Casamento comunitário

0comentário

EdilazioJunior

O deputado estadual Edilázio Júnior (PV) destacou, na sessão de hoje na Assembleia Legislativa, a realização do casamento comunitário realizado pela Corregedoria-Geral de Justiça do Maranhão na última sexta-feira.

O evento uniu em cerimônia 1.432 casais. A desembargadora Nelma Sarney, corregedora-geral de Justiça, foi quem coordenou o ato, que contou com o auxílio de 59 juízes.

“Eu venho aqui destacar o casamento comunitário, que aconteceu no Centro de Convenções da UFMA e agradecer o reitor daquela instituição, doutor Natalino Salgado, por ter cedido o espaço, que é belíssimo e teve mais de 5 mil cadeiras ocupadas”, disse.

Edilázio também destacou o trabalho da Corregedoria-Geral de Justiça, que realiza o casamento comunitário desde a década de 1990 no Maranhão.

“Víamos naquele momento, a alegria e a satisfação da cidadania chegando àqueles casais, inciativa da Corregedoria de Justiça do Estado do Maranhão, com toda a sua equipe. À frente estava a desembargadora Nelma Sarney juntamente com os servidores, que conseguiram com muito êxito cadastrar e realizar o casamento”, disse.

Edilázio destacou nominalmente todos os 59 magistrados que auxiliaram a Corregedoria Geral de Justiça e se disse honrado por ter participado do ato.

O projeto de promoção de casamentos comunitários começou em 1999, com a promoção de união (por parte da CGJ) entre casais na Praça Maria Aragão. Na ocasião, de acordo com a CGJ, mais de 5 mil casais tiveram suas situações conjugais reconhecidas.

Desde a implantação do projeto de casamento comunitário, mais de 80 mil uniões foram oficializadas.

sem comentário »

Zona Franca

0comentário

Wellington

O Parlamento Amazônico aprovou requerimento, na última quinta-feira (22), reforçando o apoio ao Projeto de Lei que cria a Zona Franca de São Luís, de autoria do deputado federal Sarney Filho (PV).

O requerimento N°005/2015 foi um dos encaminhamentos da III Reunião Ampliada do Colegiado de Deputados do Parlamento Amazônico/2015, que aconteceu na Assembleia Legislativa do Maranhão, e foi assinado pelo presidente do Parlamento, deputado Sinésio Campos (PT);  pelo  Secretário de Direitos Humanos do Parlamento, deputado Wellington do Curso (PPS) e por demais deputados que integram o Parlamento Amazônico.

No requerimento, o Parlamento Amazônico manifesta apoio ao Projeto de Lei 1139/2015, do deputado federal Sarney Filho (PV), solicitando a aprovação do referido Projeto que tramita na Câmara dos Deputados. Tal projeto de lei é resultado da indicação N°46/2015, de autoria do deputado Wellington do Curso (PPS), que apresentou a proposição no dia 11 de fevereiro de 2015, solicitando que a Câmara elaborasse um projeto para implantação da Zona Franca de São Luís, já que a competência não pertencia ao Legislativo estadual.

Ao destacar o requerimento N°005/2015, Wellington enfatizou a relevância do projeto, bem como a implantação da Zona Franca de São Luís, além de enfatizar a posição do Parlamento Amazônico.

“Logo nos meses iniciais do mandato, destacamos as consequências positivas que a implantação da Zona Franca em São Luís ocasionaria. No entanto, por não ser competência estadual, apresentamos, no dia 11 de fevereiro, proposição que solicitava que a Bancada Federal apresentasse um projeto de implantação da Zona Franca de São Luís. Indo ao encontro de tal solicitação, o deputado Sarney Filho apresentou o Projeto de Lei 1139/2015 e o Parlamento Amazônico, por compreender a importância da implantação da Zona Franca, aprovou o requerimento manifestando o apoio ao Projeto”, frisou o parlamentar.

sem comentário »

Mobilidade urbana

4comentários

Transito

Para gerar maior fluidez no trânsito na entrada da capital, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), inicia esta semana a modificação do trânsito no cruzamento das avenidas dos Franceses com a Guajajaras e no retorno do Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado.

