Sampaio perde para o Corinthians na LBF

0comentário

SampaioCorinthiansUma batalha dentro de quadra. Sampaio Corrêa Basquete e Corinthians/Americana fizeram um duelo equilibradíssimo decidido nos detalhes após duas emocionantes prorrogações. No fim, melhor para o time paulista que venceu por 88 a 87 no Ginásio Castelinho, em São Luís, e segue firme na liderança da temporada 2015/16 da Liga de Basquete Feminino (LBF). Com a derrota, a equipe tricolor conheceu o seu primeiro revés dentro de casa nesta edição da competição nacional. Mas, nesta segunda-feira (14), o Sampaio Corrêa Basquete poderá se reabilitar na LBF. O Tricolor encara novamente o Corinthians/Americana em São Luís. A bola subirá às 20h (horário local).

No primeiro clássico entre tricolores e alvinegras nesta edição da LBF, um duelo emocionante do início ao fim. O torcedor do Sampaio Corrêa Basquete ficou com o grito de vitória preso na garganta. O time maranhense se aproveitou muito bem do fator mando de quadra para começar a partida com muita disposição. Tanto que a primeira parcial foi favorável às donas da casa: 23 a 10.

No segundo período, o Sampaio Corrêa Basquete dominou os minutos iniciais e chegou a abrir dezesseis pontos no placar. No entanto, o Corinthians/Americana não se entregou, reagiu no quarto e diminuiu a vantagem maranhense para seis pontos: 34 a 28.

Na volta do intervalo, Palmira e Ramona comandaram o Sampaio Corrêa Basquete dentro de quadra, e a equipe da casa chegou a abrir quinze pontos. No entanto, a equipe paulista voltou a reagir. Mesmo assim o time tricolor foi para o quarto período com boa vantagem: 49 a 40.

O quarto período foi bastante equilibrado. Aos poucos, o Corinthians/Americana conseguiu reduzir a diferença no placar e, a dois minutos do fim, o time paulista passou à frente. Empurrado pela torcida, o Sampaio Corrêa Basquete arrancou um empate por 69 a 69 que já parecia impossível. E assim, o jogo foi para a prorrogação.

Na prorrogação, a emoção prevaleceu. O Corinthians/Americana esteve muito perto de vencer, mas o Sampaio Corrêa Basquete buscou a igualdade no segundo final. Resultado: nova prorrogação. No segundo tempo extra do duelo, o time paulista venceu no detalhe: 88 a 87.

Pelo lado maranhense, os destaques da partida foram Wheller (23 pontos), Ramona (15 pontos) e Palmira (14 pontos). Já pelo time corintiano, destaque para Clarissa (20 pontos) e Gilmara (16 pontos).

Foto: Assessoria/ Paulo de Tarso Jr.

sem comentário »

A opção pelo povo

2comentários

AndreaMuradPor Andrea Murad

Na política e na vida de quem exerce o mandato em nome e no interesse daqueles que confiaram em nós, existem momentos que precisamos avaliar, pensar e decidir em função do que realmente conta. Decidir em favor daqueles que esperam de nós seriedade, coerência e responsabilidade. Nas eleições 2014, acredito que não houve no Brasil inteiro, lideranças políticas que mais se empenharam por cada voto para a presidente Dilma.

A maioria de nós percorreu este estado, transmitindo cada palavra, cada compromisso e ninguém foi mais dedicado do que o Maranhão para que a presidente continuasse no comando do nosso país. Todos nós acreditamos em cada palavra, em cada promessa, e aos poucos fomos colhendo os frutos de nossa postura fiel, leal, que mais uma vez garantiu a sua vitória. Possivelmente fui, perante muitos, palavra e penhor de compromissos que Dilma Rousseff assumiu e não cumpriu; possivelmente fui, aos olhos de tantos, palavra e penhor de promessas que mais tarde se revelaram falsas e de palavras que sabemos hoje ocas. Tal como eu, muitos depositaram a sua confiança na presidente Dilma, acreditando no cumprimento de suas promessas perante o povo do Maranhão.

