Covardia e despreparo de Flávio Dino

2comentários

Por Andrea Murad

Amadorismo e incompetência, além de covarde, a explicação de Flávio Dino para o desastre acontecido na ativação da nova adutora da Caema, projetada e construída na gestão do ex-deputado Ricardo Murad, no governo de Roseana.

Culpar as empresas privadas, que ganharam a licitação e construíram a obra com o acompanhamento da equipe técnica da Caema, apenas para se justificar perante a opinião pública, demonstra a falta de caráter e espírito de liderança do governador. Fosse o ex-deputado Ricardo Murad e o engenheiro João Moreira Lima, ex-presidente da Caema, a conduta seria outra. Uma tristeza para o Maranhão ter de aguentar tanta incompetência e cinismo.

Alteraram o projeto, fizeram aditivo de 25%, mudaram o local e a forma de conexão da nova adutora, e deu no que deu. Deveriam ter deixado a mesma equipe técnica, mas a vaidade de Flávio Dino não deixou. Isso é decorrência da gestão criminosa de Davi Teles. Pra este sim deveria chamar a polícia. Mas pra resolver a lambança que provocou, Flávio Dino deveria chamar quem entende, ou seja, a diretoria anterior, a equipe técnica e competente que concebeu o projeto desde o início dessa grande obra que hoje se transformou num verdadeiro pesadelo para milhares de moradores que estão há dias sem água.

A nova adutora, construída para melhorar o abastecimento de água de São Luís, que sofre há anos com a falta de água, agora não tem nem prazo para acontecer. Vamos continuar com a velha adutora. Tristeza.

*Andrea Murad é deputada estadual

2 comentários »

Feirinha São Luís inicia programação natalina

0comentário

Com a proximidade das celebrações de fim de ano, a Feirinha São Luís, que é um projeto da Prefeitura realizado pela Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), entrou em clima natalino neste domingo (10), com a presença do Papai Noel, que encantou as crianças. Elas puderam conferir de perto a chegada do bom velhinho, que distribuiu alegria e presentes. A Feirinha também foi palco para ações sociais.

Além de expor a diversidade cultural da cidade, a Feirinha fomenta a economia criativa aos produtores da capital em mais de 11 polos, que comercializam produtos diversos a preços competitivos, distribuídos em mais de 90 pontos de comércio, movimentando o turismo na capital e a geração de renda. A Feirinha conta com 29 barracas para venda de produtos agrícolas, 30 para artesanato, 22 de alimentação e 11 food trucks.

Também integrou a programação cultural da 27ª edição da Feirinha São Luís o Coral Infantil da LBV, bloco tradicional Os Feras, Banda do Exército 24º BIS, Forró Pé de Serra.com e Dinho e Banda. Para o titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues, uma edição memorável, com o espírito natalino.

“Esse é um dia especial para a Feirinha São Luís, nós estamos abrindo as festividades natalinas na Praça Benedito Leite. Por orientação do prefeito Edivaldo, trouxemos o Papai Noel para abrilhantar esse momento de paz, alegria, e união onde relembramos o nascimento de Cristo nesse espaço democrático que ao longo de todo esse semestre tratou de assuntos tão importantes e contemporâneos”, frisou o secretário Ivaldo Rodrigues.

Durante todo o mês de dezembro diversas ações sociais serão realizadas no evento. Uma delas foi a ação de conclusão de 10 dias de ativismo digital pelos direitos humanos realizada pela Secretaria Estadual dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), que esteve presente na Feirinha também celebrando os 69 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

“Celebramos com manifestação nas redes pela dignidade da vida e divulgando as ações do Governo do Estado que confirmam a decisão política do governador em tratar direitos humanos como política universal”, destacou o titular da Sedihpop, Francisco Gonçalves.

Fotos: Renato Carvalho

sem comentário »

‘Ainda sem palavras’, diz Rigo Teles

0comentário

O deputado estadual Rigo Teles (PV) se manifestou nas redes sociais, após a tragédia que tomou conta esta semana da sua família com o assassinato do seu pai, o ex-prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano de Sousa o Nenzim, na última quarta-feira (6) com um tiro o pescoço.

O principal suspeito do crime está preso. É o próprio irmão do deputado e filho da vítima, o ex-candidato a prefeito Júnior do Nenzim.

“Ainda sem palavras, só tentando compreende”, escreveu o deputado Rigo Teles no Facebook.

