Crime eleitoral em Coroatá

0comentário
Crime eleitoral pode tirar candidato Luis Filho da disputa eleitoral em Coroatá

Crime eleitoral pode tirar candidato Luis Filho da disputa eleitoral em Coroatá

Em Coroatá, o candidato apoiado pelo governador Flávio Dino, o Luís Filho, está recebendo um “reforço” do Palácio dos Leões que está mais para crime eleitoral do que benefício aos coroataenses.

O abuso de poder econômico foi flagrado por populares quando o caminhão de asfalto, do programa Mais Asfalto, iniciou o despejo de piche em rua sem qualquer preparo para receber o asfalto. Ruas estão sendo asfaltadas sem qualquer entendimento, consentimento, aviso prévio para a prefeitura, com a empresa sem alvará, sem nenhuma licença, na marra, jogando asfalto às cegas.

A força bruta do governo em Coroatá fere a autonomia municipal utilizando a máquina do governo em benefício do candidato do PCdoB, Luís Filho com a participação do comandante da campanha comunista, o Ciba, e o secretário Márcio Jerry, que no palanque não escondeu o objetivo da obra eleitoreira quando esteve em campanha esta semana.

“Um exemplo de hoje: O Mais Asfalto chegando. O povo alegre, vendo as máquinas, aí aparece um ‘embusteiro’ parente da governadora que resolve implicar com a empresa, denunciar a empresa. Pra que? Pra não ter o programa Mais Asfalto aqui no município de Coroatá. Mas ele pode ficar tranquilo porque o MAIS ASFALTO vai continuar e vai chegar ao final em Coroatá”, disse Márcio Jerry em discurso nesta terça (20) em Coroatá.

Ação já está sendo preparada pelos advogadosMarcos Lobo e Elias Moura Neto., da Coligação Coroatá Não Pode Parar.

Sem comentário para "Crime eleitoral em Coroatá"


deixe seu comentário