Edivaldo toma posse no domingo

0comentário
Prefeito Edivaldo Holanda Júnior e candidato a vice Júlio Pinheiro participam de plenária do PCdoB

Prefeito Edivaldo Holanda Júnior e o vice Júlio Pinheiro tomam posse neste domingo às 15h

O prefeito reeleito Edivaldo Holanda Júnior (PDT)  toma posse ao cargo neste domingo (1º). Reeleito com 285.242 votos para o novo mandato de 2017 até o ano de 2020, ele terá como vice, Júlio Pinheiro. Na ocasião também serão empossados os 31 vereadores e suplentes. A solenidade vai acontecer no auditório Alberto Abdalla, na Fiema, a partir das 15 h.

O primeiro mandato de Edivaldo à frente da Prefeitura garantiu a resolução de problemas históricos da cidade, com iniciativas como a licitação dos transportes, a urbanização de mais de 2 mil ruas em cerca de 100 bairros e a construção de 22km de canais e galerias, entrega de mais de 11 mil unidades habitacionais e encerramento das atividades do Aterro do Ribeira.

Além disso, a gestão contabilizou destaques em nível nacional como a segunda maior nota do país na Escala Brasil Transparente, o reconhecimento pleno como Prefeito Amigo da Criança pela Fundação Abrinq e a vitória na fase regional do prêmio Prefeito Empreendedor, pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) – iniciativa reconhecida também pelo Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e pela ONU.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Justiça bloqueia recursos de Ribamar

1comentário
GilCutrim

Bloqueio atendeu ação cautelar movida pelo prefeito eleito, Luis Fernando Moura da Silva

O município de São José de Ribamar teve bloqueados, nesta sexta-feira (30), os recursos da multa de repatriação, no valor previsto de R$ 4.041.989,58, e da transferência do Fundeb, no valor previsto de R$ 593.835,59.

O bloqueio foi determinado pelo juiz federal José Carlos do Vale Madeira, que atendeu ação cautelar movida pelo prefeito eleito, Luis Fernando Moura da Silva.

Segundo nota assinada pela secretaria Municipal de Planejamento, Administração e Finanças de São José de Ribamar (SEMPAF) Raimunda Sipaúba Silva dos Santos, os recursos da repatriação seriam utilizados pela atual gestão para cumprir obrigações do município com fornecedores e complementação da folha de pessoal; sendo que parte deles ficaria em caixa para o próximo prefeito – assim como ficarão outros recursos provenientes da receita própria e do FPM, por exemplo – já que a administração pública é impessoal e contínua, não havendo, no entendimento da atual gestão, razões legais para uma intervenção desta natureza.

Ainda segundo a nota, mesmo diante de tal fato, a atual gestão está cumprindo rigorosamente com seu calendário de pagamento e outros compromissos.

Foto: Divulgação

1 comentário »

André Murad repercute situação nas UPAs

0comentário
Andrea Murad repercute avanços no IDH e Selo UNICEF na Assembleia Legislativa

Deputada Andrea Murad repercute atraso de salários de médicos nas UPAs em São Luís

Por Andrea Murad

Vocês viram o JMTV de ontem sobre as UPAS? Alguns médicos paralisaram os atendimentos por falta de pagamento, mas o que me chamou atenção foi um médico dando entrevista sem mostrar o rosto e com a voz distorcida para não ser identificado.

Estou até agora me questionando que tipo de governo é esse que não dá o direito à liberdade de expressão aos seus funcionários. Pareceu aquelas cenas onde as pessoas dão entrevista na TV contando sobre um roubo, assassinato ou coisa do tipo e não mostram o rosto com medo de serem identificadas pelos bandidos. Tudo por medo de sofrer repressão.

Soube que três médicos foram afastados por causa da reportagem. Existe algo mais absurdo que isso? Não adianta depois querer colocar culpa nas terceirizadas pelas demissões quando ficar ruim perante a população essa vingança absurda.

O governador tem é de voltar os médicos aos seus locais de trabalho e principalmente fazer seus pagamentos ao invés de retaliá-los. Sinto dizer que dessa forma ele vai ter que demitir daqui a pouco quase a totalidade da classe médica do estado porque a insatisfação vem de praticamente todos.

Que governo é esse que dá medo nas pessoas? Mas esse é Flavio Dino, um ser humano incapaz de aceitar críticas e de entender que as pessoas que trabalham no governo que ele administra – de forma muito ruim – precisam de seus salários para viver. Absurdo isso.

*Andrea Murad é deputada estadual

Foto: Nestor Bezerra

sem comentário »

MP bloqueia recursos de repatriação

0comentário

Dinheiro

Atendendo a pedido do Ministério Público do Maranhão (MPMA), o Poder Judiciário determinou, nesta semana, o bloqueio dos recursos referentes à repatriação de dinheiro não declarado no exterior em 17 municípios. As ações inibitórias com pedido de tutela de urgência antecedente foram ajuizadas como parte da ação institucional “A cidade não pode parar: campanha pela transparência na transição municipal”.

O acesso dos atuais gestores ao repasse do governo federal foi bloqueado em Pindaré-Mirim, Tufilândia, Barreirinhas, Santa Inês, Olho d’Água das Cunhãs, Pio XII, São Vicente Férrer, Cajapió, São João Batista, Vitória do Mearim, Viana, Cajari, Brejo, Anapurus, Matões do Norte, Cantanhede e Matinha.

A Justiça também emitiu notificação aos gerentes do Banco do Brasil responsáveis pelas contas dos municípios para impedir a movimentação financeira dos recursos sem prévia autorização legislativa.

Além das ações ajuizadas pelos promotores de justiça, o MPMA fez representações ao Tribunal de Contas da União (TCU), Procuradoria Geral da República, Ministério Público de Contas que atua junto Tribunal de Contas do Estado (TCE) do Maranhão, além de encaminhar ofício à Procuradoria da República no Maranhão.

