Prefeitura realiza melhorias no trânsito

3comentários
MaranhAoNovo

Prefeitura em parceria com o Shopping da Ilha está modificando toda a sinalização das pistas

A Prefeitura de São Luís está avançando com a realização de intervenções no traçado geométrico em dois trechos da cidade. Na Avenida Daniel de La Touche, em frente ao Shopping da Ilha, no bairro Maranhão Novo, e na Jerônimo de Albuquerque, nas proximidades da Delegacia do Trabalho, na Cohab, a Prefeitura realiza obras com o objetivo de garantir mais fluidez no trânsito e segurança aos pedestres. Os serviços são executados em parceria com o Shopping da Ilha, na região do Maranhão Novo e na Cohab, em parceria com a faculdade Pitágoras.

“A Prefeitura está realizando, em parceria com o Shopping da Ilha, a modificação de toda a sinalização horizontal e vertical das pistas, para dar mais fluidez no trânsito e prevenir engarrafamentos. Estamos também ampliando o acesso para veículos nos dois sentidos da avenida Daniel de La Touchè”, explicou o secretário da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), Canindé Barros.

O secretário garante que com as modificações realizadas nestes pontos, haverá melhoramento do fluxo do trânsito nas imediações do shopping e entrada principal do bairro Maranhão Novo e adjacências, como Bequimão, Rio Anil e outros.

Cohab

Prefeitura de São Luís também vai ampliar vias e modificar a geometria do trânsito na Cohab

Com as modificações na Avenida Daniel de La Touchè, os veículos que estiverem trafegando no sentido Cohama-Ipase poderão acessar o shopping contornando a pista de acesso à direita, após o Hospital de Nefrologia, nas proximidades do elevado.

No local onde há uma rotatória de acesso ao estacionamento do estabelecimento comercial, o condutor terá como opção contornar à esquerda, seguindo em linha reta em mão única até retornar à avenida. No cruzamento, será instalado um conjunto de semáforos que controlará o trânsito para acesso direito ao Maranhão Novo e para retornar no sentido do elevado da Cohama.

No bairro Cohab, no trecho próximo ao supermercado Mateus, a Prefeitura também vai ampliar vias e modificar a geometria do trânsito. As modificações do traçado geométrico visam desobstruir o trânsito em um cruzamento semafórico próximo ao supermercado.

Fotos: Maurício Alexrandre

3 comentários »

TJ recebe denúncia contra Hélder Aragão

0comentário
HelderAragao

Tribunal de Justiça recebeu, por unanimidade, denúncia do Ministério Público do Maranhão

A 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) recebeu, por unanimidade, denúncia do Ministério Público do Maranhão (MPMA) contra o ex-prefeito de Anajatuba, Helder Lopes Aragão, e mais 13 pessoas acusadas de integrar organização criminosa voltada para o desvio de verbas públicas no Município. O processo foi julgado sob a relatoria do desembargador Tyrone Silva.

De acordo com a denúncia, os acusados utilizavam-se de licitações simuladas, envolvendo “empresas de fachada” destituídas de qualquer estrutura física ou pessoal para realizar serviços ou obras, em contratos vultosos com a prefeitura, o que seria viabilizado pela participação de agentes públicos e empresários ligados à organização criminosa, cujos crimes supostamente praticados incluem corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica, entre outros.

A organização criminosa era integrada por um “núcleo empresarial”, que operava por meio de empresas de “fachada”, com “sócios-laranjas”, que participavam de licitações marcadas e previamente acertadas com a administração municipal de Anajatuba, para posterior divisão da verba pública desviada entre os chefes do núcleo e os agentes públicos do Município.

Além do ex-prefeito Hélder Aragão, a relação dos acusados inclui Edinilson dos Santos Dutra (vereador), Alida Maria Mendes Santos Sousa, Luís Fernando Costa Aragão, João Costa Filho, Georgina Ribeiro Machado, Francisco Marcone Freire Machado, Antonio José Fernando Junior Batista, Fabiano de Carvalho Bezerra, José Antonio Machado de Brito Filho, Franklin Bey Freitas Ferreira, Marcelo Alexandre Silva Ribeiro, Matilde Sodré Coqueiro e Natascha Alves Lesch.

Na peça acusatória, o MPMA delimitou os procedimentos licitatórios que teriam sido fraudados, e nesse rol mencionou as empresas A M. A. Silva Ribeiro, A4, Vieira e Bezerra Ltda, Construtora Construir e FCB Produções e Eventos Ltda.

Defesa – Em contraposição à denúncia do MPMA, o ex-prefeito, Helder Lopes Aragão, alegou que não houve comprovação da existência de ato de improbidade administrativa por violação aos princípios constitucionais e à legislação federal, destacando que a peça acusatória é superficial.

Justificou que houve dispensa de licitação nos casos destacados em razão da necessidade da continuidade dos serviços públicos municipais, face situação de emergência, já que a administração anterior à sua gestão deixou a Prefeitura de Anajatuba em estado caótico, não deixando ao acusado outra saída senão utilizar-se do expediente da dispensa de licitação para não paralisar os serviços públicos, o que foi feito com amparo no art. 24, inciso IV, da Lei de Licitações.