Mas a governabilidade foi desequilibrando, a nossa economia despencando e muitas de nossas promessas começaram a ruir porque as decisões foram se afastando dos interesses do povo. Quem ainda lembra da nossa refinaria? abandonada! Vimos o sonho desse grande empreendimento ruir junto com os planos de milhares de moradores, empresários e até estudantes que se preparavam para o funcionamento do grande empreendimento.

A BR-135 está aí, obras em três etapas e a primeira sequer foi concluída, enquanto as mortes na BR continuam. São obras de grande porte até o pequeno produtor. Quem conhece bem o que é administrar uma prefeitura, sabe da escassez dos recursos para os municípios, do atraso de vários repasses prejudicando centenas delas, que tinham suas obras e reformas já programadas, prometidas ao seu povo, e dia após dia adiadas por causa do caos instalado.

Mas na política, tal como na vida, existe um momento em que temos de dizer “basta!”. Os maranhenses já começaram, não apenas ao governo Dilma, mas também ao governo Dino, o governador eleito com apoio dos tucanos e hoje defensor da presidente. Ele, assim como a presidente, desastrosamente vem demandando uma série de ações que colocam mais ainda nosso estado na penumbra. Nunca se viu em tão pouco tempo, um governador em início de mandato tão ruim na história do Maranhão.

A suspensão das obras financiadas pelo BNDES, hospitais deixados pela metade porque Flávio Dino redefiniu suas prioridades. Fim da manutenção dos hospitais de 20 leitos. Descaso na gestão da saúde pública, totalmente debilitada pela incompetência e o uso de sua estrutura para fins eleitoreiros. E mais, enquanto Dilma não consegue ampliar o número de Upas como prometeu, aqui Flávio Dino sequer consegue manter as que deixamos. Enquanto Dilma não consegue ampliar o ensino de tempo integral, aqui Flávio Dino vai transformar a única escola desse porte em IEMA. Dilma prometeu criar mais centros de especialidades médicas, mas aqui Flávio Dino está fechando os centros que deixamos, como os ambulatórios, despachando pacientes e médicos, tornando a saúde caótica.

Passado um ano, não só nada mudou, como tudo piorou. Razão mais do que suficiente para colocar fim ao compromisso que eu, acreditando em falsas promessas e palavras ocas, tinha assumido de acordo com minha consciência e acreditando que a reeleição da presidente Dilma seria sinônimo de progresso e desenvolvimento para nosso estado.

A decepção é maior porque o povo não só confiou em Dilma como confiou em Flávio Dino. Agora são populações inteiras desiludidas com as mudanças e melhorias que tanto pregaram durante suas campanhas. O Flávio Dino de Aécio Neves ano passado, caminha hoje ao lado de Dilma. Mas eu, deputada Andrea Murad, quem vocês viram caminhar com Dilma ano passado e esperançosa como o todo maranhense, agora caminha única e exclusivamente ao lado do povo, ontem, hoje, amanhã, e sempre.

Portanto, com ou sem impeachment, com ou sem Dilma no governo, precisamos dar um basta nesta crise que assola o Brasil e toma conta do Maranhão.

Andrea Murad é Relações Públicas e deputada estadual pelo PMDB-MA

2 comentários »

Bravura de Maria Aragão é lembrada na Câmara

0comentário

HildoRocha“Uma maranhense de fibra que para nós é referencia na luta pela bandeira da liberdade”. A citação é do deputado Hildo Rocha, em pronunciamento durante Sessão Solene da Câmara Federal que prestou homenagem às mulheres brasileiras que resistiram à ditadura militar.

Rocha lembrou que nem mesmo o fato de ter sido presa intimidou a militante. “Após sair da prisão ela se dedicou a acolher vitimas da ditadura militar ao mesmo tempo em que lutava para dissolver os preconceitos machistas dos seus próprios companheiros de movimento democrático”, ressaltou.

