Wellington cobra explicações do governo

1comentário

WellingtondoCurso

O vice-presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, deputado Wellington do Curso (PPS), utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa na sessão de quinta-feira (25) para solicitar, mais uma vez, explicações quanto ao concurso para professores do Estado. Dessa vez, além de solicitar a alteração no Edital do concurso público N°001 de 06/11/2015, especificando o número de vagas por localidade, o parlamentar cobrou explicações quanto à ação do Governo de não cumprir a Lei nº 10.255 de 11 de junho de 2015, que dispunha sobre a criação de 3.001 vagas e não apenas de 1.500. O deputado levou ainda à tribuna o caso dos professores aprovados no concurso de 2009, que até o presente momento não obtiveram explicação alguma quanto à possível convocação por parte da Secretária de Estado da Educação (SEDUC).

Ao se pronunciar, Wellington destacou que o que se quer é, ao menos, conceder uma explicação aos professores, além do respeito a essa classe de profissionais que, segundo ele, é tão importante à sociedade.

“Mais uma vez, trazemos à esta Casa uma solicitação não subjetiva, mas sim dos professores de nosso estado. Já protocolamos proposições nessa Assembleia solicitando a alteração no Edital, especificando o número de vagas correspondentes às cidades das Unidades Regionais de Educação do estado, apresentada no dia 10 de novembro; solicitamos, ainda, a liberação de mais 1.501 vagas, a fim de cumprir o que a Lei nº 10.255 de 11 de junho de 2015 dispunha sobre a criação de 3.001 vagas e não de apenas 1.500. No entanto, até o presente momento a sociedade não obteve resposta alguma, o que nos motiva hoje a protocolar requerimento solicitando informações à SEDUC e ao Governo. Vale mencionar que, além dessas duas solicitações supracitadas, há os professores aprovados no concurso de 2009, que ainda esperam respostas da SEDUC. Não queremos impor e, tampouco, interferir nas decisões do Executivo, mas acreditamos que as informações devem sim ser fornecidas, a fim de que se possa esclarecer dúvidas e zelar por aquilo que é devido ao professor: o respeito”, disparou o deputado.

Na ocasião, o deputado Cristovam Filho (PSL) solicitou aparte e reconheceu a pertinência da solicitação de informações feita pelo deputado Wellington.

“Parabenizo Vossa Excelência pelo pronunciamento e considero a relevância do que aqui foi solicitado. Vejo como algo muito indefinido o atual edital, tendo em vista que não há sequer o número de vagas por localidade. Caberia um esclarecimento melhor quanto às localidades, enfatizando o local em que o professor será lotado. Isso não está claro. Quanto à redução do número de vagas, certamente há uma explicação, o que destaca a necessidade de se prestar esses esclarecimentos”, Cristovam.

Foto: Kristiano Simas/Agência AL

1 comentário »

Confirmada morte por Zika vírus no Maranhãoj

0comentário

Aedes-Aegypti

O Instituto Evandro Chagas confirmou hoje (27) o primeiro caso de morte por vírus Zika no país. A doença é transmitida por meio da picada do Aedes aegypti, mesmo mosquito transmissor da dengue e da febre chikungunya.

Segundo o instituto, o paciente morava no Maranhão e a morte ocorreu em junho. O caso foi encaminhado para a instituição, com sede em Belém, por ser referência nacional em febres hemorrágicas.

O paciente tinha lúpus, uma doença que afeta o sistema imunológico, e por isso não resistiu à zika. O Instituto Evandro Chagas notificou o Ministério da Saúde.

A assessoria do ministério disse que recebeu os dados, analisa as informações repassadas e vai divulgar um posicionamento sobre o assunto na próxima semana.

O vírus Zika é caracterizado por febre baixa, olhos vermelhos sem secreção e sem coceira, dores nas articulações e erupção cutânea com pontos brancos e vermelhos, além de dores musculares, dor de cabeça e dor nas costas. A maior parte dos casos não apresenta sintomas. O tratamento é sintomático com uso de paracetamol para febre e dor, conforme orientação médica.

