Conferência de Saúde

1comentário

saudeRibamar

Representantes do poder público e da sociedade civil organizada estarão reunidos, neste sábado (22) em São José de Ribamar, tratando de assuntos ligados ao setor da saúde.

Trata-se da versão 2015 da Conferência Municipal de Saúde que, este ano, chega a sua sétima edição. A programação do evento está disponível nowww.sjr.ma.gov.br

Os trabalhos serão realizados durante todo o dia nas dependências da Escola Municipal Liceu Ribamarense I, localizada na sede da cidade.

Promovida pela administração do prefeito Gil Cutrim, com o apoio do Conselho Municipal de Saúde, a Conferência abordará o tema “Saúde Pública de Qualidade para Cuidar Bem das Pessoas” e terá como subtemas, que serão abordados durante palestras, “A Situação da Saúde de São José de Ribamar” e “Saúde Pública de Qualidade para Cuidar das Pessoas: Direito do Povo Ribamarense”.

Também serão promovidos grupos de trabalho e de debates. A VII Conferência Municipal de Saúde de São José de Ribamar é preparatória para a Conferência Estadual, que acontece em outubro.

Durante o evento, serão eleitos os delegados que representarão o município na Conferencia Estadual.

1 comentário »

Denúncias na Saúde

2comentários

AndreaMurad

A deputada Andrea Murad (PMDB) apresentou nesta quinta-feira (20) denúncias de reservas de leitos nos principais hospitais do Estado. A constantes reclamações vêm dos acompanhantes de paciente e de profissionais de saúde sobre leitos vazios no Hospital Carlos Macieira em São Luís e criticou a postura do Secretário de Saúde ao culpar médicos pelo problema durante uma palestra na UFMA.

“Ele, em uma palestra na UFMA, comprometeu totalmente o seu cargo. Disse que um dos problemas mais difíceis de controlar é a reserva de leitos por médicos. Eu no lugar do secretário Marcos Pacheco pediria a minha exoneração. Ele mostra a cada dia que ele não tem como gerir a rede, que ele não está dando conta. Como é que ele fala, dá uma declaração dessa! E ainda culpa os médicos, os colegas dele de profissão, quando na verdade ele deveria ser honesto e dizer que isso acontece porque Flávio Dino colocou na Diretoria dos Hospitais pessoas para fazer política”, falou a deputada.

Para a parlamentar que também é membro da comissão de saúde da Assembleia, a Central de Regulação deveria fazer todo o trabalho de preenchimento de leitos como era na gestão anterior, no entando, a rede de saúde do estado é administrado de forma política, desrespeitando os critérios do SUS.

“O secretário Marcos Pacheco fica culpando os médicos pela sua total incompetência. Todos os leitos devem ser regulados pela Central de Regulação como acontecia até dezembro e o que está acontecendo é que os leitos estão sendo regulados pelas diretorias das unidades, que virou cargo político, e eles que decidem quem interna ou não, uma verdadeira politicalha. E vem o secretário Marcos Pacheco falar dos médicos, que os médicos que fazem reserva de leito, quando, na verdade, a gente sabe muito bem o que acontece nesse governo em relação aos leitos. O governo já demonstrou a sua incapacidade e o secretário Marcos Pacheco deveria pedir exoneração do cargo, porque não dá conta e a Secretaria de Saúde está cada dia pior”, finalizou.

2 comentários »

Queda no turismo

1comentário

Edilazio

O primeiro secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, deputado Edilázio Júnior (PV), cobrou hoje da Comissão de Obras e Serviços Públicos da Casa, uma visita à Secretaria de Estado do Turismo, para que busque explicações a respeito da queda acentuada, nos sete primeiros meses da gestão do governador Flávio Dino (PCdoB), do fluxo de turistas no estado.

O posicionamento do parlamentar ocorreu após a manifestação de membros da comissão sobre uma vistoria realizada ontem pelo colegiado, no Aeroporto Marechal Hugo Machado, em São Luís. O objetivo da visita ao aeroporto foi apurar as causas do atraso na conclusão das obras de ampliação e adequação do espaço.