Júnior do Nenzim está preso desde a sexta-feira (8), mas nega a autoria do crime. Ele foi a única pessoa a estar com o pai no momento do crime, segundo a polícia.

sem comentário »

João do Vale e a reabertura do teatro

0comentário

Por Fernando de Carvalho

Ontem tive a felicidade de presenciar mais um momento de glória do teatro maranhense. A emoção tomou conta de mim, ao me deparar com uma produção tão bem cuidada em todos os aspectos. O musical “João do Vale – O Gênio Improvável” nos devolve o Teatro Arthur Azevedo imponente e repaginado para comemorar o seu bi centenário, com um espetáculo digno de ser apresentado em qualquer lugar do Brasil e do Mundo.

Começo enaltecendo e parabenizando o incansável diretor do TAA e idealizador do musical, Celso Brandão, homem sensível a todo tipo de arte, especialmente a feita em nossa terra. Como trata-se de um musical, agora aplaudo de pé o genial (sim, genial!) diretor musical Luiz Junior Violonista, um dos músicos mais espetaculares que temos o privilégio de ter no Maranhão e com quem tenho a honra de trabalhar há 13 anos. Ele simplesmente nos faz perceber claramente que a música e a qualidade dos músicos maranhenses são de nível internacional. Os seus arranjos e seu preciosismo me levaram às lágrimas de emoção.

Os atores que cantam e os cantores que atuam, se completaram e se apoiaram para que todos se saíssem bem e dessem um show de interpretação e de canto. Cantores corretos, afinados e muito bem treinados pelo preparador vocal Ciro de Castro, com quem também tive o prazer de trabalhar e que, sem dúvida alguma, é o melhor e mais preparado professor de canto do Maranhão.

O espetáculo flui levemente e vai contando e cantando o homenageado de maneira que nos prende e emociona, através de um texto simples e direto, como assim era o João, tão bem representado pelo ator Vicente Melo. Esse mérito é dos excelentes Felipe Correa (dramaturgo) e Vinícius Arneiro (diretor geral), que souberam contar a história lindamente. O som e a iluminação também impecáveis são preponderantes para que a magia aconteça. Achei o cenário muito simples, mas talvez essa tenha sido a leitura exata que o diretor quis dar, de que a simplicidade de João do Vale precisava estar explícita no palco, mesmo nos seus momentos de glória, quando o dinheiro rolou solto.

O meu único senão foi a omissão da grande Alcione no documentário de abertura do espetáculo, onde artistas de renome nacional como Gilberto Gil, Chico Buarque, Geraldo Azevedo, Alceu Valença, Maria Bethânia e Zeca Baleiro deram seus depoimentos sobre João do Vale e ela não foi ouvida e nem teve seu nome citado na relação de artistas de expressão nacional que gravaram suas músicas. Alcione é a maior cantora do Maranhão e uma das maiores, mais queridas e mais respeitadas cantoras do Brasil!

Por fim, parabenizo o Secretário de Estado da Cultura e Turismo, Diego Galdino e o Governador do Estado do Maranhão, Sr. Flávio Dino e a Senhora Kátia Bogéa, Presidente do IPHAN, pelo teatro reformado, pelo livro em homenagem aos 200 anos do teatro, do qual eu orgulhosamente faço parte e que muito me honra, e por esse lindo musical, que homenageia merecidamente o maranhense do século XX, João do Vale. Parabéns a todos e viva a cultura do Maranhão!

*Fernando de Carvalho é cantor, produtor cultural, radialista, administrador de empresas e coordenador artístico da Escola de Música do Estado do Maranhão “Lilah Lisboa de Araújo”.

sem comentário »

Pão com Ovo é sucesso em Brasília

1comentário

Depois das temporadas de sucesso no Rio de Janeiro e em São Paulo, a comédia maranhense Pão com Ovo brilhou em Brasília.

Não caanso de dizer como é bom ver o talento desses três maranhenses levando alegria e mostrando o nosso jeito de ser e viver lá fora.

Foi apenas uma apresentação, mas o suficiente para deixar o público da Capital Federal em êxtase e não era para menos, afinal, lá tem assuntos de sobra para arrancar muitos risos da plateia.

“Foi uma noite pra ficar na memória e nos corações”, disse o ator e diretor César Boaes.

O auditório Planalto, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães ficou pequeno e todos os 860 lugares ficaram ocupados.

O trio César Boaes, Adeílson Santos e Charles Júnior já planejam uma temporada maior em Brasília para o ano que vem.

Antes da apresentação, o elenco do espetáculo participou ao vivo de uma entrevista na TV Globo Brasília.

De volta a São Luís, nos próximos dias eles sobem ao palco com o “Pãozinho com ovo”- espetáculo dedicado à criançada. Imperdível!!!!

