Temer suspende pagamento dos estados

0comentário

Reuniaogovernadores

O presidente em exercício Michel Temer anunciou nesta segunda-feira (20), por meio de sua conta no microblog Twitter, que o governo federal concordou com a suspensão do pagamento das parcelas mensais de dívidas dos estados com a União até o fim de 2016.

O anúncio foi feito durante reunião com governadores no Palácio do Planalto. O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) participou da reunião.

Veja os principais pontos do acordo: suspensão do pagamento das parcelas mensais da dívida até o fim de 2016; cobrança a partir de janeiro de 2017 com aumento gradual de 5,5% por 18 meses e pagamento da parcela cheia pelos estados a partir de meados de 2018.

A cobrança das parcelas mensais, de acordo com o presidente, voltaria a partir de janeiro de 2017, mas com desconto. O valor das parcelas aumentaria gradualmente por um período de 18 meses. Em meados de 2018, os estados retomariam o pagamento da parcela cheia de suas dívidas com a União. A parcela subirá na razão de 5,5% ao mês a partir do início do ano que vem.

Foto: Reprodução/ Twitter

Leia mais

Sem comentário para "Temer suspende pagamento dos estados"


deixe seu comentário