Apesar de reconhecer a importância da visita ao aeroporto da capital, o parlamentar destacou a necessidade de se verificar o que de fato a gestão estadual está fazendo para atrair turista para o estado.

“Não adianta a gente ter o aeroporto mais bonito do mundo se não há turista. Desde o começo do governo Flávio Dino vem caindo mês a mês o fluxo de passageiros no aeroporto. Para se ter uma ideia, em janeiro de 2014, no auge da crise no Maranhão, com aquelas decapitações em Pedrinhas, nós tivemos 177 mil passageiros no aeroporto. Em janeiro deste ano tivemos apenas 125 mil”, disse.

Edilázio apontou outros dados preocupantes em relação à queda do turismo no Maranhão. “O nosso Carnaval foi o mais fraco da história com relação ao turismo, o São João a mesma coisa. Os hotéis estão fechando por conta da falta de fluxo, as nossas praias estão poluídas. Anteriormente tínhamos dificuldade para encontrar mesas nos restaurantes, hoje as encontramos com a maior facilidade, justamente por falta de turistas na capital. Falta política pública de turistas. Para se ter uma ideia, nos três primeiros meses do ano caiu em 17,64% o número de passageiros do aeroporto”, disse e completou. “É válido ter um aeroporto bonito. Mas não adianta ter um aeroporto funcionando às moscas. Precisamos sim que a Secretaria de Turismo do nosso estado mostre a que veio e o que está fazendo pelo nosso Maranhão”, finalizou.

1 comentário »

Matemática do Sampaio

0comentário

SampaioDiones

O returno do Campeonato Brasileiro Série B começa nesta sexta-feira (21) com dois jogos, mas o Sampaio só joga no sábado (22), às 16h30, no Estádio Castelão, contra o líder Vitória-BA com 37 pontos.

Com 31 pontos, apenas dois pontos separam o Sampaio do quarto colocado que é o Bahia e seis pontos do líder Vitória. Por isso, o duelo contra os baianos é considerado uma partida de seis pontos.

Neste returno, o Sampaio fará 10 jogos diante da sua torcida e nove fora de casa. Dentre as oito melhores equipes no primeiro turno, agora o Sampaio enfrentará cinco no Castelão (Vitória, América-MG, Botafogo, Paysandu e Santa Cruz). Apenas dois desses confrontos serão fora de casa (Náutico e Bahia).

Dessa forma, se o Sampaio repetir o bom desempenho em casa como fez no primeiro turno (sete vitória e dois empates) e for buscar pontos fora, certamente o time maranhense estará na briga pelo acesso.

No ano passado, o quarto colocado foi o Avaí com 62 pontos. A primeira equipe fora do G4 foi o América-MG com 61 pontos. Se levarmos em conta essa pontuação, o Sampaio só precisaria de mais 31 pontos para subir.

Em 2103, a última equipe a conquistar o acesso teve pontuação ainda mais baixa. O Figueirense obteve 60 pontos e o quinto colocado foi o Icasa com 59.

Mas se levarmos em consideração o ano de 2012, o Vitória que foi o quarto colocado teve 71 pontos, a mesma pontação do São caetano que não subiu pelo menor número de vitórias.

São esses dados que deverão ser levados em consideração pelo Sampaio a partir de agora. É necessário garantir as vitórias aqui, neste caso já seriam 30 pontos e depois buscar pontos fora. Se isto acontecer não resta a menor dúvida que o Sampaio terá todas as chances de garantir o acesso à Série A.

Confrontos em casa: Vitória, Mogi Mirim, América-MG, Ceará, Santa Cruz, Botafogo, Paysandu, Oeste, Atlético-GO e Paraná.

Confrontos fora: Macaé, Náutico, Criciúma, Bahia, Luverdense, Boa Esporte, ABC, Bragantino e CRB.

sem comentário »

Maioridade penal

1comentário

AluisioMendes

O deputado federal Aluísio Mendes (PSDC-MA) comemorou a aprovação ontem (19) pela Câmara dos Deputados , em segundo turno, a redução da maioridade penal no Brasil, de 18 para 16 anos de idade.

A articulação feita pelo deputado Aluísio Mendes junto ao Bloco Renovação e a outros partidos foi fundamental para a aprovação da matéria com um placar de 320 votos a favor e 152 contrários.