1 comentário »

Vazamento mantém bairros sem água em SL

1comentário

Vários bairros de São Luís permanecem sem abastecimento de água pela Caema.

O fornecimento de água em 159 bairros de São Luís abastecidos pelo Sistema Italuís foi interrompido durante três dias para a conclusão da obra de duplicação adutora prevista para este sábado (9).

Segundo a Caema, o abastecimento seria normalizado na manhã de sábado, mas com um vazamento registrado em Periz de Baixo, a maioria dos bairros da capital permanece sem água.

“O problema só foi detectado pela Caema após o reinício do bombeamento de água usando a nova tubulação, ontem. Desde então eles estão tentando resolver o problema. A peça que deu problema na conexão foi fabricada por uma empresa privada cuja direção e equipe técnica já estão no local da ocorrência”, disse o governador Flávio Dino.

Ontem, ao dar a obra como concluída, antes do vazamento, Flávio Dino aproveitava para colher os frutos da obra iniciada pela ex-governadora Roseana Sarney.

“Estamos concluindo um sonho de décadas da nossa capital, adiado em governo passado pela explosiva soma de corrupção, descaso e incompetência. Vamos aumentar a quantidade de água nos lares da cidade”, destacou.

A Caema ainda não informou quando o abastecimento deve ser normalizado.

1 comentário »

Prefeitura fiscaliza abate clandestino em SL

0comentário

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), deflagrou, na noite desta sexta-feira (9), mais uma ação de fiscalização da operação Carne Legal, em parceria com o Ministério Público Estadual (MPE), Governo do Estado, via Agência de Defesa Agropecuária (Aged) e Polícia Militar. Trata-se de mais uma ação da campanha de combate ao abate clandestino de animais, que tem como tema “Abate clandestino é crime”. Nessa etapa da operação foram apreendidos 46 animais em dois abatedouros clandestinos localizados no bairro João Paulo. Os locais foram interditados.

Nos abatedouros foi possível constatar uma série de irregularidades e a falta de qualquer condição sanitária, tanto na criação, quanto no abate de animais, suínos e caprinos. Em razão das irregularidades, todos os locais fiscalizados foram interditados e lacrados pela Polícia Militar do Maranhão, tendo ainda sua estrutura demolida pela Blitz Urbana de São Luís, que apoiou a ação.

Com a ação, a Prefeitura e os órgãos parceiros visam a prevenção, controle e erradicação das doenças por intermédio da intensificação do cadastramento e fiscalização do trânsito de animais, de estabelecimentos de abate, criatório e venda, consolidando a ação de Defesa Sanitária no município de São Luís.

O secretário da Semapa, Ivaldo Rodrigues, que acompanhou a operação, disse que a fiscalização será firme e rigorosa. “A ação de inspecionar os estabelecimentos é uma ação que visa dar à população produtos com garantia de procedência em suas mesas. No abate e na comercialização de qualquer carne na capital, seja ela de origem bovina, suína ou bubalina, deve acontecer a inspeção sanitária, esse controle é feito pelo Serviço de Inspeção Sanitária Municipal, que acompanha diariamente os trabalhos realizados nos abatedouros legalizados pelo município, onde os produtos passam por inspeção desde o início do processo”, disse Ivaldo Rodrigues.

O superintendente de Defesa e Inspeção Sanitária Animal e Vegetal da Semapa, Francisco Soares, explicou que a Inspeção Sanitária trabalha para melhorar a saúde pública e garantir a qualidade dos alimentos. “Esses animais apreendidos serão encaminhados para o abate sanitário em um dos abatedouros legalizados pela Prefeitura, mas antes passarão por inspeção, com coleta de sangue para realização de exames. As carnes constatadas próprias para consumo serão doadas para ONGs cadastradas no Ministério Público”, garantiu o superintendente da Semapa.

O consumidor pode reconhecer estabelecimentos e produtos legalizados através dos selos de Inspeção Sanitária, tanto municipal, quanto estadual ou federal (SIM, SIE e SIF), que garantem um produto alimentício de origem animal seguro e confiável.

Para a promotora de Justiça e Defesa do Consumidor, Litia Cavalcanti, a realização dessa operação, está visando em primeiro lugar a saúde pública. “É necessário cumprir a legislação, implementar ações preventivas e de fiscalização nas esferas federais, estaduais e municipais. O abate clandestino é crime e deve ser tratado como tal, portanto continuaremos reprimindo esse tipo de trabalho ilegal. A ação leva o consumidor a querer conhecer o procedimento do alimento que leva pra sua mesa e da garantia da origem legal desse produto”, disse a promotora.

Fotos: Renato Carvalho

Leia mais

sem comentário »