Agência Brasil

sem comentário »

Maranhão registra 10 casos de microcefalia

0comentário

MarcosPacheco

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) confirmou o registro de 10 casos de microcefalia no Maranhão em 2015.

Os casos, segundo a SES foram registrados em nove municípios: Coroatá (1),  São Francisco do Brejão (1), Buriticupu (1), São José de Ribamar (1), Barra do Corda (1), Chapadinha (1), Dom Pedro (1), São Luís (1) e Santa Inês (2).

Ainda segundo a Secretaria de Saúde, a última atualização de casos ocorreu no dia 16  de novembro, na ocasião 7 casos tinham sido registrados. O incremento dos três novos casos foram em São Luís (1) e Santa Inês (2).

Foto: Francisco Campos/SES

sem comentário »

Edilázio alerta para prejuízos com exportação

4comentários

EdilazioJunior

O deputado estadual Edilázio Júnior (PV) alertou esta semana os colegas na Assembleia Legislativa para eventuais riscos e prejuízos inevitáveis para produtores de carne bovina e consumidores do estado, com o início da exportação de bois vivos para a Venezuela, no Porto do Itaqui.

A Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) iniciou domingo a operação de embarque de carga de 5 mil bois em pé, no Itaqui, após o Porto da Vila do Conde, situado no Pará, ter ficado impedido de realizar este tipo de procedimento.

No dia 6 de outubro um navio da bandeira libanesa Haidar afundou com 5 mil bois vivos no Porto da Vila do Conde, em Barcarena, no Pará. Em decorrência da tragédia, este tipo de operação foi suspensa no estado vizinho, até que o navio e toda a carga perdida seja retirados do mar. Foi justamente por isso que o Porto do Itaqui iniciou domingo a realizar o embarque de carga viva, no berço 100.

“Venho aqui a este tribuna justamente discordar com fundamentos, de alguns colegas que vieram aqui destacar a exportação do boi em pé no Porto do Itaqui. Nós não podemos, depois da tragédia ambiental que aconteceu lá no Pará, trazer para cá o que não deu certo. Isso [exportação de boi vivo] nunca foi bandeira do governador Flávio Dino, nunca foi bandeira do secretário de Agricultura, muito menos da Indústria e Comércio. Só apareceu este tipo de exportação depois da tragédia no Pará”, disse.

Preço ­ Ele afirmou que um dos problemas já detectados, diz respeito aos prejuízos que deverão ser acumulados pelos frigoríficos do estado. Edilázio revelou que os frigoríficos atuam com a sua capacidade reduzida no Maranhão, em decorrência da carência de oferta carne bovina no Maranhão. Com a exportação, a tendência é de que o preço do produto aumente.

“Os frigoríficos trabalham não trabalham com toda a sua capacidade diária para abater gado, por falta de matéria prima. Falta gado para abater nos frigoríficos. O Frigotil, Fribal, JSB, para citar somente alguns, já atuam com dificuldade. Com essa exportação do boi em pé é óbvio que o preço vai aumentar por causa da escassez em nosso estado. O preço para o consumidor final também vai aumentar”, completou.

O parlamentar mostrou que países com produção de carne bovina de qualidade e valorizada no mercado, não optam pela exportação de bois vivos. “Em qualquer lugar do mundo que você vá, como nos Estados Unidos, por exemplo, no restaurante você come a picanha argentina, a carne uruguaia, o bife de Kobe, que é uma raça japonesa. Eu nunca vi o Japão exportar o boi em pé. Nunca via a Argentina exportar o boi em pé para ele vir para algum matadouro no Maranhão ou para frigorífico. A carne é trabalhada nos frigoríficos de lá, gera emprego lá, e não aqui. Nós estamos exportando boi vivo para a Venezuela. O emprego vai ser gerado lá. Os frigoríficos da Venezuela é quem vão lucrar, enquanto aqui receberemos a carne mais cara”, completou.

