideranças políticas e comunitárias inauguraram o ginásio poliesportivo da localidade Veredas.

A prefeita Quinha destacou o perfil municipalista do parlamentar assegurando, ainda, que Glalbert figura como a “voz dos municípios desta região do estado na Assembleia Legislativa”.

“Nós, moradores de Santana do Maranhão, estamos muito bem representados na Casa do Povo. O Glalbert é um deputado que está em contato direto com os municípios. Conhece as mais variadas realidades e trabalha para melhorar a vida dos maranhenses”, disse a prefeita.

Avaliação semelhante fez João Almeida. Segundo ele, os municípios brasileiros continuam enfrentando dificuldades financeiras e, para mudar este quadro, é importante contar com o apoio de um parlamentar municipalista, como é o caso de Glalbert.

sem comentário »

Nova chance

0comentário

Iziane

Iziane acabou cortada da seleção brasileira de basquete feminino a poucos dias dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Desde então, ela esteve afastada. Agora, contudo, está de volta. A ala do Maranhão Basquete foi convidada para participar dos treinos com o restante do grupo, em Campinas, onde as companheiras estão concentradas.

A partir do próximo dia 24 de junho, a atual cestinha da Liga de Basquete Feminino (LBF) passará por avaliações da comissão técnica e poderá ser convocada para a Copa América/Pré-Olímpico, que acontece de 9 a 16 de agosto em Edmonton, no Canadá.

“Fiz um planejamento de uma volta da Iziane. O convite é para ela ser avaliada. Havíamos conversado no início do mês sobre essa possibilidade. Expliquei o plano de trabalho, ela gostou e se mostrou disposta a participar. A atleta está seguindo um planejamento traçado pelo corpo técnico da Confederação Brasileira de Basquete (CBB). Aqui em Campinas faremos uma avaliação física, técnica e pessoal para vermos as condições técnicas e a possibilidade de ela ser inserida no processo Pré-Olímpico. Meu objetivo é dar para a Iziane uma oportunidade que ela nunca teve desde que assumi o comando da equipe. Espero que ela corresponda a essa oportunidade”, explicou o treinador Luis Augusto Zanon.

Leia mais

sem comentário »

Defesa dos autistas

0comentário

Wellington

O vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e das Minorias da Assembleia, deputado Wellington do Curso (PPS), apresentou Proposta de Emenda à Constituição Estadual (PEC) que reduz a carga horária dos servidores públicos que possuem filhos com deficiências físicas, sensoriais ou mentais e espectro autistas.

O parlamentar, que tem se destacado em defesa das Minorias, já apresentou inúmeras proposições em prol da inclusão, dentre elas a solicitação da criação do Centro de Referência das Pessoas Espectro Autistas, além de solicitar a inclusão de autistas na rede pública de Ensino Regular e a capacitação de profissionais especializados. Direcionou, ainda, especial atenção ao debate sobre o autismo quando presidiu Audiência Pública que discutiu sobre a atuação das entidades no tocante às políticas públicas voltadas para o cumprimento pleno dos direitos dos cidadãos e, também, dos autistas.

“O Projeto de Emenda à Constituição (PEC) que apresentamos almeja a redução da carga horária de todos os servidores públicos estaduais ou municipais que possuam filhos com deficiências físicas, sensoriais ou mentais e espectro autistas. Após a realização da nossa Audiência Pública, traçamos alguns encaminhamentos, dentre eles a redução da carga horária desses servidores públicos que possuem a responsabilidade de cuidar daqueles que são verdadeiros ‘anjos’ que Deus colocou em suas vidas. Mais do que meras proposições ou discussões, ressaltamos a imprescindibilidade de de articular políticas públicas em defesa das Minorias, garantindo a inclusão e o cumprimento dos direitos constitucionalmente assegurados e, assim, o zelo por aquilo que é fundamento de nosso Estado Democrático de Direito: a dignidade humana”, declarou o parlamentar.

sem comentário »

São João em Ribamar

0comentário

boiribamar

Mais de 80 grupos folclóricos – Danças Portuguesas, Cacuriás, Bumba-Bois (sotaques de matraca, orquestra, zabumba e baixada), Quadrilhas, Tambor de Crioula, Danças do Boiadeiro, Companhias de Dança e Teatro, bandas, dentre outras – irão animar o festejo junino do município de São José de Ribamar, festa organizada pela administração do prefeito Gil Cutrim e que será oficialmente aberta neste sábado (20), tendo prosseguimento até o próximo dia 29.

