Anderson não está em lista de cassação

0comentário

Em respeito à população de Alcântara, o prefeito Anderson Wilker (PCdoB), faz um esclarecimento sobre a informação falsa divulgada pela mídia de que estaria na lista de possível cassação.

É verdade que antes mesmo das eleições, em 2 de setembro de 2016, foi protocolado pelo candidato opositor um pedido de Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), mas o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), não acatou o pedido e arquivou o processo dia 14 de março de 2017.

Um documento emitido pela 52ª zona eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) comprova arquivamento do processo. Com isso o prefeito de Alcântara está tranquilo e continua trabalhando para melhorar a vida da população, que ficou no esquecimento por muito tempo.

Diante dos esclarecimentos, o prefeito Anderson Wilker agradece pela compreensão e está disponível para quaisquer informações sobre seu mandato, que é pertencente ao povo de Alcântara.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Edivaldo destaca atuação de Cleomar Tema

1comentário

Prefeito Edivaldo Holanda Jr. destaca atuação de Cleomar Tema para evitar corte do Fundeb

O prefeito de São Luís e presidente de honra da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Edivaldo Holanda Júnior, elogiou o trabalho de articulação do presidente da entidade, prefeito Cleomar Tema, que evitou que as cidades maranhenses fossem penalizadas com o corte de R$ 177 milhões de recursos do ajuste do Fundeb.

Tema esteve reunido esta semana com Edivaldo em seu gabinete na prefeitura da capital.

“O corte do Fundeb geraria extremo prejuízo aos municípios e suas populações. Parabenizo o presidente Cleomar Tema por essa grande conquista e por sua atuação junto a bancada maranhense em Brasília”, afirmou Edivaldo.

Graças a uma força tarefa comandada por Tema, prefeitos e deputados federais, o presidente Michel Temer voltou atrás e garantiu que editará uma medida provisória garantindo o parcelamento da soma do Fundo adiantada ano passado, o que permitiu fôlego financeiro às prefeituras do estado para pagamento das suas obrigações, dentre elas os salários dos professores.

A conquista capitaneada pelo presidente da Famem também beneficiou o governo do estado, que não mais perderá, de uma só vez, R$ 47 milhões.

Tema agradeceu o apoio e as palavras elogiosas do prefeito de São Luís. De acordo com ele, o municipalismo no Maranhão vive um novo momento, no qual todos os agentes políticos estão verdadeiramente unidos em prol do fortalecimento das cidades.

Também participaram do encontro os vereadores Pavão Filho e Raimundo Penha; o secretário municipal de Articulação Política, Jota Pinto; e o diretor administrativo da Federação, Gildásio Angelo.

Foto: Maurício Alexandre

1 comentário »

Partida entre Cordino e Sampaio é suspensa

9comentários

Presidente da FMF, Antônio Américo e o diretor de competições Antônio Henrique

O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MA) suspendeu a primeira partida da decisão do segundo turno do Campeonato Maranhense entre Cordino e Sampaio que aconteceria neste sábado (29).

O TJD acatou o pedido do Moto para que a final do returno não acontecesse antes do julgamento marcado para a próxima terça-feira (2).

Inicialmente a realização da final do returno havia sido suspensa pela Federação Maranhense de Futebol (FMF) até que o Tribunal de Justiça Desportiva julgasse os recursos pendentes de Moto e Imperatriz, mas ontem, a FMF tomou a decisão de marcar a partida para este sábado.

O presidente da FMF, Antônio Américo Lobato disse que ainda não foi comunicado oficialmente da decisão.

No entanto, o diretor da Ceaf, Marcelo Filho já foi notificado da decisão do TJD. Mas vamos aguardar, afinal, todos os dias estamos sendo surpreendidos com novas decisões.

E em meio a tudo isso, o Sampaio viajou hoje para Barra do Corda. Vejam só quanto prejuízo e desgaste para o futebol. Lamentável!!!!

Foto: O Estado

9 comentários »

Andrea Murad destaca manifestações no país

2comentários

“Não vejo o atual governo e o atual congresso com legitimidade”, diz deputada Andrea Murad

“Está certíssima”, é o que diz a deputada estadual Andrea Murad ao ser questionada sobre a onda de manifestações que tomou o Brasil nesta sexta-feira (28). Ainda para a parlamentar, apenas através de uma nova constituinte se teria legitimidade para tratar de assuntos como as reformas da previdência e trabalhista.

“Está certíssima. Como já disse não vejo o atual governo e o atual congresso com legitimidade para modificar direitos fundamentais das pessoas, no caso as aposentadorias, e dos trabalhadores. Um novo governo e um novo congresso poderiam tratar desse assunto, porém, melhor que fosse uma Constituinte exclusiva para fazer todas as reformas para reorganizar o país. A crise de credibilidade que atinge as instituições colocou o país na UTI”, diz Andrea.

A deputada defende que tais reformas precisam ser tratadas por representantes com legitimidade o que não ocorre hoje com o cenário de caos e instabilidade política tanto no Poder Executivo quanto no Poder Legislativo.

