Situação financeira dos clubes é grave

7comentários

Público de Sampaio, Moto e Maranhão tem sido muito pequeno no Castelão no Brasileirão

A situação financeira das quatro equipes que disputam o Campeonato Brasileiro Série C é bastante preocupante.

Sem a liberação da Lei de Incentivo ao Esporte e sem qualquer tipo de patrocínio, as equipes apostam na força da sua torcida para tentar arcar com o compromisso com atletas e comissão técnica, mas até a presença do torcedor no estádio está deixando a desejar.

O público nos jogos de Sampaio, Moto e Maranhão tem sido decepcionante no Castelão. E pelo jeito, sem público e sem patrocíno, a situação pode se complicar muito nas próximas rodadas.

O torcedor maranhense geralmente só vai ao estádio quando o seu time está bem, mesmo assim não vem comparecedo nos jogos do Sampaio e Maranhão, por exemplo que fazem melhor campanha do que o Moto.

Para piorar a situação, o mesmo torcedor que não vai ao estádio é aquele que cobra times melhores e mais competitivos. Mas como fazer times mais fortes sem dinheiro? Não quero aqui defender dirigente de time nenhum, apenas coloco essa questão para reflexão de todos nós.

Mas o Brasileirão só está começando e com a presença maior do torcedor no Castelão, além de melhorar a situação financeira dos nossos times vai incentivar ainda mais nossos representantes a alcançar melhores resultados.

Que os torcedores entendam que somente eles podem melhorar a situação dos seus times indo ao estádio em maior número, pois não vejo outra saída para Sampaio, Moto e MAC.

Foto: Biaman Prado

7 comentários para "Situação financeira dos clubes é grave"


  1. Bruno Lopes Sousa

    Zeca Soares esse Rogério pode até não ter provas, mas acredito nas palavras dele. Imagina que vários Desportistas vai atras de patrocínio na Sedel e o então Secretário Marcio Jardim sempre, digo sempre diz que a Sedel não tem como patrocinar por quer não tem recurso financeiro. Eu sinceramente não acredito. O que Eu acredito que só tem para turma dele que compartilhar a sacanagem que correr solta dentro da Sedel.

  2. Felipe

    Concordo! Nós, torcedores, temos a obrigação de comparecer aos jogos dos nossos times. É muito ruim assistir a um jogo com publico de 2.000/3.000 pagantes. Nossos times merecem pelo menos 50% de ocupação do estádio nos seus jogos. Entendo que a fase não é das melhores, mas também já tivemos dias muito piores. É a hora do torcedor de verdade tomar a dianteira nesse quesito e ajudar nas arrecadações.

  3. jose carlos silva

    Zeca , o futebol é uma atividade privada, os dirigentes tem que ter competência e criatividade, não podem ficar esperando as MIGALHAS e ESMOLAS do Governo. O Governo não está dando conta da saúde, educação, segurança e etc., quanto mais colocar mais dinheiro no futebol.

    • Zeca Soares

      Falar é fácil. Os clubes dão como contrapartida a mídia deles que é enorme aqui e fora de São Luís nos jogos televisionados.

  4. Rogério Castro

    Eu não entendo como é Grave. Só o Governo da Mudança já patrocinou mais de R$ 5.000,000,000,00 esse ano. a já sei o Marcio Jardim ficou com boa parte dessa grana.

    • Zeca Soares

      Não acho correto afirmar que alguém ficou com parte do dinheiro da Lei de Incentivo. Se você tem certeza disso mostre as provas. Não é correto afirmar algo se não tiver prova.

  5. Raimundo Nonato Lima Moraes

    Também não!

deixe seu comentário