A programação, disponível no www.sjr.ma.gov.br/saojoao e que está recheada de atrações, será desenvolvida nos sete arraiais oficiais – Sede (Parque Municipal do Folclore Therezinha Jansen, na orla marítima), Vilas (Vila Flamengo), Matinha (sede do Bumba-Boi), Parque Vitória (Praça do Rodão), Panaquatira (Viva), Rio São João (Viva) e Piçarreira (Viva) – e em outras dezenas de terreiros juninos – Laranjal, Miritiua, Nova Terra, Parque Araçagi, Parque Jair, Vila Sarney Filho, dentre outros – espalhados pela cidade e que estão recebendo total apoio da Prefeitura ribamarense.

 

Lava-Bois – A temporada junina no Maranhão será oficialmente encerrada nos dias 04 (sábado) e 05 (domingo) de julho em São José de Ribamar durante o tradicional Lava-Bois, evento também organizado pela administração municipal e que, este ano, chegará a sua 62ª edição.

A expectativa é de que mais de 100 mil pessoas participem dos dois dias do tradicional evento.

sem comentário »

Histórias e agradecimento

4comentários

HerbertFontenele

O empresário Márcio Fontenele, filho do comentarista esportivo Herbert Fontenele que morreu na terça-feira (16) após uma luta de 6 anos contra um câncer de próstata esteve hoje (19), no programa Ponto Final, na Rádio Mirante AM. Ele contou que Fontenele fazia o seu cronograma de tratamento em função da tabela de jogos do Sampaio.

Fontenele fez questão de agradecer o carinho e solidariedade de amigos e principalmente dos fãs de Herbert Fontenele e contou como foram os últimos passos do pai. “Eu vim aqui a pedido da minha mãe que e dos meus irmãos para agradecer o carinho com o meu pai. É esse carinho de todos vocês que está confortando a nossa família. E quero repetir meu pai e convocar os torcedores do Sampaio a irem ao Castelão hoje, onde ele será homenageado”, afirmou.l

Segundo Márcio, Fontenele pediu para fazer o jogo de sexta-feira passada contra o Criciúma. Não passava pela cabeça do filho que este poderia ser o final de tudo. “Ele não tinha condições de ir, mas pediu que eu o levasse ao estádio porque este poderia ser seu último jogo. Durante a transmissão pelo SporTV ele não demonstrava que estava sentindo fortes dores, mas quando o jogo terminou ele disse que aquele tinha sido a sua última jornada”.

Vejam só que coisa incrível. Fontenele não trabalharia mesmo no jogo entre Sampaio e Bahia. A partida seria mesmo transmitida pelo PFC com equipe completa de Salvador. Depois disso, o Sampaio faria dois jogos fora contra Santa Cruz e Botafogo. Pelo visto, Fontenele já imaginava que não teria condições de lutar contra a doença até o dia 7 de julho, quando o Sampaio enfrenta o Luverdense, em São Luís.

Fontenela apesar de muito debilitado por conta da doença sabia com a lucidez de sempre o que estava fazendo. No dia 25 de março, quando o Sampaio completou 92 anos, sem avisar nada a ninguém na Rádio Mirante AM, ele decidiu escolher a data para apresentação do seu último Fontenele Comenta.

Ele só voltaria a usar o microfone da Mirante AM, no seu horário de meio-dia, dois dias após a estreia com Vitória diante do Vitória, em Salvador. Durante a sua participação chega a dizer ao repórter Afonso Diniz que estava passando a bola para a nova geração da rádio. Uma despedida sem que os colegas notassem algo.

Fez a sua última transmissão pela rádio na partida com o Ceará e a última na TV, no dia 12 de junho, Dia dos Namorados – é claro para homenagear o Sampaio, a sua grande paixão. E veio a óbito no horário em que todos os dias se deslocava para a TV Mirante para o Bom Dia.

Estes últimos fatos que menciono não foram comentados por Fontenele a ninguém. No seu estilo discreto e geralmente tímido, ele fez tudo sem dizer nada, pois como sempre não queria chamar atenção.

Foi um guerreiro que lutou pela vida até o último dia e que se preocupou com todos os detalhes para que o trabalho não parasse. Fica esta grande lição a todos nós…

4 comentários »

Maioridade penal

0comentário

JuscelinoFIlho

O deputado federal Juscelino Filho (PRP-MA), membro titular da Comissão Especial designada à emitir parecer à PEC 171-A/1993, que altera a Constituição Federal reduzindo de 18 para 16 anos a imputabilidade penal do maior, votou favorável à redução na sessão de ontem (17), na Câmara dos Deputados.