“Temos que combater a impunidade com leis mais rígidas, e dessa forma contribuir para que o sistema de segurança pública possa conter a onda de criminalidade que assola o país, com a significativa participação de adolescentes”, afirmou o deputado.

1 comentário »

Novidade em São Luís

1comentário

Alcione

A cantora Alcione além de confirmar a sua participação no Rock In Rio 2015, adiantou ao G1 um grande festival de música que será realizado em São Luís no mês de novembro.

Além de Alcione estariam confirmadas as participações de Maria Bethânia, Zeca Pagodinho, Ivete Sangalo, Ana Carolina, Margareth Menezes, dentre outros.

Em primeira mão para o G1, Alcione que este ano completa 40 anos de carreira anunciou um grande festival a ser realizado entre 20 e 22 de novembro de 2015, em uma casa de shows no bairro da Cohama, em São Luís. É o festival “Som Mar”, que conta com grandes nomes da música nacional.

No primeiro dia, estão previstos para se apresentar o também maranhense Zeca Baleiro, Margareth Menezes, Arlindo Cruz e Zeca Pagodinho. No sábado (21), Maria Bethânia, Alcione e Ana Carolina se apresentam no palco. Na última noite, o festival terá a presença da maranhense Rita Benneditto, Fafá de Belém e Ivete Sangalo.

1 comentário »

PF em Bom Jardim

0comentário

BomJardim

A Polícia Federal deu início na manhã desta quinta-feira (20) a uma operação na cidade de Bom Jardim (MA), a 275 km de distância de São Luís, para cumprir mandados de busca e apreensão e prisão de suspeitos por desvios de verbas da merenda escolar, da reforma de escolas, do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).

Foram presos os ex-secretários de Agricultura, Antônio Gomes da Silva, conhecido como ‘Antônio Cesarino’ – também presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Bom Jardim (STTR) – e de Assuntos Políticos, Humberto Dantas dos Santos, conhecido como Beto Rocha, namorado da prefeita de Bom Jardim Lidiane Leite (PP).

Os desvios são investigados pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Maranhão (MP-MA) e Ministério Público Federal (MPF). Nesta semana, o assunto ganhou repercussão nacional, em reportagem do ‘Bom Dia Brasil’. A reportagem teve acesso, com exclusividade, ao conteúdo das investigações do Gaeco: são possíveis fraudes em licitações, desvio de dinheiro da merenda escolar e transferências bancárias irregulares. “Eu não me importo, quero que investigue sim, quero que se puna o responsável, se houver, que eu não sei se há”, disse a prefeita.

Leia mais

sem comentário »

Explosão de banco

0comentário

Explosaobanco

Enquanto o Governo do Maranhão divulga números que dão conta de uma redução no número de explosões de caixas eletrônicos no interior, os bandidos voltaram a agir.

O caso mais novo foi registrado por volta de 1h da manhã em uma agência do Bradesco, no município de Presidente Sarney, na Baixada Maranhense, onde todos os caixas eletrônicos foram explodidos.

A ação teria sido praticada por cinco bandidos que estavam em motocicletas. A polícia não informou a quantia levada pelos assaltantes.

Segundo dados do Sindicatos do Bancários, este foi o 3lº arrombamento a agência bancárias registrados nestes sete primeiros meses do ano no Maranhão. No ano passado foram registrados 45 casos.

Foto: Vandoval Rodrigues

sem comentário »

Manipulação de números

0comentário

SousaNeto

O deputado estadual Sousa Neto (PTN) apresentou na manhã desta quarta-feira, na Assembleia Legislativa, dados estatísticos sobre assalto a banco, arrombamento de caixas eletrônicos e “saidinhas bancárias” registrados de janeiro a julho deste ano e comparados a igual período de 2014. Os dados contrapõem números apresentados pelo Governo do Estado.

De acordo com o parlamentar, ao contrário do que anunciou a assessoria do governador Flávio Dino (PCdoB), o número de ocorrências criminosas aumentou neste ano, em relação ao ano passado. Sousa afirmou que os dados foram retirados do site do Sindicato dos Bancários do Maranhão.

