Wellington discute problemas da rodoviária

0comentário

Insatisfação com os serviços prestados, insegurança e falta de infraestrutura. Foram esses os principais problemas apresentados pelos usuários e permissionários da Rodoviária de São Luís, durante audiência pública que aconteceu na tarde desta quarta-feira (5). A audiência aconteceu no próprio Terminal Rodoviário e foi presidida pelo deputado Wellington do Curso (PP).

Fizeram-se presentes o vereador Francisco Chaguinhas (PP), Rosanira da Cruz, presidente da Associação Rodocervice; Ricardo Medeiros, administrador da Rodoviária através da empresa RMC; Harlan Silva, comandante do 9° Batalhão da Polícia Militar do Maranhão; Marcelo Brito, representando a Comissão de Transportes da OAB; Clodoaldo Bento, representando a empresa ANTT; representantes dos permissionários  e sociedade civil.

Na ocasião, os trabalhadores e usuários aproveitaram para expor os problemas que enfrentam diariamente. “Esse é mais um espaço público que está servindo de marionete nas mãos de governantes do estado e que está abandonado e deteriora-se a cada dia. É falta de segurança, de limpeza, iluminação, banheiros, de fiscalização no trânsito, de reparos, reforma em paradas… enfim, são muitos problemas, e passa governo, entra e sai governo e ninguém faz nada pela Rodoviária de São Luís”, desabafou Rosanira.

Enquanto representante da Assembleia Legislativa, Wellington deixou claro o seu papel enquanto fiscal e afirmou apresentar todas as solicitações no Parlamento. “Enquanto deputado estadual, não posso efetivar essas ações, mas cabe a mim fiscalizar, que é uma das funções de um deputado. O Terminal Rodoviário de São Luís é ponto de extrema relevância para o Maranhão, afinal, é por aqui que muitos chegam ao nosso estado. Apresentarei, por meio de proposições na Assembleia, todas essas solicitações quanto à infraestrutura, segurança e, ainda, ênfase no processo licitatório. Não somos contra nenhuma empresa. Ao contrário, o que buscamos é a qualidade dos serviços prestados”, disse Wellington.

Já na condição de representante da Câmara Municipal, o vereador Chaguinhas (PP) destacou que, no âmbito de sua competência, também apresentará as demandas. “No âmbito municipal, aquilo que for de nossa competência será apresentado na Câmara. Iremos unir forças para que, juntos, consigamos melhorias para o nosso Terminal Rodoviário”, afirmou o vereador.

Encaminhamentos:
– Solicitar ao Governo do Estado agilidade no processo licitatório, ante o contrato precário até agora existente. Em tal licitação, solicitar também que haja cláusula em que se faça a previsão de quem é o responsável  por reformar/manter o Terminal Rodoviário;
– Efetivar ações quanto à insegurança, precariedade dos banheiros e acesso aos bairros próximos à Rodoviária, a exemplo da Vila Lobão;
– Destinar atenção à problemática quanto aos carros irregulares que passam pela Rodoviária.

Sem comentário para "Wellington discute problemas da rodoviária"


deixe seu comentário