O parecer do relator, deputado Laerte Bessa (PR-DF) foi aprovado por 21 votos favoráveis e 6 contra. O documento prevê a redução para crimes hediondos, homicídio doloso, roubo qualificado e lesão corporal grave seguida de morte. Os crimes de menor potencial ofensivo continuam a ser regulados pelo ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

De acordo com Juscelino Filho, um adolescente de 16 anos é capaz responder por seus atos: “Todos sabemos que dentro da “normalidade”, um adolescente de 16 anos tem suficiente informação para discernir entre o que é certo e o que é errado. Ele tem consciência de que deve respeitar a dignidade dos outros e é capaz de saber que não pode tirar a vida de ninguém. Portanto, se comete atos tão extremos tem que pagar por isso, de forma proporcional à gravidade do que fez, pelo tempo que for justo, inclusive após completar os 18 anos. É preciso uma solução dual, tanto para os efeitos quanto para as causas. Eu sou, portanto, favorável à redução da maioridade penal para 16 anos, nos crimes contra a vida e contra a dignidade da pessoa humana. Votei pelo sim.”.

Ainda na sessão de quarta-feira (17), foi aprovado também, em votação simbólica, um destaque do deputado Weverton Rocha (PDT-MA) que aperfeiçoa a estrutura do sistema socioeducativo. Agora, a PEC 171 segue para o plenário da Câmara dos Deputados e deve ser votado, em primeiro turno, no dia 30 de junho.

sem comentário »

Escalada de violência

1comentário

HildoRocha

O deputado federal Hildo Rocha voltou a criticar a incapacidade do governo estadual no gerenciamento do aparelho de segurança pública do Maranhão. Em pronunciamento na tribuna da Câmara, o parlamentar disse que o ramo de negócios que mais cresce no Maranhão o de serviços funerários.

Rocha atribui a alta taxa de mortalidade a dois fatores: fechamento de hospitais no interior e a escalada da violência. “As pessoas deixaram de ter direito a hospital público porque o governador Flavio Dino deixou de repassar os recursos do fundo estadual para o Fundo Estadual ao Fundo Municipal. Também contribui muito pra essa mortalidade a escalada da violência. No último fim de semana houve 14 homicídios na grande São Luis”, sentenciou.

Caso Irialdo

Hildo Rocha relembrou o caso Irialdo Batalha, episódio que, segundo o parlamentar configura uma violação dos direitos humanos. O deputado disse que o governador deve pedir desculpas pelo erro cometido pelo governo. “Até agora, o governador não pediu desculpas à família e à sociedade pelo bárbaro crime ocorrido pelas mãos do estado”, disse.

O parlamentar oficializou denúncia contra o Governo do Maranhão e também recorreu a organismos internacionais ligados à defesa dos Direitos Humanos.

Contribuição

Rocha tem sido uma voz firme na formulação de críticas à ineficácia do Estado, no que se refere à prestação de serviços públicos. A problemática da segurança tem merecido atenção especial. Rocha é autor de uma Emenda ao Projeto de Lei 2505/2000 que destina ao Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP) bens que possam ser usados na repressão de crimes.

O texto original previa que materiais apreendidos deveriam ser destinados diretamente ao Ministério da Justiça, a quem caberia repassar 80% às secretarias estaduais de Segurança Pública e 20% à Polícia Federal. Mas, por iniciativa do deputado Hildo Rocha as Guardas Municipais, também serão beneficiadas. A proposta, que foi aprovada pelo plenário no dia 23 de abril, foi encaminhada para análise do Senado.

Veja o pronunciamento

1 comentário »

Sampaio e Bahia

7comentários

Sampaio

Com cinco alterações em relação ao time que bateu o Criciúma por 3 a 1, pelo Campeonato Brasileiro Série B, o Sampaio entra em campo nesta sexta-feira (19), às 19h30, no Estádio Castelão. O Sampaio é o quarto colocado com 14 pontos ganhos. O Bahia, também com 14 pontos é o quinto colocado.

Uma vitória simples levará o Sampaio à segunda colocação, atrás apenas do Botafogo que tem 19 pontos e também joga nesta sexta, contra o Boa Esporte, no Engenhão, às 21h 50.

A partida entre Sampaio e Bahia está cercada de grande expectativa em função das homenagens que serão prestadas ao radialista Herbert Fontenele que morreu na última terça-feira.  A Federação Maranhense de Futebol (FMF) confimou que haverá um minuto de silêncio em homenagem ao comentarista esportivo da Rádio Mirante AM.

No Sampaio, o técnico Léo Condé ganhou mais um problema ontem (18), o atacante Robert, artilheiro do Sampaio e da Série B rescindiu contrato e foi para o Vitória. Ele será substituído por Jheimy. Diones e Moisés, suspensos serão substituídos por Dê e Arlindo Maracanã que formarão a dupla de volantes.

As outras duas modificações serão na defesa com a entrada de Mimica no lugar de Luís Otávio e no meio-campo com a escalação de Waldir em sustituição a Nádson por motivo de contusão.

O Sampaio terá a seguinte escalação: Rodrigo, Daniel Damião, Mimica, Edivânio e Willian Simões. Dê, Arlindo Maracanã, Waldir e Válber. Pimentinha e Jheimy.

Foto: Biaman Prado/ O Estado

 

7 comentários »