Foto: Agência Assembleia

4 comentários »

Moto anuncia contratação de Renan Dutra

0comentário

RuyScarpino

O zagueiro Renan Dutra, de 23 anos, foi anunciado pelo Moto Club, na tarde desta quinta-feira, como o segundo jogador do time para a temporada 2016. O atleta é indicação do treinador Ruy Scarpino (foto).

O jogador estava no União Barbarense-SP e marcou quatro gols na última edição do Campeonato Paulista Série A-2. Jogou 14 vezes sendo titular em 12 oportunidades. Antes, o defensor jogou no Rio Verde-GO, Itapirense-SP, Portuguesa e Nogueirense, de Portugal. Foi revelado pelo Santo André-SP.

O atleta deve chegar em São Luís em dezembro para começar a treinar visando o Campeonato Maranhense que começa no dia 24 de janeiro.

– O Renan está vindo por indicação do treinador Ruy Scarpino e pelas características vai ser muito útil ao Moto – disse o presidente do clube, Hans Nina ao Globoesporte.com

Um segundo jogador de defesa pode ser anunciado pelo Moto ainda esta semana para se juntar a Renan Dutra e ao goleiro Rodrigo Ramos, primeiro contratado pelo clube.

sem comentário »

Prefeitura realiza Blitz Previdenciária

4comentários

BlitzPrevidenciaria

A Prefeitura de São Luís, por meio do Instituto de Previdência e Assistência do Município (Ipam), iniciou, nesta quinta-feira (26), a Blitz Previdenciária, na ação “Preparando para a Aposentadoria” (PPA) do projeto “Ipam em Movimento”, na Secretaria Municipal de Administração (Semad). A atividade está dentro do Programa de Valorização do Servidor Público, determinado pelo prefeito Edivaldo, e será realizada em todas as secretarias e órgãos municipais para orientar o funcionário que está entrando na fase de aposentadoria.

Em sua primeira edição, a ação da Blitz foi aberta pelo presidente do Ipam, Raimundo Penha, e pela secretária adjunta de Administração de Pessoas, Fabrícia Ferreira Barros Alves, que representou a secretária municipal de Administração, Mittyz Rodrigues. Eles apresentaram o novo projeto aos servidores que estão ou vão entrar em processo de aposentadoria.

Durante o evento, Raimundo Penha explicou que a Blitz Previdenciária é uma atividade de sensibilização e mobilização, junto aos servidores efetivos, para orientar e agilizar o processo de aposentadorias por meio de entretenimento, palestras, distribuição de informativos, exibição de vídeos e apresentação cultural.

“Estamos preparando o servidor para o processo de aposentadoria, tirando as frequentes dúvidas. Com a autonomia que foi concedida ao Ipam pelo prefeito Edivaldo, os processos ganharam mais agilidade. O trâmite ficou mais prático, diferente do que acontecia na estrutura anterior. Com a modernização, os usuários vão poder consultar os processos em tempo real”, disse Raimundo Penha ao destacar a parceria entre o órgão previdenciário e a Semad.

4 comentários »

“O cara é o governador”, diz Márcio Jerry

4comentários

MarcioJerryAM

O secretário de Assuntos Políticos e Federativos do Maranhão, Márcio Jerry foi o entrevistado desta sexta-feira (27), no Ponto Final, com Roberto Fernandes na Rádio Mirante AM. Ele fez um balanço desses 11 meses do governo Flávio Dino e destacou algumas ações em andamento.

“O governo tem uma governança participativa e voltado aos que mais precisam. A primeira grande ação do governador Flávio Dino que teve inclusive o reconhecimento da ONU foi o programa Mais IDH. Um programa fantástico e que já está em implementação em todas as áreas e tem dado muito orgulho ao governador Flávio Dino. Nós estamos implantando também o programa Escola Digna. Também posso citar a valorização dos servidores públicos, inclusive com concurso para a Educação. Estamos fazendo o programa Mais Asfalto… Em todas as áreas temos a presença planejada e organizada do governo Flávio Dino”, destacou.