“Como membro do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), que lutou contra a ditadura miliar, desde o primeiro dia, considero importante lembrarmos sempre dos crimes cometidos pelos agentes daquele regime e, em contraposição a eles, os homens e mulheres que lutaram pelo retorno da democracia ao nosso país”, destacou o parlamentar.

Movimento Feminino Pela Anistia

Rocha destacou ainda o papel desempenhado por Therezinha Zerbini, outra ativista dos direitos humanos que também enfrentou a ditadura militar. Foi presa, em 1970, por um período de oito meses. Cinco anos depois (1975) Zerbini liderou a criação do Movimento Feminino Pela Anistia. “Esse movimento representou um marco definitivo para a anistia, a volta dos exilados políticos, e enfraquecimento do regime, e por fim, o retorno da democracia em nosso país”, declarou.

O deputado disse que o momento surgiu num momento em que de crescente indignação nacional. Rocha ressaltou que dois episódios foram cruciais para a consolidação do movimento: o assassinato do jornalista de Vladimir Herzog e os gigantescos protestos da Praça da Sé, em São Paulo.

Segundo o parlamentar, com o tempo a ação tomou corpo. “Instituíram-se comitês femininos pela anistia nas principais cidades do país e a organização passou se empenhar-se na denúncia acerca da existência de presos políticos e de tortura, no Brasil”, declarou.

“Em nome do PMDB, gostaria de concluir saudando, calorosamente, a todas as destemidas brasileiras que foram perseguidas pela ditadura instaurada em 1964, mas que reagiram de forma corajosa contribuíram para a destruição daquele regime”, finalizou.

Foto: Agência Câmara

sem comentário »

São Luís tem média mensal de 52 assalto a ônibus

3comentários

onibusoperacao

São Luís tem em uma média de 52 assaltos a ônibus por mês em 2015, segundo dados do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros (SET).

Até o momento, já foram registrados 631 assaltos neste ano, na capital. Os números correspondem aos casos registrados pela polícia.

Os dados refletem um crescimento da violência se comparado ao ano anterior.  Em 345 dias deste ano, foram registrados 204 casos a mais do que em todo o ano de 2014, que terminou com 427 roubos a ônibus.

Somente no primeiro semestre, o SET registrou 299 assaltos a ônibus do transporte público da capital maranhense. No mesmo período do ano anterior, foram 275 roubos.

O mês mais violento foi o de outubro, que encerrou com 109 casos registrados, média de pouco mais de três assaltos por dia. Foram 78 casos a mais se comparado a outubro do ano passado.

O G1 entrou em contato com a assessoria da SSP-MA, que enviou nota na qual afirma que intensificou, desde o mês de outubro, a Operação Transporte Seguro, que tem o objetivo de inibir os assaltos a ônibus na capital. A secretaria disse que, desde então, houve queda 17,4% no número de assaltos.

3 comentários »

Sampaio mantém silêncio sobre reformulação

2comentários

DanielDamiaoO lateral-direito Daniel Damião é mais um jogador que está fora dos planos do Sampaio para a temporada do ano que vem. Damião e a diretoria do Sampaio não chegaram a um acordo e o atleta amplia a lista dos que não vestirão mais a camisa Triclor.

O goleiro Rodrigo também não continua e já foi emprestado para o São Bento-SP, o zagueiro Plínio seguiu para o Botafogo-PB, e os volante Diones foi para o Joinville e Léo Salino

A permannência dos zagueiros Edimar e Luiz Otávio e dos meias Nádson e Válber segue sem definição. Willian Simões e Raí, também não acertaram até o momento.

Certo mesmo só a permanência do atacante Jheimy, os goleiros Ruan e Jean, os volantes Levi e Valderrama e o meia Cleitinho.