No início da semana, o Governo anunciou a redução de 23% no número de ataques a caixas eletrônicos e 7% em relação a assaltos a agências bancárias nos sete primeiros meses de 2015, comparados com os sete primeiros meses de 2014.
Os dados, no entanto, divergem do que apresentou Sousa Neto no Legislativo estadual.

De acordo com o parlamentar, de janeiro a julho deste ano foram registrados 15 assaltos a bancos no Maranhão. Em 2014, foram 12 no mesmo período. O que houve, portanto, foi aumento estatístico – da ordem de 25% -, e não redução, como apontou o Governo.

Em relação a arrombamentos a caixas eletrônicos, também houve aumento. No ano passado, foram registradas 22 ocorrências de janeiro a julho. Já em 2015, o número chegou a 30. O aumento, nesse caso, foi de 36,36%.

Já no que diz respeito a saidinhas bancárias, o aumento foi de 50%. Foram registrados seis crimes deste tipo em 2014, contra nove em 2015.

Mentira – O deputado Sousa Neto classificou de mentira a estatística de Flávio Dino. “O Governo do Estado mentiu mais uma vez sobre números que tratam da violência pública. A mentira tem o único objetivo de provocar o falso sentimento de segurança. Não foi a primeira e talvez não tenha sido a última mentira contada por Flávio Dino para atender a interesses pessoais e deixar desinformada a população”, disse.

Sousa Neto pediu seriedade e responsabilidade do Governo na divulgação de dados estatísticos. “O Governo já não dispõe de credibilidade quando apresenta esse tipo de dado. Há sempre uma divergência nos números oficiais. É necessário que haja responsabilidade e transparência. Não se pode faltar com a verdade em relação a questões tão sérias como essas”, finalizou.

O Estado

sem comentário »

Nova polêmica

1comentário

FlavioDino

A entrega dos 10 ônibus para o transporte de passageiros na região metropolitana de São Luís pelo governo estadual está gerando polêmica. O empresário Romeu Carvalho da empresa TCM alega prejuízo com a ação do governo estadual já que ele tem a concessão do serviço para área até o fim de 2016.

Na manhã de ontem, o governador Flávio Dino (PCdoB) entregou 10 ônibus da empresa Transequinte contratos pela Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB) para transporte de passageiros entre os municípios São Luís e São José de Ribamar. O valor a ser praticado é de R$ 2,80, valor igual ao praticado pela empresa TCM, que tem a concessão do serviço até 2016.

O proprietário da empresa, Romeu Carvalho garante que contestará na justiça a exploração do serviço pela nova empresa contratada, segundo ele, sem licitação. “O governo divulgou que conversou com as empresas que teriam aceitado acordo para que fossem colocados novos carros. Mas isso nunca aconteceu. Nunca fomos procurados”, afirmou o empresário.

Ainda segundo Carvalho, os novos ônibus explorando o serviço da região acarretará em prejuízo financeiro. “Temos a concessão até dezembro de 2016. Já sofremos com as vans e o transporte pirata de passageiros em carros de passeio. Agora temos mais essa concorrência oficial porque é do governo estadual”, disse.

A TCM trabalha atualmente com duas linhas sendo uma que passa pela Ponte Bandeira Tribuzi e disponibiliza sete carros para os passageiros e outra que passa pelo bairro João Paulo que também tem sete carros fazendo o translado.

Em informações divulgadas pela Assessoria de Comunicação, o governo diz somente que disponibilizará ônibus climatizados em uma linha expressa com paradas pré­definidas e lotação máxima de 70 passageiros. O preço apontado pelo governo é outro alvo de reclamação do empresário que diz ser o mesmo praticado pela empresa que tem a concessão do serviço.

Segundo Carvalho, a informação repassada ontem a ele pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT) é que inicialmente o valor que foi acertado com a MOB era de R$ 3, mas que na SMTT ninguém soube explicar por qual motivo esse valor foi reduzido.

Sobre a acusação de prática ilícita de serviço do transporte coletivo, O Estado entrou em contato com o governo estadual solicitando informação sobre a forma de contratação da empresa pela MOB, mas não obteve resposta até o fechamento desta edição.

1 comentário »