O TCU concedeu medida liminar, na quarta-feira, 28, proibindo o governo federal de antecipar o repasse dos recursos referentes à multa de repatriação de dinheiro. Entretanto, nesta quinta-feira, 29, o ministro Raimundo Carreiro acatou recurso da Advocacia-Geral da União e liberou o repasse.

sem comentário »

Fufuca apresenta balanço na Câmara

0comentário

O deputado federal André Fufuca (PP) fez um balanço do segundo ano de mandato na câmara dos Deputados.

Este ano, o deputado teve aprovado 13 projetos aprovados entre os 107 projetos, requerimentos e sugestões apresentados ao Executivo.

Destaque para o projeto que criou os cursos de medicina, na Unifersidade Feral nos Campus de Balsas e Santa Inês.

Outro projeto importante foi o da criação da Zona Franca de Rosário e o pedido de urgência na duplicação da BR-010 no trecho entre Alçailândia e Governador Edison Lobão., na Região Tocantina.

Veja o vídeo e confira como foi a participação de André Fufuca

sem comentário »

Médicos seguem trabalhando, diz Lula

0comentário

carloslula

O secretário de Saúde do Maranhão, o advogado Carlos Lula, assegurou, através das redes sociais, que os três médicos que foram informados que estavam desligados da UPA da Vila Luizão seguem trabalhando normalmente.

“Nem se quisesse teria como “demitir” algum médico. Eles são sócios de empresas que prestam serviços ao Estado. O Estado, portanto, não possui com eles qualquer relação. E a empresa medica a que pertencem os “denunciantes” permanece prestando serviço”, assegurou.

Carlos Lula também deixou claro que os “denunciantes” não precisam esconder os rostos para fazer as reclamações.

“Os tais “denunciantes”, inclusive, que não sei por qual motivo resolveram esconder o rosto na reportagem, também permanecem trabalhando”, finalizou.

Pelo visto quem ordenou que os três médicos fossem desligados da UPA da Vila Luizão não teve a autorização do secretário Carlos Lula. As explicações do secretário também servem para atualizar o secretário de Comunicação, Márcio Jerry, que, por maldade ou desinformação, afirmou que a TV Mirante utilizou falsos médicos para fazer a reportagem.

Leia mais

sem comentário »

Governo tirano e perseguidor de Flávio Dino

9comentários

FlavioDIno

O governo Flávio Dino deu mais uma prova de sua incoerência, deu mais uma prova que na prática é bem diferente da teoria e que sua tirania e perseguição não tem limites.

O Blog do Jorge Aragão trouxe a informação em primeira mão que os médicos das UPAs iriam paralisar as atividades na quinta-feira (29), caso não recebessem imediatamente o salário do mês de novembro

O assunto rendeu e foi parar na TV Mirante, em reportagem exibida no JMTV 2ª Edição. Onde na oportunidade, dois médicos da UPA da Vila Luizão, que pediram para não ser identificados e sem jamais politizar o caso, relataram os salários atrasados, algo que parece ter virado rotina na gestão Flávio Dino, afinal outras paralisações já haviam ocorridos.

As declarações foram suficientes para que novamente a tirania e a perseguição do Governo Flávio Dino fossem colocadas em cena. Além de cumprir com a sua obrigação, ou seja o pagamento dos salários atrasados após a repercussão na imprensa, o governo do comunista procurou identificar os dois médicos que concederam a entrevista e determinaram o seu afastamento imediato das funções.

Ou seja, o governador do PCdoB, um dos partidos que mais foram as ruas cobrar melhorias e reivindicar direito dos trabalhadores, está “demitindo” dois médicos por eles terem cobrado um direito conquistado, no caso o salário do mês de novembro que estava com quase um mês de atraso. Os dois já receberam a informação que não pertencem mais a unidade da Vila Luizão.

A canalhice não parou por ai. O secretário de Comunicação do Governo Flávio Dino, Márcio Jerry, num ato de despreparo total, utilizou as redes sociais para dizer que a TV Mirante utilizou dois supostos médicos para fazer sua reportagem. Veja abaixo.

MarcioJerry

Ou foi cínico ao limite o secretário Márcio Jerry ou demonstrou total desinformação do governo que ele integra como uma das peças principais. Uma lástima realmente.

Sobre a situação dos dois médicos, o CRM (Conselho Regional de Medicina) já agendou uma reunião para as 16h desta sexta-feira (30) para saber quais medidas serão tomadas juridicamente.

O Blog espera ainda que a categoria, de forte representação e importância no Maranhão, possa ser solidária aos dois colegas, pois eles apenas tiveram a coragem de falar o que todos que estavam com os salários atrasados não tiveram. Entretanto, se seguirem se acovardando e deixarem apenas os dois médicos, que reivindicaram o direito de todos, serem humilhados publicamente pela tirania e perseguição do Governo Flávio Dino, amanhã irão continuar sofrendo com os desmandos do governo comunista e poderão ser as próximas vítimas de demissão.

Ao Blog resta apenas lamentar que um governador que se elegeu apoiando e reivindicando todos os direitos dos trabalhadores, possa usar de um expediente tão rasteiro para inibir quem luta pelos direitos dentro do seu governo.

Também expresso meu espanto e ao mesmo decepção com o silêncio do secretário de Saúde, o advogado Carlos Lula, pois jamais imaginaria que pudesse compactuar com esse tipo de situação.

Aos médicos constrangidos, fica a minha solidariedade e que possam continuar, independente das consequências, lutando pelos seus direitos, de maneira justa e digna, sem agredir ninguém, como fizeram desta vez.

Foto: Divulgação

9 comentários »