“Não vejo nesse governo e nesse Congresso esse requisito fundamental pela instabilidade causada pela Lava Jato e outras operações de combate à corrupção desencadeadas em tantas frentes tendo como alvos principais membros do Executivo e do Legislativo inclusive os atuais chefes dos poderes da República.  Além dessas duas reformas temos também a reforma política que precisa ser efetivada para regulamentar a atividade partidária e o financiamento das campanhas”, defende a deputada.

Andrea declarou ser a favor das mudanças sobre o foro privilegiado e que todo o cidadão deve ser igual perante a lei. “Não se justifica um juiz, um parlamentar, um governador, um promotor, um procurador, um prefeito ser julgado em instâncias diferentes. Essa lei já deveria ter sido votada há muito tempo. Da mesma forma a lei que regulamenta o Abuso de Autoridade é mais do que necessária porque, ao contrário do que muitos imaginam, protegem o cidadão e não as autoridades contra os abusos que alguns destes cometem no exercício dos cargos que ocupam”, comemora a deputada.

Foto: Nestor Bezerra

2 comentários »

Codó é contemplado com programa ‘Ensinar’

0comentário

O prefeito de Codó, Francisco Nagib, participou nesta quinta-feira (27) de mais uma ação importante de fortalecimento da educação no Maranhão. Em solenidade no Palácio dos Leões, ao lado do governador Flávio Dino, o prefeito de Codó assinou o convênio para a implementação do Programa ‘Ensinar’, cujo objetivo é ampliar a qualificação dos professores da rede pública de ensino e também assegurar a preparação de novos professores.

Para o prefeito Francisco Nagib, o programa será mais uma proveitosa parceria para a melhoria dos índices da educação em Codó. “Mais uma vez estamos de volta a capital para adesão de um programa, em parceria com o Governo do Estado, que irá trazer mais qualificação aos professores e qualidade para o ensino de nossas crianças. Essa formação de professores pela UEMA vem a somar com nossas ações e políticas públicas para o ensino de Codó e é um importante passo para uma educação melhor em nosso município”.

O governador Flávio Dino, também lançou o edital de seleção de candidatos para concorrer às vagas do programa. A previsão para início das aulas é para agosto de 2017 e término no segundo semestre de 2021. A intenção é que até 2018 sejam abertas 3 mil vagas em 18 municípios.

(mais…)

sem comentário »

Luís Fernando reinaugura Cozinha Escola

0comentário

Prefeito Luis Fernando silva reinaugura Cozinha Escola Municipal em São José de Ribamar

Foi reinaugurada na manhã desta quinta-feira (27), a Cozinha Escola de São José de Ribamar. O equipamento social, inaugurado em 2009, ainda na primeira gestão do prefeito Luis Fernando, estava fechado por apresentar sérios problemas estruturais que comprometiam a integridade física dos usuários, além da falta de refeições em razão do não pagamento dos agricultores familiares.

Como uma de suas primeiras medidas de governo, o gestor determinou a revitalização de todo o espaço, que há cerca de seis anos, não recebia nenhuma melhoria. A obra orçada em quase cinquenta e sete mil reais, restabeleceu toda a estrutura física do espaço, além de nova instalação elétrica, hidráulica e sanitária, esquadrias, revestimento de piso e paredes, cobertura, pintura e proteção contra incêndio e pânico.

“Estamos devolvendo mais um importante espaço social totalmente reconstruído, e munido com todos os produtos necessários para atender com respeito e dignidade, as famílias que aqui chegam. Não é concebível, encontrar uma Cozinha Escola que não pagava há nove meses, o pequeno agricultor, que vive do seu plantio”, lamentou o gestor que pontuou também que a Cozinha Escola é muito mais que um espaço que oferece alimentação, é um local que devolve a cidadania para homens, mulheres e crianças, com oportunidade.

(mais…)

sem comentário »

‘Tempestade perfeita’, diz Flávio Dino

5comentários

O governador do Maranhão, Flávio Dino se manifestou nas redes sociais sobre a greve geral no país que ocorre nesta sexta-feira (28).

Segundo Flávio Dino, o momento pede diálogo entre as instituições.

“Não há como conduzir uma agenda tão radical quanto essas reformas de retrocesso social”, afirmou.

O governador disse que o Brasil atravessa uma tempestade perfeita.

“Aos que apostam na destruição da política, esse é o resultado: um país polarizado e sem instâncias organizadas de mediação e diálogo”, finalizou.

Foto: Facebook

5 comentários »

São Luís fica sem ônibus com greve geral

0comentário

Logo nas primeiras horas da manhã, manifestantes bloquearam as principais vias em São Luís

A população de São Luís ficou sem ônibus na manhã desta sexta-feira (28) por causa das manifestações contra a reforma trabalhista e da previdência.

A Justiça chegou a determinar que 60% da frota circulasse normalmente, mas os ônibus não saíram das garagens.

Logo nas primeiras horas da manhã, manifestantes bloquearam as duas pistas BR-135, no KM 2, bem na saída de São Luís.

Eles também interditaram os dois sentidos da pista próximo á Barragem do Bacanga, somente a passabem de ambulâncias e viaturas da Polícia estão sendo liberadas.

Entre as categorias que aderiram ao movimento nacional convocado pelas Centrais Sindicais e Movimentos Sociais estão servidores públicos, bancários, motoristas de ônibus e professores.

Foto: Douglas Pinto

sem comentário »