Prefeitura realiza ação de combate ao Aedes aegypti

0comentário

A Prefeitura de São Luís realizou, neste sábado (5), mais uma grande ação de combate à proliferação do inseto Aedes aegypti, na região do bairro Vinhais. A iniciativa segue a determinação do prefeito Edivaldo e se constitui em um grande mutirão de limpeza e ações integradas de conscientização da população sobre o assunto. A culminância aconteceu dessa vez no Planalto Vinhais I e II, onde foram realizados serviços de limpezas de terrenos para retirada de mato, lixo e utensílios que servem de criadouros do mosquito; visitas domiciliares, atividades educativas, vistorias em estabelecimentos, nebulização espacial, entre outras ações.

O Vinhais foi o primeiro bairro a receber as ações de combate ao Aedes aegypti, nessa grande mobilização realizada pela Prefeitura de São Luís e que se estenderá por outros bairros da capital. A ação está sendo articulada com a participação de diversas secretarias e órgãos municipais, que estão desenvolvendo atividades integradas voltadas ao combate do mosquito , visando à redução dos casos de dengue, febre chikungunya e zika vírus na capital.

Presente ao mutirão, a presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela, destacou a importância da colaboração dos moradores na manutenção da limpeza do bairro. “Hoje nós estamos com uma ação concentrada de diversos serviços da Prefeitura por orientação do prefeito Edivaldo. No que tange à limpeza urbana é muito importante que os moradores respeitem os dias e horários da coleta domiciliar no bairro, descartando seu lixo doméstico apenas nos dias de passagem do caminhão de coleta, evitando, assim, a exposição por tempo desnecessário do seu resíduo, pois isto traz uma série de problemas, inclusive, de saúde pública”, observou.

As atividades começaram a ser executadas desde o início da semana e tiveram o sábado como Dia D dos trabalhos. Agentes da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) realizaram visitas domiciliares, orientando sobre as condutas preventivas e inspecionando os imóveis, com atenção especial aos recipientes que acumulam água; identificação de criadouros do mosquito e aplicação de larvicidas para eliminação dos focos do inseto. A ação realizou, ainda, a nebulização espacial feita pelo carro fumacê.

Foto: Honório Moreira

sem comentário »

Repórter Mirante mostra 30 anos da Mirante AM

0comentário

O Repórter Mirante deste sábado (5) mostrou os 30 anos da Rádio Mirante AM e os bastidores da emissora que há três décadas liga o estado do Maranhão com informação e entretenimento. O programa mostrou como a tecnologia ajudou a aproximar ainda mais os ouvintes e os locutores.

O atrativo apresentou também a prestação de serviços e a parceria indispensável com os ouvintes na Mirante AM.

O jornalismo comunitário que faz da AM uma emissora com credibilidade e com notícias que vem direto da fonte. No celular ou no rádio de pilha, as histórias de quem acompanha a programação diariamente.

Por fim, o Repórter Mirante apresentou a relação de confiança e fidelidade entre os ouvintes e os locutores da Mirante AM. As lembranças e homenagens dos profissionais que marcaram e continuam a marcar a vida de ouvintes que ajudaram e ajudam a construir a história da Rádio Mirante e também da rádio maranhense durante esses 30 anos.

Clique aqui e veja o programa na íntegra

sem comentário »

Sampaio liga sinal de alerta na Série B

14comentários

Não é nada confortável a situação do técnico Francisco Diá no Sampaio após o terceiro tropeço consecutivo na Série B.

Após a estreia com vitória sobre o Coritiba por 2 a 0, no Castelão, o Sampaio não ganhou mais. Foram duas derrotas contra Guarani e Vila Nova e o empate com o Paysandu.

A pequena torcida do Sampaio que esteve no Castelão protestou bastante, principalmente ao final da partida. As críticas contra o trabalho de Diá no Sampaio tem sido mais fortes nos últimos jogos.

Nenhum dirigente do Sampaio se manifestou após o novo tropeço, mas nos bastidores, a queda de Diá em caso de derrota para o CRB, na próxima segunda-feira é dada como certa.

Não é a primeira vez que a torcida protesta contra o técnico Francisco Diá, apesar disso, os números do treinador na temporada são positivos. O time está nas quartas da Copa Nordeste e classificado para a competição em 2019. Foi muito bem na Copa do Brasil e diria que fracassou apenas no Campeonato Maranhense.

O fato é que o Sampaio somente pouco antes do início da Série B é que começou a se reforçar e vem contratado jogadores que ainda não entraram no ritmo e consequentemente tem um início de Série B que já começa a causar preocupação, pois a equipe já se encontra perto da zona de rebaixamento.

