Diretor de hospital cheio de ‘baratas’ é demitido

0comentário

hospital

Após a TV Mirante denunciar uma infestação de baratas nas enfermarias do Hospital Municipal de Caxias (MA) – a 360 km de distância da capital maranhense –, o prefeito Leonardo Coutinho afastou o diretor da unidade e participou de um mutirão de limpeza do hospital na manhã deste sábado (20).

O prefeito comandou o mutirão de limpeza com a ajuda de voluntários da Secretaria de Saúde do município, que dedetizaram todo o prédio. Leonardo Coutinho diz que vai apurar por quais motivos a situação chegou a esse ponto.

“Nós determinamos uma sindicância para apurar a responsabilidade. Já afastamos a direção e vamos apurar o que aconteceu”, afirmou nessa manhã.

Na última quinta-feira (18), a filha de uma paciente gravou imagens que geraram repercussão nacional.

“Quando eu virei, tinha um bloquinho, um pedacinho da cama que estava fora, e eu chutei. Quando eu chutei, saiu mais de 50 baratas, grandes pequenas, médias”, disse.

O secretário municipal de Saúde, Vinícius Araújo garantiu que vai corrigir os procedimentos adotados para evitar novas ocorrências do tipo.

Leia mais

sem comentário »

Roseana Sarney segue sem previsão de alta

12comentários

RoseanaSarney

A ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney foi reavalidada neste sábado (20) pelos médicos do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, mas segue sem previsão de alta.

A informação foi divulgada na tarde de hoje pela assessoria da ex-governadora.

Roseana Sarney foi operada na última sexta-feira (19) com diagnóstico de tumoração em seios da face.

A cirurgia realizada para retirada de um nódulo foi considerada bem sucedida.

Foto: Divulgação/ Assessoria

12 comentários »

Sampaio esclarece sumiço de Fernandinho

9comentários

fernandinho

O Sampaio esclareceu no seu site a situação do atacante Fernandinho que foi um dos destaques da equipe na Copa São Paulo e que de uma hora para outra desapareceu dos treinamentos.

Ontem, em uma  reportagem do Globoesporte.com e que foi reproduzida aqui, o jogador acusou o clube de estar devendo três meses de salários e por isso, Fernandinho decidiu brigar com clube na Justiça.

O presidente Sérgio Frota negou que o clube tenha atrasado o salário do jogador.

“Cumpro e sempre cumpri com todas as minhas obrigações. Não seria com um jogador da base que deixaria de honrar um compromisso. Já tomei ciência de toda a situação e sei que o atleta está sendo mal orientado por empresários aproveitadores. Já estamos tomando todas as providências para que os direitos do Sampaio sejam resguardados”, afirmou.

Frota negou que o atleta tenha sido coagido pelo clube a assinar documentos e recibos de pagamento.

“Como o atleta pode ter sido coagido, se ele disputou normalmente a Copa São Paulo, voltou, assinou um vínculo profissional, foi apresentado, tirou fotos, e vinha, inclusive, jogando no time principal? Que coação é essa?”.

Por fim, o Sampaio criticou a postura de dirigentes de um clube do sul do país e empresários que estariam tentando levar o meia Fernandinho na marra.

“A postura do Atlético/PR também me causa surpresa, já que é um clube reconhecidamente sério, e se dispõe a aceitar uma situação dessas, sem pelo menos entrar em contato com o Sampaio”, finalizou.

Foto: Site/ Sampaio

9 comentários »

Testes para detectar Zika podem ser obrigatórios

1comentário

WevertonRocha

As gestantes poderão contar com uma nova legislação que tornará obrigatória à cobertura para testes de detecção de Zika Vírus pelos planos de saúde, no âmbito do pré-natal, desde que solicitado por médico. A normativa está em um projeto de lei apresentado na quinta-feira (18), pelo deputado federal Weverton Rocha, líder da bancada do PDT na Câmara.

De acordo com o parlamentar, a técnica RT-PCR (biologia molecular), utilizada pela maioria dos laboratórios privados para o diagnóstico do Zika Vírus na fase aguda de contaminação já possui cobertura pela rede pública. A intenção é que a cobertura obrigatória pelos planos de saúde se dê exclusivamente para os teste de sorologia, mais baratos. “Nossa proposta restringe o volume potencial de solicitações, o que contribui para a viabilidade financeira da cobertura pelos planos de saúde, sem trazer qualquer prejuízo à gestante ou feto, e ainda estimula a realização do pré-natal na rede privada de saúde”, explicou o deputado.

Na manhã desta sexta-feira (19), a presidente Dilma Rousseff e pelo menos 25 ministros, visitaram escolas públicas nas cinco regiões do país, no Dia Nacional de Mobilização da Educação contra o Zika. As atividades contra o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, da febre chikungunya e do vírus Zika, envolveram também professores, diretores, reitores de universidades e de institutos federais, agentes de saúde e da vigilância sanitária e militares da Forças Armadas.

Foto: Agência Câmara

1 comentário »

Mutirão contra o Aedes visita mais de 7 mil imóveis

0comentário

Combatemosquito

A Prefeitura de São Luís realizou na manhã desta sexta-feira (19) um mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti na Cidade Operária. As equipes visitaram 7.720 imóveis (residências e estabelecimentos comerciais), sendo 5.331 vistoriados e 2.389 imóveis fechados.

Os agentes de endemias identificaram 99 imóveis com focos do mosquito Aedes; 1.203 imóveis receberam tratamento com larvicida. A região também recebeu ação educativa com distribuição de panfletos e orientações sobre os sinais e sintomas da dengue, chikungunya e zika vírus.

A secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, destacou o empenho do poder público municipal na execução da ação de combate ao mosquito Aedes aegypti. “Com o mutirão, vamos cobrir toda a cidade, da região central à zona rural. Por outro lado, temos cotidianamente os agentes atuando em suas áreas de trabalho. Na Cidade Operária, por exemplo, dez agentes trabalham permanentemente na área, realizando visitas domiciliares e ações educativas”, afirma a secretária.

A mobilização integra as atividades da Campanha Nacional de Combate ao Aedes aegypti e, também, reforçam as ações do “Plano de Contingência para Enfretamento de Epidemia de Dengue, Zika vírus e Chikungunya no Maranhão”, anunciado pelo governador Flávio Dino.

Em São Luís, o trabalho realizado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus) ganhou reforço das Forças Armadas (Marinha, Exército e Aeronáutica). Além de 250 agentes de endemias, 60 militares da Marinha, Aeronáutica e Exército participaram das atividades na manhã desta sexta-feira (19).

Foto: Maurício Alexandre

sem comentário »