A obra, que deve ficar pronta até meados de dezembro, é uma ação conjunta do prefeito Edivaldo e do governador Flávio Dino, executadas, respectivamente, através da SMTT e da Secretaria Estadual de Infraestrutura (Sinfra), que tem como titular o secretário Clayton Noleto.

“Nossa gestão tem desenvolvido passo a passo mecanismos que permitam o aperfeiçoamento da mobilidade urbana em nossa cidade. Logo na entrada de São Luís, próximo ao aeroporto, há um gargalo histórico que pretendemos dissolver com a alteração do tráfego no local. Estamos executando intervenções para que a população possa usufruir das vias de maior fluxo de maneira mais tranquila, com mais agilidade e menos congestionamentos”, comentou o prefeito Edivaldo.

Segundo o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, a ação está inserida no cronograma de metas das 31 intervenções de trânsito da gestão do prefeito Edivaldo. “A intervenção consistirá em mudanças no traçado geométrico do trecho, com fechamento de canteiros centrais; criação da terceira faixa de rolamento, com destaque para o fechamento da rotatória formada entre a Avenida Franceses com a Avenida Guajajaras, fazendo com que o motorista siga até a rotatória do aeroporto e realize a conversão à esquerda livre em direção à Avenida Guajajaras, o que vai gerar uma fluidez muito grande, no estilo do que já fizemos na Avenida Carlos Cunha, no bairro do Jaracaty”, explica o secretário Canindé Barros.

A ação conta também com drenagem e reurbanização da área, bem como sinalização horizontal, vertical e semafórica para devida orientação de motoristas e pedestres.

4 comentários »

Violência em pauta

0comentário

HonoratoFernandes

Reflexão sobre a origem do problema da violência, os critérios e maior rigor na concessão dos benefícios previstos na Lei de Execuções Penais e a violência contra a mulher (tema da redação do ENEM 2015). Estes foram alguns dos pontos destacados pelo vereador Honorato Fernandes (PT), durante pronunciamento realizado, na manhã desta segunda-feira (26), no plenário da Câmara Municipal de São Luís.

O tema da violência, frequentemente pautado pelo vereador, foi o eixo central das discussões da primeira etapa do seminário “São Luís e seus Desafios”, realizado na última sexta-feira (23). O evento faz parte das atividades do Fala São Luís, programa de participação popular de autoria do vereador Honorato.

No plenário da Câmara, o vereador ressaltou a importância da sociedade debater maissobre a negação dos direitos essenciais, causa maior do problema da violência, segundo ele.

“Precisamos tratar o problema da violência como uma reação à negação dos direitos a uma sociedade. A violência não acontece por acontecer. Ela tem uma causa, uma origem. E não é tratando meramente os efeitos que o problema da violência será resolvido. Precisamos aprofundar a discussão sobre este tema e refletir também com relação ao nosso sistema de segurança. E quando falo de sistema de segurança, não falo apenas de polícia, pois não se pode tratar a questão da segurança, falando apenas de contingente policial. Precisamos tratar desse assunto, trazendo, sobretudo, a inclusão de milhões de pessoas que historicamente estão à margem do processo, que não se veem hoje como cidadãos e cidadãs, pois não têm direito de acesso a saúde, educação e aos demais direitos essenciais”, destacou o vereador, que também falou sobre violência contra a mulher, pontuando as conquistas do gênero ao longo do anos.

“Preciso fazer ainda um recorte especial dos mais de 500 casos de violência contra a mulher registrados neste último mês. A mulher, que, historicamente, vem sido violentada em todos os aspectos, mas, nas últimas décadas, passou a ter o direito de denunciar quando são alvo de agressão. Parabenizo ainda a iniciativa do MEC a trazer na redação do ENEM 2015 o tema da violência contra a mulher. Foram mais de 7 milhões de alunos e alunas que tiveram a oportunidade de fazer uma reflexão sobre o quadro da violência contra as mulheres. Aproveito para estender o convite aos demais vereadores para a Marcha das Margaridas, que acontecerá agora no mês de Novembro e que precisa do apoio desta Casa nesta luta de valorização e respeito às mulheres”, afirmou Honorato.

