Prefeitura de Ribamar desmente São José

0comentário

“Em respeito à opinião pública, e a bem da verdade, a Prefeitura de São José de Ribamar vem a público contestar o conteúdo mentiroso e politiqueiro de uma nota divulgada nas redes sociais, acusando-a de perseguição ao São José de Ribamar Esporte Clube.

O prefeito Luis Fernando sempre foi e sempre será apoiador das agremiações esportivas, especialmente o São José de Ribamar Esporte Clube, time do qual o Prefeito é fundador.  Foi de iniciativa do Prefeito Luis Fernando, na sua primeira gestão, a lei que autorizou o repasse mensal de R$ 70.000,00 para a cobertura das despesas de manutenção do time.

Após o término do mandato do Prefeito Luis Fernando, o que aconteceu foi um verdadeiro massacre financeiro da administração municipal ao São José, reduzindo o repasse mensal para R$ 30.000,00, valor insuficiente para a manutenção das atividades do time, e, o que foi pior, atrasando os repasses e, ao final, suspendendo o apoio financeiro.

Como não poderia deixar de acontecer, diante do descaso da administração municipal anterior, o São José acumulou dívidas trabalhistas, previdenciárias e outras, tornando-se impedido de celebrar convênio com o Poder Público ou dele receber apoio de qualquer natureza. Portanto, é mentirosa e maldosa a história mal contada na nota da atual diretoria do time, além de deixar claro o interesse político de tentar manchar a imagem da atual administração, que se pauta rigorosamente dentro da lei.

No processo de liberação do Estádio para o Campeonato Maranhense 2018, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Maranhão – CREA, após visita de inspeção motivada pelas falhas de construção que aumentam e se tornam mais visíveis a cada dia na estrutura de concreto, solicitou laudo técnico sobre a situação estrutural do Estádio. Foi feita a visita de inspeção em 18 de fevereiro de 2018, pelos Engenheiros Civis Eduardo Aurélio Barros Aguiar – CREA – MA 6396/D e Jorge Antonio Silva Rayol – CREA –MA 6379/D

O laudo destaca que “Diante das análises realizadas e do critério adotado, classifica-se o estado da estrutura como regular, porém recomenda-se a interdição do estádio, até que seja elaborado e executado um projeto de reforço estrutural.” ART n°20180157906.

O laudo foi encaminhado à Federação Maranhense de Futebol – FMF em 21/02/2018, mediante protocolo 130/18. No documento FMF-DPNP-DOC.n°006/2018-RAS-rev_02, o Arquiteto e Urbanista Ronald de Almeida Silva, Diretor de Planejamento e Novos Projetos da FMF, informa ao vice-presidente diretor de Competições,  Hans Nina, sobre o Estádio Dário Santos : “Estádio reprovado”.  Adiante, o mesmo diretor informa que, a critério da FMF, os jogos somente poderiam se realizar com “portões fechados”.

Finalmente, desmontando a versão mentirosa e o factóide de interesse meramente político, a verdade é que a Prefeitura, na atual administração, e o Prefeito Luis Fernando, fundador do São José, jamais praticaram qualquer ato de perseguição ao time ou aos seus dirigentes; o Presidente do São José, conhecido pela alcunha de Paulo Campineiro, jamais procurou a Prefeitura para demonstrar a regularidade documental da agremiação; o São José de Ribamar Esporte Clube está impedido de receber apoio financeiro do Poder Público em razão das suas dívidas trabalhistas e previdenciárias; a interdição da arquibancada do estádio é causada pelas falhas técnicas da construção, de responsabilidade da administração municipal anterior; a Prefeitura está em fase de contratação de projeto para recuperação estrutural da arquibancada e fará a apuração das responsabilidades da empresa executora das obras e dos integrantes da administração anterior, responsáveis pela sua fiscalização.”

Assessoria de Comunicação – ASCOM
Prefeitura de São José de Ribamar

Sem comentário para "Prefeitura de Ribamar desmente São José"


deixe seu comentário