Para o desembargador Tyrone Silva, a denúncia aponta várias irregularidades, trazendo pontos fundamentais para dar causa ao procedimento penal, como a materialidade do delito e os indícios de quem foi o autor e o nexo de causalidade entre a conduta e o resultado delitivo.

O magistrado considerou como aspecto indispensável a individualização da participação do agente no ilícito penal a que lhe atribui a denúncia. “Ainda que se trate de multiplicidade de crimes e de agentes, não pode a denúncia deixar de tipificar cada uma das praticas delitivas, bem como da forma como se deu a participação de cada um dos autores ou coatores, estabelecendo a ação e a omissão que cada um praticou para sua efetivação”, entendeu o relator.

O voto de Tyrone Silva foi acompanhado pelos desembargadores Froz Sobrinho e José Joaquim Figueiredo.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Falta de profissionalismo de Pimentinha

6comentários
Atacante Pimentinha do Sampaio disputa o maranhense de futsal pelo Balsas

Atacante Pimentinha do Sampaio disputa o Campeonato Maranhense de futsal pelo Balsas

A maioria dos atletas maranhenses são assim. Reclamam de oportunidade, dizem que os dirigentes trazem de fora jogadores ruins para ganhar muito mais aqui.

Mes vejam só que exemplo ruim. Tudo bem que não é a primeira vez que falo disso aqui, mas vejam só  a que ponto chegamos.

Enquanto o Sampaio tenta emprestar o atacante Pimentinha e negocia com CRB, Fortaleza e até o futebol mexicano, eis que o jogador aparece disputando o Campeonato Maranhense de Futsal pelo time de Balsas.

Ontem, Pimentinha jogou pelo Balsas na abertura da competição contra o Moto Club.

Muitos vão dizer que estou com perseguição com o jogador que está em período de férias e que muitos atletas disputam partidas festivas. Mas não é este o caso. Pimentinha disputa uma competição oficial de futsal que dura pelo menos umas três semanas e o clube que paga o seu salário negocia a sua transferência. Não basta achar simples que Pimentinha está de férias e pode fazer o que quiser. No futebol não deve ser assim….

Imaginem vocês uma contusão do jogador que negocia a sua ida para outra equipe. Como uma equipe pode contratar um jogador que demonstra não estar preocupado com aqueles que pagam o seu salário e o seu próprio futuro?

Isso só demonstra que Pimentinha nunca foi jogador profissional e que certamente está apenas preocupado em ganhar mais uns “trocados”, embora seja o jogador maranhense com salário mais alto na atualidade.

Não sei como um clube como o Sampaio que também se diz “profissional” também permite esse tipo de coisas. E não venham dizer que não sabiam de nada.

Sou um apoiador do atleta local, acho que precisam ter sempre oportunidade nas nossas equipes, mas definitivamente são exemplos como estes que tem nos levado a rever o nosso posicionamento.

É por essas e outras que muitos dos nossos jogadores não passam de simples promessas.

Pimentinha é um desses…

Foto: Divulgação

6 comentários »

Roberto Rocha defende importância da Zema

0comentário

O senador Roberto Rocha (PSB-MA) entregou ao presidente Michel Temer o primeiro contêiner com brindes tecnológicos personalizados da Zona de Exportação do Maranhão (Zema), projeto de autoria do parlamentar maranhense que tramita no Senado Federal.

“Contratamos uma agência de propaganda para promover esse projeto, que é o mais importante para o desenvolvimento econômico e social do estado Maranhão, bem como da região Centro/Norte do nosso país.”, destacou.

Roberto Rocha considera fundamental o apoio do presidente Michel Temer para aprovação do projeto.

RobertoRocha

sem comentário »

Maranhão é o 3º em número de queimadas

0comentário
Queimada

De janeiro até o dia 8 de dezembro já foram registrados 20.733 focos de incêndio no estado

O Maranhão é o terceiro estado com maior número de queimadas do Brasil, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). De janeiro até o dia 8 de dezembro deste ano, já foram registrados 20.733 focos de incêndio no estado.

O mês de outubro foi o mais crítico do ano: ao todo, foram registrados focos de incêndio registrados, o maior índice de 2016. Só nos oito primeiros dias de dezembro deste ano, foram 545 focos de queimadas registrados por satélite no estado. Em dezembro de 2015, 3.706 incêndios foram registrados em todo o território maranhense sendo o mais critico dos últimos 19 anos.

Só na região Metropolitana de São Luís, a média é de 25 ocorrências de queimadas por dia, segundo o corpo de bombeiros. Mas não é só a ação humana direta que provoca esses altos índices. Objetos deixados em terrenos com mata seca se tornam um verdadeiro perigo.

Na última quarta-feira um incêndio, de grandes proporções, foi registrado em um terreno que fica no bairro do São Francisco. Os horários de maior incidência são das 10h da manhã às 4h da tarde. Diante das condições naturais, o comportamento das pessoas pode ajudar a diminuir esses números.

Foto: Reprodução/ TV Mirante

Leia mais

sem comentário »