Na oportunidade, o vereador também listou algumas sugestões apontadas para o problema da segurança, durante o Seminário São Luís e seus Desafios” e cobrou maior rigor na concessão dos benefícios previstos na Lei de Execuções Penais.

“Quero listar ainda aqui as sugestões apontadas pela população que esteve presente, na última sexta-feira, no seminário “São Luís e seus Desafios”, durante o qual pudemosdebater a questão da segurança. Dentre as sugestões apontadas, podemos listar: a necessidade de fortalecer as políticas públicas voltadas para o esporte e cultura, que muitas vezes resgatam a nossas crianças e nossos jovens do mundo da marginalidade; fortalecer as ações conjuntas das Comissões de Direitos Humanos da Câmara Municipal de São Luís e da Assembleia Legislativa do Maranhão; fortalecimento da Guarda Municipal no combate e a prevenção da violência. Sugerimos ainda estudos para um maior rigor na concessão do benefício das saídas temporárias previstas na Lei de Execuções Penais, a fim de que o benefício não se torne para a sociedade um instrumento maior de tortura e de medo. É preciso que se faça também um debate acerca do uso das tornozeleiras eletrônicas para todos os detentos que têm direito às saídas temporárias”, finalizou.

sem comentário »

PV nas eleições

3comentários

RoseSales

O Partido Verde no Maranhão está em processo de expansão na disputa às eleições municipais de 2016. A sigla já tem duas pré-candidaturas aos cargos majoritários confirmadas em São Luís e em Nova Olinda do Maranhão, respectivamente Rose Sales e Iracy Weba, que estão em pleno processo de articulação de alianças políticas e mobilização de suas bases eleitorais.

O PV quer disputar as eleições majoritárias nos maiores colégios eleitorais do estado, em especial na Região Metropolitana de São Luís, com prováveis pré-candidaturas em Paço do Lumiar e Raposa.

No início de outubro, durante encontro do PV, no auditório do Complexo de Comunicação da Assembleia Legislativa, o partido lançou a pré-candidatura da vereadora Rose Sales à Prefeitura de São Luís, além de filiar cerca de 50 pré-candidatos à Câmara Municipal ludovicense.

O evento foi prestigiado por representantes da cúpula do partido no estado, como os deputados estaduais Adriano Sarney e Hemetério Weba, bem como o dirigente nacional e deputado federal Sarney Filho (PV-MA).

Neste fim de semana, em Nova Olinda do Maranhão, no Oeste do estado, em evento que reuniu milhares de pessoas, foi lançada a pré-candidatura de Iracy Weba à Prefeitura Municipal em 2016.

Iracy Weba é casada com o deputado estadual Hemetério Weba e é considerada uma forte liderança política em Nova Olinda e tem em seu histórico de lutas dezenas de ações em prol das comunidades rurais, especialmente na área da saúde.

A direção estadual do PV promete novidades para as próximas semanas.

Foto: Flora Dolores/ O Estado

3 comentários »

ABC do Sampaio

2comentários

Sampaio

A vitória diante do ABC, assim como foi como no jogo com o Paysandu será fundamental para o Sampaio continuar em perseguição às equipes que estão no G4. Qualquer outro resultado, assim como foi aquele desastroso empate com o Boa Esporte poderá ser fatal.

É claro que o Sampaio precisa fazer a sua parte e vencer o ABC, mas antes disso é importante torcer por tropeços dos adversários, dentre eles é claro o próprio ABC, além de Bahia e América-MG e dos outros que estão inclusive atrás do próprio Sampaio.

O time de Natal joga amanhã contra o Paraná Clube, em Curitiba. Uma derrota do ABC poderá tornar as coisas mais fáceis ao Sampaio que enfrentará uma equipe em crise e praticamente rebaixada para a Série C.

Depois disso é partir com tudo prá cima do ABC, no Frasqueirão, em Natal e trazer os três pontos na bagagem. A missão do Sampaio agora é vencer o ABC, depois pensar nos adversários que virão pela frente. É possivel? Sim, claro que é. O Sampaio tem time para vencer o ABC, só precisa jogar com coragem e vontade de vencer.

Pena que o Sampaio perdeu o seu principal jogador no momento. Edgar que atravessa excelente fase e foi peça fundamental na vitória diante do Paysandu terá que cumprir suspensão pelo terceiro cartão.

