Rigo pode atingir governo com CPI na FMF

3comentários

Deputado estadual, Rigo Teles (PV)

O deputado estadual Rigo Telles (PV) propôs nesta terça-feira (27), na Assembleia Legislativa a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar possíveis irregularidades cometidas pela Federação Maranhense de Futebol (FMF) e pode acabar atingindo o Governo do Maranhão.

O pedido de CPI é uma espécie de satisfação que o deputado está dando à população de Barra do Corda em virtude da decisão da FMF que retirou a possibilidade do Cordino fazer a decisão do Campeonato Maranhense, no Estádio Leandrão.

Mas o que pretende o parlamentrar?

Rigo Teles defende que a CPI servirá para prestação de contas dos recursos públicos recebidos pela entidade. “Só agora através de uma CPI, que é um direito nosso, que é um direito obtido por esta Casa de Parlamentares, nós possamos chegar e saber se tem realmente alguma irregularidade, algum desvio ou se está tudo regularizado”, disse o deputado que sempre defendeu a ajuda do governo aos clubes de futebol.

O problema é que o objetivo de Rigo Teles que é um parlamentar da base de Flávio Dino na Assembleia pode deixar o Governo em situação bem delicada se essa CPI for adiante.

Há dois anos o Governo do Maranhão, por meio do Instituto Maranhense de Futebol, criado pela FMF, repassa recursos aos clubes e isso Rigo Teles sabe muito bem. O que vamos saber como foi feita a divisão de R$ 3,6 milhões, nos últimos dois anos. Apenas metade desses recursos ficou com os clubes.

Vamos saber mais detalhes sobre repasse de recursos para as televisões para a transmissão dos jogos. Em 2016, sem que houvesse licitação, a TV escolhida foi a TV Guará. Este ano, novamente sem licitação, a TV escolhida foi a TV Difusora como afirmou o presidente da FMF, Antonio Américo. Diferentemente da TV Guará, a TV Difusora recebeu os recursos, mas não transmitiu os jogos.

Como o Governo do Maranhão pagou uma TV sem que ela cumprisse o contrato e nada aconteceu? Ministério Público, Tribunal de Contas do Estado, nenhum órgão viu nada disso? A CPI, então, deve chegar nesse ponto.

E é isso que uma CPI na FMF vai descobrir agora. Resta saber se o Governo vai querer que essa história vá adiante….

Em tempo, o presidente do Sampaio, Sérgio Frota, procurado pelo deputado Rigo Teles alertou: “O deputado ontem me procurou na minha bancada ali e me mostrou a solicitação. E eu fiz ver a ele que essa solicitação carecia de fundamentação”, afirmou.

Foto: JR Lisboa/Agência AL

3 comentários para "Rigo pode atingir governo com CPI na FMF"


  1. Reynaldo Aragão Pinto Filho

    Porque esse pobre deputado,sem expressão,nunca destinou emendas parlamentares em prol do estadio de futebol de Barra de corda e etc.Agora que está chegando eleições,ele quer aparecer.muito tarde!

  2. Jocca

    Essa figura esta querendo aparecer pra populacao de Barra do Corda, o povo deveria lembrar que nunca fez nada em prol do futebol, muito menos pra equipe de sua cidade onde o pai foi prefeito e poderia muito bem ter feito melhorias no estadio que com isso teria condicoes de sediar a decisao do campeonato, que qualquer cidadao de bom senso ja entendeu perfeitamente o porque da decisao nao ter sido la, a FMF simplesmente esta obedecendo recomendacoes da CBF, FIFA, ESTATUTO DO TORCEDOR etc.

    • antonio carlos

      jocca, a CBF aprovou o estádio, no 1.º turno foi lá….porque mudar agora,,,somente porque é o sampaio! você é boliviano….e os outros! onde anda teu espirito de amor e respeito pelo outro! tudo tem que ser o sampaio…..precisamos olhar e fazer o correto….sampaio sozinho não vive o futebol maranhense meu bom vizinho…..

deixe seu comentário