Por enquanto, além do técnico Marcelo Chamusca que já foi apresentado, apenas o zagueiro Genílson, do Fortaleza teria sido contratado. Nos bastidores comenta-se o interesse no lateral-esquerdo Alex Juan, do Remo.

Foto: Akira Onuma/O Liberal

2 comentários »

Prefeitura intensifica obra do Hospital da Criança

4comentários

HospitaldaCriancaMais leitos de internação, mais especialidades médicas e o dobro da capacidade de atendimento em um espaço todo modernizado e melhor equipado. Após as obras de reforma e ampliação, o novo Hospital da Criança vai oferecer mais conforto, segurança e qualidade no atendimento de urgência médica infantil.

“O Hospital da Criança recebeu investimentos de cerca de R$ 10 milhões para a ampliação da unidade de saúde, fruto de convênio firmado entre a Prefeitura de São Luís e governo do Estado. A nossa gestão está empenhada em investir na saúde, setor que influencia na qualidade de vida da população”, disse o prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

Pelo projeto, o Hospital da Criança passa a ter quatro andares; ganha mais 91 leitos de internação; Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com 11 leitos, incluindo área de isolamento; laboratório de análises clínicas; cento de diagnóstico e imagem; e mais 25 enfermarias totalizando 178 leitos de internação somados aos oito existentes. O hospital vai ganhar um centro cirúrgico com quatro salas de grande porte.

Obrahospital“Com esta obra, o objetivo é garantir um atendimento mais humanizado em um espaço equipado adequadamente e acessível para atender o público infantil”, disse o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Antônio Araújo.

A unidade passará a oferecer ainda serviços completos de diagnósticos por imagem, como ultrassonografia, tomografia computadorizada. Assim, as crianças internadas no local não precisarão mais ser transferidas a outras unidades, concluindo ali todo o tratamento. A média de atendimento atual é de aproximadamente 52,4 mil procedimentos e três mil internações por mês, números que serão duplicados após as obras.

Os serviços estão na etapa de concretagem da primeira de cinco lajes a serem construídas. Antecipando a obra, o hospital recebeu serviços de drenagem. O prédio onde funciona atualmente o Hospital da Criança vai ser reformado. “Esse espaço vai passar por adequação e adaptação. Após concluído, vai ser incorporado ao novo prédio reformado, ampliado e modernizado”, ressaltou Antônio Araújo.

Fotos: A. Baêta

4 comentários »

Veterano Aloísio Chulapa dá balão no MAC

8comentários

AloisioChulapa

O veterano atacante Aloísio Chulapa, de 40 anos não vem mais para o MAC. O jogador assinou contrato e foi apresentado pelo Comercial-MS.

Em novembro, o jogador chegou a comemorar nas redes sociais a sua contratação pelo MAC na volta à primeira divisão do clube ao futebol maranhense.

“Alô Maranhão Atlético Clube o chula está chegado to muito feliz obrigado vamos fazer muitos gol partiu decolou Maranhão”, escreveu.

Não durou um mês a mais badalada contratação atleticana para a temporada.

A ideia da contratação do jogador campeão do mundo pelo São Paulo em 2005 partiu de um grupo de torcedores que bancaria o salário de Chulapa no Clube. Feito dessa forma essa “negociaçäo” tinha mesmo tudo para dar errado, afinal como seria possível torcedores indicar e contratar jogador para um clube?

Chulapa disse ao Globoesporte que o MAC não honrou sua parte no compromisso. Em vídeo, o jogador que acertou com o Comercial praticamente repete o que disse quando do anúncio pelo MAC.

“Alô torcida do Esporte Clube Comercial! Assinei contrato, quero convidar os sócios torcedores para nos ajudar, para se Deus quiser a gente fazer um ano maravilhoso. Estou muito feliz, e dia 4 de janeiro estarei aí para me apresentar. Decolou, ‘tamo junto’!”, disse.

Foto: Divulgação/EC Comercial

8 comentários »