Vamos esperar para saber se quem vai entrar no time se Pimentinha ou Henrique. Se for Pimentinha é necessário que esteja 100%, mas independente de quem vai a campo, a vitória vai significar muito para o Sampaio e será um passo muito importante no sonho do acesso à Série A.

2 comentários »

Ações em Codó

0comentário

GlalberteZito

O deputado Glalbert Cutrim beneficiou o município de Codó com recursos, oriundos de emenda parlamentar, que serão utilizados pela Prefeitura para construção do Mercado das Merendeiras e de uma ponte de concreto ligando a Travessa Manuel Januário às Ruas Renato Archer, Bahia e Assis Nogueira.

O Mercado das Merendeiras será implantado no Distrito do chamado km – 17, na BR – 316, local onde é intenso o fluxo de motoristas, principalmente daqueles que estão se deslocando para cidade de Teresina.

“Os comerciantes do Mercado, a maioria mulheres chamadas de merendeiras, terão um espaço dotado de ótima infraestrutura para vender os seus produtos. A obra também beneficiará as centenas de consumidores que, diariamente, passam pelo local”, explicou o deputado, o mais votado das eleições do ano passado em Codó.

Já a ponte de concreto substituirá uma ponte de madeira instalada no bairro Codó Novo.

A obra também deverá incluir implantação de sistema de drenagem, o que colocará fim aos constantes alagamentos ocorridos, principalmente, no período invernoso.

“A ponte resolverá o problema de trafegabilidade de milhares de pessoas que residem nesta região da cidade. Nós, codoenses, agradecemos o empenho e trabalho do deputado Glalbert. Ele vem mostrando na Assembleia Legislativa que é um parlamentar atuante, municipalista e amigo do povo de Codó”, afirmou o prefeito Zito Rolim.

sem comentário »

Polêmica no PMDB

0comentário

AndreaMurad

A deputada estadual Andrea Murad disse nas redes sociais que poderá ir buscar todos os meios junto ao diretório nacional e até na Justiça, os meios para suspender a eleição do PMDB que está marcada para o dia 30 de outubro. Segundo a deputada, existem denúncias graves de fraude no processo.

“Se for comprovada fraude, devemos exigir a renúncia imediata da atual direção. Existem denúncias graves sim de que o pleito não está ocorrendo conforme o próprio estatuto do PMDB e é muito natural que a nossa chapa busque medidas que nos assegurem uma disputa saudável e democrática”, afirmou.

Veja o que escreveu a deputada:

“Ciente do que está se passando no PMDB, em que existe a forte suspeita de fraude em uma ata sobre as eleições do partido, lamento profundamente o ocorrido, mas que precisa ser reparado.

Eu e o deputado Hildo estamos estupefatos com o fato da reunião do dia 11 de setembro sequer ter existido, ou seja, uma reunião fantasma.

Se não houver resposta ao requerimento que fizemos, iremos buscar na direção nacional do PMDB e na justiça a suspensão da eleição para o novo diretório marcada para próxima sexta, dia 30. E se for comprovada fraude, devemos exigir a renúncia imediata da atual direção.

Estou de total acordo com o posicionamento do deputado Hildo Rocha em suas colocações e reforço que tais medidas que anunciamos são para preservar à chapa RENOVAR PARA CRESCER os mesmos direitos, ou seja, de 45 dias antes da eleição e assim ter a oportunidade de conversar com os diretórios municipais e anunciar nossas propostas, o que é absolutamente de direito. Não estamos querendo nada além disso.

Existem denúncias graves sim de que o pleito não está ocorrendo conforme o próprio estatuto do PMDB e é muito natural que a nossa chapa busque medidas que nos assegurem uma disputa saudável e democrática.

Não se trata de interesses próprios. Sabemos bem os rumos pelos quais o partido foi conduzido, não é à toa que está reduzido a menos da metade dos municípios maranhenses.

Resultado de uma direção acostumada a renovar seu comando automaticamente por anos, nos fazendo ter mais certeza de que o PMDB precisa passar por uma renovação profunda, onde já foi o tempo da perpetuação no poder”.

sem comentário »