Ainda acho cedo para tanta preocupação, mas é bom ligar o sinal de alerta, afinal o torcedor não quer passar pelo sufoco de 2016 quando a equipe ficou quase todas as rodadas na zona de rebaixamento e acabou caíndo para a Série C.

Foto: Reprodução

14 comentários »

Parceria garante reforma de mercados e feiras

0comentário

O prefeito Edivaldo assinou, nesta sexta-feira (4), ordem de serviço para a execução de obras de reforma dos mercados do Bairro de Fátima e da Macaúba, feiras da capital que há mais de quatro décadas não passavam por qualquer intervenção em suas estruturas.

A ação é fruto de parceria celebrada entre a Prefeitura de São Luís e o Governo do Estado. Representando o governador Flávio Dino, a secretária estadual das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), Flávia Alexandrina, participou do ato, oportunidade na qual anunciou também as obras de melhorias em outros dois mercados na capital: do Cohatrac e do Ipem São Cristóvão. As ações contam com a coordenação da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa).

Na ocasião, o prefeito Edivaldo também fez a entrega de 100 das cerca de 300 barracas com a nova padronização das feiras livres de São Luís; fardamentos novos para os feirantes; distribuiu cinco toneladas de sementes de feijão e hortaliças aos agricultores dos polos agrícolas da Ilha e entregou kits de manipulação de carnes para auxílio no abatimento de animais, sendo 57 ganchos, 37 afiadores e 23 botas. Os kits vão beneficiar integrantes da Cooperativa de Trabalhadores de Carne de São Luís (Coocarne).

No evento, o prefeito Edivaldo destacou a ação como mais uma iniciativa parceira visando ao desenvolvimento do setor agrícola e de estímulo à produção e à comercialização nas feiras e mercados da capital.

“Celebramos aqui mais uma importante parceria com o Governo do Estado em favor da melhoria de nossas feiras e mercados, que desenvolvem atividades extremamente importantes para a dinamização da economia do município. Além disso, a ação vai impactar na melhoria das condições de trabalho dos feirantes, proporcionar ambientes mais salubres e atrair um número maior de consumidores aos novos espaços reformados”, afirmou o prefeito Edivaldo.

“Com as obras desses mercados, a Prefeitura de São Luís e Governo do Estado avançam na implementação de políticas públicas de incentivo à produção agrícola e no respeito aos trabalhadores que atuam na área, proporcionando-lhes condições mais dignas de trabalho, garantindo melhor infraestrutura e transformando esses espaços mais atraentes aos olhos dos consumidores”, disse Flávia Alexandrina.

“São incrementos significativos que têm contribuído sobremaneira para alavancar a agricultura local, proporcionando a todos os envolvidos uma melhor infraestrutura de trabalho e produção”, destacou Ivaldo Rodrigues, secretário da Semapa.

Foto: Maurício Alexandre

sem comentário »

Outras igrejas

3comentários

Apesar de o foco estar sendo todo na Assembleia de Deus – que tem a maior parte dos indicados e está mais na linha de frente do debate político – o excesso de capelães promovidos pelo governador Flávio Dino (PCdoB) no sistema de Segurança envolve outras denominações evangélicas, e a igreja católica.

Denominações como a Igreja Batista do Angelim, de cunho pentecostal, e a Presbiteriana, do ramo das igrejas históricas, também indicaram capelães religiosos a Flávio Dino.

De todas as denominações religiosas mais tradicionais, não se tem conhecimento apenas de membros da Igreja Batista indicado para compor o quadro de “conselheiros espirituais” nas forças policiais durante o governo comunista. Aliás, é da Batista que vem a única manifestação oficial contra o que ficou convencionado na imprensa como “farra dos capelães”.

O presidente da Ordem dos Pastores Batista (OPB), pastor Elizeu Fernandes, manifestou-se publicamente contra a indicação de capelães sem concurso público e criticou duramente o excesso promovido por Flávio Dino.

“Essa prática vem trazendo prejuízos à imagem dos evangélicos, porque se entende como uma mistura das práticas religiosas com a política”, disse o reverendo Fernandes.

No foco do debate sobre o tema, as lideranças da Assembleia de Deus não se posicionaram.

Capelania – Soa como pura falta do que dizer a tentativa do governo comunista de acusar aqueles que questionam a nomeação excessiva de capelães de estarem agindo contra os evangélicos.

Em primeiro lugar, líderes religiosos que agem de forma questionável, por interesses pessoais e políticos, não podem ser apontados como representantes da massa evangélica. Logo, questioná-los, em absoluto refere-se à essência do segmento religioso ou da denominação a qual pertencem.

Segundo: em nenhum momento a imprensa livre ou membros da oposição agiram contra os evangélicos, pelo contrário. Agiram em favor da capelania séria e da premissa moral de que representantes religiosos devem estar isentos da manipulação política.

Estado Maior

3 comentários »