Jerry falou sobre um dos grandes problemas do Maranhão e que vem sendo enfrentado pelo governo que é a Segurança Pública. Ele garantiu a presença mais efetiva do polciamento nas ruas e aumento do efetivo de policiais.

“Este é um trabalho que requer planejamento e os resultados não aparecem no piscar de olhos. O secretário Jefferson Portela fez um trabalho de combate a essas facções criminosas e hoje temos uma outra realidade no sistema prisional. Nós temos de fato a melhoria nos indicadores, mas de fato tem aumentado a sensação de insegurança. Neste sentido é necessário criar a cultura da paz. Conseguimos diminuir o número de homicídios, mas é necessário reduzir o número de assaltos. Já alcançamos alguns resultados, mas eles ainda estão longe do que é pretendido pelo governador Flavio Dino”, afirmou.

Perguntado sobre o fato de ser pessoa influente no governo Flávio Dino, Márcio Jerry respondeu:

“Não existe isso. O cara que manda é o governador. Flávio Dino é que foi eleito… Eu sou um secretário como os outros são. Eu agrego ao cargo de secretário o fato de ter uma longa história de amizade e militância política nos movimentos estudantis  ao lado do governador Flávio Dino… Isso é uma lenda criada com fins políticos, então se existe um cara no governo, esse cara é o governador”, disse.

Ouça a entrevista na íntegra

4 comentários »

Legado de Roseana repercute em Brasília

2comentários

HildoRocha

Em pronunciamento na Sessão Plenária de terça-feira (24), o deputado Hildo Rocha (PMDB-MA) voltou a exaltar as realizações da ex-governadora Roseana Sarney. O parlamentar lembrou que a estrada de 71 km que liga Matões ao povoado de Baú, no município de Caxias, inaugurada no último final de semana, foi idealizada, viabilizada e iniciada pela ex-governadora. O parlamentar ressaltou que, ao sir, a governadora deixou a obra praticamente concluída (95%). “O governador fez o certo, fez o correto por ter concluído a estrada”, ressaltou.

Rocha lembrou que os recursos investidos na obra, R$ 30 milhões, são oriundos de empréstimo contraído pelo governo do Estado junto ao BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Rocha elogiou Flávio Dino pela inauguração e também pelo agradecimento que o governador fez, via twitter, ao BNDES. Mas, o parlamentar apontou um dilema que certamente incomoda o comunista. Rocha disse que o governador deveria ter agradecido também aos deputados da legislatura passada. Segundo o parlamentar os deputados estaduais são corresponsáveis por essa grandiosa obra. “Eles autorizaram o empréstimo junto ao BNDES para que o Estado tivesse dinheiro para fazer essa obra”, afirmou.

Hildo Rocha lembrou um episódio que denota uma contradição do Governador Flávio Dino. Segundo o parlamentar, enquanto a governadora Roseana se empenhava para conseguir a aprovação do empréstimo, Dino, que à época era oposição ao governo, orientava os deputados estaduais do seu grupo político a votar contra a aprovação do empréstimo. A operação chegou a ser suspensa pela justiça, mas, terminou sendo aprovada. “Esses recursos é que possibilitam a inauguração de obras importantes como essa e outras que já foram entregues e outras que estão em fase de conclusão”, enfatizou o parlamentar.

“Talvez o governador não tenha agradecido aos deputados da legislatura passada porque os deputados que o seguiam e o seguem hoje foram contra a aprovação do Projeto de Lei que autorizava o Estado a contrair o empréstimo junto ao BNDES”, declarou Rocha.

O pronunciamento do deputado mostra, mais uma vez, que o Governador Flávio tem grande dificuldade de se manter fiel às teses que defendia quando estava na oposição. Na prática a teoria é outra, diz o antigo ditado popular. Dino tem se revelado muito hábil em aplicar essa tese.

Foto: Agência Câmara

2 comentários »