Honorato destaca combate ao feminicídio

0comentário


Em pronunciamento nesta segunda-feira (5), na tribuna da Câmara Municipal de São Luís, o vereador Honorato Fernandes (PT) alertou os demais vereadores da Casa para a necessidade de discutir políticas públicas e ações de proteção às mulheres. Destacou ainda algumas ações do Governo do Estado, bem como as parcerias com a Prefeitura de São Luís e o saldo positivo das mesmas.

Iniciando o pronunciamento, o parlamentar ressaltou que o dia 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, infelizmente, não deve ser um dia dedicado apenas a comemorações, mas, que a data sirva de reflexão, no que diz respeito às ações de combate a violência doméstica e ao feminicídio.

“Espero que este ano nossa homenagem às mulheres não se limite a entrega de flores, mas que nós possamos agir de modo a não permitir mais a violência praticada contra elas”, disse o vereador, que prosseguiu destacando alguns índices alarmantes, que hoje situam o Maranhão como o Estado onde mais morrem mulheres assassinadas no Brasil, segundo o atlas da violência, do Instituto de Pesquisas Econômicas e Aplicadas (IPEA).

“Precisamos questionar a razão de alguns índices alarmantes que apontam, por exemplo, que, a cada 11 minutos, uma mulher é estuprada no nosso país; a cada duas horas, uma mulher é assassinada; a cada hora, 503 mulheres são vítimas de agressão. Tristes estatísticas, nas quais as mulheres brasileiras estão inseridas”, afirmou Honorato.

Blitz e ações

Dando sequência ao pronunciamento, Honorato se posicionou com relação à polêmica em torno da intensificação das blitz, destacando os resultados da política pública de trânsito que vem sendo desenvolvida no Estado.

“Tenho visto um debate que não considero sadio para a sociedade: a discussão em torno das blitz. Acredito que, se há denúncias de excessos praticados por agentes de trânsito, estes devem ser apurados. Agora, criminalizar a intensificação do trabalho das blitz, através das quais já foi possível, por exemplo, apreender o transporte ilegal de 1700 armas, me parece um tanto equivocado”, disse o vereador, que finalizou a fala, refutando algumas críticas direcionadas ao Governo do Estado. Para isso, pontuou ações e programas do governo Flávio Dino que têm contribuído de forma significativa também para o desenvolvimento da capital maranhense em diversas áreas.

“Não podemos desconsiderar, com todas as limitações ainda existentes, a contribuição significativa do Governo do Estado, por exemplo, na cultura da nossa cidade, como no período carnavalesco; na educação, com o Projeto Escola Digna e a valorização salarial dos professores; na infraestrutura, com o Mais Asfalto; na área de assistência social, com o projeto Casa de Apoio Ninar e o Projeto Travessia, cuja relevância é testemunhada por cada beneficiado que tem dificuldade de locomoção”, finalizou Honorato.

Foto: Divulgação

 

Sem comentário para "Honorato destaca combate ao feminicídio"


deixe seu comentário